Arquivo Mensal:: Outubro 2011

[Figura1_419x600.jpg]

A prefeita Marília está fazendo uma boa administração, porém no quesito política está mal assessorada, não conseguindo se beneficiar politicamente com as obras que está sendo inaugurada na cidade.

Quinta feira (20) do mês corrente cometeu um ato de suicídio demitindo o jornalista Graciano Luz. A prefeita não sabe o que faz. Como faria o ex-prefeito “Sérgio Cunha” segurava até o fim do pleito do próximo ano. Sérgio não é burro com a imprensa não se brinca.

O líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), começa a ficar preocupado com as movimentações do governador pernambucano Eduardo Campos e do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, para posicionar o PSB e o PSD para a eleição de presidente da Câmara.

Chegou ao ouvido de Alves a hipótese de Campos substituir a líder da bancada, Sandra Rosado (RN), por um outro parlamentar para articular contra a eleição do peemedebista.

O nome mais cogitado é o do atual secretário estadual de Turismo, Márcio França (SP). Ele deixaria o cargo com dois objetivos: cumprir a missão dada por Campos e facilitar a aliança do PSB com o PSD para a disputa paulistana, claro, em favor do candidato de Kassab – afastando-se, portanto, de qualquer compromisso com o PSDB do governador Geraldo Alckmin.

Poder Online

São Paulo – O câncer que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem na laringe é do tipo mais comum para a região. O resultado de uma biópsia feita no sábado (28) indicou também que a agressividade do tumor é considerada média e seu estágio de desenvolvimento é relativamente inicial.

Essas informações foram repassadas hoje (31) pela equipe médica que acompanha o ex-presidente no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Os médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz e Luiz Paulo Kowalski são os responsáveis pelo tratamento.

Kowalski explicou que o tumor do ex-presidente tem aproximadamente 3 centímetros, está em uma fase de desenvolvimento que os médicos chamam de T2 e ainda não atingiu as cordas vocais do paciente.

Hoff disse, porém, que o tratamento a que o ex-presidente será submetido pode afetar sua voz. “O tratamento pode deixar alguma alteração de voz”, afirmou ele. “Dando tudo certo, seria uma alteração mínima e não teria nenhum impacto para nosso paciente.”

Por causa desse impacto, Lula também deve ter acompanhamento de fonoaudiólogos durante o tratamento do tumor.

Hoff afirmou ainda que as sessões de quimioterapia também devem fazer com que o ex-presidente Lula perca temporariamente o cabelo e a barba. Kalil Filho, que é médico particular de Lula, disse que o ex-presidente já foi informado dos efeitos colaterais das sessões de quimioterapia e demonstrou tranquilidade.

“Ele está bem tranquilo”, disse Kalil, em entrevista coletiva concedida pouco depois de Lula chegar ao hospital para iniciar o tratamento. “Ele chegou com excelente humor.”

Kowalski disse que o tabagismo e o álcool são as causas mais comuns desse tipo de tumor. Ele disse que, em São Paulo, o câncer na laringe atinge 16 pessoas a cada 100 mil.


Está no site do governo do Rio Grande do Norte:

O governo do estado vai investir na viabilização da ZPE (Zona de Processamento de Exportação) de Macaíba. Na próxima quinta-feira (3), a governadora Rosalba Ciarlini deve se reunir com representantes da Fiern (Federação das Indústrias do estado), a prefeita de Macaíba, Marília Dias, o deputado Henrique Alves e com os secretários de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto, e do Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, para tratar sobre a sinalização e infraestrutura onde a ZPE será instalada.

Na manhã desta segunda-feira (31), Rosalba Ciarlini conversou com os secretários Benito Gama e Kátia Pinto, além do deputado Henrique Alves, sobre a infraestrutura necessária para a instalação de empresas na ZPE e sobre a pauta da reunião da próxima quinta. Para a governadora, a estruturação da Zona de Processamento é uma prioridade e “o governo do estado vai fazer a ZPE acontecer”.

À medida que as eleições se aproximam, vão surgindo as polêmicas pesquisas eleitorais. Muitos candidatos as detestam. Mas, elas só são temidas e repudiadas pelos candidatos que não aparecem bem pontuados nelas. Vamos ser bem francos: candidato que está bem numa pesquisa de intenção de voto jamais vai acusá-la de ser forjada. As pesquisas eleitorais se constituem num importante instrumento para a democracia.

Embora, saibamos que elas, de certa forma, podem influenciar determinada parcela do eleitorado. Quem nunca ouviu alguém dizer por aí: eu poderia votar em fulano, mas acho que ele não ganha”. Por outro lado nem sempre podem apontar o real vencedor de uma eleição.

De acordo com o site oficial do Instituto Data Folha, para assegurar a veracidade de uma pesquisa eleitoral é preciso haver registro no TSE ou TRE local. Essa exigência começou a vigorar em 1º de Janeiro de 2010. O ideal é que se ouça pelo menos um montante de 2.000 pessoas, mas não há uma regra que estabeleça um número mínimo de entrevistados. Para mais informações no site: http://datafolha.folha.uol.com.br/duvida/duvidas_pesquisa.php#2

Uma das pesquisas eleitorais mais polêmicas de todos os tempos diz respeito à Eleição Presidencial de 1989, quando na ocasião, a Globo(segundo alguns estudiosos de Comunicação) teria influenciado diretamente no resultado da Eleição ao apontar vantagem de Fernando Collor em relação à Luís Inácio da Silva(Lula) após um tenso debate nas vésperas do pleito daquela época. Existem teóricos que, inclusive, acreditam que houve edição do referido debate, pois na época não eram feitos debates ao vivo. Assim Collor teria sido apresentado ao público nos seus melhores momentos e Lula apresentado nos seus piores momentos.

Especulações à parte, sabemos que a democracia no Brasil está mais fortalecida do que naqueles tempos. E hoje, os institutos de pesquisa estão cada vez mais preocupados com sua reputação. E inegável a credibilidade que institutos de renome nacional como o Data Folha e o IBOPE consquistaram ao longo de décadas de pesquisas bem sucedidas. Mas, também existem muitos outros institutos de nível regional ou estadual que também merecem respeito. Que venham mais pesquisas.

 

*Andry Morais 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passa o domingo (30) com a família descansando em sua casa, em Bernardo do Campo (SP). Segundo José Crispiniano, assessor do Instituto Lula, também conhecido como Instituto Cidadania, o ex-presidente está bem e inicia amanhã (31), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, quimioterapia para combater um câncer na laringe.

Lula recebeu o diagnóstico ontem (29), depois de se submeter a exames no Sírio-Libanês. Na quinta-feira (27), na festa em que comemorou 66 anos, o ex-presidente queixou-se da rouquidão excessiva dos últimos dias e foi aconselhado pelo médico Roberto Kalil a fazer uma consulta. Os primeiros exames foram feitos na sexta-feira (28) e, no sábado, ao retornar para complementar o procedimento, ele recebeu o diagnóstico.

Acompanhado da mulher, Marisa Letícia, o ex-presidente passou o sábado no hospital, para se recuperar da biópsia a que foi submetido. Durante todo o dia, ele recebeu centenas de mensagens de solidariedade e votos de pronto restabelecimento, entre elas a da presidenta Dilma Rousseff, de seu partido, o PT, e também de legendas de oposição, como o PSDB e o PPS.

Durante a Cúpula Ibero-Americana, encerrada ontem em Assunção, os presidentes Fernando Lugo, do Paraguai, e Rafael Correa, do Equador, lamentaram a notícia de que o ex-chefe do governo brasileiro teve diagnosticado um tumor na laringe. A informação foi dada em plenário por Lugo, que lembrou o fato de a sucessora de Lula, Dilma Rousseff, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, e ele mesmo terem passado por esse problema de saúde.

Ao iniciar sua exposição na cúpula, o equatoriano Rafael Correa enviou “um grande abraço” a Lula e disse que o líder brasileiro conseguirá vencer a doença, já que se trata de “um lutador acostumado a vencer grandes batalhas”.

Disputa pelo Palácio Felipe Camarão  levará a novas composições

O racha político entre a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e o vice-governador Robinson Faria (PSD) terá implicações diretas no pleito 2012. Analistas, pré-candidatos a prefeito de Natal e líderes partidários são unanimes ao afirmarem que a geografia do pleito sofreu uma mudança com o novo cenário surgido a partir da divisão política da governadora e do seu vice.

Se antes Robinson Faria, presidente estadual do PSD, afirmava que Rosalba Ciarlini era a líder do seu grupo político e coordenaria a sucessão da Prefeitura de Natal, hoje o vice-governador se coloca frontalmente contrário ao palanque da chefe do Executivo estadual. Para o cientista político e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Antonio Spinelli, o pleito de 2012 será fundamental para o projeto político de Robinson Faria, que pretende disputar o Senado Federal. “Robinson Faria não tem uma penetração tão grande no eleitorado de Natal e buscará isso com a eleição do próximo ano”, analisa o professor.

Já o pré-candidato a prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) alerta que a chegada de Robinson Faria na oposição não traz um fortalecimento maior, como poderia ocorrer, porque hoje os oposicionistas estão divididos. “Cada partido de oposição quer lançar seu candidato. A oposição hoje está dividida e fragilizada”, destaca.

Ler mais…

RESULTADO PARA PREFEITO

    FERNANDO CUNHA     20,6%
    LUIZINHO              16,2%
    MARÍLIA DIAS                7,4%
    VALÉRIO MESQUITA        3,8%
    GONZAGA MENGUITA      3,0%
    OUTROS      1,0%
    INDECISOS      48,0%

RESULTADO PARA VEREADOR

    JOÃO DE DAMIÃO     5,8%
    TOMAS SENA         5,4%
    SILVAN FREITAS      5,2%
    SOCORRO NOGUEIRA  4,9%
    ALUISIO SILVIO       4,7%
    MAIA          4,5%
    IGOR TARGINO      4,2%
    MOURINHA        4,0%
    ZÉLIA DO HOSPITAL      3,9%
    DR. ANTONIO        3,8%
    EMÍDIO JUNIOR      3,6%
    CABO HERONIDES     3,4%
    WASHINGTON PIRES     3,3%
    RITA        3,2%
    NETINHO        2,8%
    EDUARDO SANTOS     2,4%
    CHIQUINHO    2,2%
    CHICO COBRA    2,1%
    ZIZO DE MANGABEIRA  2,0%
    GÉLSON LIMA       1,6%
    ZECA CUNHA     1,4%
    DENILSON GADELHA     1,2%
    WEDSON NUNES   1,0%
    ISMARLEIDE   0,8%
    DR. JAILTON     0,6%
    RODRIGO NASSER     0,5%
    JUAREZ DOS CORREIOS       0,4%
    CHIQUINHA DE FRAGOSO     0,2%
    OUTROS      0,1%
    INDECISOS       20,6%

Fonte: Macaíba Independente

 

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizou exames neste sábado (29) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado na laringe.

Segundo o hospital, após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias.

“O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial”, diz nota do Sírio-Libanês.

A reportagem está tentando contato com a assessoria do ex-presidente para comentar o assunto.

Na quinta-feira (27), Lula comemorou seu aniversário de 66 anos no instituto que leva seu nome.

Deu na Folha.com

 
Dono de uma personalidade forte, Luiz da Cosern é quem estaria dando as cartas na Prefeitura de Macaíba. O “Primeiro Damo” já mostrou sua força quando colocou Benevides, engenheiro elétrico a frente da pasta de Tributação, e Júnior Rêgo na pasta da Saúde, e pelos comentários de pessoas ligadas ao casal, o mesmo teria voltado seus olhos para a Secretaria de Serviços Urbanos, mas teria esbarrado na postura rígida de Pedro Galvão, que só trabalha dentro das normas. Esse certamente seria um dos motivos que provocou a exoneração do Secretário. Se isso realmente se concretizar o mesmo estaria comandando as três secretarias mais importantes do Governo Marília Dias.

Informativo Atitude

O problema de segurança e de acúmulo de água devido às chuvas em Macaíba são pontos de preocupação para a população da cidade. Por solicitação dos moradores, o deputado estadual Dibson Nasser (PSDB) apresentou dois requerimentos pedindo a solução dos problemas no município, aumentando o efetivo policial em algumas áreas e fazendo a limpeza de galeria pluvial no centro da cidade. Os dois requerimentos foram aprovados pelo plenário da Assembleia.

Em requerimento endereçado ao Comando da Polícia Militar, Dibson Nasser que a escala de serviço dos policiais chegue ao Conjunto IPE, Loteamento São José, Loteamento Bom Sossego, Conjunto Pramorar, Vila São José, Eloi de Souza, Areia Branca, Morada da Fé, Alto da Raiz, Campo de Mangueira, Olimpio Maciel, José Coelho, Rua Nova, Parque Village, Conjunto Alfredo Mesquita, Conjunto Tavares de Lira, Campinas, Loteamento Esperança, Vilar, Recreio do Trevo, Conjunto Auta de Souza, Monte Líbano e Ferreiro Torto, todos no município de Macaíba.

“A população destas localidades precisa da sensação de segurança e o policiamento ostensivo é algo pleiteado pela população, por isso encaminhamos o pedido”, disse o deputado.

Quanto à limpeza das galerias, Dibson solicitou atenção especial na avenida Jundiaí, no centro de Macaíba. O parlamentar pediu e a Assembleia aprovou o encaminhamento para que a Prefeitura de Macaíba busque a limpeza completa de todas as galerias da via. “É algo que vai contribuir para o bem-estar da população e não chega a ser uma medida com alto custo ou difícil de ser efetuada”, ponderou o deputado.

Prezado Renan,

Conforme noticiado por seu Blog, solicitei a minha exoneração do Cargo de Secretário da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo – SEMURB na manhã desta quarta-feira dia 26/10/2011.
 
Faço uso do teu Blog para agradecer a prefeita Marília, ao ex-prefeito Fernando e a toda população macaíbense pela confiança a mim depositado nos 10 anos e 34 meses como secretário. O que muito me honrou. Sempre defendendo com “unhas e dentes” o município de Macaíba
 
Peço desculpas àqueles que se sentiram prejudicados ou injustiçados, o nosso intuito não era esse, mas estávamos seguindo a legislação ambiental e urbanística com a intenção e melhorar a qualidade de vida da população macaibense e a preservação do Meio Ambiente.
 
Informo que a decisão foi pessoal e que não ficaram mágoas, mas sim, a ciência do dever cumprido com a melhor das intenções.
 
Um dia macaíba há de agradecer.
 
Um Abraço!
 
Pedro Galvão do Amaral Filho

Corre por aí que o vereador Silvan Freitas (PSL) figura no topo da lista de possíveis companheiros de chapa de Marília Dias nas eleições do ano que vem em Macaíba.

Segundo a fonte do Grande Ponto, a grande popularidade do parlamentar e o recorde de votos que obteve em 2008 explicam a preferência.

À boca pequena, é quase unânime a opinião de que o “vereador do Vilar” seria um ótimo vice.

Especulações à parte, definitivamente, está aberta a temporada de caça a bons candidatos a vice, que devem ter votos, carisma, grupo e estrutura. Não necessariamente nesta mesma ordem.

Avessos a projeções, mas de olhos bem atentos a todas as possibilidades, Marília e Silvan não comentam o assunto.

Façam suas apostas!

Grande Ponto

Após ter ganho o Bi-campeonato no XVII Jerninhos os alunos da Escola Municipal Alfredo Lira foram pegos de “surpresa” ao tentarem jogar na categoria mirim dos Jern´s 2011, o fato é que ou se joga uma competição ou a outra, visto que nos Jern´s jogam alunos que estão cursando a partir da 6 série e nos Jerninhos alunos da 5 série para baixo, além disso, muitos deles sequer são matriculados na escola, logo suas inscrições seriam irregulares, mostrando um total despreparo do responsável pelas mesmas Que exemplo heim estamos dando a nossas crianças!?!? Com isso todas as medalhas e troféus ganhos serão devolvidos, frustando os pequenos enxadrístas. Devido a isso todas as equipes de xadrez da citada escola que iriam participar dos Jern´s 2011 tiveram suas inscrições canceladas e nenhum aluno macaibense esta participando da competição.

Abaixo segue a portaria expedida pela CODESP-RN orgão da Secretaria Estadual de Educação responsável por ambas as competições.

 

 Existe ainda tramintando na CODESP um processo na Junta de Justiça Desportiva Estudantil sob o link http://www.educacao.rn.gov.br/contentproducao/aplicacao/seec/codesp/JusticaDet.asp?codigo=81&Just=0012011 Com a palavra a Sra. Prefeita, a Sra. Secretária de Educação Municipal, A Sra. Diretora da Escola ou o Sr. Coordenador do Projeto de Xadrez.

Fonte: CODESP-RN

Na sessão desta quarta-feira (26) da Assembléia Legislativa foi registrado o primeiro embate entre oposição e governo depois do rompimento do vice-governador Robinson Faria com a administração Rosalba Ciarlini. O embate envolveu os deputados Fernando Mineiro (oposição) e Vivaldo Costa (governo).

Mineiro fez duras críticas à gestão de Rosalba e disse que o que está acontecendo no governo do DEM é muito parecido com o que ocorreu na gestão da prefeita Micarla de Souza(PV). Vivaldo saiu em defesa da administração de Rosalba e anunciou que a bancada governista na Assembléia poderia aumentar.

Na empolgação do seu pronunciamento, o “papa” afirmou que os deputados Ezequiel Ferreira de Souza e Tomba Farias poderiam deixar a oposição e ingressar na bancada governista.

Ao retomar a palavra, Mineiro ironizou o discurso de Vivaldo e disse que ao invés de médico ele deveria ser médium, pois estava prevendo a adesão de Ezequiel e de Tomba ao governo sem que nenhum dos dois parlamentares tivesse sinalizado que iria abandonar a oposição.

Vivaldo voltou a se pronunciar e vendo que não tinha sido feliz nas suas declarações assinalou que na realidade “sonhava” com o ingresso de Ezequiel e de Tomba na bancada governista. “Eu apenas estou sonhando e desejando que Tomba e Ezequiel venham para a bancada governista”, remendou Vivaldo.

 
Por Oliveira Wanderley
O deputado estadual Poti Júnior (PMDB) vai levar para a bancada federal a discussão da obrigatoriedade do Exame de Ordem da OAB para bachareis em Direito. Em audiência pública realizada nesta terça-feira (25), Poti afirmou estar convicto de que a forma de avaliar os estudantes recém formados deve ser revista, seja no que se diz respeito à elaboração da prova, ou à intensificação da fiscalização realizada pelo Ministério da Educação nas instituições de ensino superior do país.

A mesa da audiência foi composta pelo ex-presidente da OAB  Joanilson de Paula Rêgo, pelo  representante do Fórum Permanente de Políticas Públicas Contra o uso de Drogas, Revil Alves, pela conselheira Federal da OAB, Elke Mendes Cunha, e pela professora e coordenadora do curso de Direito da UERN Patrícia Moreira.

A polêmica em torno da prova se dá pelo alto índice de reprovação.  No último Exame, 120 mil pessoas se inscreveram e 103 mil não obtiveram a nota mínima para receber a carteira da Ordem. A discussão sobre o nível elevado da prova ressalta a importância de se lembrar que as dificuldades encontradas pelos bachareis podem estar relacionadas com o nível da educação nas instituições de ensino pelas quais os candidatos passaram.

De acordo com a maioria das pessoas que se pronunciaram na audiência, a grande culpada pelo número de bachareis que não conseguem aprovação no certame é a fragilidade da educação nacional.  Além disso, foi apontado o crescimento do número de faculdades e universidades habilitadas pelo MEC para ministrarem o curso de Direito, sem a devida qualidade. Segundo Elke Mendes, na última avaliação, a Ordem permitiu a abertura de apenas um novo curso, mas o Ministério da Educação licenciou 30.

“O número de vagas para estudantes de Direito em faculdades chega a ser uma palhaçada”. De acordo com a conselheira, o número de vagas para o curso no Brasil é superior às disponíveis no mundo inteiro. Para Elke, a prova da OAB ajuda a selecionar os profissionais que estão sendo postos no mercado de forma demasiada.

Do outro lado, Joanilson de Paula acredita que a prática ensina a profissão. Joanilson defende que a prova se limita a avaliar memória, ao invés de conhecimento jurídico. “É advogando que se aprende a advogar”, completou o advogado. Ele utilizou a forma como lidou com os bancos da universidade e a experiência prática para reafirmar que aprendeu mais praticando a advocacia do que nas disciplinas teóricas.

Plateia

Estudantes de Direito, bachareis e advogados que estavam na plateia se pronunciaram na audiência contra e a favor da realização do Exame. Dentre os depoimentos, um apontava para uma solução que pode equilibrar as opiniões. A bacharel Francisca Leonate é formada há cinco anos e por cinco vezes tentou a aprovação no Exame da Ordem, sem êxito. Ela solicitou aos integrantes da mesa que levantassem a bandeira do debate para a mudança da forma de avaliação.

Leonete acredita que desta forma, é possível aliar as duas frentes do debate, e melhorar o sistema de avaliação, possibilitando que profissionais capacitados que por algum motivo não conseguem aprovação no Exame possam exercer a advocacia.


ASSESSORIA

Quando teve início a ocupação territorial de Macaíba? Quando foi fundada? Por que comemorar o dia 27 de outubro como a maior data municipal? Esses e outros elementos da história de Macaíba serão analisados no presente artigo, no qual apresentaremos subsídios demonstrando que comemoramos erroneamente a data municipal.

O espaço territorial ocupado atualmente pela cidade de Macaíba é antiguíssimo quanto à ocupação, remontando ao ano de 1614, data das distribuições das primeiras sesmarias que englobavam o espaço geográfico da cidade. Contudo, por essa época, toda a terra fazia parte da cidade do Natal e não se possuía uma perspectiva, mesmo diminuta, de formação de um povoado.

Com a construção do antigo engenho Potengi, hoje Ferreiro Torto, não houve alteração dos planos relativos a uma cidade, ou seja, os fundadores do engenho ergueram tão somente um espaço de exploração da terra, sem perspectivas evolutivas para um povoado.

Tempos mais tarde, precisamente após a decadência econômica do engenho Potengi e o local já transformado em quartel do Terço dos Paulistas, cujos milicianos vinham combater na chamada Guerra do Gentio Tapuia. Com o término da guerra alguns não retornaram aos seus locais de origem, espalhando-se pela ribeira do Jundiaí e do Potengi, erguendo fazendas de criação e engenhos, como foi o caso do sargento-mor José de Morais Navarro, que reestruturou o antigo engenho Potengi.

Outro miliciano que não retornou as suas terras foi o coronel Manoel Teixeira Casado, que juntamente com o alferes Roque da Costa, receberam uma sesmaria margeando o Rio Jundiaí a qual deram o nome de Sítio Coité. Os sesmeiros nada fizeram para iniciar um povoado, limitando-se somente a criação e ao cultivo da terra com poucos escravos.

O sítio Coité foi sendo herdado pelos descendentes do coronel Manoel Teixeira Casado até sua neta Maria Angélica da Conceição, casada com o coronel Joaquim José do Rego Barros, senhor do engenho Ferreiro Torto e que depois de participar da junta governativa provincial de 1821, juntamente com o capitão Francisco Pedro Bandeira de Melo, vendeu a este a propriedade Coité com todas as benfeitorias então existentes, recolhendo-se ao Ferreiro Torto.

O capitão Francisco Pedro Bandeira de Melo prossegue criando e plantando no sítio Coité. Eis que surge o comerciante Fabrício Gomes Pedroza, senhor do engenho Jundiaí e após o casamento com Damiana Maria Bandeira de Melo, filha do capitão, herda a propriedade e imbuído de uma visão econômica mais ampla, teve o pioneirismo de pensar e fazer um povoado.

Fabrício Pedroza não pensou pequeno como seus antecessores quanto espaço de terra que herdou. Rapidamente construiu armazéns para receber as mercadorias vindas do sertão com destino a capital e atraiu para o lugarejo várias pessoas de suas relações comerciais para se fixarem no sítio, fundando uma feira com esses comerciantes.

Conforme o diário de notas familiar intitulado Aos Meus, de autoria de Maria Terceira da Silva Pedroza, naquele dia 26 de outubro de 1855, aniversário de papai, ele reuniu representantes do clero, amigos e familiares, não para sua comemoração natalícia, mas sim, para a fundação de um povoado pelo qual bateu-se com todas as forças para ver prosperar. Assim nasceu o povoado da Macaíba, margeando o Jundiaí.

O texto de D. Maria Terceira Pedroza, até então desconhecido, nos fornece elementos suficientes para determinarmos a data precisa de fundação de Macaíba. O que acontece atualmente é uma aberração histórica. Todo ano comemora-se o dia 27 de outubro de 1877, quando o povoado foi elevado à categoria de vila e teve a sede administrativa transferida de São Gonçalo do Amarante para Macaíba.

Macaíba não tem somente 134 anos de história! É preciso rever essa data, sob pena de continuarmos em um erro histórico, repassado de geração a geração. Comemorar o 27 de outubro de 1877, como a data municipal, é esquecer o legado histórico da fundação da cidade em 26 de outubro de 1855. É negar a existência da história macaibense quando ela se apresenta mais rica e mais cheia de elementos, práticas e representações formadores de sua comunidade.

Anderson Tavares

Pedro Galvão foi eleito o novo presidente do comitê.

A redação do Site acabou de ser informada que possivelmente o secretário de meio ambiente, Pedro Galvão (Pedão), teria sido exonerado na tarde de hoje.
O secretário é primo em primeiro grau do ex-prefeito Fernando Cunha e vinha sendo bastante criticado por vereadores e os próprios munícipes, pela morosidade nos processos da sua secretária.

A posse da ex-deputada Ana Arraes amanhã no Tribunal de Contas da União poderá reunir, pela primeira vez, a nova oposição do Rio Grande do Norte.

Confirmadas as presenças da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), das deputadas Sandra Rosado (PSB) e Fátima Bezerra (PT).

O vice governador Robinson Faria também é esperado na capital federal. Menos pelo PSB e mais pelo PSD.

É amanhã também que o partido do prefeito Kassab  anuncia o tamanho de sua bancada na Câmara;  56 deputados federais, a terceira maior da Casa.

Deu em Laurita Arruda

Na sessão desta terça-feira (25) da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PTB) protocolou vários requerimentos para beneficiar Macaíba, na Grande Natal. Entre as solicitações, programas e ações do Governo do Estado para melhorar a qualidade de vida em áreas importantes como infraestrutura, educação, agricultura e assistência social.

Ezequiel defende um convênio entre Governo e a Prefeitura Municipal de Macaíba, para pavimentação de ruas. Na educação, solicitou a inclusão junto ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC). O deputado também solicitou junto a EMATER, a inclusão no cronograma do Projeto “Dia de Campo”, que tem aulas expositivas e demonstrativas sobre temas específicos.

A Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (FAERN) pediu a inclusão do “Ônibus de Inclusão Digital”, para Macaíba. A ação é um veículo adaptado para cursos de informática e inclusão ao mundo da internet para produtores rurais e suas famílias.  

Assessoria

Em entrevista agora a 98 FM, o vice-governador Robinson Faria (PSD), afirmou que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) não desejava seu rompimento, mas seu marido e articulador político levou por onde acontecesse o fato.

“Carlos Augusto, marido e mentor político da governadora, foi o responsável pelo meu rompimento com o Governo”, afirmou Robinson Faria.

Heitor Gregório

Sexta-feira nossa equipe flagrou um dos funcionários da prefeitura cometendo duas infrações de trânsito. Na primeira infração, o condutor do veículo estava ao telefone. Na segunda, o condutor estava transportando uma pessoa na caçamba do veículo. Bom destacar que muitas pessoas são, implacavelmente, multadas em Macaíba por esses mesmos motivos.

Agora, a pergunta que não quer calar: as pessoas que foram multadas nas mesmas condições terão suas multas canceladas, visto que nem os funcionários da prefeitura estão dando o exemplo?

Com a palavra a Prefeita!

Importante esclarecer que as enquetes aqui realizadas tratam apenas de um mero levantamento de opiniões espontâneas, sem nenhum controle de amostra e sem metodologia científica. Por isso, o site desautoriza a divulgação dos resultados em favor ou desfavor de quem quer que seja.

Denílson Gadelha

Assessor Jurídico

Partidos que não atingirem o quociente eleitoral (mínimo de votos para ter direito a uma vaga na Câmara dos Deputados ou assembleia legislativa) poderão vir a participar da distribuição das chamadas “sobras” eleitorais – cadeiras restantes após a aplicação do quociente partidário (proporção das vagas a que cada partido ou coligação tem direito, conforme votos recebidos). Projeto nesse sentido está na pauta da reunião desta quarta-feira (26) na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

As “sobras” ocorrem por conta das frações resultantes da aplicação do quociente partidário. Por exemplo: na eleição de 2010 para deputado federal no DF, a coligação mais votada obteve quociente partidário de 3,94 vagas, tendo de imediato o direito a 3 cadeiras na Câmara dos Deputados. A fração de 0,94 foi somada às frações resultantes do cálculo de vagas das demais coligações que disputaram vagas.

Ao final, as somas dessas frações resultaram nas vagas restantes (as “sobras”), que atualmente são distribuídas apenas entre partidos e coligações que atingirem o número mínimo de votos, ou quociente eleitoral. Com o PLS 129/2011, seu autor, senador Jorge Viana (PT-AC), quer mudar a regra e permitir que todos os partidos concorrentes, inclusive aqueles que não atingirem o número mínino de votos, possam disputar as “sobras”.

O senador argumenta que existem casos em que o candidato mais votado individualmente numa eleição fica fora do Parlamento por seu partido ou coligação não ter obtido o quociente eleitoral. Para Jorge Viana, a possibilidade de disputa das vagas restantes fará justiça a esse candidato.

Ele também considera que a restrição para distribuição das “sobras” é inconstitucional, por atentar “contra a proporcionalidade eleitoral e o pluralismo político” adotado na Carta.

O relator, senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), apoiou a iniciativa de Jorge Viana. Para Randolfe, a medida “aumenta a competitividade dos pequenos partidos, desconcentra o voto e propicia a renovação partidária”. A matéria será votada em decisão terminativa e, se aprovada, seguirá para a Câmara, caso não seja apresentado recurso para votação em Plenário.

Semana passada foi comemorado o centenário da Escola Estadual Auta de Souza. Foi onde comecei a estudar no jardim de infância, e terminei o ensino fundamental 1. PARABÉNS!!!

Lendo essa semana o jornal potiguar notícias na coluna do repórter Rômulo Estânrley senti um espaço vazio entre os anos 60 a 70 na relação dos primeiros diretores da escola acima citada, da também diretora dessa instituição de ensino e grande educadora  CONSTANÇA FREIRE DE MACEDO. Não sei se foi esquecimento ou falta de conhecimento mesmo.

Vamos passar para população o conhecimento da história da cidade por completo e não pela metade. A história de uma cidade é para ser preservada e divulgada  como está escrita e não inventada.
                                             

                                Manoel Mauricio Freire de Macedo
                                                 autor

Os reflexos do rompimento da governadora Rosalba Ciarlini e do vice-governador Robinson Faria ainda estão sendo refletivos na composição do primeiro escalão do Executivo. Rosalba Ciarlini exonerou hoje pela manhã a consultora geral Tatiana Mendes Cunha. Ela foi informada da exoneração pessoalmente pela governadora, na manhã de hoje.

O novo consultor Geral do Estado será José Marcelo Costa.

Paronama Político

O Deputado Estadual Fábio Dantas (PHS) esteve presente no sábado (22) à palestra onde o tema foi “Programas Sociais”. O evento aconteceu no auditório do CTgás e fez parte da programação do projeto “Pensar Natal”, de autoria do Deputado Federal Rogério Marinho (PSDB).

                                     O evento teve como palestrante o Governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que no seu governo dá um grande destaque ao tema da palestra, com programas criados e implementados para a área social.

                                       Fábio Dantas aproveitou a oportunidade e conversou com o Governador Marconi Perillo sobre os problemas e o futuro político da Cidade de São José de Mipibú.

                                          Estiveram presentes também ao evento o Ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho (PMDB), os Deputados Federais Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Bruno Araújo (PSDB-PE), os Deputados Estaduais Antônio Jácome (PMN), Dibson Nasser (PSDB) e Ricardo Motta (PMN), presidente da Assembleia Legislativa, O Vereador de Parnamirim Sérgio Andrade, Presidente estadual do PP, e o Presidente estadual do PPS, ex-deputado estadual Wober Júnior, além de Esdras Alves, Secretário Estadual de Articulação.