DSF_0000

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza recebeu na noite desta sexta-feira (27), o título de cidadão macaibense. Aprovado por unanimidade, a Câmara Municipal de Macaíba entregou a honraria em sessão solene, no Centro de Convivência Pax Clube.

“Tornar-me cidadão macaibense é motivo de alegria, por ser este um momento ímpar: a homenagem que recebo de uma cidade cujos meus laços familiares e de amizade se entrelaçam no solo de gente forte, nas ruas de grandes cenários, nas avenidas dos contornos da nossa própria vida”, frisou Ezequiel em discurso.

Também receberam título de cidadão macaibense, o vice-prefeito Dr. Olímpio Maciel e dona Neide Maciel, que tem serviços prestados à Macaíba. O ex-prefeito de Maxaranguape, Amaro Saturnino e o ex-secretário Pedro Galvão Amaral Filho.

Ezequiel reforçou novas ações e projetos da Assembleia para a cidade de Macaíba e se comprometeu em apoiar os projetos da sua cidade.

Prestigiaram à solenidade, presidida pelo vereador Gelson Lima, o prefeito Fernando Cunha, o conselheiro aposentado Valério Mesquita, vereadores e secretários de Macaíba.

ezequiel_familia

A Tribuna do Norte destaca que o procurador-geral do Ministério Público de Contas do Rio Grande do Norte (MPjTCE), Luciano Ramos, juntamente com a Procuradoria Geral do Estado e a Associação do Ministério Público, acionou o Ministério Público de Contas da União com o objetivo de garantir a manutenção de recursos destinados a presídios do Estado. O pedido foi encaminhado ontem (26).

Justificando que o sistema penitenciário do Rio Grande do Norte passa por crise e que um dos principais problemas é a falta de estrutura das unidades prisionais, o pedido lembra que o Rio Grande do Norte, durante três anos, devolveu recursos federais destinados ao sistema prisional por não ter condições de arcar sequer com as contrapartidas. Ao todo, o Rio Grande do Norte está sob risco de perder R$ 42,8 milhões a serem destinados a presídios. A verba corresponde a convênios das secretarias de Justiça e Cidadania e de Segurança com o Governo Federal, incluindo o programa “Brasil Mais Seguro”.

imagem

O vice-prefeito de Macaíba, Olímpio Maciel recebendo o título

Neide Maciel, esposa de Olímpio Maciel recebendo o título

Presidente da Assembleia Legislativa do RN, Ezequiel Ferreira recebendo o título

Presença do ex-prefeito de Macaíba, Valério Mesquita

4e42eb05-a10a-422d-87ef-1c7221ebb1a2

Depois de pouco mais de um mês do início da primeira sessão, a 61ª legislatura da Assembleia já deixou evidenciada que está atenta aos anseios da sociedade do Rio Grande do Norte.  Do dia 15 de fevereiro, quando iniciaram os trabalhos até agora, os parlamentares já registraram 514 atos legislativos.

“O balanço que fazemos deste início de legislatura é o melhor possível. A nossa missão é, acima de tudo, defender os interesses do Rio Grande do Norte. Por isso, a Casa tem se mostrado atuante e célere para atender às demandas”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB).

Segundo o balanço da Secretaria Legislativa, 433 requerimentos com solicitações de benefícios para a população foram registrados. Os parlamentarem apresentaram ainda 42 Projetos de Leis Ordinárias, 11 Projetos de Leis Complementares, 8 Projetos de Resolução e 2 Projetos de Emenda à Constituição (PEC). Ler mais…

Valério Mesquita*

mesquita.valerio@gmail.com

Feio é o leito do meu rio. O Jundiaí. Negro e ácido como a valeta onde mijava o sudorético Taperoá. Era o rio do sol nascente e da maré cheia. A lua nascia imensa tão rente às águas que dava para carregar no bote do mestre João Lau. Com a lua cheia chegavam notícias antigas de morticínios coloniais lá pelas bandas do Ferreiro Torto. Da donzela que engravidara de Sotero, o preto feitor do pelourinho. De corpos mutilados comidos por siris esfomeados nas Mangabeiras. Tudo funcionava como se fosse o jornal vespertino do tempo, daqueles dias e noites de assombrações e mistérios profundos. O rio era límpido e líquido até o advento do óleo, do óleo Benedito, da borra de sabão, do sabão da ganância, do lucro fácil e fóssil.

Mataram o rio de antigamente. Aí Macaíba passou a feder 24 horas por dia. O leito poluído do Jundiaí exala odor cadavérico. De cima da ponte o padre Alcides Pereira ministrou extrema-unção, certa vez, benzendo com água benta da aurora. Do cais, seu Mesquita fez o discurso mais inflamado. Transcorriam os anos sessenta. Não havia ainda IBAMA, IDEMA, COVISA e ecologistas de visão curta. As agressões à natureza eram perpertradas sem anestesia. Época da queda da casa onde nasceram Auta de Souza e Henrique Castriciano. Período em que foram desconstruídos os antigos prédios centenários da Intendência na praça Augusto Severo e da ex-cadeia pública da rua Francisco da Cruz. Fase destrutiva e tenebrosa. Por terra e água. Caça às bruxas. Parecia que a nova ordem política instalada se descompromissava com o passado histórico e o meio ambiente da cidade invadida. A lei era o desrespeito sob o império de um falso modelo industrial. Familiar. Dominador. Político. Oficial.

A decadência de um povo ou de uma cidade pode ser a poluição do seu rio. A pesca – o sustento de centenas de famílias, a navegabilidade (antigamente todo o comércio com Natal era efetuado pelo rio Jundiaí) e a saúde da população são rudimentos de qualquer núcleo de civilização. Os nativos cuidavam melhor dos seus mananciais que os invasores europeus, ambiciosos predadores da natureza. Assim aconteceu com a Macaíba, lá pelos idos de sessenta, quando os hunos do Óleo Benedito passaram por ali.

Hoje, a história se repete. O rio virou foco de dengue e faz adoecer a população. Quem pescar e comer caranguejo, siri e goiamum de suas águas putrefatas morre sem direito a liminar. Até a metade dos anos cinquenta tomei banho no cais do porto, com Campina, Prego, Xixico, Toinho Chimba, Silvan, Chico Cobra, Edílson, Foreca, Batista Pinheiro, Tasso Cordeiro e tantos outros.

Era a “maloca querida”. Todos pobres, meninos e pastoradores de aurora.

Hoje, as autoridades constituídas cultivam o pestilento e pantanoso manguezal no leito nobre do rio, no cais histórico e na ponte de setent’anos para represar bosta e carcaças de animais, punindo de novo o Jundiaí que virou túmulo dos melhores dias e dos bons tempos. Por favor, retirem do leito do rio, somente no trecho entre o histórico cais e a ponte, para dá passagem ao tempo e ao vento. “Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”

(*) Escritor.

Policiais Civis da delegacia de Macaíba apreendeu nesta tarde de Sexta-feira (27) mais um adolescente de 16 anos, acusado de ter participação na morte do empresário Junior Borges, no qual foi assassinado a tiros dentro do seu estabelecimento comercial no dia 18 de Março 20015 no centro de Macaíba.

O delegado Normando Feitosa contou que o adolescente apreendido estava escondido no interior, e devido as investigações intensa dos agentes, o adolescente resolveu se apresentar durante esta tarde na delegacia do município, e contra ele já existia um mandado de busca e apreensão, pois ainda de acordo com Normando, esse mesmo adolescente foi o que estava pilotando a moto no dia da morte do empresário.

O adolescente se encontra apreendido e ficara a disposição da justiça. Os Policiais ainda afirmaram que para o inquérito ser concluído, falta ainda apreender um outro adolescente que discutiu momentos antes com a vítima, e chegou ameaçar de morte dizendo que voltaria para matá-lo.

De acordo com informações da Polícia Civil, está mais que comprovado que os dois adolescentes que já foram apreendidos tem uma forte ligação com o principal acusado que está foragido.

Com informações da ConnectTv

infoserv 2

O Rio Grande do Norte enfrenta uma epidemia de casos de dengue. A informação foi confirmada durante entrevista coletiva convocada pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap) na tarde de hoje (27), na sede da secretaria.

O secretário da pasta, José Ricardo Lagreca, fez o alerta e decretou o estado epidêmico da doença. “Houve um aumento significativo nesta 12ª semana e assumimos essa posição de decretar o estado epidêmico de dengue. Houve um incremento em 169% em relação ao ano anterior, com cerca de 6.900 casos ao longo dessas 12 semanas”, informou.

De acordo com a Sesap, 6.902 casos de suspeita de dengue já foram notificados durante o ano de 2015. As cidades com os maiores números são Natal, com 1868 casos; Currais Novos, 508; Parelhas, 404; Parnamirim, 368; Cerro Corá, 243; Acari, 230; Ceará-Mirim, 213, e São Gonçalo, com 199 notificações.

Para o secretário é preciso que a população participe de maneira mais efetiva no controle da doença. “O primeiro passo é esse que a gente está tomando. Comunicando e alertando a população, através da imprensa, que existe o estado epidêmico e ao mesmo tempo solicitando que ela participe mais ainda, um incremento da participação ativa no processo de extinção do mosquito. É uma doença que a gente pode preveni-la melhor do que tratá-la. É uma doença que a gente tem domínio sobre a possibilidade de ela não existir”. Ler mais…

Programa Sintonia da TV ASSEMBLEIA que será exibido hoje, às 20h no canal 51.3 (TV Assembleia) pelo site http://www.al.rn.gov.br/portal/tv/home ou pela NET, A TV Assembleia é exibida em canal aberto nas cidades de Pau dos Ferros, Caicó, Nova Cruz, Santa Cruz e Lagoa Nova e pela Cabo Telecom nas cidades de Mossoró, Assú e Currais Novos. O programa será reprisado no dia 28, às 20h e no dia 31, às 14h.

22701_645967735539274_2737317321766044604_n

Na manhã desta sexta-feira (27), o Sinsemac – Sindicato dos Servidores Publico Municipal de Macaíba divulgou em sua página no facebook a seguinte mensagem:

“Atenção professores de Macaíba! Mais uma vitória do nosso sindicato, a juíza condena a prefeitura a devolver a diferença do nosso quinquênio do período de 2008 a maio de 2013. Pra vocês verem como a justiça é morosa, esse processo é de 2010 saiu agora em 2015. “Preparem o bolso pois, o que saiu vai voltar”. Pense em um sindicato atuante em defesa dos servidores e vamos que vamos. Obs: Os professores aposentados também vão ter direito procurem o nosso sindicato.”

Facebook Sinsemac

Fonte: Cidadão Macaibense

O ato de autorização foi publicado no Diário Oficial da União do dia 24 de março de 2015. O Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) é um serviço fixo de telecomunicações de interesse coletivo que possibilita a oferta de capacidade de transmissão, emissão e recepção de informações multimídia, utilizando quaisquer meios.

A diretoria da Conect, informou que a autorização já era aguardada e que estão em andamento projetos para ampliação da infraestrutura inclusive com uso de cabos de fibra óptica.

casa da cultura

Cel. Ângelo Dantas explica demora na convocação de aprovados

O Comando da Polícia Militar do Rio Grande do Norte ainda não tem uma data definida para a divulgação do resultado dos exames de saúde dos 709 homens convocados para a última fase do concurso para soldados da Polícia Militar, que é o curso de formação. Entretanto, o tenente-coronel Silvério Soares de Souza Monte, clínico-geral do Centro de Saúde da PM, informou que a relação com os nomes dos aprovados sairá até o final deste mês, ou seja, até a próxima terça-feira, 31.

A informação foi confirmada à TRIBUNA DO NORTE na manhã de ontem pelo comandante da Polícia Militar do RN, coronel Ângelo Mario de Azevedo Dantas. “Todo dia tem gente me ligando para saber disso. O que posso dizer é que estive com Silvério há pouco tempo e ele me falou que o resultado sairá provavelmente até o último dia deste mês”, comentou.

Tribuna do Norte

Os medicamentos com preço controlado deverão sofrer um reajuste médio entre 5,40% e 5,90% a partir da próxima terça-feira, 31 de março. O índice foi calculado pelo Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), com base nos fatores da fórmula de reajuste publicados nesta quinta-feira pela Secretaria-Executiva da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) no Diário Oficial da União.

Por meio de três comunicados, a CMED divulgou os fatores da fórmula – os chamados fatores X e Y – e as classes de medicamentos que sofrem o reajuste. A partir dessa informação, a indústria consegue antecipar o percentual de aumento dos produtos, que deverá atingir 19 mil apresentações de medicamentos. A previsão é que o percentual oficial seja divulgado pelo governo em 31 de março.

O Globo

O Portal da Transparência do Governo do Estado está atualizado e à disposição de toda a sociedade potiguar.  O processo para disponibilização dos dados passou por uma reformulação diante da determinação da Secretaria do Tesouro Nacional, que exigiu a implantação de um novo plano contábil. As mudanças coincidiram com o fechamento do último balanço de 2014 e a elaboração dos relatórios exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

O Portal da Transparência pode ser acessado pelo site www.transparencia.rn.gov.br. Na página, qualquer cidadão encontra informações atualizadas sobre as despesas e receitas do Estado, além dos relatórios da Lei de Responsabilidade Fiscal, o Plano Plurianual, as Leis de Diretrizes Orçamentárias e tudo sobre os convênios firmados pelo Governo do Estado.

Para o Governador Robinson Faria, o Portal da Transparência é um patrimônio de toda a sociedade potiguar e age como ferramenta indispensável à democracia e no combate à corrupção no serviço público. “A transparência é uma marca da nossa gestão. Tivemos que nos adaptar ao novo plano contábil exigido pela Secretaria do Tesouro Nacional, mas já está resolvido. Agora vamos continuar trabalhando para aprimorar nosso portal da Transparência cada vez mais”, afirmou.

O Governo do Estado realiza na manhã desta sexta-feira (27), às 10h, uma coletiva de imprensa no auditório da Governadoria, no Centro Administrativo, para apresentar o Plano de Ações do Departamento Penitenciário Nacional, do Ministério da Justiça, para reestruturação o Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte.

Estarão presentes na coletiva de imprensa o Governador Robinson Faria, a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, e o diretor do Departamento Penitenciário Nacional, Renato de Vitto, além dos secretários de Estado da Justiça e Cidadania, Edilson França, e da Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite.

imagem