Notícias do RN Arquivo

G1 RN – Uma menina de sete anos foi atingida por um disparo de arma de fogo, na madrugada deste domingo (26), na cidade de Mossoró. Ela estava chegando em casa com o pai quando bandidos teriam se aproximado para assaltar. O pai da criança também foi atingido de raspão.

A ocorrência aconteceu no bairro Planalto. Pai e filha chegavam em casa em uma motocicleta e, quando entravam, bandidos chegaram e disseram: “perdeu, perdeu”. Nesse momento, as vítimas fecharam o portão rapidamente para evitar que os criminosos entrassem.

No entanto, eles começaram a atirar. A criança de sete anos foi atingida no tórax e o pai atingido de raspão. Depois disso, os criminosos fugiram.

A menina foi socorrida e levada para a UPA de São Manoel, mas depois transferida para o Hospital Regional Tarcísio Maia. O tiro que atingiu a criança transfixou. Ela tem quadro de saúde estável e está em observação.

Foto: Cedida

O BG destaca:

Um atendado dentro da sede do Ministério Público do Rio Grande do Norte abalou a capital potiguar no fim da manhã desta sexta-feira(24). Na ocasião, o procurador-geral adjunto e um promotor de Justiça foram baleados. As vítimas foram identificadas como Jovino Pereira Sobrinho e Wendell Beetoven Ribeiro Agra.

Informações dão conta que o promotor Wendell Beetoven foi baleado nas costas, enquanto o procurador adjunto, foi atingido no tórax.

Segundo o MP, o atirador é um servidor que invadiu uma reunião e efetuou os disparos, fugindo em seguida com destino ignorado. A PM realiza diligências pela região. Não se tem informação do estado de saúde das vítimas.

IMG_4320

IMG_5730

Policiais civis da 5ª. Delegacia de Polícia Civil de Natal prenderam em flagrante Antônio Márcio Cavalcante da Silva, de 24 anos, pela prática dos crimes de estelionato e de falsificação de documento particular, na noite desta quinta-feira (23), dentro de um shopping na capital potiguar.

Investigações da Polícia Civil revelaram que há aproximadamente um mês, Antônio Márcio estava anunciando em um site coletivo de venda e compra de produtos, a venda de computadores de mesa. Ele iludia os compradores anunciando que as máquinas eram de determinada marca conhecida no mercado nacional e cobrava pelos equipamentos o valor de R$ 2.500,00. Porém, quando a venda se efetivava ele entregava para as vítimas carcaças de CPU com peças de sucata, juntamente com notas fiscais forjadas em nome de empresa fictícia, como forma de dar veracidade à transação ilícita.

Uma equipe de policiais civis conseguiu prender Antônio Márcio quando ele ludibriava mais uma vítima. No momento da prisão, ele confessou ter aplicado esse golpe em outras ocasiões. Estima-se que os prejuízos causados ultrapassem R$ 10.000,00.

IMG_5731

IMG_5722

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) prenderam, nesta quinta-feira (23), Shirlecio da Silva Pedro, 33 anos, quando o mesmo estava na sua residência, local onde o mesmo mantém um desmanche de veículos roubados, no bairro de Passagem de Areia, cidade de Parnamirim. No local, foram apreendidas peças de dois veículos roubados, além de peças de outros automóveis que estavam sendo desmanchados. Shirlecio foi autuado pelo crime de receptação qualificada e encaminhado ao sistema prisional onde ficará à disposição da Justiça.

IMG_5723 IMG_5724

Monumento aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante, no RN  (Foto: Wagner Varela )

Monumento aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu (Foto: Wagner Varela)

G1 RN – Os mártires de Cunhaú e Uruaçu, vítimas de massacres ocorridos em julho e outubro de 1645 nos municípios de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, devem ser declarados santos pelo Vaticano ainda este ano. Foi o que anunciou nesta quinta-feira (23) a assessoria de comunicação da Arquidiocese de Natal.

Nos dois episódios, mais de 80 fiéis foram brutalmente assassinados por ódio à Igreja Católica. Destes, 30 foram martirizados, incluindo os padres André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro, e mais o camponês Mateus Moreira, que teve o coração arrancado. A maioria das vítimas foi trancada dentro de igrejas, que foram incendiadas por invasores holandeses.

Segundo o arcebispo Dom Jaime Veira Rocha, só falta o papa Francisco marcar a data da cerimônia, “o que deve acontecer ainda este ano”.

Ainda de acordo com a Arquidiocese de Natal, a autorização para o ato de santificação dos mártires do RN foi confirmada durante audiência realizada na manhã desta quinta no Vaticano, onde o papa Francisco recebeu o cardeal Ângelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos.

Foto: Divulgação

Foto: Assessoria.

O esquema é bem semelhante ao aplicativo Uber. Você baixa o aplicativo LAVÔ no seu celular e pede a lavagem do seu automóvel, o LAVÔR que estiver mais perto do local indicado se direciona e vai até você para lavar seu carro. Para se estabelecer em Natal, o aplicativo está disponibilizando 1.500 mil vagas para contrato imediato, com ganho estimado de até R$ 6 mil.

Interessados precisam se cadastrar no site da empresa www.lavo.online, na sequência passam por um treinamento para depois começar atender. Aqui em Natal o treinamento acontecerá no dia 03 de abril, a partir das 10h. Para participar o candidato deve estar com o cadastro feito no aplicativo.

São ofertados cinco tipos de lavagem, que duram entre 35 minutos e uma hora e meia, utilizando produtos sustentáveis, ecológicos e com a crise hídrica que enfrentamos é um ótimo aliado no combate ao desperdício de água. A limpeza é feita em qualquer horário e local, aceitando pagamento em cartões de crédito e débito. O custo do serviço varia entre R$ 30 e R$ 145.

Mais mais AQUI.

IMG_4320

Em decreto publicado nesta quinta-feira (23), no Diário Oficial do Estado, o Governador Robinson Faria reconheceu em situação de emergência 153 municípios do Rio Grande do Norte em virtude dos efeitos da seca no interior do estado. O decreto tem validade de 180 dias e leva em consideração análises técnicas das áreas do Governo que monitoram a questão da Segurança Hídrica no RN.

Esta é a 8ª vez consecutiva que o governo toma a medida, que tem como objetivo facilitar o trâmite dos processos que envolvem obras e serviços para minimizar os efeitos da estiagem, considerada a maior dos últimos 100 anos.

O decreto é importante também para que o estado continue captando recursos do Governo Federal. Somente em 2017, já foram garantidos pelo Ministério da Integração Nacional, para continuidade da Operação Vertente, que fornece água potável à população através de carros-pipa, R$ 12,7 milhões. Também já estão assegurados para o Estado, via Ministério, R$ 88 milhões para a Adutora Afonso Bezerra – Pendências, e para a mudança de captação da Adutora de Jerônimo Rosado e Sertão Central Cabugi.

Segundo estimativa feita pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), o prejuízo anual gerado pela estiagem na economia do estado gira em torno de R$ 4 bilhões. Apenas na agricultura, se comparados os anos de 2016 e 2014, a área colhida de feijão foi reduzida em 49%, a de milho caiu 64% e a de sorgo sofreu queda de 79%.

A equipe de Segurança Hídrica que monitora as ações de resposta à emergência é composta, além da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), Companhia de Águas e Esgotos do RN (CAERN), e pelo Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN).

Chuvas Ler mais…

IMG_5696

Foto: Sérgio Costa

Dois homens identificados como Janailson Silva e Alvaro Pimenta foram executados e uma mulher baleada, na noite desta quarta-feira (22), na rua Ladeira do Sol, no bairro Santo Antônio do Potengi, no município de São Goncalo do Amarante. Fiéis que participavam de uma missa na mesma rua onde ocorreu o fato foram impedidos por um dos criminosos de sair da igreja.

De acordo com testemunhas os criminosos chegaram em um carro já atirando nas três vítimas que estavam sentadas na frente de uma residência. Os dois homens e a mulher ainda correram, mas acabaram alcançados e baleados no interior de duas casas. Durante a ação fiéis que participavam de uma missa na mesma rua onde ocorreu o fato foram impedidos de sair da igreja por um dos suspeitos até que as execuções fossem consumadas.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar as vítimas tinham envolvimento com crimes como tráfico de drogas e roubos. A mulher baleada não teve o nome revelado, mas permanece hospitalizada em estado grave. Os encolvidos no atentado não foram localizados nem identificados.

Fonte: Portal BO

politicos potiguares

Fátima Bezerra, Robinson Faria, Larissa Rosado e Beto Rosado foram alguns dos beneficiados com recursos da JBS (Foto: Agora RN/Divulgação).

Agora RN – Uma das 32 empresas investigadas na Operação Carne Fraca, desencadeada pela Polícia Federal na última sexta-feira 17, a JBS S/A – responsável pelas marcas Seara e Big Franco, gigantes do setor alimentício – fez doações oficiais para as campanhas de políticos potiguares nas eleições de 2014.

De acordo com os dados oficiais das prestações de contas divulgados pela Justiça Eleitoral, candidatos de todos os cargos em disputa – de deputado estadual a governador – receberam recursos da empresa, acusada de pagar propinas a fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura para que pudessem vender produtos adulterados com produtos químicos e carnes vencidas.

Entre os parlamentares potiguares, a maior beneficiada com os recursos da JBS foi a senadora Fátima Bezerra (PT). Candidata em 2014, a petista recebeu doações da ordem de R$ 1,165 milhão. Os repasses aconteceram por meio de três depósitos: R$ 500 mil provindos do Diretório Estadual do partido e outros dois créditos de R$ 475 mil e R$ 190 mil, oriundos do Diretório Nacional do PT.

Além dos recursos da JBS, Fátima recebeu doações de outros três frigoríficos: R$ 80 mil da Marfrig Frigoríficos Com Alimentos SA, R$ 50 mil da MFB Marfrig Frigoríficos Brasil SA e dois depósitos de R$ 70 mil cada da Pampeano Alimentos SA. Essas últimas empresas não são alvos da Carne Fraca, entretanto.

A principal adversária de Fátima na campanha para o Senado em 2014, Wilma de Faria (PTdoB, então no PSB), não recebeu recursos de nenhuma das empresas investigadas na Carne Fraca.

GOVERNO

Os dois principais candidatos a governador também receberam doações oficiais da JBS S/A na campanha de 2014. Tanto Robinson Faria (PSD), que venceu a eleição, quanto Henrique Alves (PMDB) tiveram suas campanhas abastecidas com dinheiro da empresa.

Robinson, que ganhou o pleito no segundo turno, recebeu R$ 6,5 milhões da JBS. Os recursos foram oriundos de diversas fontes: R$ 1 milhão veio do Diretório Nacional do PSD, R$ 4,4 milhões vieram do Diretório Estadual do partido (divididos em quatro doações) e houve outro depósito efetuado diretamente na conta de campanha do então candidato a governador no valor de R$ 1,1 milhão.

A JBS também doou para o candidato adversário, Henrique. O peemedebista recebeu menos recursos que o vitorioso, porém. Foram três depósitos oriundos do Diretório Estadual do PMDB, nos respectivos valores de R$ 2 milhões, R$ 500 mil e R$ 250 mil. Os três totalizaram uma doação de R$ 2,75 milhões do frigorífico.

DEPUTADOS FEDERAIS

Entre os deputados federais que concorreram em 2014, metade foi beneficiada com recursos da JBS. Segundo dados oficias da Justiça Eleitoral, quem mais recebeu dinheiro da JBS foi Fábio Faria (PSD). No caso dele, a verba totalizou R$ 1,1 milhão – doada por meio de três depósitos: um no valor de R$ 500 mil e dois de R$ 300 mil. Todos os recursos são oriundos de contribuições via Diretório Estadual da legenda.

Em segundo lugar entre os que mais arrecadaram dinheiro oficial da JBS, está Beto Rosado (PP). Ele recebeu R$ 400 mil via Diretório Nacional da legenda, por meio de três depósitos: um no valor de R$ 200 mil e dois no valor de R$ 100 mil.

Além deles, Felipe Maia (DEM) recebeu R$ 85 mil da JBS, sendo depósitos de R$ 80 mil do Diretório Nacional e R$ 5 mil do Diretório Estadual, e Antônio Jácome (PTN) obteve a contribuição de R$ 70 mil, em depósito único oriundo do Diretório Estadual.

Os deputados Rafael Motta (PSB), Rogério Marinho (PSDB), Walter Alves (PMDB) e Zenaide Maia (PR) não receberam doações oficiais de nenhuma das empresas investigadas na Operação Carne Fraca em suas campanhas de 2014.

DEPUTADOS ESTADUAIS

As campanhas para deputado estadual de 6 dos 24 parlamentares da Assembleia Legislativa também foram abastecidas com recursos da JBS. Confira abaixo a relação de todos os beneficiados, obedecendo a ordem de maiores doações. Nestes casos, todas as doações ocorreram via Diretório Estadual dos respectivos partidos.

Larissa Rosado (PSB): R$ 200 mil
José Adécio (DEM): 130 mil (depósitos de R$ 100 mil e R$ 30 mil)
Kelps Lima (SD): R$ 100 mil
Nélter Queiroz (PMDB): R$ 100 mil
Souza Neto (PHS): R$ 50 mil
Jacó Jácome (PSD): R$ 30 mil

Os dados completos com todas as doações, incluindo formas de pagamento e data do envio dos recursos, estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral.

Presos dos pavilhões 1, 2 e 3 de Alcaçuz foram levados para o Pavilhão 5, como é mais conhecido o presídio Rogério Coutinho Madruga (Foto: Fred Carvalho/G1)

Presos dos pavilhões 1, 2 e 3 de Alcaçuz foram levados para o Pavilhão 5, como é mais conhecido o presídio Rogério Coutinho Madruga (Foto: Fred Carvalho/G1)

A Coordenadoria de Administração Penitenciária alertou: “não é viável colocar duas facções rivais juntas, somando um total de mais de 1.200 presos”. E reforçou: “isso pode causar uma revolta generalizada em todas as unidades prisionais do estado”. Nesta segunda (20), no entanto, o Governo do Estado promoveu a transferência de mais de 800 internos de Alcaçuz para o Pavilhão 5, como é mais conhecido o Presídio Rogério Coutinho Madruga, onde estão 440 detentos de uma facção rivais. Em janeiro, quando os grupos se encontraram, 26 presos foram mortos. Destes, 15 foram decapitados. O episódio foi batizado de o ‘Massacre de Alcaçuz’ – o mais violento do sistema prisional potiguar.

Do G1 RN

NOTA À IMPRENSA

Em relação à ação realizada na manhã desta segunda-feira (20) na Penitenciária de Alcaçuz, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte esclarece:

A ação de hoje é uma continuação do trabalho que já se iniciou em janeiro, com a retomada do Pavilhão 5 (presídio Rogério Coutinho Madruga) pelas Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), sob coordenação e apoio do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN);

Os presos ficarão temporariamente no Pavilhão 5. Essa medida já estava prevista desde o início da retomada, para que as ações de manutenção predial sejam realizadas com maior agilidade. E logo que os pavilhões 1, 2 e 3 estejam em condições adequadas, os mesmos voltarão aos pavilhões de origem;

O contingente de agentes federais e estaduais e de policiais que atuam hoje em Alcaçuz é suficiente para manter a ordem e a segurança local;

Os internos que ficarão no Pavilhão 5 estarão devidamente separados, sem ter qualquer contato, inclusive visual;

Até o final da semana, em decorrência da Ação Justiça e Cidadania promovida pelo Depen com a participação do Estado, todos os internos dos pavilhões 1, 2 e 3 terão atendimento de assessoria jurídica, pela Defensoria Sem Fronteiras que conta com defensores de vários Estados e do Rio Grande do Norte, assistência para retirada documental, assistência a saúde e ouvidoria. Assim como os detentos do Pavilhão 5 tiveram na última semana;

A condição de superlotação no Pavilhão 5 é temporária, e necessária para que sejam feitos os serviços de manutenção predial o mais breve possível;

As equipes de ouvidoria do Depen e da Sejuc estão acompanhando toda a ação;

A Sesed instalou o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) e está monitorando Alcaçuz por várias vias, inclusive com a Plataforma de Observação Elevada (POE) no local.

É importante ressaltar que o procedimento realizado em Alcaçuz é necessário para a restauração das estruturas físicas do presídio e restruturação da rotina penitenciária e está sendo conduzido com todos os cuidados para garantir a integridade dos presos, dos agentes de segurança e da sociedade em geral.

GOVERNO DO RN

Resultado de imagem para cosern contas

Conta da Cosern (Foto: Web/Divulgação).

O consumidor está pagando mais imposto do que deveria na conta de luz. A informação é da contadora, Lidiane Amaral, que explica que a cobrança de ICMS sobre as Tarifas de Uso do Sistema de Transmissão (TUST) e de Distribuição (TUSD) não é devida. Ela conta, inclusive, que o consumidor pode entrar na Justiça para tentar receber de volta o valor gasto com essas taxas.

A alíquota do ICMS na conta de luz, de 30%, é o teto do tributo. “Com certeza essa taxa torna a energia elétrica mais onerosa, além do tributo com incidência em cascata, como o ICMS, que penaliza o consumidor”.

Clientes das concessionárias de energia elétrica de todo País estão entrando na Justiça para solicitar que essa cobrança deixe de ser feita e também pedindo o ressarcimento dos valores cobrados nos últimos cinco anos”, comenta a contadora.

O cálculo do ICMS envolvendo as taxas de transmissão, distribuição e encargos sociais é feito pela maioria das empresas de energia do País, inclusive pela Cosern.

“O que se sabe é que as ações individualizadas, a decisão pode ser favorável ou não ao consumidor, de acordo com a interpretação do Tribunal. O consumidor entra com o processo contra a Secretaria da Fazenda do Estado, que é a responsável pela cobrança do tributo”, explica Lidiane Amaral, que acrescenta que estas ações podem ter um impacto alto na arrecadação do Estado.

“A energia elétrica está entre os maiores contribuintes do Rio Grande do Norte. “Ainda não existe uma ação coletiva referente ao tema e a jurisprudência no Brasil ainda não está consolidada”, finaliza.

Fonte: Agora RN

Foto: Reprodução

Churrascaria do Arnaldo, sucesso no ramo em Natal (Foto/Web/Divulgação).

O Agora RN destaca:

O empresário Arnaldo, dono da marca ‘Churrascaria do Arnaldo’ que tem várias unidades em Natal, foi encontrado morto na manhã deste domingo (19) na unidade da churrascaria localizada na Avenida 01, bairro do Alecrim, zona Leste da cidade.

Segundo informações iniciais, o corpo do empresário foi encontrado com um tiro na cabeça por um funcionário que chegara para trabalhar no local. A suspeita inicial é de que foi suicídio, entretanto, não se sabe qual a motivação que ele teria para cometer o ato. Há relatos de que o homem sofria de depressão.

Natural do município de Jardim de Piranhas, Arnaldo morava há anos em Natal, onde implantou seu negócio e se tornou um case de sucesso no ramo da churrascaria.

IMG_4320

O Sistema Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio/RN), em parceria com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), realiza na próxima segunda-feira (20), a edição especial do projeto Brasil em Foco como tema “A reforma trabalhista brasileira, pontos e contrapontos”.

Sobre o assunto, irão palestrar o jurista, especialista em Relações do Trabalho e ex-ministro do Trabalho, Almir Pazzianotto; e, o deputado federal, relator da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados, Rogério Marinho (PSDB).

O evento acontece a partir das 8h30, no Holliday Inn Arena, destaca informação publicada pela página eletrônica da Federação na internet.

O Brasil em Foco – Reforma Trabalhista irá reunir diretores do Sistema Fecomércio/RN e de outros estados brasileiros, diretores da CNC, empresários, contadores, advogados e diversos outros profissionais que estão diretamente ligados ao tema.

Foto: Divulgação / PC

Um soldado da Polícia Militar de Pernambuco prendeu, nesta sexta-feira (18) no Alto Sertão Pernambucano, Joyce Soares, 19 anos, por ter assassinado Maria Raquel Silva de Almeida, 15 anos, no dia 18 de fevereiro deste ano no bairro Nossa Senhora de Nazaré, Zona Oeste de Natal. O crime ocorreu durante um evento carnavalesco, onde Joyce desferiu à vítima com um golpe de faca, matando-a.

Através de investigações realizadas por equipes de policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a qual foi comandada pelo delegado Reginaldo Soares, o mandado de prisão preventiva da mulher foi expedido.

Joyce estava sendo procurada pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte, quando foi reconhecida por um soldado da Polícia Militar de Pernambuco após tê-la visto em uma matéria jornalística de cunho nacional acerca do crime. Ela foi presa e será transferida para Natal, onde ficará à disposição da Justiça.

Agora RN

IMG_4320

IMG_5552

A Polícia Federal prendeu na tarde desta quinta-feira (16) no aeroporto internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, um vendedor, amazonense, 20 anos e um comerciante, colombiano, 37 anos, acusados de tráfico de drogas. Eles chegavam em um voo de Manaus/AM que fez conexão em Brasília/DF e traziam na bagagem três quilos de cocaína que seriam levados para a Europa.

A ação ocorreu quando os policiais federais fiscalizavam passageiros no setor de embarque doméstico e suspeitaram de um homem com sotaque estrangeiro que se fazia acompanhar de um brasileiro. Ao serem formalmente entrevistados, eles se mostraram apreensivos e, sobre o motivo da viagem disseram ser apenas “turistas”, porém negaram estar viajando juntos. Desconfiados, os policiais os conduziram até a sala da PF, onde foram revistados e suas bagagens passaram por uma rigorosa inspeção. Pouco tempo depois, uma das malas, mesmo após ser esvaziada, apresentou um peso excessivo e, ao ser perfurada com o auxílio de uma chave de fenda, notou-se a presença de um pó branco, o qual foi submetido ao exame do narcoteste e deu resultado positivo para cocaína.

De imediato, os suspeitos receberam voz de prisão e foram conduzidos para autuação em flagrante na Superintendência da PF, no bairro de Lagoa Nova, onde a mala foi inteiramente desmontada. A cocaína estava escondida em um fundo falso, prensada entre lâminas de acrílico, enquanto uma outra quantidade da droga foi achada em sacos plásticos e camuflada em meio a lenços umedecidos.

Também foram apreendidos em poder dos acusados: Celulares, uma pequena quantidade de pedras preciosas (esmeraldas), 600 reais, 4 mil euros e 42 mil pesos colombianos. Indiciados no crime de tráfico interestadual de drogas, os suspeitos foram submetidos a exame de corpo de delito no ITEP e permanecem, à disposição da Justiça, custodiados na sede da PF.

Esta foi a segunda apreensão de drogas realizada pela Polícia Federal em 2017 no aeroporto Aluízio Alves. Na primeira, ocorrida no mês de janeiro, um catarinense foi preso quando desembarcou de um voo, vindo da Europa, trazendo na bagagem 57 mil comprimidos de ecstasy.

Fonte: Tribuna do Norte

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) está participando do projeto “Renascer”, da Secretaria da Justiça e da Cidadania, contribuindo com a emissão de carteiras de identidades para apenados de unidades prisionais do Estado. A ação começou na última terça-feira (14) no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ceará-Mirim. Ontem o projeto foi até o CDP de Nova Parnamirim está sendo realizado no CDP de Macaíba. Segundo a subcoordenadora do Instituto de Identificação (II), Luciana Lima, até ontem 50 carteiras de identidades foram emitidas durante as ações nas duas unidades prisionais e a expectativa é de que outras 50 sejam emitidas nesta quinta-feira. Coordenado por Luciana Lima, o trabalho junto ao projeto contou com a participação dos servidores Denílson Ferreira e Kelsen Nobre, do setor de identificação criminal do II.

A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) enviou para Natal, no último dia (14), um helicóptero para apoiar as operações realizadas na capital potiguar e que fazem parte do Plano Nacional de Segurança Pública.

A aeronave será utilizada de acordo com a necessidade das forças de segurança estaduais, que estão atuando em parceria com os 120 integrantes da FNSP que estão na cidade desde o dia 15 de fevereiro – parte do efetivo chegou nos últimos dias. Para as ações com o helicóptero, o Ministério da Justiça enviou uma equipe do Grupamento Aéreo da Força Nacional.

A FNSP tem atuado na ostensividade nas ruas e operações com barreiras itinerantes, apoiando também a Polícia Militar local. As ações ainda contemplam patrulhamento nas áreas bancárias e no combate a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs).

O apoio às investigações de CVLIs, inclusive, também já começou, com o levantamento de dados e planejamento estratégico para investigação de homicídios, realizado em apoio à polícia civil potiguar. Essas equipes da Força Nacional – são 23 da polícia judiciária e 6 peritos – já estão, respectivamente, estudando inquéritos e confeccionando laudos.

Imagem relacionada

Foto: ilustração.

O número de casos notificados das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti – dengue, febre chikungunya e zika vírus – vem sofrendo importante redução em todo o Rio Grande do Norte. O último boletim das arboviroses divulgado pela Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) aponta os registros de notificações até a semana epidemiológica número 08, terminada em 25 de fevereiro.

De acordo com Maria Lima, subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap, “o que pode estar ocorrendo é a redução no número de hospedeiros susceptíveis; notificações que não foram inseridas no sistema, em virtude da mudança de gestores nas secretarias municipais de saúde e conseqüente alteração no quadro de digitadores, além do investimento na qualificação do trabalho de campo dos agentes de endemias em vários municípios do Estado. A Sesap também vem intensificando as ações para um controle vetorial mais eficaz, uma vigilância e uma assistência mais qualificada para a identificação e atendimento dos casos de forma oportuna”, explicou.

Dengue

No Rio Grande do Norte foram notificados 579 casos suspeitos de dengue em 2017, representando uma incidência acumulada de 16,82/100.000 hab. Houve uma redução equivalente a 97,50% no percentual de casos notificados quando comparado ao mesmo período de 2016, quando foram notificados 23.116 casos suspeitos e incidência de 671,55/100.000 hab.

Também observa-se um baixo percentual de casos já confirmados em 2017, apenas 6,74%. Dos 579 casos notificados em 2017, foram confirmados 39 (6,74%) casos, sendo 35 para dengue, 4 como dengue com sinais de alarme. Em 2016, no mesmo período, haviam sido confirmados 5.071 (21,94%), para dengue foram 5.044, dengue com sinais de alarme foram 22 e como dengue grave foram 5 casos Ler mais…

Ex-vereador em Natal, Dickson Nasser foi condenado a 12 anos e 5 meses de prisão (Foto: Canindé Soares/G1)

Ex-vereador em Natal, Dickson Nasser vai cumprir pena com tornozeleira (Foto: Canindé Soares/G1)

G1 RN – O ex-vereador de Natal Dickson Nasser foi levado para um presídio, nesta quarta-feira (15), e recebeu uma tornozeleira eletrônica para cumprir sua pena em regime semiaberto. Ele estava preso desde a segunda-feira (13), após se apresentar à Delegacia de Capturas da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Decap) e ser levado para o quartel do Comando Geral da Polícia Militar.

O ex-parlamentar cumpre uma pena de 4 anos, três meses e dez dias de reclusão após uma decisão condenatória do juiz da 4ª vara Criminal, Raimundo Carlyle de Oliveira Costa, ser mantida em segundo grau pelo Tribunal de Justiça do RN. Nasser é condenado por participação em esquema de compra de votos na Câmara Municipal.

Como a condenação determina que a pena seja iniciada em regime semiaberto, o ex-vereador iria dormir em alguma unidade e trabalhar durante o dia ou ficar com tornozeleira eletrônica. Nesta tarde, ele foi transferido do quartel do Comando Geral para o Complexo João Chaves, na zona Norte de Natal.

De acordo com a direção da unidade, após chegar lá, Dickson Nasser recebeu uma tornozeleira eletrônica e foi para casa.

A Justiça Eleitoral cassou os mandatos da prefeita e do vice-prefeito de Água Nova, cidade distante 411 km de Natal. Iomara Rafaela Lima de Souza e Elias Raimundo de Souza foram condenados por abuso de poder político, econômico e compra de votos. Ainda cabe recurso.

Em sua decisão, o juiz eleitoral Osvaldo Cândido de Lima Júnior também tornou a prefeita Rafaela e o vice Elias inelegíveis por oito anos e determinou que o presidente da Câmara Municipal de Água Nova deve assumir interinamente o cargo de prefeito até que novas eleições sejam realizadas.

“A prova documental produzida em conjunto com a prova oral colhida em audiência formam um contexto harmônico que este magistrado nunca tinha visto em outras ações dessa natureza e comprovam de maneira cabal e irrefutável a prática de abuso de poder político, econômico e a captação ilícita de sufrágio”, declara Osvaldo Cândido.

O juiz explica em sua sentença que, no caderno utilizado pela prefeita Rafaela Carvalho, apreendido às véspera da eleição pela Polícia Federal, constam anotações feitas a próprio punho com registros de mais de 110 vantagens oferecidas a eleitores em troca do voto.

“Prova mais robusta que a constante nos autos só mesmo se houvesse a confissão. São pelo menos 21 páginas em que constam as anotações dos benefícios indevidos oferecidos aos eleitores em troca do voto. As anotações foram feitas pela própria prefeita e candidata à reeleição Iomaria Rafaela, fato incontroverso nos autos. São incontáveis e de diferentes naturezas as ofertas, indo desde material de construção, terrenos, oferecimento de empregos na Prefeitura ou continuação de contratações irregulares, valores em espécie, cessão de quiosque na praça, ajuda para realização de viagem a Brasília e fornecimento de uma porta”, afirma o magistrado.

Além disso, o juiz Osvaldo Cândido de Lima Júnior destaca que: “em algumas anotações, consta a palavra ‘ok’ , donde se conclui que houve a concretização da entrega da vantagem indevida”. De acordo com ele, caracteriza-se crime de compra de votos doar, oferecer, prometer ou entregar ao eleitor bem ou vantagem pessoal, inclusive emprego ou função pública.

G1 RN

Central Única dos Trabalhadores (CUT) participa de protesto contra reformas (Foto: Thyago Macedo/G1)

Central Única dos Trabalhadores (CUT) participa de protesto contra reformas (Foto: Thyago Macedo/G1)

Segundo os organizadores, cerca de 1o mil pessoas participaram do ato contra reforma da Previdência na tarde desta quarta-feira, 14, em Natal. Várias categorias protestaram contra as reformas da Previdência e das leis trabalhistas, propostas pelo governo Michel Temer. Os manifestantes saíram em caminhada da praça Gentil Ferreira, no Alecrim, por volta das 16h20, em direção à praça Presidente Kennedy, na Cidade Alta.

IMG_4320

O Governo do RN deposita na próxima sexta-feira (17) uma parcela de R$ 4 mil a todos os servidores que possuem vencimentos acima desse valor. O pagamento beneficia servidores ativos, aposentados e pensionistas, e refere-se ao mês de fevereiro.

A data para pagamento do restante do valor será anunciado mediante disponibilidade de recursos.

Os servidores da Educação, da Administração Indireta com arrecadação própria e os que ganham até R$ 4 mil, compõem 82% da folha do Estado, e já receberam seus vencimentos na integralidade.

A Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) segue acompanhando as receitas do Estado e trabalhando focada para reduzir ao máximo os efeitos da crise econômica para os servidores do Rio Grande do Norte.

O prefeito de Ceará Mirim se envolveu em uma confusão grande na cidade, de acordo com alguns servidores que entraram em contato, o gestor chamou uma professora de vagabunda. O prefeito está com escolta policial para evitar qualquer violência. Veja o vídeo que mostra a ação de um grupo de pessoas após o episódio:

Via Blog Thalita Moema

Foto: ilustração

De 1º de janeiro e este 15 março, segundo informações do Portal no Ar, a região metropolitana de Natal lidera os índices de homicídios. A reportagem destaca que, na capital, neste ano, já foram contabilizados 132 homicídios, mais de um quinto do total apurado no Estado, o que permite ainda concluir que, todos os dias, mais de uma pessoa está sendo assassinada em Natal.

Em Macaíba, segundo os dados do Observatório, 19 homicídios já foram registrados em 2017. Confira o ranking da Região Metropolitana de Natal (RMN).

Parnamirim: 38
Ceará-Mirim: 37
Nísia Floresta: 30
Macaíba: 19
São Gonçalo do Amarante: 17
Extremoz: 13
São José de Mipibu: 9
Maxaranguape: 3
Monte Alegre: 3
Vera Cruz: 3

Confira a matéria completa no Portal no Ar

whatsapp_image_2017-03-14_at_08.33.25

Foto/PM/Divulgação

Durante a madrugada desta terça-feira (14), criminosos tentaram incendiar a prefeitura de Nova Cruz, na região Agreste do Estado.

Os bandidos chegaram a atear fogo nas portas do prédio, mas as chamas não se propagaram e o incêndio não se espalhou. Os criminosos também picharam o nome de uma facção criminosa no prédio.

Resultado de imagem para onca

Foto: ilustração

Chama a atenção a publicação com registro de preço, publicado pela Prefeitura de Santo Antonio (do salto da onça), no Diário Oficial da FEMURN, no dia 06 de março de 2017, modificando dois registros de preços na locação de veículos para o Município.

– O Registro de Preço nº 005/2017, que tem como favorecidas as empresas: A M da S Gurgel Service – (AGM SERVICE) e Eroson Promoções e Eventos Ltda – (CAVALO DE AÇO), ambas com sede na cidade de Parnamirim, conforme contrato publicado anteriormente, foram contratadas pelos valores de R$ 235.608,00 e R$ 274.140,00 respectivamente, mas no dia 06 de março corrente, uma nova publicação modificou esses valores em mais de 300%.

– A AGM SERVICE teve o seu registro de preço alterado para o valor de R$ 1.188,408,00 e a CAVALO DE AÇO pulou para R$ 971.184,00, com recursos dos Fundos Municipal de Saúde e da Assistência Social, na locação de veículos para o gabinete do prefeito Josimar Ferreira (PTN) e demais secretarias da edilidade.

Fonte: Blog do Xerife

Ex-vereador em Natal, Dickson Nasser foi condenado a 12 anos e 5 meses de prisão (Foto: Canindé Soares/G1)

Ex-vereador em Natal, Dickson Nasser foi condenado a 12 anos e 5 meses de prisão (Foto: Canindé Soares/G1)

G1 RN O ex-vereador de Natal Dickson Nasser se apresentou à Delegacia de Capturas da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Decap) nesta segunda-feira (13) e está preso. O ex-parlamentar vai iniciar o cumprimento de uma pena de 4 anos, três meses e dez dias de reclusão após uma decisão condenatória do juiz da 4ª vara Criminal, Raimundo Carlyle de Oliveira Costa, ser mantida em segundo grau pelo Tribunal de Justiça do RN. Nasser é condenado por participação em esquema de compra de votos na Câmara Municipal.

Após se apresentar na Decap, o ex-vereador foi conduzido ao quartel do Comando Geral da Polícia Militar. Ele ficará detido lá aguardando a concessão de tornozeleira eletrônica, que depende da disponibilidade da Secretaria de Justiça e Cidadania, para que o juiz da vara de Execuções Penais autorize o uso.

O esquema pelo qual Nasser foi condenado foi desvendado durante a Operação Impacto e resultou ainda na condenação de outras 15 pessoas, sendo a maioria também ex-vereadores. No entanto, os demais réus estão em regime aberto.

O juiz Raimundo Carlyle havia determinado também a prisão do ex-vereador Emilson Medeiros, mas o mesmo obteve efeito suspensivo no recurso especial ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Resultado de imagem para numero de assassinatos

Foto: ilustração

As últimas medidas de combate a violência tomadas pela secretaria de segurança pública do Estado do Rio Grande do Norte não apresentaram as mudanças esperadas. Nos primeiros 70 dias do ano de 2017, 484 pessoas foram assassinadas enquanto num período de 90 dias no ano passado foram registrados 354 homicídios. Os dados são do OBVIO Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte.

De acordo com o estudioso Ivênio Hermes, esses números denunciam o fracasso dos planos governamentais que não se adequaram a uma realidade assustadora e crescente. “O Estado perdeu completamente o controle no combate aos CVLIs. De 2014 até o início deste ano não conseguimos constatar nenhuma medida eficaz para frear a locomotiva da morte que vem deixando um rastro de sangue em praticamente todas as cidades do Estado”,Disse

Ainda segundo Ivênio algumas dessas medidas estão ligadas diretamente ao melhoramento estrutural e humano das polícias, que sofrem com um problema antigo, a falta de efetivo. As promessas de novos concursos e aparelhamento desses agentes de segurança não aconteceram e o resultado não poderia ser outro, completa o estudioso.

Confira a matéria na íntegra AQUI

IMG_4320