Quatro homens em um veículo praticaram duas ações criminosas na cidade de Boa Saúde, na região Agreste, na tarde deste sábado (25). De acordo com informações do blog JS, a quadrilha assaltou dois estabelecimentos comerciais na cidade. Em um dos comércios, houve reação do proprietário que alvejou um dos criminosos, que foi levado pelos próprios companheiros e foi deixado na UPA de Macaíba, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Já o comerciante foi alvejado com três tiros. Um na perna, um no braço e um de raspão na cabeça, próximo a orelha. Populares relataram que ele está bem e consciente. E foi socorrido para o Hospital Dioclécio Marques em Parnamirim.

Após a realização de 1.847 operações para a concessão de microcrédito em 2019, o Governo do Estado, através da Agência de Fomento do RN (AGN-RN), garantiu 2.770 postos de trabalho em todo o Rio Grande do Norte. A estimativa é da Gerência de Microcrédito da Agência, responsável pelo análise e concessão das operações.

A cada operação de microcrédito realizada, 1,5 pontos de trabalho em média são criados na cidade. Em caso de renovação do crédito, além do efeito da manutenção da vaga, é potencializada a possibilidade de criação de novos postos.

“O Poder Público tem a função básica de promover oportunidade às pessoas. Por isso, é muito importante esse papel da AGN em contrariar essa onda de desemprego ao promover o desenvolvimento social e econômico a partir do empreendedorismo. Pessoas tem transformado a própria vida e se tornado donas de seus próprios negócios”, afirmou a diretora-presidente, Márcia Maia.

Nesta semana, a Agência concedeu a renovação de microcrédito a 146 empreendedores das cidades de Caraúbas, Upanema e Campo Grande a partir de um investimento total de R$ 447 mil. Nos primeiros cinco meses de 2019, o Governo concedeu microcrédito para empreendedores de 79 municípios em todas as regiões do RN. Ler mais…

A partir das 18h, na Praça Alfredo Mesquita Filho, a famosa “Praça da Saudade”, em frente ao cemitério público da zona urbana da cidade, acontece a primeira edição do Cine Saudade.

Na ocasião, serão exibidos o curta-metragem “Mistérios na Lagoa das Pedras”, do macaibense Silva Nunes, pesquisador e escritor conhecido popularmente por “Poeta”, e o longa-metragem “Um lugar que não existe”, de Hailton Mangabeira e Lula Borges.

Durante o evento, também será realizado um sarau poético, uma performance cover de Michael Jackson, um show com Forró do Chico Lopes e obras literárias serão sorteadas para o público presente.

O Cine Saudade é uma realização do Pólo Macaíba da SPVA/RN (Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte), que tem como coordenadores os macaibenses Silva Nunes (O Poeta), Augusto Neto e Lívia Dantas.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (24), a um mandado de prisão em desfavor de Edilson Tavares dos Santos, conhecido como “Pezão ou Psicopata”, 35 anos. O mandado, expedido pela 17ª Vara Criminal da Comarca de Natal, refere-se à sentença condenatória pela prática dos crimes de roubo e homicídio. A prisão aconteceu no bairro Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal.

Edilson Tavares, que estava foragido da Justiça, foi condenado a uma pena de 26 anos, 01 mês e 22 dias, a ser cumprida inicialmente no regime fechado. Ele foi conduzido à delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Foto: redes sociais/Reprodução

Um macaibense morreu após acidente na madrugada deste sábado (25), em São Gonçalo do Amarante, destaca a ConnectTV.

De acordo com o blog, a vítima residia no bairro das Campinas e atendia pelo o nome de Naldo, mais conhecido por “Naldinho”, e trabalhava na Coca-Cola.

Sobre o acidente

Naldinho perdeu o controle da moto (que pilotava) em uma curva, na entrada do acesso ao aeroporto. O motociclista atravessou o canteiro central. Devido à gravidade dos ferimentos, o mesmo veio a óbito.

Com informações do blog ConnectTV

ASSECOM/RN – O Governo do Rio Grande do Norte vai retomar as negociações com as companhias de transporte aéreo e buscar uma solução para o problema da desigualdade de preços e a malha aérea entre os estados do Nordeste. A decisão veio nesta sexta-feira (24) depois que a Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) formalizou um pedido de retificação para inclusão do Rio Grande do Norte na cláusula quinta do convênio de número 188, de 2017, do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que libera os estados signatários a reduzir a base de cálculo do ICMS na saída interna de QAV para as companhias aéreas. Foi comprovado pela análise de reuniões anteriores que houve exclusão equivocada do Rio Grande do dispositivo.

Técnicos da secretaria identificaram documentos que comprovam a adesão do Rio Grande do Norte ao convênio e os mesmos arquivos não mostram nenhum pedido de saída do RN. Inadvertidamente, a secretaria do Confaz excluiu o Rio Grande do Norte das publicações posteriores ao pedido oficial de inclusão e, devido à transição de governo, o tema vinha sendo tratado como se o estado estivesse impossibilitado de ajustar o valor da alíquota para esse combustível.

“Ficam os Estados de Alagoas Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe autorizados a conceder redução de base de cálculo na saída interna de QAV, promovida por distribuidora de combustível com destino a consumo de empresa de transporte aéreo de carga ou de pessoas, observadas as disposições, condições e requisitos previstos em ato normativo da própria unidade federada”, ratifica o texto da cláusula quinta da legislação na página do Confaz, que é ligado ao Ministério da Economia (https://www.confaz.fazenda.gov.br/legislacao/convenios/2017/CV188_17).

Depois de ameaçar travar a pauta das reuniões ordinárias e extraordinárias do conselho, o Rio Grande do Norte decidiu reunir argumentos para ingressar com uma ação judicial a favor da permissão de o estado negociar um menor percentual sobre o imposto para o setor e resolver os problemas ligados às altas tarifas para os voos que aterrissam no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante e baixa oferta de assentos nas aeronaves. Ler mais…

Foto: redes sociais/Reprodução

Na manhã deste sábado (25), um acidente envolvendo uma moto e um carro foi registrado na avenida Jundiaí, em Macaíba. De acordo com informações de populares, o motociclista identificado até o momento por nome de Luiz, ficou ao solo esperando uma equipe do Samu para realização dos primeiros socorros.

Ainda segundo informações repassadas ao site, o motociclista estava consciente.

O ex-comandante do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), tenente-coronel Rodrigo Trigueiro, confirmou ao blog que foi afastado de onde atuava por perseguição político-ideológica e ainda denunciou que existe uma estrutura na Governadoria que atua para fiscalizar o que policiais postam nas redes sociais.

Em conversa com o blog, o tenente-coronel externou a indignação contra o que ele classificou como “patrulha digital”, que é composta por polciais para fiscalizar policiais civis e militares e que usa a estrutura da Governadoria. Ele também afirmou que não quer ser político como se especulava e que só quer ficar sossegado.

“Eu não quero ser político, não quero ser nada, só quero ter sossego, mas ninguém me deixa sossegado. Na verdade, eu saí do Batalhão mesmo por conta dessa patrulha digital. Tem uma equipe de policiais que ficam na Governadoria printando tudo o que os polciais civis e militares falam e comentam nas suas redes sociais. Falei umas besteiras mesmo com amigos meus, discutindo política”

Trigueiro disse que estava em um momento de confraternização que acontece semanalmente dentro do Batalhão de Choque e reconheceu que se excedeu, exatamente por estar em um momento pessoal e de ter sido alvo da patrulha digital, inclusive recebendo recomendações de apagar as fotos da confraternização. Ele pontuou que, quem se sentiu ofendido, que pode processá-lo.

“Eu fiquei puto. O problema foi porque postei uma foto no Recanto do Guerreiro. Estou há dois anos no Choque e, toda sextas-feira a gente se reúne lá, almoça e se confraterniza. Do nada, um companheiro meu pedindo pra eu tirar a foto e eu aloprei, sabendo que a patrulha digital me monitora. Vivo em um regime democrático de direito. Se eu ofendi alguém, peço desculpas pelo exagero. Essa pessoa que se sentiu ofendida pode me processe. Eu não vou viver me policiando e me patrulhando, sem discutir com meus amigos, proque tem um grupo de polciais na Governadoria observando tudo que policial posta. Que diabos de democracia é essa? Eu quero minha liberdade”, desabafou.

Fonte: blog do BG

Lucenildo Firmino, 40 anos de idade, produtor de queijo artesanal de coalho e de manteiga em Tenente Laurentino Cruz, município da região Seridó, distante 254 quilômetros de Natal, vai expor os produtos que fabrica na Queijeira Serra de Santana na 4ª edição da Mondial Du Fromage – Et Des Produits Laitiers, na cidade de Tours, na França, no período de 02 a 04 de junho próximo.

“Galego”, como Firmino é mais conhecido, tem apoio do Governo do Estado para participar do evento internacional e integra um grupo de 39 produtores artesanais que estão sendo beneficiados com financiamento para construção das instalações físicas e equipamentos para aperfeiçoar a produção.

A governadora Fátima Bezerra recebeu o produtor em seu gabinete nesta quinta-feira e o parabenizou enfatizou o apoio do governo ao setor do queijo. “Nós estamos executando um grande projeto que vai beneficiar, valorizar e dar mais qualidade ao nosso queijo. O Seridó tem uma cultura de 300 anos na produção de queijos, mas agora estamos fazendo mais, criando as condições para a certificação, dando segurança sanitária, organizando a cadeia produtiva. Tudo isso terá enorme impacto econômico e social, valorizando os produtos e os produtores e ainda os consumidores que terão alimentos de qualidade assegurada. Todos ganham”, disse a chefe do Executivo estadual.

O projeto de valorização do queijo artesanal do Seridó integra o programa Governo Cidadão, do Governo do Estado, que é financiado com recursos do empréstimo ao Banco Mundial. Estão sendo investidos R$ 23 milhões em 39 queijeiras cadastradas.

O titular da Secretária Extraordinária de Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais, Fernando Mineiro explica que “o objetivo é a regularização sanitária das queijeiras com adequação da infraestrutura, aquisição de maquinário e equipamentos necessários, melhoria na logística do transporte, comercialização e capacitação dos funcionários na comunidade. A regularização é importante para que as cooperativas recebam o selo das instituições sanitárias vigentes: Serviço de Inspeção Municipal; Instituto de Defesa e Inspeção Sanitária (IDIARN); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)”.

Antes do convite para expor seus queijos na França, “Galego”, que adquiriu a queijeira do seu irmão em 2016, classificou os produtos em eventos regionais e nacionais. Em 2017 foi medalha de ouro com o queijo coalho numa mostra promovida pelo Sebrae. Em 2018, no Encontro Nordestino de Laticínios, ganhou medalha de prata com o queijo de manteiga e medalha de bronze com o queijo coalho. Ainda em 2018, em um concurso nacional em São Paulo, ganhou medalha de prata para o queijo de manteiga. Ao todo, a Queijeira Serra de Santana acumula nove premiações nacionais e regionais.

“Participar deste concurso na França é reconhecimento ao nosso trabalho. Não só meu, mas das 44 famílias de produtores familiares que fornecem o leite para nossa queijeira e também para toda a cadeia produtiva”, afirmou. Ele disse que o reconhecimento já obtido, “permitiu uma melhoria na comercialização dos queijos e isso eu repassei para meus fornecedores, em torno de 10%”, fez questão de declarar.

Hoje “Galego” trabalha com a esposa e dois funcionários e produz em média 160 quilos por dia. Com os investimentos proporcionados pelo Governo do Estado, a queijeira Serra de Santana terá capacidade para processar até quatro mil litros de leite em dois turnos, diariamente, que resultará em 400 quilos de queijos e manteiga de garrafa.

Um homem, identificado como Rossinilio França de Oliveira, de 29 anos, foi assassinado após ser flagrado passando a mão nos cabelos de uma mulher na madrugada desta sexta-feira (24), no distrito de Mangabeira, zona rural de Macaíba. Segundo o relatório da Polícia Militar, o marido da moça visualizou a cena, iniciou uma breve discussão com o rapaz e em seguida atirou contra ele.

O homicídio aconteceu nas proximidades da granja Recanto Shalow, ao lado da escola Venera Dantas. Ainda de acordo com a PM, o Centro de Operações Integrado de Segurança Pública (Ciosp) foi acionado para ocorrência pela sogra da vítima e do atirador.

Com informações do portal Nominuto.com

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse que as informações fraudulentas já fazem parte do processo eleitoral em diversas partes do mundo, inclusive no Brasil. A declaração foi dada noite de hoje (24) no seminário Fake News: Desafios para o Judiciário, organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, que debateu o papel da Justiça frente às notícias falsas, na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo.

“Pesquisa realizada pelo Ideia Big Date e divulgada neste mês revelou que mais de dois terços das pessoas receberam fake news pelo Whatsapp durante a campanha eleitoral de 2018”, disse Toffoli ao classificar o fenômeno das fake news como abrangente e complexo. “Esse processo [de desinformação] pode colocar em risco os processos e os valores democráticos”.

Para o presidente do STF, esse ambiente também propicia o avanço do discurso de ódio. “São discursos que estimulam a divisão social a partir da dicotomia entre nós e eles e que remete ao fantasma das ideologias fascistas conforme explica Jason Stanley em obra extraordinária recente Como Funciona o Fascismo”, disse.

Toffoli disse que tudo isso polui o debate democrático em dois aspectos principais: primeiro o cidadão passa a formar sua opinião e se conduzir na democracia guiado por ilusões, por inverdades e a deturpação da realidade deturpa os caminhos da própria democracia; e, segundo, ultrapassada a fronteira do pluralismo, do embate construtivo de ideias e opiniões, a polarização extrema inviabiliza o diálogo. Ler mais…

Foto: Divulgação/Lei Seca

A operação Lei Seca flagrou 50 motoristas dirigindo embriagados em uma blitz montada na madrugada deste sábado (25) na Avenida Abel Cabral, em Parnamirim, Grande Natal. Um deles foi preso por apresentar sinais de embriaguez.

De acordo com o coordenador da operação, o capitão da Polícia Militar Isaac Paiva, 451 condutores foram abordados na ação.

Além das autuações aos que estavam bebendo sob efeito de álcool, os policiais aplicaram ainda outros 35 autos por infrações diversas e seis veículos foram removidos ao pátio do Detran por irregularidades, entre eles o carro do homem que foi preso.

Segundo o capitão Isaac, o motorista que foi preso tentou fugir após ser abordado. Ele arrancou com o carro e passou por cima dos cones que sinalizavam a barreira policial. O oficial disse ainda que o homem quase atropelou pedestres que passavam pela avenida. “Conseguimos interceptar o mesmo e efetuar a abordagem, onde constatamos o estado de embriaguez”, conta.

“O cidadão não entendia orientações simples, demonstrava confusão, desequilíbrio e não conseguiu realizar o teste do etilômetro, de tão embriagado que estava. Por isso, foi feito um vídeo para registrar a situação e lavrado o termo de constatação de embriaguez, que é o procedimento adotado nesses casos”, relata o capitão Isaac Paiva. Ler mais…

A governadora Fátima Bezerra defendeu na reunião do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que 30% dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) passem a ser destinados para investimento em infraestrutura nos estados da região.

A proposição foi acatada de forma consensual pelo Condel, que é integrado por todos os governadores da região Nordeste, de Minas Gerais e Espírito Santo, representantes de prefeitos, trabalhadores e empresários da região, e pelo Governo Federal. A ideia apresentada pela governadora do RN é de que a verba do FNE, que é gerida pelo Banco do Nordeste, seja aplicada em obras prioritárias, seguindo o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) 2020-2023. O plano foi apresentado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional durante a reunião realizada nesta sexta-feira (24), no Instituto Ricardo Brennand, em Recife-PE.

“O plano é uma ferramenta muito importante para a região, mas é preciso que ele não seja um plano de prateleira. Por isso é fundamental a questão do financiamento com os 30% dos recursos do FNE, podendo assim dar início a ações estratégicas inseridas no plano”, destacou Fátima Bezerra.

Esta foi a 1ª reunião do Condel em 2019 e contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de vários ministros de Estado para a apresentação do PRDNE e de mudanças no plano de aplicação do FNE. Ainda sobre o plano regional, a governadora apresentou três sugestões. “Devemos acrescentar nos objetivos deste planejamento o reforço da infraestrutura hídrica, fortalecimento da infraestrutura logística do Nordeste e o fomento às ações de inclusão socioprodutiva”, pontuou a chefe do Executivo estadual.

Fátima também defendeu a inclusão de uma representação dos governadores no Comitê de Acompanhamento do FNE, que pela proposta original só teria membros do Ministério da Economia, da Sudene e do Banco do Nordeste. As proposições foram recebidas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e serão incluídas no plano até o fim do julho, que então será encaminhado para apreciação do Congresso Nacional. Ler mais…

É destaque no Informativo Atitude:

A VISÃO DO ALTO COMANDO

O momento agora é apenas de observar, qualquer decisão por um candidato pode provocar um racha sem necessidade. Hoje temos 4 pré-candidatos a prefeito de Macaíba ligados ao alto comando: um presidente da Câmara que trabalha como ninguém para esse município; um vice-prefeito que está no seu direito, pois todo reserva quer ser o titular; um vereador eleito com uma expressiva votação, que apesar de jovem dá sinais claros que também é um pré-candidato ao Executivo Municipal; e temos também um funcionário que vem ganhando destaque dentro do cenário político, apelidado por esse blog como o “Novo”. O momento agora é esperar as pesquisas e ver dentro de um contexto geral o resultado delas, que começam a sair esse ano. Pois as pessoas mentem, mas os números não.

A VISÃO DO ALTO COMANDO II

Além dos números, critérios como afinidade e alinhamento são quesitos essenciais para o apoio do alto comando.

Confira o vídeo do momento que um carro perdeu o controle e acabou colidindo contra uma parede de uma escola, localizada na avenida Jundiaí, em Macaíba, na manhã desta sexta-feira (24):

Informações e vídeo da ConnectTV

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 24, que vai sancionar a proibição da cobrança pelas companhias aéreas pelo envio de bagagens de até 23kg, que está no âmbito da medida provisória que libera 100% de participação de capital estrangeiro nessas empresas.

“Vou, vou (sancionar)… A pedido teu (de quem fez a pergunta), vou sancionar, fica tranquilo aí. Afinal de contas, com aquela isenção da franquia da bagagem, meu coração manda sancionar, porque quando começou cobrar a bagagem, as passagens não caíram, pô! Não adiantou nada, está certo?”, disse ele, em entrevista no Recife, onde participou de uma reunião do Conselho Deliberativo da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste).

Na véspera, em café da manhã com jornalistas, Bolsonaro já havia dito que tendia a manter a liberação do despacho de bagagens sem cobrança no transporte aéreo doméstico. Mas na ocasião tinha dito que decidiria apenas no limite do prazo que tem para sancionar a medida, de acordo com relatos dos presentes.

A retomada da franquia mínima de bagagem no transporte aéreo doméstico é de até 23 quilos nas aeronaves a partir de 31 assentos sem cobrança adicional, segundo texto aprovado pelo Congresso.

Essa isenção na cobrança de bagagem vai contra a orientação liberal do governo Bolsonaro, dada pela equipe econômica. A medida também pode prejudicar a entrada de empresas de baixo custo —as chamadas low costs— no país, na avaliação da líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

Agência Estado

A possível entrada do “nome da saúde” no cenário político de Macaíba está incomodando alguns políticos tradicionais. A pessoa citada acima como “nome da saúde” poderá disputar a próxima eleição para prefeito.

Em alguns grupos de WhatsApp da cidade o nome dessa pessoa já andou sendo compartilhado.

Com informações do Macaíba no Ar

Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte reduziu 5.927 vagas de emprego de janeiro até abril de 2019. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que foram divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Ministério do Trabalho.

Neste período, foram registradas 46.517 contratações e 52.444 demissões. No mês de abril, a redução registrada no estado foi de 501 vagas – um total de 11.328 contratações para 11.829 demissões.

O setor que mais fechou empregos foi o da agropecuária nestes primeiros quatro meses do ano: menos 5.229 vagas (1.458 contratados e 6.687 demitidos). Apenas no mês de abril, foram menos 383 postos de emprego no setor. Depois dele, as piores reduções foram no setor de comércio (-1.542) e de indústria e transformação (1.086).

Tiveram saldo positivo, o setor de serviços (2.323 vagas a mais) e de serviços industriais de utilidade pública (84).

Apesar da redução de janeiro a abril deste ano, nos últimos 12 meses o saldo é positivo, com o aumento de 4.394 empregos formais, resultado de 146.803 admissões e 142.409 demissões.

Saldo de emprego de janeiro a abril por setor

Extrativa Mineral: -200
Indústria de Transformação: – 1.086
Serviços Industriais de Utilidade Pública: 84
Construção Civil: – 249
Comércio: – 1.542
Serviços: 2.323
Administração Pública: – 28
Agropecuária: – 5.229
Total: – 5.927

Municípios

A diminuição nos postos de trabalho foi maior no município de Mossoró, com menos 1.887 postos de janeiro até abril deste ano. Logo atrás no ranking de maior redução está o município de Apodi, com menos 1.073 vagas de trabalho.

As outras cidades do Rio Grande do Norte que mais fecharam postos de emprego foram São Gonçalo do Amarante (-254) e a capital Natal (-201).

Por outro lado, o município de Parnamirim foi quem teve maior saldo positivo, com 517 contratações a mais que o número de demissões. A cidade de Assú está logo na sequência com 125 postos a mais de trabalho.

Com base apenas no mês de abril, Natal foi a cidade com maior redução, com menos 223 vagas, seguido por Mossoró, com menos 127. Assú aparece como 95 postos a mais, o melhor saldo positivo.

G1 RN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) prenderam, nesta sexta-feira (24), Nilton Dionísio Alves, de 52 anos, em cumprimento a um mandado de prisão resultante de condenação a uma pena de 14 anos de reclusão. Ele foi preso no bairro Bom Pastor, em Natal, pela prática de crimes de estupro.

Ainda no dia de hoje, a partir de informações passadas pelos policiais civis da DCA, a Polícia Militar do Estado de São Paulo deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 15ª Vara da Comarca de Natal em desfavor de João Maria Dos Santos, de 36 anos. Ele é suspeito de crime de estupro de vulnerável e foi preso em sua residência, localizada em São Bernardo do Campo-SP.

As prisões de Nilton Dionísio e João Maria são um desdobramento da Operação Inocência Ferida, que foi deflagrada pela Polícia Civil em alusão ao 18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

É destaque no Informativo Atitude:

Alguns vereadores da base do Governo fazem reunião e definem apoio à pré-candidatura do presidente da Câmara Municipal, Gerson Lima, ao Palácio Auta de Souza.

REUNIÕES II

Na reunião, parte da base deixou clara a importância de se colocar um nome da Câmara para concorrer ao Executivo Municipal, como também, muitos deles foram solidários ao nome de Gerson.

O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, aceitou ontem (23) denúncia contra o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, no âmbito da Operação Bullish.

Segundo a denúncia, ambos participaram em desvios no banco público que teriam resultado em benefícios indevidos de até R$ 8,1 bilhões em favor da empresa JBS. As operações irregulares ocorreram entre junho de 2007 e dezembro de 2009, de acordo com a acusação do Ministério Público Federal (MPF).

Os dois vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, gestão fraudulenta e práticas contra o sistema financeiro nacional. Mantega ainda responderá por corrupção passiva.

A acusação tem entre seus pontos de partida as delações premiadas de ex-executivos da JBS, entre os quais Joesley Batista, um dos donos. O magistrado, porém, não aceitou a parte da acusação contra o empresário, por entender que ele está protegido pelo “benefício legal do não oferecimento de denúncia”, previsto em seu acordo de colaboração com MPF.

Outras três pessoas também se tornaram rés: Victor Garcia Sandri, Gonçalo Ivens Ferraz Da Cunha e Sá e Leonardo Vilardo Mantega. A denúncia, apresentada em março, abrangia mais seis pessoas, incluindo o ex-ministro Antônio Palocci, mas o juiz considerou que contra elas não havia indícios suficientes para justificar o recebimento da acusação.

Esquema

Segundo narra a denúncia, o esquema objetivava a aprovação de empréstimos à JBS em contrariedade a normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Em troca, a empresa repassava quantias a intermediários por meio de notas frias e investimentos fictícios.

Somente Victor Sandri, ex-assessor de Mantega, teria recebido R$ 5 bilhões da JBS sem prestar qualquer serviço, e mais R$ 67 milhões em contas no exterior. Ele vai responder pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção, gestão fraudulenta e prevaricação.

À época em que a denúncia foi apresentada, o ex-ministro Guido Mantega e sua defesa preferiram não comentar. A defesa de Luciano Coutinho negou as acusações.

Agência Brasil

O Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS) torna público o edital de seleção 2019.2 para o curso de Mestrado em Neuroengenharia. O processo seletivo recebe inscrições de candidatos até o dia 23 de junho de 2019. O curso, que tem a duração de dois anos, é o primeiro mestrado em Neuroengenharia do Brasil recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Graduados das áreas de Saúde, Biológicas (Biologia, Medicina, Psicologia, etc) e Engenharias (bacharelado ou licenciatura) podem se inscrever para o Mestrado do IIN-ELS. Para isso, é preciso preencher o formulário de inscrição, submeter a documentação exigida, preencher uma carta de intenção e obter outras duas cartas de recomendação. Para mais informações e acesso ao Edital de Seleção, CLIQUE AQUI e visite a página do Programa de Pós-graduação em Neuroengenharia.

Os profissionais selecionados no processo seletivo vigente terão aulas e realizarão pesquisas na sede do IIN-ELS no município de Macaíba (RN), a cerca de 14 quilômetros da capital Natal.

O Grupo de Apoio às Metas do CNJ, com atuação na Comarca de São Bento do Norte, condenou três ex-gestores (ex-prefeita e dois secretários) do Município de Galinhos por ato de improbidade administrativa ao não entregarem documentação e bens pertencentes à Prefeitura para a equipe de transição de governo.

O Município de Galinhos ajuizou Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa contra Eliete Freire de Oliveira Maciel (ex-prefeita), Jadson Freire de Oliveira Maciel (ex-secretário de Administração) e Edilene Freire Maciel (ex-tesoureira municipal), por suposto cometimento de ato de improbidade administrativa consistente na violação aos dispositivos da Lei 8.429/92.

Os ex-gestores foram condenados com penas de: suspensão dos direitos políticos por três anos; pagamento de multa civil, em favor da municipalidade de três vezes o valor da remuneração percebida à época quando exerciam, respectivamente, o cargo de Prefeita do Município de Galinhos, de Secretário de Administração e de Tesoureira Municipal, acrescido de juros e de atualização monetária.

Eles também estão proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos. O Grupo ainda julgou improcedente o pedido de condenação do Município em litigância de má-fé. Ler mais…

A Governadora Fátima Bezerra recebeu a reitora da UFRN, Ângela Paiva, que deixa o cargo no início de junho e, em uma de suas últimas ações no posto, trataram de questões referentes aos parques gráficos da Universidade, assinando um protocolo de cooperação de uso com o Governo, para ampliar a produção gráfica do estado.

Na reunião de trabalho que aconteceu na Governadoria, nesta quinta-feira (23), ainda foram discutidas possíveis parcerias com o Instituto Metrópole Digital (IMD) e a importância do Parque Tecnológico, que está previsto no plano de aplicação do Governo Cidadão.

A parceria foi firmada com a assinatura do protocolo de intenções pela chefe do Executivo estadual e da gestora da UFRN, o secretário de Estado da Educação, Getúlio Marques, e a Secretária de Comunicação Social do Estado, Guia Dantas, acertando o início do trabalho para integrar o parque gráfico da UFRN com os servidores do Governo que trabalham na área, ligados ao Departamento Estadual de Imprensa (DEI) e a Fundação José Augusto (FJA).

“Temos que agradecer à UFRN por essa cooperação, que muito vai contribuir com a ampliação de iniciativas no campo cultural e educacional em todo o estado. É uma parceria que vai otimizar recursos na hora em que mais precisamos”, pontuou a governadora, destacando ainda o trabalho da reitora Ângela, que deixa o cargo após uma grande gestão. “A reitora Ângela sempre mostrou liderança, uma competência reconhecida nacionalmente e seriedade, afinal, segue trabalhando e discutindo ações de importância para o Estado”, afirmou.

Também durante o encontro, as equipes discutiram a formatação de uma ação conjunta sobre o Parque Metrópole, que faz parte do Instituto Metrópole Digital. O equipamento é focado no desenvolvimento de tecnologia da informação e conta com o Governo como um dos membros do Conselho Administrativo. O Estado e o IMD vão trabalhar na divulgação do Parque Metrópole, em estudos de incentivos fiscais para atração de empresas e na abertura de um escritório de negócios em São Paulo.

“Hoje, as empresas que saíram do IMD já geram 300 empregos diretos. Precisamos dar visibilidade ao que já foi feito para fortalecer a ideia do parque e ampliar a atração de empresas e talentos de fora do estado e do país”, explicou o diretor do IMD e ex-reitor da UFRN, Ivonildo Rêgo.

Já no espírito de cooperação acertado na reunião, o Governo vai consultar o IMD no desenvolvimento da legislação de incentivo a pequenas e microempresas para a inclusão de startups de tecnologia e similares. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, também destacou a importância do parque dentro do planejamento da gestão estadual. “O futuro está aqui na nossa frente e não podemos deixar de investir nessas ações, trabalhar em parceria. O nosso plano de desenvolvimento para o estado é totalmente voltado para a inovação, pois só temos condições de competir com os grandes estados se investirmos na inteligência”, disse Jaime.

O Governo confirmou, ainda, a inclusão do investimento de R$ 8 milhões no parque tecnológico após a readequação feita no projeto Governo Cidadão. O projeto de implantação do parque ainda envolve a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), a Federação das Indústrias do RN (Fiern), por meio do Sesi e do Centro de Tecnologias do Gás e Energia Renováveis (CTGAS-ER), e o Sebrae-RN.

O planejamento é de que a nova estrutura seja instalada em Macaíba, onde funciona a Escola Agrícola de Jundiaí. O parque tecnológico será desenhado para promover polos de inovação e empreendedorismo em áreas econômicas vitais para o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte, como energias renováveis, mineração, pesca, aquicultura, setor têxtil, turismo, fruticultura e serviços.

Para o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, o momento para a implantação do parque é o ideal. “Esse parque é voltado para o desenvolvimento de todo o estado. Por determinação da governadora, fizemos uma readequação no Governo Cidadão e retomamos o investimento na implantação do parque. O novo plano de aplicação do empréstimo foi aprovado pelo Banco Mundial e agora precisamos avançar na discussão sobre o investimento no parque”, finalizou Mineiro.

As instituições envolvidas no desenvolvimento do parque estão construindo os termos de referência para encaminhar ao Banco Mundial.

Durante as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (23), um crime de homicídio foi registrado em Macaíba.

Um homem que atendia pelo apelido de “Rossi”, e trabalhava como vendedor de carros, foi encontrado morto no distrito de Mangabeira, próximo à escola Venera Dantas.

De acordo com informações da ConnectTV, pelo o corpo foi encontrado sinais de violência que aponta característica de execução, pois foi constatado perfurações de bala.

Na manhã desta sexta-feira (24), por pouco um acidente não acabou em tragédia em Macaíba.

De acordo com informações da ConnectTV, por das 05h00, na avenida Jundiaí, um carro desgovernado bateu em uma parede de uma escola particular, derrubando parte da estrutura da recepção. Ainda segundo o blog, felizmente ninguém ficou ferido.

Advogado foi preso em flagrante quando tentava sacar mais de R$ 100 mil de agência bancária com assinatura falsa de juiz. Operação Alvará comprovou participação de advogado

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) resultou na prisão de um advogado e de um servidor do Poder Judiciário potiguar nesta quinta-feira (23), na cidade de Goianinha. O advogado Izac Galvão de Moura foi preso em flagrante no momento em que tentava sacar R$ 107.485,00 de uma conta judicial em uma agência bancária da cidade. Após a prisão, o MPRN apurou que o golpe estava sendo cometido em conluio com o servidor do Poder Judiciário Floriano Martins de Carvalho. Os dois estão presos preventivamente.

Floriano Martins é servidor da Prefeitura de Tibau do Sul e estava cedido ao Poder Judicário, prestando serviço no fórum da cidade. Pelo que foi apurado, o advogado Izac Galvão de Moura, de posse de um alvará judicial, tentou sacar os mais de R$ 100 mil da conta bancária. O golpe não foi aplicado porque o gerente do banco suspeitou da assinatura do juiz que constava no documento.

O bancário telefonou para o fórum da cidade. Quem atendeu o telefonema foi o servidor Floriano Martins, que ainda confirmou que o documento era verdadeiro. Mesmo assim, o gerente continuou suspeitando da assinatura e foi pessoalmente ao fórum, confirmando com o juiz local que a assinatura que constava no documento era falsa. A Polícia Civil foi acionada e prendeu Izac Galvão de Moura em flagrante.

O MPRN foi acionado e conseguiu comprovar que o golpe foi planejado e executado por Izac Galvão de Moura e Floriano Martins de Carvalho, que chegou a fugir. Diante das provas levantadas, o MPRN, com apoio policial, cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas dos dois, no escritório de advocacia de Izac Galvão de Moura e no fórum de Goianinha. O MPRN prendeu Floriano Martins de Carvalho, em atendimento ao mandado de prisão preventiva expedido contra ele. O MPRN agora investiga se outros golpes semelhantes foram aplicados anteriormente e o envolvimento de outros agentes públicos.

O MPRN conta com o Disque Denúncia 127 para recebimento de informações sobre cometimento de crimes. Basta o cidadão ligar gratuitamente. A identidade da fonte será preservada. Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.