Sejuc nega “salve” de facção criminosa para atacar policiais no RN

Noticiado na manhã desta segunda-feira (19), a suposta ordem que o Primeiro Comando da Capital (PCC) teria emitido “Salve geral” para atacar e matar agentes de segurança pública no Rio Grande, não procede.

Foi o que informou a Secretaria da Justiça e da Cidadania (SEJUC). De acordo com matéria do Novo Jornal, a motivação pela ordem teria sido decorrente da Operação Juízo Final, deflagrada na última sexta-feira (16), pelo Ministério Público estadual.

Veja mais detalhes em texto na íntegra  no Novo Jornal.

Administrador

Deixe uma resposta