FALTA DE TRANSPARENCIA PODE LEVAR COOPERTRANS AO CAOS

A cooperativa de taxi e transporte de Macaíba, desde a sua fundação em 2005 ainda não realizou a sua primeira prestação de contas, o que para alguns cooperados, causa estranheza, pois existem rumores de uma divida gigantesca, inclusive com o INSS, que é descontado mensalmente do pagamento dos mesmos.

Segundo relatos desses cooperados, no ano de 2009 foi descontada de todos eles, a importância de 5% do valor liquido recebido por seis meses para a efetuação dos débitos, no entanto o que se comenta nos corredores da cooperativa é que existe hoje uma divida que pode chegar a R$ 200.000,00 (DUZENTOS MIL REAIS). Para completar os desmandos, nos últimos meses a Coopertrans reformou o estatuto da cooperativa, está agora tentando um empréstimo para que essas dividas sejam quitadas, tudo isso sem a realização e participação da assembleia geral que é quem detêm o poder de decisão para tais atos.

Essa situação está deixando alguns cooperados indignados e os fazem exigir com urgência a prestação de contas do dinheiro descontado, pois a inadimplência com o INSS continua, mesmo com os descontos que continuam sendo feitos, ao mesmo tempo em que pedem a realização de assembleia geral para explicações das ultimas ações da diretoria.

Administrador

Deixe uma resposta