Polícia Arquivo

Uma idosa de 80 anos foi resgatada na manhã desta terça-feira (22) da casa do sobrinho dela, no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal, de onde era impedida de sair. Segundo a delegada Ana Paula Diniz, da Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso, o sobrinho foi preso em flagrante por maus-tratos e cárcere privado.

A vítima foi encontrada em estado de abandono e subnutrida. “A idosa era mantida dentro de casa em condições desumanas. Ela não via a luz do dia”, lamentou a delegada.

Segundo a polícia, o caso foi denunciado na segunda-feira (21). Vizinhos disseram que a idosa era impedida de sair de casa e que ninguém entrava também. A equipe da delegacia foi até o local e encontrou o suspeito no local. “Ele chegou a afirmar na minha frente e dos policiais que maltratava ela”, disse a delegada.

O sobrinho foi preso em flagrante e conduzido à delegacia. Já a idosa, ficará aos cuidados de uma irmã, que foi localizada pela polícia.

G1 RN

Um detento foi encontrado morto na madrugada desta sexta-feira (18) dependurado pelo pescoço dentro do Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, mais conhecido como Cadeia Pública de Natal, na Zona Norte da cidade.

Ainda não há informações sobre a identidade do detento.

De acordo com agentes penitenciários, apenas a perícia do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), que foi acionado ao local, vai poder dizer se o caso foi um homicídio ou suicídio.

G1 RN

Dois homens armados fizeram um arrastão em um ônibus escolar que transportava alunos do ensino médio na zona rural de São José de Mipibu, na Grande Natal, na noite desta quarta-feira (16). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados pararam o veículo e levaram todos os pertences dos estudantes e do motorista.

Conforme a PM, o motorista disse que foi abordado pelos homens quando estava deixando um dos alunos em uma parada, por volta das 22h40, perto da comunidade Cidade de Deus. Havia cerca de 20 jovens no veículo no momento em que ocorreu o crime. As vítimas estudam em colégios do centro da cidade e moram na área rural.

Os estudantes contaram que foram obrigados a entregar os celulares e outros pertences. Muitos adolescentes relataram ter sido ameaçados com o revólver. Depois de roubar os aparelhos, os criminosos fugiram.

G1 RN

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

Um uruguaio foi encontrado morto na tarde deste sábado (12) nas falésias da praia da Pipa, uma das mais badaladas do litoral potiguar. O estrangeiro foi identificado como Ricardo Miguel Ferreira Facilli, de 42 anos. A causa da morte ainda não foi esclarecida.

Segundo a Polícia Militar, o corpo foi encontrado por volta das 15h30. Estava sob o mirante do Santuário Ecológico, numa região chamada de Praia dos Golfinhos.

Em razão do difícil acesso ao local, o corpo foi retirado por uma equipe do Corpo dos Bombeiros.

A praia da Pipa fica no município de Tibau do Sul, no litoral Sul do estado. Um dos pontos mais visitados por turistas que vão à região são as falésias, também chamadas de chapadões. Nos pontos mais altos, as falésias chegam a 40 metros.

G1 RN

G1 RN – Três jovens foram mortos a tiros na madrugada desta sexta-feira (11) em uma residência no assentamento Santa Ana, na zona rural de Maxaranguape, no litoral Norte do estado.

Segundo a PM, dois deles morreram no local. O outro ainda foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho de um posto de saúde.
As vítimas ainda não foram identificadas.

A PM disse que ainda não há pistas dos criminosos, mas acredita que os três rapazes tenham sido alvos de acerto de contas envolvendo o tráfico de drogas na região.

G1 RN – Uma dona de casa de 41 anos foi morta a pedradas na madrugada desta quinta-feira (10) na cidade de São Miguel, no Oeste potiguar. O corpo de Maria Neide da Silva foi encontrado estirado no meio de uma rua no bairro Alto de Santa Teresa. As pedradas atingiram o rosto e a cabeça da mulher.

Segundo o tenente-coronel Davi Cavalcanti, comandante da Polícia Militar na região, o principal suspeito é o atual companheiro da vítima, que foi levado à delegacia. Ele nega o crime.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook

G1 RN – O corpo encontrado no final da manhã desta quarta-feira (9) no rio Potengi, em Natal, é de Joseildo Djalma da Sila, de 33 anos. Ele é suspeito de ter matado a ex-mulher nesta terça (8). O corpo foi reconhecido por familiares de Joseildo no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

O Corpo de Bombeiros encontrou o corpo dentro do rio, próximo à área usada para travessia de balsa, anos atrás.

De acordo com a polícia, Joseildo é o principal suspeito de ter matado sua ex-esposa, Rosemere Ferreira de Queiroz, encontrada morta na madrugada de terça-feira (8) em casa, em Macaíba, na Grande Natal.

O corpo de Rosemere foi encontrado com sinais de espancamento. Joseildo teria liagdo para uma amiga da ex-esposa contando que matou a ex-mulher e que iria cometer suicídio se jogando da ponte Newton Navarro.

O carro de Joseildo Djalma foi encontrado ainda durante a manhã de terça, abandonado na ponte.

Foto: Ivan Lemos/Inter TV Cabugi

Foto: Ivan Lemos/Inter TV Cabugi

Um médico cirurgião de 87 anos foi baleado no rosto durante um assalto a uma farmácia no bairro Tirol, na Zona Leste de Natal. O crime aconteceu na noite desta terça-feira (8) na Av. Hermes da Fonseca, perto da Escola Doméstica. Ele foi socorrido para o hospital e não corre risco de morte. Já os bandidos, fugiram com os pertences das vítimas.

Testemunhas disseram à polícia que o assalto aconteceu por volta da 20h. Cerca de 15 pessoas estavam na farmácia quando dois criminosos chegaram. Armados, eles exigiram o dinheiro e tomaram bolsas, celulares e até as chaves dos carros dos clientes.

Na fuga, os assaltantes se depararam com o idoso, que tinha acabado de estacionar na frente da farmácia, e atiraram nele. O médico foi baleado no rosto. Os criminosos fugiram no carro de um dos clientes.

O médico foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Segundo familiares, o tiro transfixou a pele da face e ele não corre risco de vida.

O carro roubado na farmácia foi encontrado momentos depois no bairro de Mãe Luíza, que fica vizinho ao Tirol. Até o momento ninguém foi preso.

G1 RN

Três pessoas foram assassinadas a tiros na noite desta segunda-feira (7) no conjunto Barretão, na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal. Entre as vítimas estão dois irmãos, um de 15 e outro de 16 anos.

Delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Sérgio Freitas disse ao G1 que um grupo de homens encapuzados chegou de carro e moto na rua Abílio Marinho por volta das 22h30, onde moravam os irmãos Adson Bernardo Oliveira e Allan Lucas Bernardo Oliveira.

Um dos irmãos estava do lado de fora acompanhado de Jackson Marcelo da Silva Faustino, de 19 anos. Eles foram obrigados a entrar no imóvel, onde os três foram executados. Uma mulher que também estava na casa foi trancada dentro do banheiro, mas não foi ferida.

Ainda de acordo com o delegado, os assassinos procuraram por drogas e dinheiro, mas não há a confirmação se em encontraram o que queriam. A motivação do triplo homicídio será investigada pela delegacia de Polícia Civil de Ceará-Mirim, que também ficará responsável por identificar os criminosos.

G1 RN

Foto: Divulgação/PM

Foto: Divulgação/PM

Um dos chefes de uma facção criminosa que disputa o domínio do tráfico de drogas no Rio Grande do Norte foi assassinado na noite deste domingo (6). Eduardo Rodrigues, mais conhecido como Eduardinho do Mosquito, levou vários tiros e morreu dentro de um carro na BR-101 Norte, quando passava pela rotatória de acesso à cidade de Extremoz, na Grande Natal.

A namorada de Eduardo, que também estava no veículo, ficou ferida no braço. Eduardinho era irmão do traficante ‘Joel do Mosquito’, que foi encontrado morto em outubro de 2015 dentro da Cadeia Pública de Natal.

G1 RN

Foto: PM/Divulgação

Foto: PM/Divulgação

G1 RN – Dois homens foram mortos a tiros na manhã deste domingo (6) no município de Baraúna, no Oeste potiguar. Um deles foi executado dentro de uma ambulância, no momento em que estava sendo levado para um hospital de Mossoró, que fica na mesma região. As duas vítimas haviam sido baleadas em um atentado ocorrido momentos antes.

Segundo a Polícia Militar, a ambulância foi perseguida e interceptada na RN-015. Os criminosos ordenaram que o motorista saísse correndo. Em seguida, mataram o paciente dentro do veículo. Já a segunda vítima, que também chegou a ser socorrida, morreu ao dar entrada no hospital de Baraúna.

Em estado de choque, o motorista da ambulância foi atendido pelos policiais. Os mortos ainda não foram identificados. A polícia não tem pistas dos assassinos nem da motivação dos homicídios.

Uma ação criminosa assustou os moradores de Nísia Floresta, região metropolitana de Natal, na madrugada deste sábado (5). Uma quadrilha fortemente armada invadiu a cidade, disparou tiros em várias ruas e fez moradores reféns, enquanto explodia um caixa eletrônico. As informações são da Polícia Militar. O terminal pertence ao banco Bradesco.

Segundo o tenente Moisés de Almeida, oficial de plantão no 3º Batalhão da PM, o crime aconteceu por volta das 2h30. Ainda é possível que o bando tenha atacado o cofre de uma agência dos Correios que fica no mesmo ponto comercial do caixa eletrônico. Parte do prédio desabou após a explosão.

De acordo com a PM, pelo menos três carros, entre eles uma caminhonete, foram usados pelos criminosos. A polícia não tem o número preciso de criminosos, que contavam com armas de grosso calibre, como fuzis.

“Quando chegaram na cidade, eles se espalharam em vários pontos do centro e ficaram atirando. Também pegaram algumas pessoas que estava bebendo e fizeram reféns. Elas tinham que ficar gritando que estavam sob o poder deles perto da Companhia da Polícia Militar, para os policiais não atirarem”, disse o oficial. Ler mais…

IMG_8476

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apreenderam, neste sábado (29), vários produtos, dentre explosivos e armas de fogo, utilizados por uma quadrilha em assaltos à instituições bancárias.

Os materiais foram encontrados em uma residência em São José do Mipibu, onde estavam os suspeitos pela explosão, ocorrida na madrugada deste sábado, de duas agências bancárias e dos Correios nos municípios de Belém e Malta, localizados no estado da Paraíba.
Os policiais da Deicor receberam a informação, por um colaborador, de que a quadrilha estaria planejando um roubo neste sábado no estado do Rio Grande do Norte ou no estado da Paraíba e que em seguida fariam caminho para a cidade do Natal. Com a ocorrência do roubo na Paraíba, foram realizadas diligências e campanas nas estradas para encontrar os foragidos no Rio Grande do Norte.

Veículos da mesma descrição que os utilizados no roubo foram encontrados e seguidos pelos policiais até adentrarem em uma granja localizada em Taborda, na cidade de São José do Mipibu.

Via O Xerife

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma carreta, carregada com aproximadamente 600 micro-ondas, foi apreendido na noite desta quinta-feira (27) em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. A carga foi apreendida por policiais da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos (Deprov). O motorista foi preso por receptação de material roubado.

A polícia chegou ao veículo depois de receber informações de outras cargas roubadas na própria cidade de São Gonçalo do Amarante. Segundo a delegada Michelle Barros, também foram apreendidos aparelhos que seriam usados para bloquear rastreadores de cargas.

O suspeito, que é reincidente, confessou que sabia que a carga era roubada.

G1 RN

lagosta-essa

Durante fiscalização de rotina, Policiais Rodoviários Federais do Rio Grande do Norte apreenderam, no final da noite do último sábado (22), na BR 101, saída da Praia de Muriu, no Litoral Norte potiguar, 52 quilos de lagosta.

Na abordagem a um Renaut Clio, foram encontrados dois isopores contendo 70 kg de lagosta. No decorrer da ocorrência, foi constatado que 52 kg não estavam em conformidade com a lei. A lei de crimes ambientais estabelece que a lagosta da espécie vermelha tem que ter o tamanho mínimo da cauda de 13 cm, e a lagosta da espécie Cabo Verde só pode ser comercializada com no mínimo 11 cm.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos responsáveis, que foram conduzidos com o produto apreendido para a delegacia da Polícia Federal em Natal para as providências cabíveis. O crime ambiental em questão prevê uma pena de reclusão de 1 a 3 anos e multa.

PRF

IMG000000000152632

Policiais do 11º Batalhão da Polícia Militar (11ºBPM) prenderam, na noite dessa terça-feira (25), três homens ao serem flagrados com explosivos no município de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal.

Segundo a PM, ao realizar o patrulhamento tático na Rua da Floresta, no bairro do Golandim, os militares se depararam com Adrier Nunes Martins, 23 anos, Luiz Eduardo Julião da Paixão, 23 anos, e Mário da Silva, 20 anos, que estavam conduzindo três motocicletas. Uma das motocicletas estava com o chassi raspado. Na residência deles foram encontrados explosivos, cordão detonador, espoleta, pólvora, e chumbo.

Diante do flagrante, o trio e o material apreendido foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil e ficou à disposição da Justiça.

SESED/ASSECOM

Um homem e uma mulher foram mortos a tiros na Praia de Muriu, que fica na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal, Litoral Norte do estado. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (22) e as vítimas tiveram os corpos queimados pelos assassinos.

O casal foi identificado pela Polícia Militar como sendo Erivan Pereira da Silva, de 22 anos de idade, e Rita Lanca Cruz de Oliveira, de 19.

O capitão Trindade, que comanda as ações da PM na região, informou que o duplo homicídio aconteceu no final da noite. O casal estava em uma residência na localidade conhecida como Comunidade do Ovo, na Rua da Lagoa, no momento em que chegaram os suspeitos.

Segundo o capitão, eram cinco homens, que foram até o local em um carro. “Eles chegaram gritando o nome de uma facção criminosa”, afirma o oficial.

Os criminosos invadiram o imóvel, atiraram contra os dois e atearam fogo nos corpos. Em seguida a quadrilha fugiu e não foi mais vista. A polícia ainda realizou um patrulhamento na região, na tentativa de encontrar os responsáveis pelo crime, no entanto ninguém foi preso.

G1 RN

Foto: Eurípedes Dias

Foto: Eurípedes Dias

G1 RN – Corpos de dois homens, com marcas de tiros, foram encontrados na manhã deste sábado (22) amarrados sobre um reboque engatado a um carro abandonado na zona rural do município de Jandaíra, na região da Baixa Verde, a aproximadamente 115 quilômetros de Natal.

O carro é um Polo preto, que foi deixado em uma estrada de terra nas proximidades da fazenda de um ex-prefeito do município, em uma região conhecida como Aroeira. Já o reboque, que tem as laterais fechadas com madeira e abertas no alto com grades de ferro, é daqueles usados para o transporte de animais de grande porte, principalmente cavalos.

Na carroceria do reboque, os corpos estavam de pé, presos pelo pescoço às grades e com as mãos atadas nas costas. Há várias marcas de tiros nas duas vítimas.

Segundo o sargento Francisco Canindé da Silva, responsável pelo policiamento militar em Jandaíra, as vítimas ainda não foram identificadas, mas moradores da região disseram que ambos são suspeitos de roubo de animais.

Foto: Divulgação/PRF

Foto: Divulgação/PRF

Do G1 RN – Quatro homens foram presos em Mossoró pela Polícia Rodviária Federal, na tarde desta sexta-feira (21), com 250 abadás do Fortal – micareta que acontece em Fortaleza até o próximo domingo (23). De acordo com a Polícia Civil, os abadás não são autênticos e foram comprados em um local não autorizado.

“Os abadás não são autênticos e foram comprados em um lugar clandestino em Natal e não tem local autorizado para vender esses abadás em Natal, somente em Fortaleza”, explicou o delegado José Vieira. Segundo ele, os homens disseram que os abadás seriam revendidos em Fortaleza. “Mas eles não têm autorização pra vender abadás em grandes quantidades”.

A prisão aconteceu na BR-304 em uma fiscalização de rotina da PRF. Os abadás são do bloco Siriguella que se apresenta nesta sexta no Fortal puxado por Bell Marques.

Após a abordagem, os homens foram levados para Delegacia de Defraudações de Mossoró. Os quatro homens foram presos por receptação qualificada.

Três pessoas foram mortas na madrugada desta sexta-feira (21) no distrito de Umari, zona rural do município de Ielmo Marinho, na Grande Natal. Entre as vítimas estão dois irmãos, um de 15 e outro de 17 anos. A outra vítima tem 21 anos. Segundo a Polícia Militar, ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, os irmãos foram identificadas como Bernardo e Breno Torres, de 15 e 17 anos, respectivamente, e ainda Breno Gustavo dos Santos, de 21. “O corpo do adolescente mais novo estava dentro de casa, na sala. Já o irmão dele, foi estava caído do lado de fora da residência. E a terceira vítima, o rapaz de 21 anos, acreditamos que tenha tentado fugir correndo, porque o corpo dele estava a uns 500 metros da casa”, relatou tenente-coronel Júlio César Vilela.

Ainda segundo o oficial, os disparos foram ouvidos por volta das 2h50, mas ninguém viu quantos eram os criminosos. “Também não temos informações de como fugiram”, acrescentou.

Chacina

Esta é a segunda matança ocorrida em Ielmo Marinho nesta semana. Na segunda-feira (17), duas casas foram cercadas e quatro jovens executados à queima-roupa. A chacina aconteceu na comunidade de Canto de Moça, também na zona rural do município. Ninguém foi preso.

G1 RN

BannerAl

pm2

pm-1

Uma tentativa de explosão em um caixa eletrônico da agência do Banco do Nordeste foi registrada na madrugada desta quinta-feira (20), por volta das 3h, na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. De acordo com a PM, a quantidade de explosivo não foi suficiente para arrombar o terminal.

Ao ser chamada por populares, a PM não encontrou suspeitos no local, assim como nas redondezas. Os policiais encontraram as vidraças da agência estilhaçadas e o caixa danificado.

Via Blog doBG

Foto: Canindé Soares

Foto: Canindé Soares

G1 RN – Uma mulher, ainda não identificada, foi encontrada morta no início da manhã desta terça-feira (18) em um chapadão na praia da Pipa, uma das mais frequentadas do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Civil, só as investigações poderão apontar se ela caiu acidentalmente, se pulou ou foi jogada do alto da falésia.

A praia da Pipa fica no município de Tibau do Sul, no litoral Sul do estado. Um dos pontos mais visitados por turistas que vão à região são as falésias, também chamadas de chapadões. Do alto das formações rochosas é possível fazer fotos de boa parte da faixa litorânea.

Nos pontos mais altos, as falésias chegam a 40 metros.

BannerAl

Foto: Divulgação / PM

Foto: Divulgação / PM

A Polícia Militar realizou a apreensão de armas de grosso calibre, na tarde desta quinta-feira (13), como fuzis, espingardas e até mesmo granadas, na praia de Búzios, em Nísia Floresta. A suspeita é que o material seria usado por uma quadrilha para explosão de bancos no Rio Grande do Norte.

De acordo com o comandante interino do 3º Batalhão da PM, capitão Nailton, os policiais realizavam patrulhamento de rotina e receberam informação da localização de um veículo roubado, após a vítima ter conseguido identificar o autor desse crime.

No local, além do carro roubado, os policiais militares acabaram localizando um verdadeiro arsenal. Foi apreendido um fuzil Ruger, dois fuzis HK47 calibre 762, uma espingarda calibre 12, uma carabina calibre ponto 40, um fuzil adaptado para pistola e uma pistola calibre ponto 40.

Além disso, foram apreendidas três granadas e dezenas de munições de calibres 762, ponto 40 e 9mm. Os policiais encontraram ainda quatro coletes balísticos, rádios comunicadores, máscaras de gás e artefatos explosivos. Ler mais…

Foto: Alcivan Vilar / Fim da Linha

Foto: Alcivan Vilar / Fim da Linha

G1 RN – O motorista de um ônibus que faz transporte de estudantes foi assassinado, no final da tarde desta quarta-feira (12), quando estava no estacionamento de uma universidade particular. O crime aconteceu no bairro Nova Betânia, na cidade de Mossoró, região Oeste do RN.

A vítima foi morta a tiros por dois homens ainda não identificados. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a ser acionado, mas não houve tempo de socorro. O sargento Rivelino Lopes, do 2º Batalhão da Polícia Militar, informou ao G1 que a polícia investiga se o caso foi latrocínio ou uma execução.

“Um vigia disse que passou pelo ônibus e viu o motorista no ônibus, pouco tempo depois, ele ouviu o disparo de arma de fogo e ainda conseguiu visualizar dois suspeitos correndo em direção ao matagal que tem na lateral da universidade”, relatou o sargento da PM.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o motorista conduzia alunos da cidade de Areia Branca para a universidade. Ele havia deixado os estudantes e aguardava o término das aulas para retornar a Areia Branca com o grupo.

BannerAl

G1 RN – Um adolescente de 16 anos e um homem ainda não identificado foram encontrados mortos, neste sábado (8), em uma estrada carroçável próximo à estrada de Pium, em Parnamirim, na Grande Natal. As vítimas, de acordo com a polícia, foram assassinadas a tiros.

Os dois mortos, segundo informações do sub-tenente Figueiredo, do 3º Batalhão da Polícia Militar, teriam sido executados no local onde foram encontrados. As vítimas, inclusive, estavam vestindo apenas cueca. Os corpos foram encontrados por populares que trafegavam pela estrada.

“Tinha bastante sangue próximo aos corpos, então acreditamos que eles tenham sido executados lá mesmo”, disse o oficial da PM. De acordo com ele, o adolescente de 16 anos foi identificado como Everton Breno da Rocha Cardoso. O outro homem morto não portava nenhum documento.

BannerAl

Foto: João Gilberto / ALRN

Foto: João Gilberto / ALRN

O deputado Dison Lisboa (PSD) poderá escolher entre dormir na prisão ou usar tornozeleira eletrônica, segundo informou ao G1 o juiz de Execuções Penais de Natal, Henrique Baltazar. O deputado foi preso na madrugada do sábado (1º) atendendo a um mandato de prisão aberto contra ele pela Comarca de Goianinha, na Região Metropolitana da capital. Ele segue detido no Comando da Polícia Militar.

Na manhã desta segunda-feira (3) a Comarca de Goianinha ainda aguardava a notificação do delegado Wellington Guedes, que executou a prisão. Depois que isso ocorrer, o caso deverá ser remetido à Vara de Execuções Penais da capital, porque o município não conta com unidade prisional voltada para o semiaberto, conforme informou a secretaria da Comarca.

Responsável pela distribuição dos presos em Natal, Henrique Baltazar explicou ao G1 que o parlamentar poderá escolher entre a prisão ou o aparelho de monitoramento durante a audiência de execução penal. Para isso, é preciso que haja tornozeleira disponível.

“Temos uma portaria aqui em Natal que define que o preso do semiaberto, como é o caso dele, pode escolher se quer ser recolhido no presídio toda noite ou usar tornozeleira eletrônica”, declarou o magistrado.

A portaria citada pelo juiz é a 02/2016, publicada em fevereiro do ano passado. “Isso é válido para todos, não apenas para ele”, acrescentou. Ler mais…

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Foto: Divulgação / Polícia Civil

G1 RN – Uma criança de apenas 10 meses morreu após ser atingida por um disparo de espingarda de pressão, na cidade de Serra Caiada, no interior do Rio Grande do Norte. O pai do bebê foi autuado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e pagou fiança. Ele alegou que arma disparou acidentalmente, neste domingo (2).

De acordo com a Polícia Civil, o pai relatou que limpou a arma e não percebeu que ela estava carregada. Ao colocar a espingarda de pressão em cima da mesa, ela acabou disparando e atingiu o tórax da filha de apenas 10 meses, identificada como Maria Otilia de Oliveira.

A bebê chegou a ser levada para o hospital de Serra Caiada, mas não resistiu e morreu. O pai foi conduzido à Delegacia de Santa Cruz, onde foi autuado por homicídio culposo. Ele pagou fiança e foi liberado pelos policiais para responder ao processo em liberdade.

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) confirmou a fuga de pelo menos três apenados da Cadeia Pública de Natal, mais conhecida como Presídio Provisório Raimundo Nonato.

Informações dão conta que os presos conseguiram escapar nesse domingo (2). Os detalhes da fuga ainda serão esclarecidos.

Via Blog do BG

BannerAl

raul-pt-c

Antônio Soares Filgueira, “Raul” de 42 anos de idade, natural da cidade de Ipanguaçu e residente no Assentamento Oziel, próximo a Maísa, no município de Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi morto numa emboscada no final da noite de segunda feira, 26 de junho.

Raul, era agricultor e desenvolvia a atividade de Apicultor “criador de abelhas para produção de mel” foi morto quando retornava do seu lote de terra, por volta de 23 horas.

Segundo informações, ele retirou as caixas para coletar o mel durante o dia e a noite teria ido ao lote devolver as caixas para uma nova produção e foi morto quando retornava.

Uma senhora, sócia de Raul, disse que ouviu cerca de 05 disparos, mas só deu importância, quando percebeu a chegada de um animal com a carroça que estava sendo usada por ele para transportar as caixas com o mel. Ela estranhou e com a ajuda de vizinhos, localizaram o mesmo caído e já sem vida no portão de entrada para o local das abelhas. Ele ainda estava com a roupa de proteção contra abelhas.

O local fica distante cerca de 1 km da vila e a vítima esteva sozinha. Ninguém sabe o que pode ter acontecido. A polícia e família não descartam a possibilidade de crime de vingança.

Ele havia sido absorvido, há cerca de 10 anos, da acusação de um crime de homicídio, lá mesmo na região da Maísa, mas segundo informações, Raul era uma pessoa bem relacionada, muito conhecido em toda região da Maísa, onde tinha sido candidato a vereador em 2016, pelo Partido dos Trabalhadores.

POR O CÂMERA

BannerAl

IMG-20170626-WA0008

Uma investigação da Delegacia de Homicídio da Zona Norte (DHZN) da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) indiciou 13 detentos da Penitenciária João Chaves por terem matado o preso Luiz Clebson de Araújo, conhecido por “Mossoró”, 26 anos, no dia 26 de setembro de 2016. A investigação descobriu que o grupo, formado por integrantes da facção Sindicato do RN, matou a vítima e simulou que a mesma tivesse cometido um suicídio. Na tarde do dia 26, o corpo de Luiz foi encontrado dependurado na entrada da cela 10, do Pavilhão 2. Ele havia cometido crimes como roubo e tráfico de drogas.

Foram indiciados por homicídio qualificado e associação criminosa: Adriano Machado, vulgo “Goianinha”, 30 anos; David Lopes da Silva, vulgo “Riú”, 30 anos; Wellington Fernandes de Lima, vulgo “Espanta”, 32 anos; Hegleiber Silva dos Santos, vulgo “Ceará”, 34 anos; Israel Nascimento de Oliveira, 27 anos; Moab Cristiano de Araújo Pinheiro, 31 anos; Edson Luiz de Oliveira, vulgo ” Shampoo”, 30 anos; Pedro Caetano da Silva, vulgo “Pedro Boy” ou “Coroa Pedro”, 35 anos; José Ederfran Rodrigues Pessoa, 37 anos; José Wellington Costa de Souza Junior, vulgo “Aranha”, brasileiro, 27 anos; Jubiranilson de Araújo Barbosa, vulgo “Jubi”, 28 anos; Maciel Cavalcanti Odilon, vulgo “Badibi”, 27 anos; Marcelo Moreira de Oliveira, vulgo “Marcelo Boy ou Marcelo de Cleuza”, 42 anos; Marcos dos Santos Aguiar, vulgo “Cara de Pulga Maruim”, 35 anos. A DHPP já representou à Justiça a prisão preventiva dos 13 indiciados.

De acordo com as investigações, a motivação para que Luiz Clebson fosse morto pelos integrantes do Sindicato do RN seria porque o mesmo estava montando uma falsa fuga para os presos do Sindicato do RN que estavam detidos no Pavilhão 2, com o intuito de serem executados logo após a fuga. Luiz Clebson estava arquitetando para que os detentos do Sindicato do RN fossem mortos por integrantes do Primeiro Comando da Capital.

O plano arquitetado por Luiz Clebson estava sendo combinado por celular e um dos presos do Sindicato do RN conseguiu pegar o celular da vítima e descobriu todo o plano. Após a descoberta, os presos do Sindicato do RN decidiram matar Luiz Clebson. Para elucidar o homicídio da vítima, a equipe da DHPP ouviu 46 presos que estavam detidos no Pavilhão 2.