Polícia Arquivo

G1 RN – Uma mulher foi morta a tiros na noite desta quinta-feira (18) em Mossoró, cidade da região Oeste do estado. Familiares disseram a polícia que a vítima estava grávida de cinco meses. Katiana Vieira da Silva, de 42 anos, foi atingida por disparos na cabeça. Ninguém foi preso.

De acordo com a Delegacia de Plantão de Mossoró, por volta de 19h30, dois homens chegaram em uma moto, subiram até o apartamento em que Katiana Vieira morava e atiraram nela.

O delegado Roberto Moura disse que precisa da comprovação do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) para saber se a mulher estava grávida. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. O caso será encaminhado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um sargento aposentado da Marinha do Brasil foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (10) em uma granja na zona rural de São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Civil, José Cláudio Bastos tinha 57 anos e teve a arma dele levada pelos criminosos.

Ainda de acordo com a polícia, o sargento observava a construção de um muro em volta de sua residência, quando três homens armados invadiram a granja e começaram a atirar. José Cláudio ainda tentou se esconder atrás de uma árvore, mas foi alcançado pelos bandidos.

O militar morava no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal, mas costumava passar os fins de semana na granja que havia comprado há 3 anos. Como ele já tinha sido vítima de um atentado recentemente, estava construindo um muro, justamente, pra garantir mais segurança.

G1 RN 

Foto: Marcelino Neto/O Câmera

Foto: Marcelino Neto/O Câmera

G1 RN – Um agente da Polícia Civil foi baleado de raspão, na manhã desta quinta-feira (28), durante uma operação da Delegacia de Plantão de Mossoró, na região Oeste potiguar. Segundo informações do 12º Batalhão da Polícia Militar, uma equipe de três agentes fizeram um cerco a uma casa que seria usada para o tráfico de drogas, na comunidade das Malvinas, Zona Leste da cidade.

Os policiais foram ao local para cumprir um mandado, mas foram recebidos a tiros. Uma das balas atingiu de raspão a coxa direita do policial, que foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao hospital. Ele passa bem. Segundo a PM, os responsáveis pela troca de tiros fugiram logo após a ação.

Apesar de não ter envolvimento direto com o tiroteio, duas mulheres e um homem que estavam dentro da casa foram presos e encaminhados para a delegacia de plantão. No local também foram encontrados tabletes de maconha e outras drogas.

Uma equipe da Policia Militar foi até o local dar apoio aos agentes.

Uma agente da Força Nacional de 44 anos, cabo da PM de Mato Grosso do Sul, foi baleada de raspão na cabeça durante uma abordagem de bandidos na madrugada desta quarta-feira (27) no bairro de Lagoa Seca, na Zona Leste. A policial estava a pé na companhia de um outro membro da Força, de 33 anos, da PB, na esquina das avenidas Alexandrino de Alencar com a Prudente de Morais, com destino à Academia de Polícia, onde estão sediados. Na ocasião, três homens armados se aproximaram em um carro e anunciaram o assalto. Os policiais reagiram e trocaram tiros com os bandidos. Um deles foi baleado e socorrido. Outros dois acabaram presos. Uma arma foi apreendida.

Blog do BG

IMG000000000168474

Uma ação de policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) de Mossoró resultou na prisão de Francisco Victor Fernandes, nesta quarta-feira (20). Ele foi detido mediante mandado de prisão preventiva por ser suspeito de ter praticado roubos na cidade de Mossoró. Francisco Victor, que estava foragido da Justiça, foi preso em uma residência localizada no Bairro Alto da Conceição na Zona Sul da cidade.

“Segundo as investigações realizadas pela Defur, Francisco Victor é suspeito por praticar roubos e integrar organização criminosa que pretendia, inclusive, realizar sequestro de pessoas ligadas a instituições financeiras em Mossoró”, afirmou o delegado da Defur, André Albuquerque.

PC/ASSECOM

Foto: PM/Divulgação

Foto: PM/Divulgação

O Esquadrão anti-bombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar foi acionado para desativar uma banana de dinamite deixada por criminosos em um caixa eletrônico na Zona Leste de Natal. O caso aconteceu no início da manhã desta quarta-feira (20). Segundo a PM, o explosivo não foi detonado.

Ainda de acordo com a PM, ao chegar na Caixa Econômica Federal da Avenida Deodoro da Fonseca, por volta das 5h, os policiais constataram que o dinamite estava no terminal eletrônico. O material foi recolhido e levado à sede do batalhão.

Nenhum dinheiro foi levado pelos criminosos. A PM não soube informar o número de suspeitos envolvidos no caso, nem o motivo pelo qual eles não conseguiram detornar o artefato. O caso será investigado pela Polícia Federal.

G1 RN

G1 RN – Uma idosa de 72 anos foi atingida por bala perdida após um policial militar reagir a um assalto e trocar tiros com criminosos na noite desta segunda-feira, na Zona Leste de Natal. Segundo a Polícia Militar, um supeito também foi baleado e preso.

De acordo com a PM, o policial estava na Rua Santo Antônio, no bairro de Cidade Alta, quando dois homens chegaram em uma moto. Um deles sacou a arma e abordou a vítima. O policial reagiu e atirou. Edmilson Amaro de Alencar, de 22 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime. Ele foi atingido por três tiros e socorido por policiais para o Pronto-Socorro Clovis Sarinho.

Ainda segundo a polícia, o PM que reagiu ao assalto não se feriu. Ele prestou depoimento na Central de Flagrantes da Polícia Civil. O comparsa do assaltante baleado conseguiu fugir.

A senhora atingida pela bala perdida está em repouso, mas continua com o projétil alojado na perna. Segundo Ivonete de Lima, nora da idosa, os médicos acharam melhor não remover o projétil, devido os riscos de hemorragia, já que ela é diabética.

Foto: PM/Divulgação

Foto: PM/Divulgação

G1 RN – Um casal foi assassinado a tiros na noite deste sábado (16) na cidade de Vera Cruz, na região metropolitana de Natal. Segundo a Polícia Militar, Silésio Soares dos Santos, de 24 anos, e Eliane Paulino da Silva, de 40, foram executados dentro de casa por quatro homens encapuzados. Ao lado dos corpos, foram encontradas capsulas de espingarda.

O crime aconteceu por volta das 21h30. A casa invadida fica na Rua José Cícero de Lima, no loteamento Shalon. Após os disparos, a vizinhança chamou a PM. Buscas foram feitas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Ainda não se sabe a causa do duplo homicídio nem há pistas dos criminosos. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil do município.

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Em menos de meia hora, três jovens foram assassinados a tiros na noite desta segunda-feira (11) na Zona Norte de Natal. Segundo relatórios da Polícia Militar, os crimes aconteceram entre 22h e 22h30. O primeiro caso foi no conjunto Vale Dourado, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação. O segundo, um duplo homicídio, em Cidade Praia, no bairro de Lagoa Azul. Ninguém foi preso.

No Vale Dourado a vítima foi um jovem marceneiro. Ivan Lucas Santos Ferreira, de 18 anos, voltava da casa da namorada, por volta das 22h, quando foi perseguido e baleado. A PM informou que ele caminhava pela Rua São Severino quando um carro preto se aproximou e começou a persegui-lo. Foi quando houve os disparados. Marcas de tiros ficaram em algumas residências. Atingido, o rapaz morreu a poucos metros da casa onde morava.

Caçula da família, Ivan Lucas ajudava nas despesas de casa com as peças que confeccionava com a mãe. Familiares do jovem acreditam que ele tenha sido morto por engano. PMs do 4º Batalhão disseram que ele não tinha passagem pela polícia.

O duplo homicídio aconteceu pouco tempo depois. Foi na Rua Três Américas, no conjunto Cidade Praia, onde Elber Lins do Nascimento, de 17 anos, e Bruno Teodósio da Silva, de 19, foram baleados. Elber morreu na hora. Bruno ainda foi socorrido por uma das viaturas da PM, mas também não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho da UPA do Potengi. Ler mais…

IMG000000000166868

A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) divulgou, nesta terça-feira (05), o resultado da Operação Ousadia que elucidou o homicídio do agente penitenciário Thiago Jefferson Bezerra de Lima, morto no dia 10 de outubro de 2017, à rua Presidente Castelo Branco, bairro do Bom Pastor, em Natal. Os resultados foram divulgados em coletiva de imprensa que contou com a presença do Delegado-Geral da Polícia Civil, Correia Junior; do diretor da DHPP, delegado Marcos Vinicius e pelo responsável das investigações, o delegado da Zona Oeste da DHPP, Reginaldo Soares.

De acordo com as investigações, a morte do agente foi resultado de uma ação criminosa efetivada por 17 pessoas que fazem parte da facção Sindicato do RN, sendo três adolescentes. Dos 17 envolvidos no crime, oito homens estão presos, quatro estão foragidos, dois homens estão em liberdade, um adolescente está apreendido e dois adolescentes deles estão em liberdade.

De acordo com o delegado Reginaldo Soares, Thiago Jefferson foi morto devido a ordens que partiram do Pavilhão 5 da Penitenciária de Alcaçuz, as quais visavam “limpar” a rua na qual o agente de segurança morava. “Nós descobrimos que na rua da vítima, havia uma boca de fumo considerada importante para os integrantes do Sindicato do RN e o fato do agente morar naquela rua estava atrapalhando as ações criminosas relacionadas ao tráfico de drogas”, detalhou o delegado Reginaldo Soares. As lideranças do tráfico de drogas naquele local de acordo com investigações eram Felipe Santos Araújo, conhecido por “Coqueiro”; Tancredo Lins Filgueira, conhecido por “Tandinha” e Cristiano da Silva Bezerril, conhecido por “Tiano”.

O grupo que participou do crime envolveu a ação de cinco mandantes, quatro executores, dois homens que faziam o monitoramento do cotidiano da vítima, cinco pessoas que deram apoio na fuga (sendo três adolescentes e dois homens) e um homem responsável por dar sumiço a arma que era do agente penitenciário, uma pistola calibre 380. “Um dos mandantes pelo crime, Cristiano da Silva Bezerril foi preso em Caruaru, no dia 14 de outubro, pelo crime de tráfico de drogas, quando estava com quatro quilos de maconha. Na mesma data, a Polícia também apreendeu o primo de Cristiano, um adolescente que tinha fugido com ele para Pernambuco”, detalhou o delegado Reginaldo Soares. Ler mais…

Foto: PM/Divulgação

Foto: PM/Divulgação

Uma mulher foi morta a tiros e dois filhos dela baleados dentro de casa na noite desta segunda-feira (4) em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, os criminosos procuravam por um dos filhos de Maria Isabel Felix, de 37 anos, que acabou morta no local. Na mesma hora, em outro canto da cidade, um homem também foi assassinado. Nos dois casos, ninguém foi preso.

No caso da mulher assassinada, a PM disse que a casa de Maria foi invadida por volta das 21h por dois homens armados. A residência fica no conjunto Vale Dourado. Lá, os criminosos atiraram no filho mais velho, que tem 20 anos, e na irmã, de apenas 13. Depois, atiraram na mãe.

O jovem foi levado em estado grave para o Hospital Clóvis Sarinho. Já a garota, não corre risco de morte. Ela ficou com os vizinhos, que preferiram não falar sobre o acontecido.

G1 RN

(Foto: Mauro Teraiama/Inter TV Cabugi

Foto: Mauro Teraiama/Inter TV Cabugi

G1 RN – Um homem foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (28) no Alecrim, bairro da Zona Leste de Natal. Segundo a Polícia Militar, ele teria usado um guarda-chuva para reagir a um assalto. Buscas foram feitas, mas ninguém foi preso até o momento.

Comandante do policiamento da região metropolitana da capital potiguar, o coronel Zacarias Mendonça disse ao G1 que quase presenciou o crime. “Aconteceu na rua dos Pajeús, perto do Clube Atlântico. O motorista da nossa guarnição foi quem viu. Os criminosos se aproximaram em um Palio. Um deles desceu e foi em direção ao homem, que ainda tentou se defender com um guarda-chuva. Foi quando houve o tiro”, relatou.

Ainda de acordo com o coronel, o motorista chamou uma ambulância do Samu e também pediu apoio a uma viatura da área, que partiu em busca do Palio. O carro dos criminosos, no entanto, não foi localizado. Já a equipe médica, quando chegou para prestar socorro nada mais pôde fazer.

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Uma mulher, funcionária de um posto de combustíveis, foi mantida refém por quase 3 horas por dois assaltantes na manhã desta segunda-feira (27) em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Ela foi trancada na sala da gerência após a chegada da polícia, que frustrou a ação dos criminosos. Os bandidos se entregaram e a mulher foi libertada pouco antes das 10h.

Repórter da Inter TV Cabugi, Kleber Teixeira esteve no local e acompanhou a negociação da Polícia Militar na tentativa de libertar a refém. Os criminosos exigiram a presença da imprensa, de familiares e de um advogado.

Segundo o coronel Zacarias Mendonça, comandante do policiamento da região metropolitana, os assaltantes chegaram ao posto por volta das 7h40 e, desde então, com a chegada da polícia, mantiveram a funcionária trancada. “Eles prometerem se entregar quando o advogado deles chegassem. E foi o que aconteceu. No final, deu tudo certo”, ressaltou.

A funcionária não sofreu ferimentos e, apesar do trauma, passa bem. Já os dois assaltantes presos, foram levados para a delegacia, onde devem ser autuados.

G1 RN 

Foto: Kleber Teixeira

Foto: Kleber Teixeira

G1 RN – Bandidos invadiram a agência do Banco do Nordeste e levaram as armas dos seguranças, na madrugada desta segunda-feira (27), em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, os bandidos entraram por volta das 4h no banco, e levaram três armas que estavam no cofre da vigilância. No momento do crime não havia ninguém dentro da agência.

Esta é a terceira vez, somente este ano, que a agência do BNB de São Gonçalo do Amarante é alvo de criminosos. Nas duas primeiras, assaltantes tentaram explodir os caixas eletrônicos, mas o terminais não tinham dinheiro e nada foi levado.

Um cabo da Polícia Militar de 58 anos, lotado no 5º Batalhão, foi alvo de criminosos na noite desta sexta-feira (17) na Av. da Integração, no bairro de Candelária, Zona Sul de Natal. Após trocar tiros com quatro bandidos, o PM ficou ferido ao cair de uma moto e teve sua pistola levada pelos assaltantes.

O G1 conversou com o cabo Caetano Ferreira. Ele agradeceu a Deus por estar vivo. “Minha arma depois eu compro outra. Minha moto, que ficou arranhada, depois eu mando ajeitar. Minha vida é que é uma só. Só tenho essa. Deus me livrou do pior”, disse o policial.

Ainda segundo Caetano, os criminosos aparentavam ser todos adolescentes, e estavam em um Peugeot preto. “O carro estava parado na esquina de um sinal, no cruzamento que dá acesso ao Carrefour. Quando eu fui me aproximando, já pressenti que seria assaltado. Um deles puxou a arma e correu em minha direção. Por sorte eu não parei e também já saquei minha arma. A troca de tiros começou quando eu estava a menos de 8 metros deles”, contou.

“Com minha moto ainda estava em movimento, acabei caindo. Foi nesse momento que minha arma também caiu. Um deles pegou minha pistola e correu pro carro. Então eles saíram em disparada em direção ao supermercado. E eu consegui me levantar e fugi no sentido contrário”, relatou.

“Nasci de novo”, finalizou o cabo.

Equipes do 5º Batalhão foram chamadas e fizeram buscas pela região, mas não encontraram os assaltantes.

G1 RN 

Foto: PM/Divulgação

Foto: PM/Divulgação

Dois homens e uma mulher foram mortos a tiros na noite desta terça-feira (14) no bairro do Carmo, em Santo Antônio, município da região Oeste potiguar. Ainda não há informações sobre quem cometeu os crimes nem da motivação.

As vítimas foram identificadas como Emanuel Firmino da Silva, também conhecido como ‘Neco’, de 21 anos, Davi Bezerra Marinho, de 18 anos, e Francineide Bezerra de Lima, de 23 anos, mulher de Emanuel. Eles estavam na Rua Pedro Mandu da Silva quando foram atingidos por disparos de espingarda que partiram de dentro de um Fiat de cor escura que passava pelo local. Francineide ainda correu para dentro de casa, onde acabou morrendo.

Moradores da vizinhança disseram à PM que os três tinham envolvimento com drogas. O triplo homicídio será investigado pela Polícia Civil do município.

G1 RN 

Soldado da PM Marcos Garcia Marinho morreu no hospital (Foto: Arquivo da família)

Soldado da PM Marcos Garcia Marinho morreu no hospital (Foto: Arquivo da família)

G1 RN – Um policial militar do Rio Grande do Norte morreu após sofrer quatro tiros na noite desta sexta-feira (11), em Natal. O crime aconteceu na avenida João Medeiros Filho, Zona Norte da capital potiguar. Marcos Garcia Marinho tinha acabado de sair de uma partida de futebol com amigos e seguia para casa sozinho, em uma motocicleta.

De acordo com a PM, Marinho foi abordado por quatro homens em um carro modelo de cor prata, que atiraram várias vezes contra ele e fugiram levando a arma do policial. Dois tiros atingiram o tórax e outros dois o abdómen da vítima, que foi socorrida ao pronto-socorro do Hospital Santa Catarina.

O policial passou por cirurgia de urgência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada.

Enquanto ele ainda estava no hospital, policiais de vários batalhões da PM foram à unidade, preocupados com o estado dele e para prestar solidariedade à família. O carro usado no crime foi encontrado no Loteamento José Sarney, horas após o crime, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Um homem de 40 anos foi preso nesta quarta-feira (8) suspeito de estuprar a própria neta, uma criança de 3 anos. O caso aconteceu em Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal. Segundo a mãe da menina, nos últimos dias a filha chorava muito e demonstrava medo de homens adultos. Com dores, a garotinha tinha lesões na região genital. Contudo, os exames de conjução carnal deram negativo e ele acabou liberado.

A filha mora com a mãe, mas costumava frequentar a casa do avô. A própria dona de casa disse que, há alguns anos, já havia sido assediada pelo próprio pai, que a fez tirar a roupa. Na ocasião, ela conta que o pai a obrigou a ficar calada e guardar segredo. Foi ao lembrar deste episódio que a mãe disse ter certeza de que realmente o pai dela havia abusado da neta.

Ao perceber que a criança estava sentindo dores, a mãe levou a filha a um posto de saúde, onde foi orientada por uma enfermeira a procurar uma delegacia para fazer os exames de conjunção carnal a fim de comprovar a violência sexual.

O avô da menina nega as acusações. Mas, segundo o delegado Donny Êxodo, a versão apresentada pelo suspeito não o convenceu, “pois ele entrou em contradição várias vezes”, ressaltou. No entanto, como os exames deram negativo, o delegado acabou liberando o suspeito.

G1 RN 

A operação Finados 2017 da Polícia Rodoviária Federal encerrou à meia-noite deste domingo (5), com um resultado bastante positivo. Após cinco dias de operação, não foi registrado nenhum acidente com morte nas rodovias federais no Rio Grande do Norte. Se comparado com o último feriado de 12 de outubro, observa-se redução significativa no número de acidentes, de feridos e nenhum óbito foi registrado.

Durante os cinco dias da operação, foram registrados nas rodovias federais do RN um total de 13 acidentes, que resultou em 19 pessoas feridas. No feriado da 12 de outubro foram registrados 21 acidentes, 22 feridos e seis mortes. O reforço na fiscalização e no policiamento, bem como o rigor no combate ao uso de bebida alcoólica, ao excesso de velocidade e às ultrapassagens proibidas, foram determinantes para a consecução deste resultado.

Fiscalização

De quarta-feira (1) a domingo (5), 1.823 veículos e motoristas foram fiscalizados. Desse total, 1.500 foram autuados por cometerem infrações diversas.

Outros 986 condutores passaram pelo teste do bafômetro, dos quais 35 foram multados por estarem dirigindo sob efeito de bebida alcoólica. Com relação ao excesso de velocidade, 2.002 veículos tiveram as suas imagens capturadas pelo radar fotográfico, por transitarem com velocidade excessiva e 202 motoristas foram autuados por fazerem ultrapassagens proibidas.

Destaca-se ainda que 55 pessoas foram autuados por transitarem sem fazer uso do cinto de segurança. Desse total 23 eram motoristas e 32 eram passageiros. A gravidade do acidente é potencializada quando o ocupante do veículo deixa de usar o cinto de segurança. Outros doze condutores foram autuados por transportarem crianças de até sete anos e meio, sem fazer uso dos dispositivos de segurança (cadeirinhas). Ler mais…

G1 RN – Uma mulher, com uma bebê de 3 meses no colo, foi baleada dentro de casa na tarde deste domingo (5) em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. Marília Andresa da Silva, de 23 anos, ainda foi socorrida, mas morreu a caminho do hospital. O alvo dos criminosos, segundo a Polícia Militar, era o marido dela, que conseguiu fugir.

Segundo a Polícia Militar, Marilia estava em casa, com a filha nos braços, quando dois homens armados invadiram a residência em busca do marido dela. Ele conseguiu correr, e os criminosos atiraram. Um dos disparos atingiu o pescoço de Marília.

A Polícia Civil procura pelos criminosos e também pelo marido de Marília, para que ele possa prestar esclarecimentos.

Dois homens foram assassinados durante uma partida de futebol na noite desta sexta-feira (3), em São Gonçalo do Amarante, Grande Natal. José Edenilson Nascimento da Silva, de 19 anos, e Jonathan Ferreira da Silva, de 21, foram executados dentro de uma quadra de futsal.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu no distrito de Pajuçara. Um grupo de amigos jogava futebol no local, quando cinco homens, todos armados e encapuzados, entraram na quadra e ordenaram que todos deitassem no chão. Ao identificarem José Edenilson e Jonathan da Silva, atiraram contra os dois.

Segundo a Polícia Militar, foram vários disparos, todos nas cabeças das vítimas. Os dois morreram antes que pudessem ser socorridos ao hospital. A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) esteve na cena do crime para colher as primeiras investigações ainda na sexta (3). O caso deve ser investigado pela Delegacia de São Gonçalo do Amarante.

G1 RN

Do alto da guarita desativada, é possível ver que os presos estão soltos na quadra (Foto: Anderson Barbosa/G1)

Do alto da guarita desativada, é possível ver que os presos estão soltos na quadra (Foto: Anderson Barbosa/G1)

G1 RN – Os presos da Cadeia Pública de Natal, na Zona Norte da cidade, não se intimidam mais com a vigilância. À luz do dia, no meio do pátio, eles se espalham em duplas e, com lençóis abertos, parecem se divertir ‘caçando’ aparelhos celulares que são arremessados de um pavilhão para o outro. O flagrante foi registrado do alto de uma das guaritas da unidade.

O agente que filmou a astúcia dos internos pediu para não ser identificado. Com receio de sofrer retaliações, ele também não quis revelar quando foi feito o registro. Mas, garantiu que os arremessos de celulares são constantes. “Acontece quase todos os dias. Eles jogam de um pavilhão para o outro por cima do muro. Tanto de um lado quanto do outro, os presos estão soltos e circulam livremente pelos corredores”, acrescentou.

O G1 enviou o vídeo para a assessoria de comunicação da Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc), responsável pelo sistema prisional do estado, e aguarda um posicionamento sobre quais providências serão tomadas.

G1 RN – Um cirurgião-dentista foi baleado durante uma tentativa de assalto na manhã desta terça-feira (31) no centro de Natal, confirmou a Polícia Militar. A vítima foi socorrida e está no centro cirúrgico do Hospital Walfredo Gurgel, na Zona Leste da capital potiguar. Ainda não há informações sobre o estado de saúde.

De acordo com a PM, um homem tentou roubar um carro modelo Corolla na avenida Princesa Isabel, uma das mais movimentadas do centro da cidade. Durante a ação, ele disparou a arma de fogo e atingiu um cirurgião-dentista que passava a pé, na rua.

O homem foi socorrido por pessoas que passavam pelo local e levado ao hospital.

“Ele (o dentista) não era a vítima do assalto. Estava apenas passando na rua. As pessoas disseram à Policial Militar que ele trabalha lá perto”, informou o tenente-coronel Eduardo Franco, da assessoria de imprensa da PM.

A suspeita é de que o criminoso estivesse fugindo de um outro assalto e tentou roubar o carro, quando atirou no dentista. A polícia ainda não sabe se o tiro que atingiu o dentista foi intencional ou não. O assaltante fugiu em seguida.

Do G1 RN –  O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) do Rio Grande do Norte descartou a possibilidade de um curto-circuito ou uma vela terem provocado, acidentalmente, o incêndio que matou a freira Terenice Souza Vilas Boas, de 47 anos, no Educandário Santa Teresinha, em Caicó, cidade da região Seridó potiguar. O caso aconteceu na madrugada de domingo (29). O corpo da irmã foi encontrado carbonizado dentro do quarto onde ela dormia.

A perícia preliminar foi feita ainda entre a tarde e a noite deste domingo (29). Apesar de ainda não haver um relatório concluído, o instituto considerou que há a possibilidade de a irmã Terenice ter provocado as chamas, para tirar sua própria vida. Os técnicos não encontraram vestígios de curto-circuito nem de que uma vela tenha caído enquanto ela dormia.

Os peritos ainda encontraram um recipiente plástico e um “líquido com odor característico” que indicam a possibilidade de o fogo ter sido provocado.

Um laudo preliminar deve ser entregue em até dez dias. A Polícia Civil investiga o caso.

O corpo de uma mulher foi encontrado na tarde deste domingo (29) dentro de um carro de mão na comunidade Paço da Pátria, na Zona Leste de Natal. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava sem documentação, o que impediu a identificação dela.

Coberto por um lençol, o corpo foi deixado na Travessa Ocidental de Baixo. Moradores, que por medo não quiseram se identificar, disseram à polícia que a vítima teria sido morta dentro da comunidade.

De acordo com o delegado Marcos Vinícius, titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a mulher tinha marca de um tiro próximo ao tórax.

G1 RN 

Foto: Divulgação/PM

Foto: Divulgação/PM

Um homem e uma mulher foram mortos a tiros na madrugada desta sexta-feira (27) no Sítio Passagem Funda, na zona rural de Taipu, município distante aproximadamente 60 quilômetros de Natal. As vítimas foram identificadas como Gierle de Lima Soares e Kaline Silva do Nascimento, ambas de 27 anos.

Testemunhas disseram à PM que, por volta de 1h30, os criminosos chegaram em um carro, arrombaram a porta da residência e obrigaram os dois a saírem de dentro da casa. Na varanda, eles foram executados.

A polícia também foi informada que os bandidos fugiram em direção à cidade de Ceará-Mirim, que fica na Grande Natal. Ninguém foi preso.

G1 RN

Mãe e filho foram assassinados na noite deste domingo (22) em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o marido da mulher também já havia sido morto por envolvimento com tráfico de drogas. Ninguém foi preso.

De acordo com a PM, Givanildo Barbosa da Silva, de 38 anos e Edilza Laurinda da Silva, de 55 anos, estavam em frente a uma pastelaria na rua Ionaldo Mussoline China, no bairro Carrasco, quando por volta das 19h40 homens encapuzados se aproximaram em um carro e atiraram contra as vítimas. Mãe e filho morreram no local.

A polícia fez buscas pela região, mas ninguém foi preso.

G1 RN 

Luiza Maria Costa tinha 66 anos (Foto: Arquivo da Família

Luiza Maria Costa tinha 66 anos (Foto: Arquivo da Família

Dor e revolta na missa de corpo presente da idosa morta durante um assalto no município de Passagem, na região Agreste potiguar. A igrejinha, que fica na zona rural, ficou lotada na manhã desta quinta-feira (19) para o último adeus a Luiza Maria Costa, de 66 anos. Um sobrinho da vítima é suspeito de participação no crime. O dinheiro que ela guardava em casa, R$ 3 mil, foram levados.

O templo foi construído no sítio da família, bem em frente à casa onde ela foi assassinada. Muito religiosa, Luiza era bastante conhecida na região e participava ativamente das missas.

Luiza, que morava sozinha, foi encontrada morta na manhã desta quarta (18) após levar um tiro na cabeça. O corpo estava no quarto. A polícia acredita que o crime aconteceu na noite anterior.

Para entrar na casa, os assassinos destelharam o cômodo e arrombaram o forro de gesso do quarto, onde a idosa guardava R$ 3 mil que havia recebido da aposentadoria e da venda de um terreno. O filho de Luiza contou que vizinhos ouviram os tiros.

A família acompanhou o trabalho de investigação da Polícia Civil de perto. A perícia na casa da vítima encontrou pegadas de três pessoas. Um dos suspeitos é um sobrinho da idosa, que depois acabou confessando participação no crime. Preso na tarde da quarta, ele foi levado para fazer exames residuográficos que podem indicar se há vestígio de pólvora nas mãos dele.

G1 RN 

Foto: Arquivo da família

Foto: Arquivo da família

A Polícia Civil suspeita que a mãe e a filha encontradas mortas noite desta quarta (18) dentro de casa em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar, foram assassinadas. O principal suspeito é o pai da criança, que também foi encontrado morto. Mara Melo de Andrade tinha 20 anos. A filha, Nayara Nicole, haviam completado 1 ano na terça (17). Segundo o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), ambas tinham marcas de asfixia mecânica.

Algum tempo após vizinhos encontrarem as duas caídas no chão da sala, Lindon Jonhson Assis, o pai da menina, também foi achado morto. O corpo dele estava dentro da casa onde morava, na cidade de governador Dix-Sept Rosado, a 40 quilômetros de Mossoró, e tinha sinais de enforcamento.

Familiares relataram à polícia que a mãe e o pai da menina não viviam juntos. Na terça-feira (17), Mara havia solicitado ajuda para fazer a festa de aniversário da filha, que estava completando 1 ano. Lindon Johnson se negou. Já nesta quarta, ele teria ido à casa da ex-mulher para deixar uma cesta básica.

“Vamos ouvir os depoimentos de vizinhos, de testemunhas, analisar todas as circunstâncias e passar todas as informações para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai ficar com o caso”, disse o delegado plantonista Roberto Moura.

G1 RN