Arquivos

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte continua a procura do meliante identificado como Miranda que esfaqueou a companheira e a enteada de 13 anos de idade, no último dia 21 de agosto, em Macaíba.

Segundo populares, o fato aconteceu após a mãe ter flagrado ele estuprando a adolescente. As duas foram socorridas com vida e levadas ao Hospital Regional Doutor Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim. A adolescente também foi atingida por ele por um paralelepípedo na cabeça, mas felizmente as duas sobreviveram ao atentado.

A Polícia Civil solicita que quaisquer informações sobre o paradeiro de Miranda sejam repassadas de forma anônima para o Disque-Denúncia 181.

Foto: Eduardo Bolsonaro/Instagram/Divulgação

O governo planeja anunciar Eduardo Bolsonaro como embaixador do Brasil nos Estados Unidos na primeira semana de outubro, diz O Globo.

A ideia é enviar o nome do deputado ao Senado dias antes da Assembleia Geral da ONU, em 24 de setembro.

Com isso, Eduardo poderá acompanhar o pai na condição de embaixador indicado.

“Pela contas do Planalto, entre a sabatina na Comissão de Relações Exteriores, a conquista do apoio necessário e apreciação do plenário, o processo levará aproximadamente 15 dias.”

Fonte: O Antagonista

Neste domingo (1º) foi realizada a tradicional Cavalgada do Agricultor da Festa de Nossa Senhora do Ó, padroeira de Serra Negra do Norte, no Seridó potiguar. O evento contou com a presença do deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, que esteve acompanhado do prefeito Serginho Fernandes (PSDB), do vice João Enéas (PSB), ex-prefeito Dilvan Monteiro (PSDB) e vereadores.

“Este é um momento em que a fé e a cultura do nosso povo se misturam, renovando nossa esperança em dias melhores. Parabéns a Prefeitura e a população de Serra Negra pela bela Festa, e ao padre Gil, pároco da cidade, pela organização”, disse Ezequiel.

A Festa de Nossa Senhora do Ó começou no último dia 29 de agosto e prossegue até o próximo dia 8, com extensa programação. Neste domingo, por exemplo, além da Cavalgada, também foi realizada missa e batizados no início da manhã. O tema do evento em 2019 é “Identidade, vocação e missão”, enquanto o lema é “Ouçam o que o espírito diz à Igreja”.

Ações de Ezequiel

Serra Negra do Norte tem sido um dos municípios mais beneficiados por ações do mandato do deputado Ezequiel Ferreira. A cidade recebeu recentemente investimentos em segurança pública e infraestrutura, a partir da atuação do parlamentar. O município recebeu a doação de uma viatura policial da Assembleia Legislativa. O veículo está em uso na cidade, garantindo uma melhor cobertura policial nas ruas e levando uma maior sensação de segurança para a sociedade.

Também partiu de Ezequiel a iniciativa de solicitar ao Governo do Estado a ativação da delegacia local, bem como o envio de agentes e a aquisição de equipamentos para auxiliar no trabalho de policiamento ostensivo no município.

Ezequiel também trouxe outras ações benéficas a Serra Negra do Norte, como a recuperação da BR-427. Junto ao Dnit, o presidente da Assembleia recebeu a garantia da recuperação da BR 427 que passa em Currais Novos, Acari, Jardim do Seridó, Caicó e Serra Negra do Norte. A cidade ainda recebeu carros refrigerados e veículos e equipamentos para o fortalecimento das ações de Extensão Rural por meio do mandato do parlamentar.

Recentemente, o presidente da Assembleia apresentou mais requerimentos favoráveis a cidade. Ezequiel solicitou que seja firmado um convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Serra Negra do Norte com o objetivo de pavimentar e drenar as ruas do município.

A Caravana da União Municipal dos Estudantes – UMES/MACAÍBA visitará as escolas publicas e privadas de ensino secundaristas e fundamental II de Macaíba para dialogar com os estudantes sobre o Movimento Estudantil e o avanço fascista na educação pública brasileira.

Alguns dos grandes objetivos é formar nas escolas as comissões pró grêmios estudantis para estabelecer os debates em torno da organização dos Estudantes e se posicionar em tudas as questões que envolva as juventudes, inclusive em âmbito municipal que se agrava a cada dia com o desenvestimento e falta de políticas públicas que cumina com o extermínio das juventudes pobres, negras, de baixa escolaridade e da periferia de Macaíba. A UMES/MACAÍBA inclusive denúncia a falta de apoio aos estudantes que estudam nas instituições de ensino UFRN, EAJ, IFs e faculdade privadas, que não possuem nenhum apoio por parte da prefeitura de Macaíba que nem aumenos coloca um ônibus a disposição destes estudantes.

“Sabemos que encontraremos dificuldades para chegar até aos estudantes, mas com a Lei nacional 7. 398/85 que regulariza a formação de grêmios estudantis livres nas escolas, e da Lei estadual 10.659/19 sobre Escola Democrática nas escolas públicas do RN. A UMES/MACAÍBA irá somar esforços com os demais estudantes, professores e diretores das escolas para garantir o diálogo e organização estudantil”. Disse: Cícero Militão Presidente da UMES/MACAÍBA.

ESTAS SERÃO AS ESCOLAS A SEREM VISITADAS!

ZONA URBANA

Dr. Severiano
Alfredo Mesquita
Paulo Nobre
Henrique Castriciano
Arcelina Fernandes
Auta de Souza
CAIC
José Arinaldo
Pedro Gomes
Pinheiro Borges

ZONA RURAL

José Mesquita (Riacho Do Sangue)
Manoel Duarte (Cana Brava)
CERU(Traíras)
Waldemar Diogenes(Lagoa Do Sítio I)
Alfredo Lira(As Marias)

Comissão – Caravana da UMES/MACAÍBA.

O presidente da República Jair Bolsonaro, será submetido a uma nova cirurgia, desta vez, para correção de uma hérnia incisional. O problema, segundo informou em nota o médico da Presidência da República, Dr. Ricardo Peixoto Camarinha, surgiu em decorrência das intervenções cirúrgicas pelas quais o presidente foi submetido depois de ter sido vítima de uma facada.

Mais cedo, pelas redes sociais, ao lado dos médicos Bolsonaro brincou com a situação.

“Agora em São Paulo com os Drs.[Antonio Luiz] Macedo e Leandro [Echenique, cardiologista]. Pelo que tudo indica curtirei uns 10 dias de férias com eles brevemente. Bom dia a todos”, disse.

Com informações da Agência Brasil

Foto: PM/Divulgação

Criminosos tentaram arrombar um terminal eletrônico na Caixa Econômica Federal (CEF), durante a madrugada deste domingo (1º) no município de Goianinha, na região metropolitana de Natal. A Polícia Militar foi acionada e enviou equipes ao local, porém os bandidos fugiram antes da chegada das viaturas.

O caso foi registrado por volta das 3h30. A central de monitoramento do banco informou à polícia que havia pessoas dentro da agência tentando arrombar os caixas. Segundo a PM, o deslocamento até o local durou entre três e quatro minutos, porém, quando a equipe chegou no local, encontrou apenas marcas nas laterais dos terminais.

A suspeita da PM é de que havia alguém monitorando os policiais e que teria avisado da chegada deles aos bandidos, facilitando a fuga.

Ainda de acordo com a PM, o arrombamento não foi concluído e os criminosos não conseguiram levar o dinheiro dos caixas.

G1 RN

Nossa redação acaba de ser informada que mais uma pesquisa que avalia as possibilidades eleitorais dos pré-candidatos está sendo realizada em Macaíba. Segundo informações repassadas ao Senadinho, entrevistadores (as) foram vistos na tarde deste domingo (01), na zona rural do município.

Resta saber se os números serão apenas para consumo interno, ou serão divulgados.

A conferir!

Por Carlos Santos

Foto: PRF/Divulgação 

A Polícia Rodoviária Federal prendeu dois homens flagrados com 3,9 kg de cocaína e 20 kg de fenacetina no posto de fiscalização na BR-101, em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal. Os criminosos seguiam em um carro modelo Fiat Mobi, de João Pessoa no sentido a Natal.

A prisão aconteceu na noite da última sexta (30) e foi divulgado pela PRF neste domingo (1º). Segundo a corporação, no momento em que foram abordados, os homens ficaram bastante nervosos, o que chamou a atenção dos policiais.

Na vistoria ao veículo, foi encontrado no banco traseiro, um pacote contendo a cocaína, e no porta- malas um pacote maior, onde estava o pó branco, conhecido como fenacetina. Ainda de acordo com a PRF, o pó é uma substância química de uso farmacêutico, porém utilizada pelo tráfico para aumentar o volume do entorpecente e o lucro nas vendas.

Após consulta aos sistemas de segurança, foi constatado ainda que o motorista do carro, um homem de 32 anos, tinha um mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Natal, por estelionato. A ocorrência foi encaminhada à Central de Flagrantes em Natal.

Do G1RN

O Brasil registra uma queda de 22% nas mortes violentas no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2018. A região Nordeste é a que tem a maior diminuição. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Em seis meses, houve 21.289 assassinatos, contra 27.371 no mesmo período do ano passado. São 6 mil a menos.

O Nordeste responde por mais da metade dessa queda (3.244 mortes a menos), ou seja, 53% do total no país.

A tendência de queda nos homicídios foi antecipada pelo G1 no balanço dos dois primeiros meses do ano, que apresentaram redução de 25% em relação ao mesmo período do ano passado, e no balanço das mortes violentas de 2018, que teve a maior queda dos últimos 11 anos da série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com 13%.

O número de assassinatos, porém, continua alto. O dado mostra que há uma morte violenta a cada 12 minutos no Brasil – 118 por dia, em média.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os dados apontam que…

– Houve 6.082 mortes a menos nos primeiros seis meses de 2019;
– Todos os estados apresentaram redução de assassinatos no período
– Três estados tiveram quedas superiores a 30%: Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará
– O Ceará, aliás, respondeu sozinho por 1/5 da queda nas mortes no Brasil
– A queda no Nordeste foi a maior entre as regiões do país: 27%.

Via o BG

 

O governo do Estado não tem possibilidade de superar a crise fiscal, que implica na impossibilidade de investir com recursos próprios, nos próximos dois anos. Em 2019, terminará o ano com um saldo negativo de R$ 500 milhões, que se somará com os débitos acima de R$ 2 bilhões que ficaram de 2018. Além disso, as dívidas que vêm do exercício anterior, só serão pagas com recursos extras. Essa análise foi detalhada pelo secretário estadual do Planejamento, Aldemir Freire, ao comparecer à Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa. A TRIBUNA DO NORTE teve acesso à íntegra da apresentação feita pelo secretário, na qual ele detalhou a situação das contas do Estado e a visão de como pretende enfrentar a crise fiscal.

Aldemir Freire esteve na CFF para apresentar um diagnóstico e um prognóstico da situação financeira do Rio Grande do Norte e, na ocasião, admitiu a impossibilidade de superar as dificuldades nos dois primeiros anos de governo. O secretário afirmou que a administração pública estadual “ainda roda 2019 no negativo”. Ele disse que as receitas próprias do Estado estão em recuperação, mas é preciso evitar o crescimento das despesas para impedir o acirramento da crise financeira.
Para Aldemir Freire, “é impossível equacionar a crise no período de oito meses”. “Vamos levar quatro anos para enfrentar essa crise e os dois primeiros anos, não engano a ninguém, serão difíceis”, disse.

O secretário do Planejamento declarou, ainda, que “nos últimos anos, o Estado gastou mais que suas receitas, não se endividou com o sistema financeiro”, mas a única fonte de investimentos é o empréstimo feito com o Banco Mundial e ainda ficou devendo mais de R$ 2 bilhões a fornecedores de bens e serviços e salários dos servidores públicos.
Segundo Aldemir Freire, a aposta do governo para tentar equilibrar as contar públicas e saldar dívidas com a folha de pessoal e fornecedores, continua sendo a obtenção de recursos extras, como a venda da folha salarial ao Banco do Brasil, cujo contrato foi assinado na segunda-feira (26), no valor de R$ 251 milhões, mas descontados as dívidas, consignados contratuais, milhões, que deverão entrar na conta única do Estado na primeira semana de dezembro.

Caso o Estado também receba os recursos da cessão onerosa do petróleo do pré-sal (em torno de R$ 457 milhões, segundo relatório do senador tucano do Ceará, Cid Gomes) e se feche a adesão ao Plano de Equilíbrio Fiscal (PEF) do governo federal, que tramita no Congresso Nacional, Aldemar Freire acrescentou que “vai pagar e alongar em 20 anos o que está devendo”.
Se isso ocorrer até o fim do atual exercício, o secretário Aldemir Freire estima que “controlando e segurando as despesas, volta-se ao equilíbrio em 2022, conseguindo-se fechar as contas do ano mais lá frente”.

Débito com salários em atraso está em R$ 800 milhões

O secretário de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire, estima que a dívida com as folhas de novembro e dezembro e do 13o salário de 2018 (o décimo de 2017 atrasado foi pago em maio e junho com recursos dos royalties do petróleo) chega a R$ 800 milhões.

Pelas contas do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado (Sinsp-RN), a divida para com o funcionalismo chega a próximo disso – R$ 793 milhões: 13o do ano passado, 96 milhões e novembro e dezembro, 332 milhões cada mês.
Segundo Aldemir Freire, não dá pra apontar uma data para quitação dos atrasados, “porque tem uma série de coisas que não depende do governo e que dificultam essas datas”.

Primeiro, ele exemplificou que é preciso haver o leilão da cessão onerosa do petróleo, que vai ocorrer no começo de novembro, depois falta a aprovação do programa de ajuste fiscal do governo federal, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

“Com a venda da folha salarial, o PEF e eventualmente a operação de royalties é o que estamos imaginando para fechar o ano”, disse Aldemir Freire, para afirmar que “a dívida consolidado não é nosso gargalo, o estado tem margem de endividamento”, que hoje é de 24% em relação à Receita Corrente Líquida (RCL) e pode chegar a 200%, segundo a legislação do Senado Federal.

Fonte: Tribuna do Norte