Arquivos

Foto: Arquivo da família

G1 RN – Um casal de namorados morreu em um acidente na BR-226, em Macaíba, na Grande Natal, no fim da tarde deste sábado (28). Ao chegar ao local para atender a ocorrência, um policial militar do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) percebeu que uma das vítimas era a filha dele.

As vítimas foram identificadas como Gabriella Nascimento de Góis, de 19 anos, e João Vitor Lima da Silva, de 21.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o casal seguia de moto pela BR-226 no sentido Natal quando bateu na lateral de uma caminhonete que iria cruzar a via.

Com o impacto, o casal foi arremessado e entrou pela janela do carro. Os dois morreram no local. O motorista da caminhonete fugiu do local.

Quando a equipe do CPRE chegou ao local para atender a ocorrência um dos policiais percebeu que uma das vítimas do acidente era a filha dele. Muito abalado, o policial não quis falar com a imprensa.

Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Foto: cedida/reprodução

Moradores da comunidade Riacho do Sangue, zona rural de Macaíba, estão vivendo dias de medo. Em menos de um mês sete assaltos contra populares da região foram registrados e sempre cometidos por criminosos em motocicletas. O último ocorreu no final da tarde desta terça-feira (24), na frente de um posto de saúde onde pai e filho tiveram que entregar pertences e uma motocicleta.

De acordo com o senhor Augusto Freire, morador do local, ninguém tem mais coragem de ficar na frente de casa ao anoitecer, mesmo sendo um comportamento tradicional há muitos anos. “Hoje em dia a gente fecha as portas logo cedo, se ficarmos olhando o tempo passar pode ter certeza que aparece um, ou dois bandidos para tomar o que é nosso”, disse.

Na última ação promovida por uma dupla, as vítimas, pai e filho, tiveram que entregar todos os bens, inclusive a motocicleta que usavam para o transporte. O roubo ocorreu na frente de um posto de saúde e foi presenciado por várias pessoas. Quem tiver informações sobre os assaltantes que estão agindo na localidade o telefone para a denúncia é o 181.

Portal BO


Fotos: cedida/Reprodução 


Duas pessoas morreram em um acidente envolvendo uma motocicleta e uma caminhonete, na tarde deste sábado (28), na BR-226, em Macaíba.

De acordo com informações iniciais, um homem e uma mulher (condutor da motocicleta e garupa) vieram a óbito no local. Ainda segundo informações, a colisão foi lateral.

O acidente foi registrado próximo ao ASFARN.

Mais informações a qualquer momento!

Foto: Marcello Casal Jr

A Caixa Econômica Federal inicia, a partir de dezembro, o pagamento aos beneficiários do Programa Bolsa Família por meio da Conta Poupança Social Digital. Mais de 9 milhões de pessoas que ainda não possuem nenhuma conta bancária poderão receber o benefício por meio de crédito na conta digital, sacar com o cartão Bolsa Família e movimentar os valores pelo aplicativo CAIXA Tem.

A modalidade permitirá que o beneficiário tenha conta bancária sem obrigatoriedade de saque integral das parcelas. A abertura das contas será feita de forma automática e escalonada pela Caixa sem a necessidade de apresentação de documentos ou comparecimento às agências.

Além de movimentar o benefício pelo aplicativo, os beneficiários poderão continuar sacando os recursos por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Calendário

A abertura das contas digitais para crédito do Bolsa Família será feita de forma escalonada. Os primeiros a receber os recursos com os serviços da Conta Poupança Social Digital serão os beneficiários de NIS com final 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do Programa.

Nesta primeira etapa, que ocorrerá em dezembro, cerca de 1,5 milhão de pessoas receberão os valores pelo CAIXA Tem. Mês a mês, de acordo com o último digito no NIS, os beneficiários passarão a receber o benefício do Bolsa Família com os serviços da Conta Poupança Social Digital, conforme o seguinte calendário:

– Beneficiários com NIS final 6, 7 e 8 receberão em janeiro (2,25 milhões de pessoas)

– Beneficiários com NIS final 3, 4 e 5 receberão em fevereiro (2,25 milhões de pessoas)

– Beneficiários com NIS final 1, 2 e Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares e outros) receberão em março (3 milhões de pessoas)

Agência Brasil


Foto: Reprodução 


Carlos Alberto Félix da Silva, de 41 anos, paciente que pesava cerca de 300 quilos e aguardou cinco dias em um colchão no chão de uma unidade de saúde em João Câmara para ser internado em uma cama na UTI morreu na manhã deste sábado (28) no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal.

Ele chegou a ser reanimado após duas paradas cardiorrespiratórias, mas depois da terceira não resistiu.

“Pelo menos, teve um pouco de dignidade no fim da vida, não estava no chão e recebeu toda a atenção e cuidado possível. Infelizmente, estava muito grave”, disse o diretor do Giselda Trigueiro, André Prudente.

Carlos Alberto estava com insuficiência cardíaca e rabdomiólise, que é uma degradação do tecido muscular que libera uma proteína prejudicial no sangue. O exame dele de Covid-19, uma suspeita inicial, deu negativo.

Do G1RN

Os gastos com a pandemia do novo coronavírus neste ano e o aumento que esses gastos representam nas despesas com juros da dívida pública nos próximos dez anos já correspondem ao valor estimado para toda a economia com a reforma da Previdência até 2030, segundo números do governo.

Efeito da pandemia na dívida pública em 11 anos é de R$ 876 bi, segundo números do Ministério da Economia. Estimativa de economia com Previdência no período é de R$ 855 bi em 10 anos.

Nesta semana, durante audiência pública na comissão do Congresso Nacional que acompanha as medidas de combate ao coronavírus, o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, informou que é estimado em R$ 615 bilhões o impacto da pandemia nas contas públicas neste ano em razão da perda de arrecadação e dos gastos extraordinários para combater os efeitos da Covid-19.

Além disso, segundo ele, também há o efeito do aumento do pagamento dos juros da dívida pública. Isso deve gerar despesas adicionais com juros de R$ 261 bilhões nos próximos dez anos, valor calculado pela Secretaria do Tesouro Nacional.

Essas despesas com juros em dez anos, segundo o Tesouro, estão divididas em:

– Juros motivados pela despesa com auxílio emergencial: R$ 143,3 bilhões

– Juros motivados pelo auxílio federativo: R$ 26,8 bilhões

– Juros decorrentes do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm): R$ 23 bilhões

– Outros: R$ 68,5 bilhões

A maior parte (R$ 143,3 bilhões) dos gastos com juros refere-se ao pagamento do auxílio emergencial, cujo valor total estimado para 2020 é de R$ 322 bilhões.

Somado o impacto nas contas públicas previsto para este ano (R$ 615 bilhões) com a previsão de aumento das despesas com juros (R$ 261,6 bilhões em dez anos), o efeito da pandemia na dívida pública nesse período é de R$ 876 bilhões.

“O custo intergeracional, ao longo do tempo, calculamos em R$ 261 bilhões — custo do endividamento trazido pelas medidas da Covid ao longo dos próximos dez anos — ou 0,4% do PIB. A gente tem que se preocupar com o hoje e com o amanhã”, declarou Waldery Rodrigues.

O valor se aproxima ao da última estimativa do Ministério da Economia para a economia a ser gerada pela reforma da Previdência Social até a próxima década (R$ 855 bilhões). Entre outros pontos, a reforma da Previdência definiu idade mínima de aposentadoria para homens (65 anos) e mulheres (62 anos); regras de transição para os trabalhadores da ativa; novas regras de acesso aos benefícios.

Segundo o diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente do Senado Federal (IFI), Felipe Salto, sem a reforma da Previdência, a situação das contas públicas brasileiras seria muito pior.

“A gente pode dizer que, sem a reforma da Previdência, aprovada ainda que tardiamente, as projeções para a dívida pública estariam mais altas. Certamente, estaríamos em uma situação pior”, declarou Salto.

Segundo ele, a reforma vai começar a gerar “resultados visíveis” em médio prazo. “Todo mundo sabia que não seria um efeito imediato, mas foi importante para as expectativas e para a dívida”, disse ao G1. Ler mais…


ASSECOM/RN – O Governo do Rio Grande do Norte adianta o pagamento da segunda parcela do salário do mês de novembro para este sábado (28). São R$ 122 milhões pagos aos mais de 32 mil servidores estaduais que recebem os 70% restantes de seus salários. O funcionalismo lotado em pastas com recursos próprios também receberá o pagamento integral nesta data, o que resulta, ao todo, em mais de R$ 178 milhões aplicados na economia potiguar.

Os 30% iniciais foram adiantados no último dia 14, assim como o salário integral de quem recebe abaixo de R$ 4 mil e toda a categoria da Segurança Pública.

A quitação da folha do mês de novembro acompanha o anúncio da governadora Fátima Bezerra sobre o pagamento da segunda parcela do décimo. “Na próxima semana, iremos divulgar a data do pagamento da parcela restante do 13º salário de 2020”, disse.


Conforme fonte segura, o vereador reeleito, Denilson Gadelha, será o próximo presidente da Câmara Municipal.

Considerado um dos maiores articuladores da nova geração política, Denilson se destaca por sua credibilidade, pois é considerado por todos de compromisso e palavra. Policial Rodoviário Federal de carreira e advogado de formação, tem preparo suficiente para fazer uma boa gestão, que possa ajudar o município nesse novo momento.

Contando com seu voto, já são oito votos declarados e, certamente, já tem no mínimo mais três votos garantidos, que deverão se juntar ao grupo no momento oportuno.

Interpelado pelo Senadinho, Denilson foi categórico em afirmar que reconhece a legitimidade dos outros dois postulantes, mas acredita ser o momento dele. “Emídio foi eleito como símbolo da mudança e renovação, mas tendo a base forte de quem fez oposição sistemática a um monopólio de 20 anos de Poder, e a Casa do Povo também deve fazer parte desse momento único da história política macaibense.

Os vereadores eleitos Igor Targino, Rita de Cássia, Aroldo da Saúde, Tafarel Freitas, Cacau, Zeca Cunha e Jailson Brito formalizaram o apoio na manhã de hoje (28).

Uma mulher ainda não identificada foi encontrada morta, na manhã deste sábado (28), na rua Mar da Galiléia, no bairro Passagem de Areia, na cidade de Parnamirim, região Metropolitana.

De acordo com os peritos do ITEP a vítima apresentava um ferimento provocado por um tiro no rosto e estava caída no sofá da sala. Vizinhos informaram que ouviram um barulho por volta das 4h.

A Polícia Militar foi acionada por um morador e em seguida uma equipe da DHPP (Divisão de Homicídio e Proteção Pessoa) também chegou ao local do crime para serem realizados os procedimentos preliminares de investigação.

Os peritos do ITEP encontraram o corpo da mulher sobre o sofá da sala, a vítima segurava um prato com comida em uma das mãos, o que leva a crer que ela foi surpreendida pelo assassino.

A Polícia Civil de Parnamirim irá investigar o caso e deverá iniciar os interrogatórios nos próximos dias.

Fonte: Portal BO

Foto: Sandro Menezes

No intervalo de um mês, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) por pacientes acometidos pelo novo coronavírus aumentou 90% no Rio Grande do Norte. O estado chegou ao dia 27 de novembro com 97 pacientes internados em leitos de UTI. Em 27 de outubro, eram 51 nos hospitais das redes pública e privada.

Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), que diariamente divulga boletins informativos atualizando a situação da pandemia no Rio Grande do Norte.

A rede privada é a mais impactada pelo aumento das internações. No período de 30 dias, a ocupação das UTIs em hospitais particulares aumentou 261%. Se em 27 de outubro a rede privada cuidava de 18 pessoas em Terapia Intensiva, um mês depois a quantidade de pacientes chegou a 65.

Esse dado, aliado aos 10 pacientes em leitos semi intensivos, representa 42,4% de ocupação dos leitos exclusivos para tratar enfermos com complicações provocadas pela Covid-19. No fim de outubro, apenas 11% dos leitos estavam ocupados.

OCUPAÇÃO DE LEITOS PÚBLICOS E PRIVADOS

Já a rede pública permanece com uma taxa estável de ocupação de leitos de UTI. Houve até uma pequena queda em relação há um mês atrás. No dia 27 de outubro eram 33 internados em leitos intensivos. Nesta sexta-feira, foram 32.

Em um mês também houve um aumento significativo no total de internações por coronavírus no estado. Segundo dados da Sesap, em 27 de outubro havia 177 pessoas em leitos clínicos, semi-intensivos e de UTI no estado. Um mês depois, esse número saltou para 266. Crescimento de 50% no período.

Novamente o maior impacto foi na rede privada. O número geral de internados cresceu 185% nos hospitais privados, saindo de 41 para 117 leitos ocupados no total. No serviço público, o salto foi de 136 para 149 pacientes

De acordo com o site Regula RN, que monitora em tempo real a situação dos leitos Covid na rede SUS, a taxa de ocupação de leitos para Covid-19 na rede pública do estado estava em 55% na noite de sexta-feira, sendo a maior pressão por leitos na região Oeste (67%) e a menor, no Seridó (28%). A região metropolitana de Natal tem 55% das vagas em hospitais preenchidas. Ler mais…


A CAIXA abrirá dezesseis agências no Rio Grande do Norte neste sábado (28/11), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial e do Auxílio Emergencial Extensão nascidos em agosto e setembro dos Ciclos 3 e 4.

Em todo o país, serão 762 unidades abertas. Ao todo, foram creditados R$ 6,1 bilhões para este público.

A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida no site do banco: www.caixa.gov.br/agenciasabado.

Todas as pessoas que procurarem atendimento durante o funcionamento das agências serão atendidas. Não é preciso chegar antes do horário de abertura.

Auxílio Emergencial

No total, no sábado (28/11) terão sido pagos R$ 264,8 bilhões do Auxílio Emergencial para 67,8 milhões de brasileiros, somando 450,1 milhões de pagamentos.

Uso digital dos recursos

Continua disponível aos beneficiários do Auxílio e aos trabalhadores com direito ao Saque Emergencial FGTS as opções de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Com o aplicativo CAIXA Tem, também está disponível a funcionalidade para pagamentos sem cartão nas cerca de 13 mil unidades lotéricas do banco.

Equipamentos não foram entregues a unidades de saúde em Elói de Souza e parte do dinheiro foi sacado pelo próprio prefeito

O Ministério Público Federal (MPF) obteve a condenação do empresário Agostinho Nogueira da Câmara, que terá de ressarcir os recursos federais desviados que deveriam ser destinados à compra de equipamentos de saúde para a população da cidade de Senador Elói de Souza, no ano de 2002. Cheques destinados a essa aquisição foram emitidos irregularmente, um em nome de uma terceira empresa que nunca participou de qualquer licitação no município, outro foi sacado na “boca do caixa” após endosso do então prefeito, Adilson de Oliveira Pereira “Bilu”.

O ex-prefeito já foi condenado em primeira instância – em uma ação penal movida pelo MPF – por participação nesse desvio, cuja quantia equivalia a R$ 129 mil em valores corrigidos até 2013. O Ministério Público Federal ingressou então, através do procurador da República Fernando Rocha, com uma ação civil pública de ressarcimento ao erário, buscando a condenação também do empresário.

Agostinho Nogueira era o sócio de fato da Lac Med Medical e Farmacêutica Ltda., que “no papel” estava em nome de laranjas. A empresa foi a vencedora, em 2002, de uma suposta licitação aberta pela Prefeitura de Senador Elói de Souza para aquisição de equipamentos hospitalares e ambulatoriais. Um total de R$ 68 mil seriam destinados a essas compras, dos R$ 157 mil totais do convênio firmado com o Ministério da Saúde (que incluíam também verbas para construção de unidades médicas).

Comprovação – Ainda em 2003 o Ministério da saúde constatou, através de seus técnicos, que não foram adquiridos parte dos equipamentos previstos no convênio. Dentre os itens supostamente adquiridos à Lac Med, mas não encontrados, estavam cubas inox, autoclaves, tensiômetros, estetoscópios, armários, nebulizadores, ventiladores de coluna, balança pediátrica, otoscópio, laringoscópio, espéculos, detector fetal, arquivos de aço e um sistema de pias centrais, totalizando R$ 32.843 em valores da época, que atualizados até julho de 2013 já representavam R$ 129.746,04.

Além disso, os técnicos do Ministério da Saúde observaram que as mesas, cadeiras e birôs estavam com aspecto de recondicionadas, em vez de serem novos como previsto na licitação. “Desse modo, resta incontestável o dever de ressarcimento ao erário”, concluiu o autor da sentença, o juiz federal Magnus Delgado. Da decisão ainda cabem recursos e o processo tramita sob o número 0803833-07.2018.4.05.8400.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom

Os cartórios brasileiros já podem autenticar documentos por meio eletrônico. O novo serviço possibilitará a certificação de cópias de forma online pelo site.

A novidade vem para complementar a digitalização de outros serviços que já estavam sendo prestados na plataforma de atos notoriais eletrônicos chamada e-Notoriado. Entre eles, assinaturas digitais de escrituras, procurações por videoconferência, atas notariais e testamentos, bem como separações e divórcios extrajudiciais.

Segundo o Colégio Notarial do Brasil (CNB), órgão responsável por gerir o módulo da Central Notarial de Autenticação Digital (Cenad), o novo recurso permite “a materialização e a desmaterialização” de autenticações em diferentes cartórios. Dessa forma, torna mais rápido o envio do documento certificado para pessoas ou órgãos, além de verificar de forma segura a autenticidade do arquivo digital.

A Cenad foi é o único meio nacional válido para a autenticação digital de documentos. Para tanto, será necessária a apresentação de um documento originalmente físico, junto a algum cartório de notas, para que ele seja digitalizado para, então, ser enviado para autenticação.

Segundo a presidente do CNB, Giselle Oliveira de Barros, o novo procedimento permite ao usuário trabalhar com o documento eletrônico, mas com segurança jurídica.

“Após o documento ser autenticado pela Cenad, ele pode ser enviado eletronicamente (email, whatsapp ou qualquer outra ferramenta) a órgãos públicos ou pessoas físicas e jurídicas para a concretização de negócios, tendo o mesmo valor que o documento original, físico ou digital, apresentado pelo cidadão”, informou. Ler mais…


Objetivo é orientar novas ações de combate à pandemia; sete mil famílias serão visitadas nas oito regiões do Estado

Uma nova medida para o enfrentamento e controle da Covid-19 foi anunciada nesta sexta-feira (27) pelo Governo do Estado: a pesquisa Inquérito Sorológico de Base Populacional – Prevalência de infecção por Covid-19 no RN. Serão aplicados 24 mil questionários e testes às famílias em 7 mil domicílios, nas 8 regiões do estado – Pau dos Ferros, Mossoró, Assu, Natal, João Câmara, São José do Mipibu, Santa Cruz e Caicó.

O trabalho inicia na primeira semana de dezembro e será feito em três etapas, com intervalo de uma semana entre elas. A pesquisa tem o apoio do Comitê Científico de assessoramento ao Governo do Estado para a pandemia composto por especialistas e pesquisadores da UFRN, UERN, IFRN e do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN. O questionário terá perguntas referentes a sintomas, estado de saúde, idade, comorbidades, entre outras questões importantes. Em cada município serão vinte entrevistadores e pesquisadores que farão a aplicação do questionário. Ao todo serão 160 pesquisadores em campo.

A presença das equipes nas cidades e a visitação às residências será acompanhada por policiais militares, garantindo a segurança de todos.

“Essa é mais uma medida de grande importância. Teremos equipes de profissionais qualificados que irão às casas das pessoas fazer a pesquisa e subsidiar um estudo para mostrar quais as novas ações que deveremos tomar para enfrentar a pandemia e salvar vidas. Por meio da Secretaria estadual de Saúde, o Governo já investiu R$ 236,8 milhões no combate à pandemia com recursos federais e próprios do RN. Em toda a história do SUS foram implantados 380 leitos UTI em nosso estado. Nós, com muito trabalho, dedicação e compromisso, implantamos 611 leitos durante a pandemia que ficarão para o atendimento geral à população. O Governo contratou mais de 3 mil profissionais da saúde, entre concursados e temporários, para uma melhor assistência à saúde”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Ela destacou o acerto das medidas no combate à Covid. “As ações que tomamos refletem a seriedade, o compromisso e a transparência da gestão. Decidimos pela suspensão e retorno às atividades nos momentos certos, sempre ouvindo e respeitando a ciência. O controle da pandemia em nosso estado é resultado das medidas que tomamos”, registrou. Ler mais…

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial