Escola Agrícola de Jundiaí oferta cursos do Pronatec para menores infratores

D3527F20-5A3F-4A9B-A9B6-327D1A367924

Com o objetivo de assegurar o direito básico à educação, a Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) iniciou nesta quinta-feira (11) a oferta de cursos profissionalizantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para jovens em processo de ressocialização assistidos pela Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (FUNDAC) no Centro Educacional (Ceduc) Pitimbú.

A parceria firmada entre o Pronatec/Escola Agrícola de Jundiaí e Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (FUNDAC) para oferta de cursos para os jovens em processo de ressocialização foi firmada em outubro de 2014 e já ofertou mais de quatro cursos.

Para Pedro Henrique, Diretor do Ceduc Pitimbú, a oferta de curso na unidade é muito importante para os jovens em cumprimento de medida. “É nossa primeira ação socioeducativa de 2017 e é muito gratificante contar com o apoio da EAJ/UFRN. Ofertar um curso profissionalizante para um jovem em cumprimento de medida é garantir o acesso à educação e além disso, dar uma oportunidade para ele sair da criminalidade”, destaca o Diretor do Ceduc Pitimbú, Pedro Henrique.

João*, 18 anos, é um dos jovens inscritos no curso de Horticultor Orgânico e pontua que o curso pode mudar a vida dentro e fora do Ceduc. “Com o curso, teremos mais atividades diárias para desenvolver aqui na unidade, e mesmo que a gente não tenha a pretensão de trabalhar na área, podemos plantar em casa para dar melhoria para nossas famílias”.

Em fala, a Coord. de Ações Integradas da Fundac, Tomázia Araújo, destacou a importância da parceria com a EAJ. “A oferta de cursos profissionalizantes para o jovem em cumprimento de medida é extremamente importante pois edifica o cumprimento da medida. A Fundac sozinha não tem como dar conta de todas as demandas relacionadas ao processo de ressocialização, a Escola Agrícola de Jundiaí através do Pronatec vem a somar e nos ajudar a transformar a vida desses jovens”.

De acordo com o Coordenador Geral do Pronatec/EAJ- UFRN, Prof. João Inácio da Silva Filho, a meta é instaurar uma horta orgânica na unidade. “O curso de Horticultor Orgânico foi escolhido a dedo para a unidade do Ceduc Pitimbú, tendo em vista o potencial hídrico da região (a unidade é localizada próximo ao rio Ptimbú). Disponibilizamos sementes, materiais de proteção individual e todos os equipamentos necessários para que estes jovens possam desenvolver suas habilidades como horticultores e para que possa ser montado na unidade uma horta orgânica que será mantida pelos jovens. É o Pronatec/EAJ-UFRN promovendo a cidadania e difundindo o conhecimento”.

Administrador

Deixe uma resposta