Polícia Arquivo

Foto: PF-RN/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (16) uma operação de combate ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. A ação, que foi denominada ‘Narco Trucks’, contou com o apoio de policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

Segundo a PF, 20 mandados judiciais de busca e apreensão e 13 mandados de prisão preventiva, além de medidas de sequestro de bens e bloqueios de contas dos suspeitos, foram cumpridos nas cidades de Natal, São José de Mipibu, Tibau do Sul, Parnamirim, Macaíba, Brejinho e Baía Formosa.

As investigações tiveram início em 2017, quando a Polícia Federal apreendeu, na zona rural de Macaíba, na Grande Natal, aproximadamente 30 quilos de cocaína, além de rascunhos e documentos da contabilidade de traficantes detidos na ocasião.

As investigações apontam que o principal alvo preso na operação seria chefe de um grupo criminoso com atuação no Paço da Pátria, e apontado como fornecedor de drogas da facção Sindicato do Crime do RN.

Durante o cumprimento dos mandados, a PF também prendeu um investigado acusado de tráfico que fornecia drogas para Natal e outros municípios, como São José do Mipibu, Brejinho e Tibau do Sul, além de ser um dos principais abastecedores de cocaína da praia de Pipa, no Litoral Sul Potiguar.

Os presos estão sendo indiciados e vão responder pelos crimes de tráfico de entorpecentes, lavagem de capitais e organização criminosa, cujas penas máximas, somadas, podem alcançar até 33 anos de reclusão.

G1 RN

Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Um jovem foi espancado até a morte após atropelar e matar uma criança de 1 ano e 4 meses no bairro Nazaré, em Natal, na noite de sexta (12).

De acordo com a Polícia Civil, o motociclista – identificado como Mateus Miranda do Nascimento, de 18 anos – estava empinando a moto pela Avenida Lima e Silva quando, próximo à Travessa Vila Viana, perdeu o controle do veículo e atropelou a criança. Kauan Henrique estava com a mãe no momento do acidente e morreu na hora.

Ainda segundo informações da polícia, o motociclista tentou fugir do local do acidente correndo, mas foi pego por populares que o espancaram até a morte. O jovem ainda levou uma facada no peito.

De acordo com o delegado Rysklyft Factore, os responsáveis pelo linchamento ainda não foram identificados, mas pelo menos cinco pessoas participaram do crime. Mateus Miranda não tinha passagem pela polícia.

G1 RN

G1 RN – Um sargento levou um tiro na mão, na manhã desta quinta-feira (11), ao reagir a um assalto no bairro Cidade da Esperança, na Zona Oeste de Natal. Os bandidos queriam roubar o carro do policial, mas fugiram sem levar nada.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, o sargento estava dentro do veículo aguardando a mulher dele, quando dois casais, também de carro, se aproximaram e anunciaram o assalto. O PM reagiu e atirou nos bandidos. No confronto, um dos disparos atingiu a mão do PM, que depois foi socorrido.

Guarnições foram chamadas e fizeram buscas pela região, mas não encontraram os criminosos.

Foto: Polícia Militar

Os dois adolescentes que foram apreendidos nesta quarta-feira (10) durante a ‘Operação Santuário’, realizada em conjunto pelas polícias Civil e Militar na cidade de Macaíba, na Grande Natal, sofreram um atentado a tiros assim que deixaram a delegacia da cidade. Os dois, com suas respectivas namoradas, estavam em um táxi quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e atiraram. Uma das adolescentes foi atingida na perna.

Segundo a Polícia Militar, o tiroteio aconteceu no campo da Santa Cruz, um loteamento de Macaíba. Com os disparos, o motorista perdeu o controle do táxi e bateu no muro de uma casa. A dupla que estava na moto fugiu. A garota ferida ficou dentro do carro. Já o namorado dela e o outro casal fugiram correndo. Um outro taxista foi ao local e socorreu a adolescente, que foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento de Macaíba. A jovem passou por uma pequena cirurgia e foi liberada.

Segundo o delegado Normando Feitosa, titular da DP de Macaíba, os dois adolescentes apreendidos na Operação Santuário foram liberados após prestarem depoimento.

G1 RN

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

G1 RN – Policiais civis e militares realizaram na manhã desta quarta-feira (10) na cidade de Macaíba, na Grande Natal, uma operação para prender um homem suspeito de ter matado um cabo da PM – crime ocorrido no dia 8 de maio deste ano na Zona Norte da capital potiguar. Durante o cumprimento do mandado, houve troca de tiros.
Resultado: o suspeito acabou morto, outro ficou ferido e cinco adultos foram presos e dois adolescentes apreendidos.

Segundo o delegado Normando Feitosa, titular da DP de Macaíba, o objetivo da missão era prender Eduardo Ferreira da Silva, de 26 anos, mais conhecido como Dudu. Ele foi apontado como participante da morte do cabo Waldembergue Cruz de Lima, de 45 anos. O PM se preparava para sair de um salão de barbearia no conjunto Nova Natal, na Zona Norte da capital, quando foi assassinado.

“Armado com uma espingarda, ele reagiu e atirou em nossa equipe. No revide, ele e outro comparsa foram baleados. Ambos foram socorridos, mas o Dudu não resistiu ao ferimento. O outro segue no hospital”, disse Normando.

Ainda de acordo com o delegado, outros quatro homens, uma mulher e mais dois adolescentes, todo envolvidos com uma facção criminosa, foram detidos e levados para a delegacia. O grupo estava em uma residência vizinha à casa de Dudu. Os imóveis ficam no bairro Morada da Fé. Em alusão à localidade, a operação foi batizada de ‘Santuário’.

Também foram apreendidos duas espingardas, um revólver e munições.

Além dos policiais da Delegacia de Macaíba, também participaram da operação agentes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e policiais militares do 11º BPM.

Foto: PM/Divulgação

Cerca de 10 homens armados explodiram um caixa eletrônico da agência do Bradesco na cidade de Almino Afonso, cidade da região Oeste potiguar, na madrugada desta terça-feira (2). A quadrilha ainda fez disparos contra a base da Polícia Militar. Ninguém foi preso.

A Polícia Militar registrou a ocorrência por volta das 2h50. O grupo estava em um Renault Sandero da cor preta. Os homens explodiram o caixa do banco e depois atiraram pelas ruas da cidade, e também contra o pelotão da PM. A ação criminosa causou pânico entre os moradores.

A quadrilha ainda espalhou grampos de ferro na pista com a intenção de danificar os pneus dos veículos e evitar a perseguição da polícia.

Ainda não há informações se o grupo conseguiu levar o dinheiro do caixa.

G1 RN

Foto: Cedida

A prefeita da cidade de Pedro Velho, no Agreste potiguar, Patrícia Targino (MDB), foi vítima de bandidos na madrugada deste sábado (29). Ela havia acabado de chegar em casa, após participar de um comício, quando foi rendida. A prefeita e mais sete sete familiares foram feitos reféns dentro de casa por 30 minutos durante o arrastão.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Pedro Velho, depois do comício realizado no centro da cidade, a prefeita esteve na fazenda de sua propriedade e retornou para a sede do município. Quando entrava em casa, Patrícia Targino foi surpreendida por oito bandidos encapuzados, incluindo uma mulher.

Os criminosos trancaram as vítimas dentro de um dos quartos, enquanto procuravam dinheiro, joias, celulares e recolhiam aparelhos de televisão. Segundo a assessoria, como não encontraram dinheiro, levaram os objetos de valor.

Na fuga, os bandidos ainda levaram o carro do pai da prefeita, um idoso com mais de 80 anos. O carro foi abandonado cerca de 10 quilômetros do centro, na Zona Rural do município.

Policiais do Grupo Tático Operacional da PM fizeram buscas na região, mas não encontraram nenhum suspeito.

G1 RN

Foto: Reprodução/GloboNews

Adélio Bispo de Oliveira, agressor do candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), foi indiciado por prática de atentado pessoal por inconformismo político, crime previsto na Lei de Segurança Nacional. O inquérito da Polícia Federal (PF), ao qual a TV Globo teve acesso com exclusividade e que foi concluído nesta sexta-feira (28), afirma que ele agiu sozinho no momento do ataque e que a motivação “foi indubitavelmente política”. Um segundo inquérito foi aberto para dar continuidade às apurações.

“No que tange à participação ou coautoria no local do evento, a partir de evidência colhidas, descarta-se o envolvimento de terceiros”, diz o inquérito.

O ataque contra Bolsonaro aconteceu no dia 6 de setembro, quando o presidenciável participava de um ato de campanha, em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais. O agressor foi preso em flagrante logo após o atentando e confessou a autoria do crime nas três ocasiões em que foi ouvido pela PF.

Foram verificados mais de 250 gigabytes de informações em mídias, incluindo dados de celulares e do notebook do suspeito, assim como cerca de 600 documentos. A PF ainda teve acesso a mais de 6 mil mensagens instantâneas e 1.060 e-mails, que seguirão sendo analisados no segundo inquérito. Ainda há necessidade de novas quebras de, pelo menos, outros seis e-mails e três telefones usados pelo investigado.

G1 MG

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

G1 RN – Policiais civis e militares realizam na manhã desta sexta-feira (28), nas cidades de Tangará e São José do Campestre, no Agreste potiguar, a terceira fase da operação denominada ‘Silêncio’. O objetivo é combater o tráfico de drogas na região.

Até as 7h30, oito adultos haviam sido presos e um adolescente apreendido.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um ex-vice-prefeito de Água Nova, cidade distante 411 quilômetros de Natal, foi encontrado morto em uma estrada de barro que liga o município a Riacho de Santana. A vítima é Antônio Sezanildo do Nascimento, conhecido por Neném de França.

De acordo com a polícia, Neném de França viajava de moto com destino a Riacho de Santana quando foi executado a tiros de pistola, por volta de 12h20. O veículo foi deixado no local do crime. A Delegacia Regional de Pau dos Ferros investiga o caso.

O filho da vítima, Antônio Kadson da Silva Nascimento, é o atual presidente da Câmara dos Vereadores da cidade. Antônio Sezanildo do Nascimento foi vice-prefeito e também vereador de Água Nova.

G1 RN

Bandidos levaram a arma e um colete de um policial que estava de serviço em um posto da Polícia Militar na cidade de Vera Cruz, na região metropolitana de Natal, na noite desta quinta-feira (13). Ninguém foi preso.

Segundo a polícia, após roubaram os pertences do agente os bandidos entraram na base policial a procura de outras armas e em seguida fugiram em um carro. Os criminosos foram surpreendidos por uma viatura da polícia que estava próxima, mas o grupo abandonou o veículo e conseguiu fugir por um matagal.

Ainda de acordo com a polícia, o carro usado pelos criminosos é clonado e foi roubado de dentro de um lava-jato no dia 31 de agosto. Até o momento ninguém foi preso.

G1 RN

Foto: Polícia Militar

Uma quadrilha invadiu a cidade de Parelhas, na região Seridó potiguar, e explodiu caixas eletrônicos de dois bancos na madrugada desta quinta-feira (13). Segundo a Polícia Militar, a ação durou cerca de meia hora.

As agências do Banco do Brasil e do Bradesco foram os alvos dos bandidos. De acordo com a polícia, o grupo era grande e chegou em pelo menos 5 carros por volta das 2h10.

Os bandidos ainda atearam fogo em um carro na frente do destacamento da Polícia Militar, impedindo a saída dos policiais de serviço. A quadrilha também atirou pela cidade, o que gerou pânico entre os moradores.

Na fuga, os criminosos espalharam grampos de ferro por várias saídas da cidade. Ainda não se sabe a quantia roubada. A polícia ainda está realizando diligências em busca dos envolvidos.

G1 RN

Um levantamento do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado(Gaeco), do Ministério Público Estadual, alerta que pelo menos 33 cidades do Rio Grande do Norte estão sob “forte presença” de duas facções criminosas que podem até mesmo interferir no pleito eleitoral deste ano.

As informações foram enviadas na semana passada ao comando da Polícia Militar, do Exército no RN e ainda para as promotorias em que as zonas eleitoriais sob risco da presença dos grupos criminosos.

Para se ter noção do poder dos bandidos, uma das facções criminosas, o Sindicato do Crime do RN, tem enviado um chamado identificado como “Salve”, em que proíbe a panfletagem e divulgação de imagens de alguns políticos em suas áreas, sob ameaça de “punição” contra quem desobedecer.

Embora não divulgadas, algumas cidades importantes em suas regiões estão na lista. São elas: Natal, Mossoró, Pau dos Ferros, Currais Novos, Ceará-Mirim e São Gonçalo do Amarante. Ler mais…

Foto: Marcelino Neto/O Câmera

Homens invadiram uma casa em um sítio na zona rural de Caraúbas, na região do Oeste potiguar, e executaram a tiros um idoso de 71 anos conhecido como Joaquim, na madrugada desta terça-feira (11). Segundo informações da polícia, o grupo ainda obrigou os familiares a atearem fogo na residência com o corpo dentro. Ninguém foi preso.

Ainda de acordo com a polícia, os homens chegaram de carro ao Sítio Livramento por volta da meia-noite. A comunidade fica às margens da RN-117. Em seguida, invadiram a casa. Além do idoso, mais 7 pessoas estavam na residência. Os bandidos mandaram as mulheres saírem da casa e atiraram na vítima. Depois, obrigaram o filho e o genro do idoso a atearam fogo no imóvel com o corpo dentro.

Quando a polícia chegou o teto da casa ainda estava em chamas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Mossoró foi acionada e controlou a fogo. O corpo foi encontrado próximo a uma motocicleta, que também foi destruída. Ainda segundo a polícia, ninguém sabe o que motivou o crime.

O caso será investigado pela Polícia Civil de Caraúbas.

G1 RN

Foto: Reprodução

Os motoristas que trafegavam na Ponte de Igapó na noite deste domingo (9) foram surpreendidos por uma troca de tiros na Comunidade do Mosquito, na Zona Oeste de Natal. O tiroteio aconteceu por volta das 21h. Em vídeos gravados pela população, é possível ver os motoristas voltando pela contramão para evitar passar pelo confronto.

A polícia confirmou que o tiroteio foi uma troca de tiros entre bandidos de uma facção criminosa e agentes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). Ainda segundo a polícia, um bandido morreu.

A troca de tiros causou um engarrafamento na Avenida Felizardo Moura, na altura do Bairro Nordeste.

G1 RN

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

Morreu no final da tarde desta quarta-feira (5), ao trocar tiros com policiais militares na cidade de Caraúbas, na região Oeste potiguar, um homem suspeito de participação no assassinato do cabo da PM Ildônio José da Silva, crime ocorrido no dia 16 do mês passado durante um assalto a um ônibus de estudantes na RN-117. Kauã Bruno Ferreira de Lima, mais conhecido como ‘Cocada’, de 18 anos, era um dos 9 suspeitos que ainda estão sendo procurados.

A PM disse que chegou a Kauã – que estava escondido em uma casa no bairro Leandro Bezerra – após ele ter assaltando uma mulher, crime cometido pela manhã na comunidade Alto de São Severino. Ao tentar escapar do cerco, o suspeito atirou contra os policiais, que revidaram. Kauã foi baleado e socorrido para o hospital, mas não resistiu ao ferimento.

Apesar da morte do suspeito, a Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (Apram) confirmou que a recompensa, no valor de R$ 11.400,00, continua valendo para quem der informações que levem à prisão os assassinos do cabo.

G1 RN

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (Apram) aumentou de R$ 3 mil para R$ 11.400,00 o valor da recompensa a ser paga para quem der informações que levem à prisão os assassinos do cabo Ildônio José da Silva, de 43 anos. O policial foi morto no dia 16 de agosto durante o assalto a um ônibus escolar na RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar. Até o momento 11 pessoas já foram presas e 9, com mandados já expedidos pela Justiça, ainda são procuradas.

policial, que estava a caminho de uma faculdade em Mossoró, foi identificado pelos bandidos, retirado do veículo, deitado no chão e executado com vários tiros. O último disparo, na cabeça, foi de espingarda calibre 12.

Os delegados Christiano Othon de Melo, titular da DP de Caraúbas, e Sandro Régis, da Delegacia Regional de Patu, confirmam que dos nove suspeitos procurados oito são adultos e um é adolescente (17 anos). “Todos têm mandados expedidos pela Justiça”, ressaltam.

Os oito mandados de prisão preventiva e mais o mandado de busca e apreensão do adolescente foram expedidos pelo juiz Pedro Paulo Falcão Júnior, titular da Comarca de Caraúbas.

Os 9 procurados são:

Vantuir Lima, 23 anos
Antônio Alcivan Fernandes Júnior (‘Juninho Mangueira’), 18 anos
Wilhiam Bezerra de Lima (‘Belo das Mirandas’), 24 anos
Kauã Bruno Ferreira de Lima (‘Cocada’), 18 anos
Danilo Soares da Silva Fernandes,18 anos
Lucivan Dantas (‘Rabicó’), 18 anos
Judson Rodrigues Vieira (‘Juca Ladrão’), 24 anos
Obimael (‘Bibi das Mirandas’), 23 anos
Adolescente de 17 anos

Até o momento, 11 pessoas já foram presas por envolvimento direto no assalto e morte do PM, ou por favorecimento aos bandidos.

Por participação direta, são três: dois homens e uma mulher. Os outros oito foram todos indiciados por terem, de alguma forma, colaborando com a quadrilha – seja tentando ajudar os bandidos a fugirem do cerco que a polícia montou na região, ou mesmo dando guarida aos criminosos.

G1 RN

Na madrugada de hoje, 05, por volta de 01h30m da madrugada, nossa cidade foi acordada por fortes disparos de armas de fogo de grosso calibre.

Na ocasião, explodiram as agências do Banco do Brasil e do Bradesco, como também estouraram as portas de vidro da Ótica Mirna, da Net System, da Atraente Modas e da Unilar. Nesta última, segundo informações, os bandidos levaram celulares.

Após o tiroteio, muitos populares foram ao centro de São Paulo do Potengi para ver o resultado da ação dos bandidos.

Blog do Silvério Alves 

Dois ladrões morreram e um foi preso em meio a uma troca de tiros com policiais militares em Caicó, cidade da região Seridó potiguar. O confronto aconteceu no final da noite desta segunda-feira (3) durante um assalto a uma residência no bairro Paraíba. Os mortos ainda não foram identificados.

Segundo a polícia, os próprios moradores perceberam a presença dos bandidos e avisaram aos vizinhos, que imediatamente chamaram a PM. Como o batalhão fica perto da casa, não demorou muito e imóvel foi cercado. Contudo, os criminosos atiraram contra as guarnições. Houve revide e dois bandidos acabaram mortos. Um terceiro assaltante se entregou e foi preso.

Com os criminosos foram apreendidos uma espingarda calibre 12 e um revólver. Objetos roubados foram recuperados.

G1 RN

G1 RN – Criminosos trocaram tiros com a Polícia Militar depois de invadirem a agência dos Correios em Caraúbas, município da região Oeste potiguar. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (1º), por volta de 1h. Um dos suspeitos foi baleado e morreu no hospital. Os outros integrantes do bando conseguiram fugir da cena do crime, mas um foi preso durante a manhã, em Assu.

De acordo com a PM, a população de Caraúbas percebeu a movimentação na agência durante a madrugada e acionou a polícia. A equipe de plantão na cidade foi até o local, constatou o arrombamento e pediu reforço ao Grupo Tático Operacional.

Com a chegada do reforço, os militares entraram na agência e se depararam com três criminosos, que, segundo a PM, começaram a atirar contra os policiais. Houve troca de tiros e um deles, um jovem de 18 anos, foi baleado. Conforme a polícia, o suspeito foi socorrido ao hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos.

Os outros dois criminosos fugiram por uma área de matagal que fica atrás da agência. Durante as buscas realizadas na região, um dos suspeitos foi preso em Assu, também na região Oeste, já pela manhã. À polícia, o jovem, que tinha um mandado aberto por assalto a banco em Pernambuco, confirmou participação no crime.

Segundo a polícia, os assaltantes não conseguiram acesso ao cofre da agência.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Mercadorias contrabandeadas avaliadas em cerca de R$ 2 milhões foram apreendidas pela Polícia Civil na madrugada desta quarta-feira (29), no município Areia Branca, no Oeste potiguar. Cinco pessoas foram presas.

De acordo com a polícia, a carga estava em um barco vindo do Pará. Entre os produtos apreendidos estão óculos, tênis e roupas. Cinco pessoas foram presas pela investigação e dois empresários de Areia Branca, que receberiam o material, estão sendo procurados.

O caso será repassado para a Polícia Federal.

G1 RN

G1 RN – Dois homens renderam um delegado da Polícia Civil que chegava em casa por volta das 19h desta segunda-feira (20), no bairro Monte Castelo, em Parnamirim, na Grande Natal. Os criminosos invadiram a residência, recolheram bens e fugiram com o carro do policial.

A dupla que estava armada e a pé, abordou o delegado da Delegacia Especial de Atendimento ao Adolescente quando ele estacionava o carro na garagem. A vítima logo se identificou como policial temendo que os homens se surpreendessem e reagissem com disparos.

Os criminosos conduziram o policial para o interior da residência, recolheram objetos como microondas, perfumes e cartões de crédito, e fugiram usando o carro da vítima. Até o momento, ninguém foi preso.

Policiais civis e militares de Patu prenderam, hoje, a estudante Grécia Teodora Gurgel de Medeiros, companheira de Vantuir Lima, um dos responsáveis pelo assassinato do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva.

Ela foi a única a não ter os pertences subtraídos durante a ação dos criminosos, que identificaram o policial dentro de um ônibus e praticaram o assassinato. As Polícias estavam no encalço da flagranteada desde o dia do homicídio e, hoje pela manhã, receberem informações anônimas de que está estaria na casa de sua avó, oportunidade em que se deslocaram ao endereço e efetuaram a prisão.

Contra a flagranteada já existia um mandado de prisão preventiva, expedido pela justiça da comarca de Plantão. Grécia foi autuada em flagrante e será encaminhada ao Sistema Prisional, ficando à disposição da justiça.

Via Blog do BG

Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil identificou o assaltante morto em confronto com a PM na tarde desta quarta-feira (15) durante o sequestro relâmpago que também vitimou o filho do ex-prefeito de Lajes Benes Leocádio, crime ocorrido na Zona Norte de Natal. Trata-se de Mateus da Silva Régis, de 17 anos, um dos cinco indiciados pelo latrocínio (roubo seguido de morte) da soldado catarinense Caroline Pletsch, em 26 de março deste ano, também na Zona Norte de Natal.

Mateus e o refém, Luiz Benes Leocádio Júnior, de 16 anos, foram baleados no confronto envolvendo os próprios assaltantes e policiais militares do 4º BPM, durante uma perseguição na Av. Moema Tinoco. Benes Júnior ainda foi socorrido para a UPA do Pajuçara, mas não resistiu aos ferimentos. Um outro assaltante, que também é menor de idade, foi apreendido.

G1 RN

Foto: Reprodução/Facebook

O filho do ex-prefeito de Lajes Benes Leocádio foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (15) em um sequestro relâmpago na capital potiguar.

De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente de 16 anos foi abordado e rendido por dois homens na Avenida Romualdo Galvão, no Tirol. Os criminosos roubaram o carro e levaram o adolescente como refém.

Ainda segundo informações da PM, os dois criminosos circularam por quase uma hora com o adolescente até que se depararam com uma viatura na Avenida Moema Tinoco, na Zona Norte de Natal. Houve perseguição e troca de tiros com a polícia.

Um criminoso e o adolescente foram baleados. O jovem foi levado para UPA do Pajuçara, na Zona Norte de Natal, mas chegou morto ao local. Um criminoso também morreu. O outro bandido foi preso e levado para a Central de Flagrantes.

G1 RN

Foto: Fim da linha

Dois policiais foram baleados na noite deste domingo (12) em Mossoró. No início da noite, um policial rodoviário foi baleado na cabeça durante uma perseguição. Já por volta das 23h, um policial militar afastado foi morto a tiros. Este é o 20º agente de segurança pública morto em 2018, no RN.

Segundo a PM, o policial do 2º Distrito de Polícia Rodoviária do Estado estava perseguindo dois criminosos que praticaram assaltos na região. Na altura do bairro Boa Vista, um dos homens disparou contra a viatura e atingiu um olho de André Vitor Gê do Nascimento. O PM foi socorrido ao Hospital Regional Tarcísio Maia e não corre risco de morte.

Outras viaturas continuaram as buscas pelos bandidos. No bairro Belo Horizonte, os policiais encontraram dois suspeitos da ação. Houve troca de tiros. Um dos homens foi preso e o outro, identificado como Anderson Lucas Costa de Souza, de 18 anos, foi baleado e socorrido ao Hospital Regional Tarcísio Maia, mas não resistiu. O delegado de plantão, Valtair Camilo, disse que ainda não há confirmação do envolvimento desses homens com o disparo que atingiu o policial Vitor Gê.

Mais tarde, por volta das 23h, um outro policial militar foi baleado no bairro Barrocas. Segundo a PM, o soldado Alan Daniel Duarte Souza, de 26 anos, morreu no local. Os bandidos fugiram logo após o crime.

Ainda de acordo com a polícia, o PM, que fazia parte do 9º Batalhão de Polícia Militar de Natal, estava afastado de suas funções por motivos de saúde.

G1 RN

Foto: PM/Divulgação

Pelo menos cinco criminosos usaram explosivos para violar os caixas eletrônicos do banco Bradesco na cidade de Almino Afonso, no Oeste potiguar. O caso foi na madrugada desta sexta-feira (3) e, de acordo com a Polícia Militar, os bandidos não conseguiram levar o dinheiro.

Segundo a PM, os homens chegaram em uma picape Strada e invadiram a agência, localizada no centro da cidade, por volta das 3h. Eles usaram explosivos para violar os caixas, mas não conseguiram ter acesso ao dinheiro.

Na fuga, os bandidos espalharam grampos na BR-226, com o intuito de dificultar a ação da polícia. Até o momento ninguém foi preso.

G1 RN

Pelo menos 20 criminosos invadiram a agência da Caixa Econômica Federal de Goianinha, na Grande Natal, na madrugada desta quinta-feira (2). Eles metralharam os vidros, entraram no banco e usaram um maçarico para arrombar o cofre. Ninguém foi preso até o momento.

De acordo com a Polícia Militar, os homens chegaram ao município fortemente armados e usaram quatro caminhonetes e motos. Eles dispararam contra a agência, quebrando os vidros. Em seguida, invadiram o prédio e arrombaram o cofre usando o maçarico. Os policiais encontraram explosivos dentro do banco, que foram deixados pelos bandidos.

A quadrilha ainda cercou a base da PM e fechou as estradas de acesso à cidade com carretas e ônibus que passavam no local, além de espalhar grampos pela pista. Um veículo foi incendiado na BR-101 para impedir a chegada de reforços policiais.

Ainda não há informações sobre o que foi levado da agência. A Polícia Militar continua realizando buscas, mas até o momento ninguém foi preso.

G1 RN

G1 RN – Criminosos arrombaram na madrugada desta quarta-feira (1º) caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil, localizada na BR-101, na Zona Sul de Natal. A Polícia Militar informou que encontrou notas espalhadas no chão do estabelecimento.

Segundo a PM, cerca de 8 homens invadiram a agência, situada no bairro de Candelária, por volta das 3h. Eles usaram maçaricos para arrombar os caixas eletrônicos.

Os criminosos conseguiram fugir. A polícia ainda fez buscas, mas até o momento ninguém foi preso.

Foto: Divulgação

G1 RN – A sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ASSPMPMRN) foi invadida na madrugada deste domingo (29). Segundo a própria entidade, os bandidos arrombaram as portas de vidro da secretaria e da assessoria jurídica e levaram duas CPUs, onde estão o banco de dados dos associados e outras informações específicas da administração da instituição.

A presidente em exercício, subtenente Márcia Carvalho, disse que o crime não tem características de um roubo comum, já que as pessoas foram diretamente às salas onde tinham interesse e só levaram os computadores e um teclado, mesmo havendo outros objetivos de valor no local.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Central de Flagrantes da PM e a Polícia Civil vai investigar o caso.