Um dia após divulgação da pesquisa da Band Natal feita pelo Instituto Opine, o IBOPE divulgou, na noite desta sexta-feira (21), levantamento que confirma crescimento da candidatura de Geraldo Melo (PSDB) na disputa pelo Senado. Geraldo agora está tecnicamente empatado com Garibaldi Alves (MDB) no terceiro lugar. Geraldo cresceu 6 pontos no IBOPE e atingiu 20% dos eleitores segundo a pesquisa. Na pesquisa anterior do IBOPE, realizada há cerca de um mês, Geraldo acumulava 14% e agora pontuou 20%, um crescimento de seis pontos percentuais.

A pesquisa IBOPE foi contratada pela Inter TV Costa Branca e escutou 812 eleitores de todas as regiões do estado, entre os dias 18 e 20 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais. O registro no TRE é o RN-08720/2018 e no TSE BR‐0811/2018. O nível de confiança utilizado é de 95%. Já o Instituto Opine ouviu 1.200 eleitores entre os dias 12 e 15 deste mês, distribuídos em 58 municípios . A margem de erro é de 2,9% e o grau de confiança de 95,5%. A pesquisa está registrada no TSE e TRE, sob protocolos BR-01451/2018 e RN-07591/2018.

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (21) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado no Rio Grande do Norte:

Capitão Styvenson (Rede): 27%
Dra. Zenaide Maia (PHS): 25%
Garibaldi Filho (MDB): 21%
Geraldo Melo (PSDB): 20%
Jácome (Podemos): 13%
Alexandre Motta (PT): 5%
Magnólia (Solidariedade): 4%
Ana Célia (PSTU): 2%
Telma Gurgel (PSOL): 2%
João Morais (PSTU): 2%
Jurandir Marinho (PRTB): 2%
Levi Costa (PRTB): 1%
Napoleão (Rede): 1%
Dr. Joanilson (DC): 1%
Professor Lailson (PSOL): 1%
Branco/nulo – vaga 1: 17%
Branco/nulo – vaga 2: 28%
Não sabe/não respondeu: 27%

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Costa Branca. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 14 a 16 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Capitão Styvenson (Rede): 23%
Dra. Zenaide Maia (PHS): 12%
Garibaldi Filho (MDB): 21%
Geraldo Melo (PSDB): 14%
Jácome (Podemos): 7%
Alexandre Motta (PT): 4%
Magnólia (Solidariedade): 2%
Ana Célia (PSTU): 4%
Telma Gurgel (PSOL): 1%
João Morais (PSTU): 2%
Jurandir Marinho (PRTB): 1%
Levi Costa (PRTB): 3%
Dr. Joanilson (DC): 1%
Professor Lailson (PSOL): 1%
Branco/nulo – vaga 1: 28%
Branco/nulo – vaga 2: 46%
Não sabe/não respondeu: 27%
Napoleão (Rede) não pontuou na primeira pesquisa.

Sobre a pesquisa:

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos: Quem foi ouvido: 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais. Quando a pesquisa foi feita: 18 a 20 de setembro. Registro no TRE: RN-08720/2018. Registro no TSE: BR‐0811/2018. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.

Do G1RN

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (21) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo do Rio Grande do Norte:

Fátima Bezerra (PT): 39%
Carlos Eduardo (PDT): 25%
Robinson Faria (PSD): 13%
Brenno Queiroga (solidariedade): 3%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 2%
Freitas Jr. (Rede): 1%
Dário Barbosa (PSTU): 1%
Heró Bezerra (PRTB): 1%
Brancos/nulos: 11%
Não sabe ou não respondeu: 5%

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Costa Branca. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 14 a 16 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: Fátima Bezerra, 34%; Carlos Eduardo, 15%; Robinson Faria, 8%; Brenno Queiroga, 1%; Professor Carlos Alberto, 2%; brancos ou nulos; 31%; não sabe ou não respondeu, 9%. Freitas Jr, Dario Barbosa e Heró Bezerra não pontuaram na primeira pesquisa.

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Os entrevistados podem citar mais de um candidato, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

Robinson Faria (PSD): 52%
Fátima Bezerra (PT): 24%
Carlos Eduardo (PDT): 19%
Dário Barbosa (PSTU): 14%
Freitas Jr. (Rede): 13%
Heró Bezerra (PRTB): 13%
Brenno Queiroga (Solidariedade): 12%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 11%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe ou prefere não opinar: 10%
Simulações de segundo turno

Carlos Eduardo (PDT): 33% x 49% Fátima Bezerra (PT) (branco/nulo: 15%; não sabe: 3%)

Fátima Bezerra (PT): 57% x 22% Robinso Faria (PSD) (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)
Carlos Eduardo (PDT): 51% x 22% Robinson Faria (PSD) (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Fátima Bezerra (PT): 25%
Carlos Eduardo (PDT): 13%
Robinson Faria (PSD): 7%
Brenno Queiroga (solidariedade): 2%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 0%
Freitas Jr. (Rede): 0%
Dário Barbosa (PSTU): –
Heró Bezerra (PRTB): 0%
Outros: 1%
Brancos/nulos: 21%
Não sabe ou não respondeu: 30%

Do G1RN

A Vila Olímpica de Macaíba recebeu mais uma ilustre visita. A atleta olímpica brasileira Thaíssa Presti, medalha de bronze na prova de atletismo 4×100 nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008 esteve presente no complexo poliesportivo, na tarde desta sexta-feira (21). As crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e o secretário municipal de Esportes e Lazer, Flaubert Benício estiveram presentes na ocasião.

Em sua primeira visita ao local, Thaíssa destacou as impressões sobre a Vila. “Achei um espaço sensacional. Vi os projetos nas maquetes. É bem legal imaginar tudo isso pronto essa criançada toda treinando, praticando esportes. Tenho certeza que em longo prazo vários atletas podem surgir. Vamos torcer! Espero voltar aqui mais para frente para poder ver tudo prontinho”, declarou a atleta.

Foto: Márcio Lucas

Assecom-PMM

A segunda cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), repassada pela União na última quinta-feira, 20 de setembro, foi zerada para 38 cidades potiguares. O número é recorde, já que nunca tantos municípios ficaram sem receber o fundo na segunda cota. A falta do repasse prejudica as gestões municipais.

Na primeira cota do mês, repassada no último dia 10 de setembro, também houve grande índice de cidades com FPM zerado. Foram 45 cidades sem receber os recursos transferidos pelo Tesouro Nacional.

Desde o dia 10 de setembro, a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN alerta para a gravidade da crise financeira que afeta as cidades, comprometendo a realização dos pagamentos realizados pelos prefeitos e o equilíbrio financeiro programado nas gestões.

Para o Presidente da Federação e Prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho, a crise econômica que o Brasil ainda enfrenta é cruel com as cidades: “A crise chega ao patamar de também termos um elevado número de cidades com FPM zerado na segunda cota, o que não existia. E quem sofre é são os municípios, que ficam sem recursos, afetando o planejamento dos prefeitos”, disse.

Segundo o Presidente da Federação, é preciso que ocorra a redefinição do pacto federativo. Diversas cidades têm como principal fonte de recursos o FPM, que é dividido em três cotas mensais, repassadas pelo Tesouro Nacional nos dias 10, 20 e 30.

MUNICÍPIOS ZERADOS DE FPM NA PRIMEIRA E NA SEGUNDA COTA DE SETEMBRO/2018:

AFONSO BEZERRA
ALTO DO RODRIGUES
ANTÔNIO MARTINS
AREIA BRANCA
BARAÛNA
BENTO FERNANDES
CARNAUBAIS
EQUADOR
EXTREMOZ
FELIPE GUERRA
FLORÂNIA
GOV. DIX-SEPT ROSADO
GROSSOS
IELMO MARINHO
IPANGUAÇU
JANDAIRA
JANDUIS
JOÃO CÂMARA
LAGOA D’ANTA
LAGOA DE VELHOS
MOSSORÓ
NOVA CRUZ
PARANÁ
PARAZINHO
RIO DO FOGO
PEDRA GRANDE
PENDÊNCIAS
POÇO BRANCO
TIBAU
SANTANA DO MATOS
SANTO ANTÔNIO
SÃO MIGUEL GOSTOSO
SERRA DE SÃO BENTO
TEN. LAURENTINO CRUZ
TOUROS
TRIUNFO POTIGUAR
UMARIZAL
VILA FLOR

Do Agora RN:

O juiz Mário Jambo, 2ª Vara Federal, decidiu pelo recebimento da ação de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, peculato, associação criminosa e crime contra licitações, após denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), tornando réu o ex-deputado João Maia (PR), que disputa uma vaga na Câmara dos Deputados, e que é irmão da candidata ao Senado Zenaide Maia (PHS). O processo está concluso para decisão desde o dia 13 de setembro.

Com o recebimento da denúncia, o irmão de Zenaide Maia vira réu no inquérito relacionado com a Operação Via Trajana, deflagrada em julho passado pelo MPF, que apura um esquema de corrupção dentro do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Rio Grande do Norte. O mecanismo envolvia o recebimento de propinas de empresas do setor de construção civil e ex-integrantes da superintendência do órgão.

Além de João Maia, também são réus Flávio Giorgi Medeiros Oliveira, o “Flávio Pisca”; a ex-esposa e o ex-sogro do deputado, Fernanda Siqueira Giuberti Nogueira e Fernando Giuberti Nogueira; Robson Maia Lins (sobrinho do deputado); Paulo César Pereira (irmão do ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento); o engenheiro Alessandro Machado; além de pessoas que ajudaram no recebimento da propina, como Wellington Tavares, Hamlet Gonçalves e a ex-esposa e o irmão de Flávio Pisca, Cláudia Gonçalves Matos Flores e Carlos Giann Medeiros Oliveira.

Segundo a denúncia, o esquema perdurou entre 2009 e 2010. O inquérito aponta que João Maia era “o verdadeiro chefe mor de todo o esquema de corrupção operado no DNIT”. De acordo com o MPF, havia um acordo entre os integrantes da autarquia e construtoras em licitações públicas, com o pagamento de propina, que resultava em 4% do valor total de cada obra.

Ainda segundo o MPF, o valor da propina era repartido entre João Maia, Gledson Maia (ex-chefe de engenharia da autarquia) e Fernando Rocha (ex-superintendente do DNIT). Do valor total, 70% era destinado ao parlamentar e os 30% restantes seguiam para os demais envolvidos.

A operação Via Trajana é uma consequência da Via Ápia, deflagrada em 2015. Esta última identificou uma série de ilegalidades relacionadas à execução na obra de duplicação da rodovia federal BR-101. Em 21 de agosto deste ano, o juiz Eduardo Dantas, da 14ª Vara Federal, condenou Gledson Maia e o empresário Arlindo Cavalcanti Filho.

À época, o sobrinho de João Maia recebeu pena de 13 anos de prisão, mas, como firmou acordo de delação premiada, a condenação caiu para 4 anos. Já Arlindo Cavalcanti Filho recebeu pena de seis ano e cinco meses.

Entre outras irregularidades, uma das etapas da seleção para professor da área de Teoria Sociológica ocorreu antes do fim do prazo para recursos da etapa anterior

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) a anulação de parte do Concurso Público de Professor da Carreira do Magistério Superior, Classe Adjunto A (Edital n.º 35/2017). O pedido se refere especificamente à área de Teoria Sociológica e o MPF requer o cancelamento imediato de todos os atos relacionados a essa área, inclusive a eventual nomeação de candidatos.

De acordo com a recomendação, as provas didáticas do concurso tiveram o resultado publicado no dia 7 de abril deste ano. Como o prazo para recursos era de 24 horas e cairia em um domingo, por previsão do próprio edital deveria ser estendido para 9 de abril, uma segunda-feira. Contudo, a etapa seguinte do concurso (Prova de MPAP – Apresentação de Memorial e Projeto de Atuação Profissional) acabou sendo realizada antes, em 8 de abril.

Devido a essa e outras irregularidades, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da universidade chegou a anular por unanimidade – em 26 de junho – essa parte do concurso (tendo determinado a realização de nova seleção a partir da prova escrita), mas no final de julho mudou de posição e homologou os resultados. Essa mudança desrespeitou até mesmo o Regimento Geral da UFRN, que não prevê recursos em casos de decisões unânimes do Consepe.

Irregularidades – Somado à questão do prazo que foi desrespeitado, a recomendação do MPF, de autoria do procurador da República Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes, aponta que a resposta dada a alguns recursos interpostos contra a prova didática – e que foram negados – também não esclareceram os motivos da negativa, pois não “indicam os fatos e fundamentos da decisão”, limitando-se a descrever que a nota seria mantida.

Ainda em relação a essas provas didáticas, não foi registrado o tempo de apresentação de cada candidato (muitos dos quais questionaram a gestão desse tempo através de recursos). Essa omissão é relevante, tendo em vista que ultrapassar o limite da prova poderia acarretar desclassificação automática do concorrente.

O inquérito também aponta que, nessa mesma etapa, embora uma candidata não tenha incluído em seu plano de aulas alguns itens (referências bibliográficas, recursos didáticos e procedimentos metodológicos), alcançou nota máxima nesses quesitos. Para o MPF, o fato demonstra “incoerência no sistema avaliativo”.

Quando da primeira decisão, pela anulação, o Consepe verificou mais alguns problemas, como “desproporcionalidade na atribuição de notas aos planos de aula de determinados candidatos e ausência de isonomia nas razões adotadas para a determinação das notas nessa fase”; “extrapolação da área objeto do concurso do Memorial” apresentado por um dos candidatos; além de equívocos na atribuição de pontos na fase de títulos.

“Todas essas considerações também revelam graves irregularidades na condução do referido certame”, acrescenta o procurador. Para o MPF, a “revalidação” do concurso público na área de Teoria Sociológica “viola frontalmente os princípios da legalidade, da isonomia e da transparência”. A Reitoria da UFRN tem um prazo de 10 dias, a partir do recebimento da recomendação, para informar quais providências foram adotadas.

Uma mulher foi presa em Macaíba, cidade da Grande Natal, portando uma pistola que foi furtada do estande de tiros da Associação Norte Rio Grandense dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte (Aspofern). Com ela, também foram apreendidos R$ 4.200,00. A prisão foi feita durante a operação Campina, realizada nesta quinta-feira (20) em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar.

O estande de tiros da Aspofern fica em Macaíba e foi alvo de criminosos no final de julho. Ao todo, foram levadas três pistolas, duas carabinas e munições.

Com informações do G1RN

Uma ação conjunta das polícias Civil e Militar, realizada em São José de Mipibu, na Grande Natal, prendeu um homem de 28 anos suspeito de ter matado a facadas a própria mulher – crime ocorrido no dia 7 deste mês na cidade de Macaíba, também na região metropolitana da capital potiguar. Márcia Pereira do Nascimento, de 39 anos, tinha 8 filhos e ainda estava grávida de dois meses.

A prisão de Josuel de Oliveira aconteceu no final da tarde da quinta (20), em cumprimento a um mandado de prisão, mas a informação só foi divulgada na manhã desta sexta (21). Um dos filhos do casal, um menino de 10 anos, estava com a mãe no momento em que ela foi atacada e assassinada.

Titular da DP de Macaíba, o delegado Normando Feitosa disse ao G1 que o suspeito confessou o crime.

Do G1RN

A Polícia Federal em parceria com a Força-Tarefa Previdenciária deflagrou na manhã desta sexta-feira (21) a Operação Vínculos Fantasmas, que visa desarticular fraudes que consistiam na inserção de dados trabalhistas fictícios registrados através da Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP). A finalidade dos suspeitos, de acordo com a PF, era obter benefícios previdenciários, na sua maioria, por “incapacidade”.

12 policiais federais cumprem três mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal em endereços residenciais da capital potiguar.

A investigação, que começou em 2014 com a instauração do Inquérito Policial, apurou que a fraude se iniciava a partir da criação de vínculos empregatícios falsos e fora do tempo para que pessoas físicas diversas adquirissem a condição de seguradas do regime geral da Previdência Social, ou conseguissem incremento no tempo de contribuição. Isso possibilitava o requerimento e a concessão do benefício de maneira irregular.

Segundo a PF, as diligências comprovaram, também que, em apenas seis desses benefícios fraudulentos obtidos pelos suspeitos, o prejuízo causado à Previdência Social alcançou o valor de R$ 1,7 milhão.

Denominação

Segundo a PF, a denominação Vínculos Fantasmas vem justamente do fato de que as relações trabalhistas informadas eram puramente ilusórias e destituídas de qualquer realidade. Com a deflagração dessa operação e a continuidade das investigações, a corporação informou acreditar que outras concessões irregulares do esquema criminoso venham a ser identificadas”.

Do G1RN

Na tarde desta quinta-feira (20), o candidato ao Governo do Estado, Carlos Eduardo esteve em nossa cidade e concedeu uma entrevista ao programa A Voz da Comunidade da Cena TV, acompanhado do vereador Igor Targino o candidato abordou suas propostas e a disposição para ajudar Macaiba.

A entrevista será exibida no programa de amanhã, sexta-feira (21), a partir das 11h. Logo após a entrevista Carlos Eduardo realizou algumas visitas pontuais acompanhado do vereador.

A caminhada de Carlos Eduardo seria realizada no centro da cidade, mas devido a Av. Jundiaí e a Rua Prof. Caetano estarem interditadas a coordenação da campanha resolveu cancelar a atividade.

Assessoria

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, na sessão desta quinta-feira, 20, os mandatos e declarou inelegíveis por oito anos a prefeita de Água Nova (Alto Oeste do RN), Iomária Carvalho, e seu vice, Elias Raimundo, por abuso de poder político e econômico, bem como por compra de votos nas Eleições de 2016. Os ministros determinaram que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) tome providências para realizar nova eleição para a prefeitura, a partir da publicação da decisão da Corte, independentemente do trânsito em julgado.

Com a decisão unânime que negou o recurso da prefeita cassada e seu vice, o TSE manteve as punições aplicadas pelo TRE contra ambos e o pai de Iomária. A Corte Regional acolheu ação impetrada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que acusou Iomária, seu vice e o pai da candidata, Francisco Iromar de Carvalho, por promessa de entrega de benefícios a eleitores em troca de votos, entre outras irregularidades. Assim como a filha e seu vice, Iromar de Carvalho foi declarado inelegível por oito anos.

Na condição de relator do recurso, o ministro Og Fernandes afirmou que as condenações pelo TRE potiguar foram fundamentadas em provas robustas. Segundo o ministro, tais provas consistiram no próprio caderno de anotações da candidata, em outros documentos, fotografias de doações, comprovantes de pagamentos de energia elétrica e de água para eleitores apreendidos e em depoimentos de testemunhas. Segundo o ministro, as provas coletadas demonstram a gravidade da conduta por parte dos candidatos, apta a configurar o abuso de poder.

Ao acompanhar o voto do relator, o ministro Jorge Mussi assinalou que a decisão do TRE não merece reparo. Segundo ele, as anotações constantes do caderno da candidata e os testemunhos coletados comprovam o oferecimento de dinheiro e benefícios a eleitores em troca de votos.

Do Agora RN

A pesquisa estimulada para governo do RN do instituto Opine/Band, divulgada nesta quinta-feira (20), mostra que Fátima Bezerra (PT) está liderando em Macaíba com 25%, Carlos Eduardo (PDT) com 20,8% e Robinson Faria (PSD) em terceiro com 12,5%.

Na espontânea, mostra empate entre Fátima Bezerra e Carlos Eduardo, ambos com 20,8%, e o governador Robinson com 4,2%.

Confira na íntegra aqui

A Assembleia Legislativa discutiu, na tarde desta quinta-feira (20), o combate e prevenção ao câncer entre crianças e adolescentes no Rio Grande do Norte. Dentro da programação do Setembro Dourado, campanha para buscar conscientizar a população sobre a importância de diagnósticos precoces sobre a doença, o Legislativo reuniu autoridades e membros da sociedade civil que são engajados na causa, que também promoveram apresentação cultural na Casa. O objetivo é fazer com que, cada vez mais, os diagnósticos sobre câncer nos jovens sejam proferidos mais cedo.

Atualmente, o câncer na criança e no adolescente representa de 1% a 3% de todos os casos de câncer diagnosticados, sendo estimado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) a ocorrência de mais de 12 mil novos casos ao ano na faixa etária de zero a 19 anos no país. Segundo especialistas, as chances de cura chegam a 80% quando os casos são diagnosticados precocemente e, por isso, o objetivo do Setembro Dourado é fazer com que mais pessoas fiquem atentas aos sintomas iniciais da doença.

Vice-presidente da Casa Durval Paiva, Daniella Paiva falou sobre a necessidade de se buscar alternativas para ampliar a possibilidade de diagnósticos entre a população, com o trabalho de pessoas próximas às crianças e adolescentes. Segundo ela, que é fundadora da Casa Durval Paiva e que teve um filho curado da doença devido ao descobrimento da doença em fase inicial, é preciso que mais pais e mães tenham a possibilidade de salvar seus filhos.

“Avós, pais, professores, prestem atenção a suas crianças. Pode ser que seja o câncer. Leve ao oncopediatra, porque quanto mais certo e diagnosticar, melhor”, disse Daniella Paiva.

Em vídeo exposto na audiência, é possível ver algumas dos sintomas que aparecem inicialmente em crianças que têm a doença, como manchas pelo corpo, indisposição, dores de cabeça e vômito pela manhã. Na opinião da presidente do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), Francineide Damasceno, as pessoas precisam procurar mais informações sobre a doença e todos têm a obrigação de buscar conscientizar a população sobre a importância.

“Ainda falta muito para conseguirmos chegar a um nível satisfatório na conscientização e precisamos nos unir cada vez mais. Todos os dias têm que ser dourados”, disse Francineide Damasceno.

O candidato da Rede Sustentabilidade,Capitão Styvenson Valetim, lidera a disputa por uma vaga ao Senado Federal pelo Rio Grande do Norte, com 21,1% das intenções de votos, em pesquisa estimulada, segundo estudo divulgado pela Opine/Band nesta quinta-feira (20). Garibaldi Alves Filho (MDB) aparece em segundo lugar, com 18,5%, seguido por Geraldo Melo (PSDB), que está com 17,3%.

Zenaide Maia (PHS) aparece em quarto lugar, na corrida ao Senado, com 16,6% das intenções de voto, seguida de Antônio Jácome (PODE) com 5,0%; Alexandre Motta (PT) com 3,3%; Magnólia Figueiredo (Solidariedade) com 2,0%; e Ana Célia (PSTU), Jurandir Marinho (PRTB) e Telma Gurgel (PSOL), todos com 0,5%.

Na pesquisa espontânea, Capitão Styvenson (Rede) também lidera com 10,9% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o candidato Garibaldi Filho (MDB), com 7,9%, seguido de Geraldo Melo, com 7,4%.

Ainda na pesquisa espontânea, aparece em quarto lugar a candidata Zenaide Maia (PHS) com 6,7%, seguida de Antônio Jácome (PODE) com 1,4%; Alexandre Motta (PT) com 0,6%; Magnólia Figueiredo (Solidariedade), com 0,4%; José Agripino (DEM), com 0,2%; e Ana Célia (PSTU) e Jurandir Marinho (PRTB), ambos com 0,1%.

O Instituto Opine ouviu 1.200 eleitores entre os dias 12 e 15 deste mês. O público investigado foi a população residente/eleitora do Rio Grande do Norte, com idade igual ou superior a 16 anos, em 10 polos eleitorais, distribuídos em 58 municípios.

A margem de erro é de 2,9% e o grau de confiança de 95,5%. A pesquisa foi encomendada pela Televisão Novos Tempos, afiliada da Band em Natal, e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob os protocolos BR-01451/2018 e RN-07591/2018.

Do Nominuto.com

Uma operação policial em Macaíba nesta quinta-feira (20) das polícias Militar e a Civil resultou na prisão de um líder de uma facção criminosa, João Noaires Freitas de Araújo, de 24 anos. Mais dois homens também foram presos na operação, que ocorreu no bairro Campinas.

Segundo o Delegado Normando Feitosa ao Jornal Patrulha da Cidade, o criminoso é de alta periculosidade. Inclusive, na noite de ontem, ele [líder da facção no município] tinha dado um ultimato para um morador deixar sua residência.

Na operação houve a apreensão de armas, drogas, munições, colete balístico, dinheiro fracionado e uma bomba artesanal.

A candidata do PT, Fátima Bezerra, lidera a disputa ao Governo do Estado com 34,6% das intenções de votos na pesquisa estimulada, segundo o estudo da Opine/Band divulgado nesta quinta-feira (20). Carlos Eduardo Alves (PDT) aparece em segundo com 18,3%, seguido por Robinson Faria (PSD), que está com 9,1%.

Brenno Queiroga (Solidariedade) e o professor Carlos Alberto (PSOL) foram escolhidos por 0,8% dos possíveis eleitores. Já Dario Barbosa (PSTU) ficou com 0,2%. Freitas Júnior (Rede Sustentabilidade) e Heró Bezerra (PRTB) tiveram 0,1%. Indecisos ou não souberam informar somaram 17,7%. 18,6% dos entrevistados não escolheram nenhum candidato.

Na pesquisa espontânea, Fátima possui 25,5% das intenções, seguida por Carlos Eduardo, com 14,7%, e Robinson Faria com 6,2%. Na sequência da preferência do eleitorado, aparecem Brenno Queiroga (0,7%); Professor Carlos Alberto (0,3%); Dario Barbosa (0,2%); Geraldo Melo (0,2%); Freitas Júnior (0,1%); Garibaldi Alves (0,1%); José Agripino Maia (0,1%). Indecisos ou não sabem registrou 35,1% e 17% responderam “nenhum”.

O Instituto Opine ouviu 1.200 eleitores entre os dias 12 e 15 deste mês. O público investigado foi a população residente/eleitora do Rio Grande do Norte, com idade igual ou superior a 16 anos, em 10 polos eleitorais, distribuídos em 58 municípios. A margem de erro é de 2,9% e o grau de confiança de 95,5%. A pesquisa foi encomendada pela Televisão Novos Tempos, afiliada da Band em Natal, e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob os protocolos BR-01451/2018 e RN-07591/2018.

Robinson Faria é a candidato com maior índice de rejeição

Na avaliação para a rejeição ao Governo do Estado (estimulada e múltipla), Robinson Faria é o candidato com maior índice de rejeição entre os entrevistados, com 38,8%. Fátima Bezerra possui rejeição de 10% e Carlos Eduardo Alves, 7,3%.

Heró Bezerra atinge 1,2%; Brenno Queiroga, 0,8%; Dario Barbosa, 0,7%; Freitas Júnior, 0,5%; Professor Carlos Alberto, 0,5%; indecisos ou não souberam, 16,7%; Não responderam, 1,8%; Nenhum, 22,2%. Totalizando 101,3%. O total apresenta um percentual superior a 100% devido às múltiplas respostas.

49,2% dos entrevistados consideram péssima a administração do Governo Robinson

A pesquisa Opine/Band também revelou a avaliação da administração do atual governo. Para 49,2% dos entrevistados, o governo de Robinson Faria foi considerado péssimo. 27,3% avaliam como regular e 13,6% consideram a gestão ruim.

Apenas 6,6% dos entrevistados consideraram a administração como boa e 0,7% classificaram como ótima. 2,8% não souberam responder.

Do Nominuto.com

Os Conselhos Administrativo e Fiscal do MacaíbaPREV e o Comitê Financeiro do instituto realizaram uma reunião para discutir a Política de Investimento para o ano de 2019, na sala de reuniões do Palácio Auta de Souza, na tarde de ontem (18). A medida foi aprovada na ocasião, que contou com a presença da diretora do instituto, Katyane Layse.

A Política de Investimentos estabelece diretrizes para a aplicação dos recursos previdenciários e tem como objetivo atender a legislação sobre os investimentos dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS), tratando dos limites de alocação em ativos da Renda Fixa, Renda Variável e Investimentos Estruturados, de acordo com as necessidades do instituto.

O MacaíbaPREV adota o modelo de gestão própria, visto que as movimentações de recursos, investimentos e desinvestimentos são realizadas exclusivamente por seus gestores de recursos e diretoria.

Assecom-PMM

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (20) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 8.601 eleitores na terça-feira (18) e na quarta-feira (19).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 16%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 7%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 5%

G1

Em Mossoró, o deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB) foi recebido em caloroso encontro com lideranças, amigos e correligionários do vereador João Gentil, no início da noite desta quarta-feira (19). Também participaram da reunião geral; Tião Couto, candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo governador Robinson Faria que ficou em Natal para participar de um debate e o candidato a deputado federal, Fábio Faria.

“João Gentil executa um trabalho de destaque em Mossoró e tem somado com nosso mandato na Assembleia Legislativa. Através de sugestões que recebi encaminhei para o Poder Executivo demandas em nome de Mossoró e estamos vigilantes para que todas se tornem logo realidade”, disse Ezequiel Ferreira.

Via requerimentos, Ezequiel pleiteou sistema de videomonitoramento, reparação na adutora Jerônimo Rosado – Mossoró e Assú, patrulhamento dos Bairros de Abolição I, Abolição II, Abolição III E Abolição IV, Abolição V, Redenção e Integração e uma ação rápida de tapa buracos – BR 304 – no trecho Angicos a Mossoró.

“Nesta visita tive oportunidade de vivenciar mais as necessidades do povo de Mossoró. Que ganha mais uma voz no Poder Legislativo Estadual, com a renovação do nosso mandato, desejo que venho trabalhando para que no dia 7 de outubro tenha o reconhecimento o povo potiguar, em especial o mossoroense”, disse o deputado.

A recomposição da atividade canavieira no Rio Grande do Norte, através do Projeto Renovar, foi tema de debate nesta quarta-feira (19), na Assembleia Legislativa. Além da geração de 60 mil empregos, o programa de natureza socioeconômica, de iniciativa da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), objetiva tornar-se uma saída viável para a economia do Estado.

Além do impacto econômico, o projeto Renovar tem o intuito de formular Parcerias Público-Privadas com os Governos Estaduais de todo o Nordeste, a partir de recursos oriundos da União, a fim de combater a criminalidade no campo, através da redução da problemática social da desocupação.

De acordo com o Consultor do setor sucroalcooleiro de Pernambuco, Gregório Maranhão, foram perdidos de 50 a 60 mil empregos no universo canavieiro do Nordeste nos últimos anos. Para ele, o setor necessita de renovação urgentemente.

“Precisamos promover o aperfeiçoamento agronômico e a correção das distorções na política da atividade canavieira, a fim de melhorar nossa produção. Para se ter uma ideia, produzimos 2 milhões e 600 mil toneladas de cana na última referência, mas, para atingir a capacidade máxima do RN, precisaríamos de mais 700 mil toneladas de cana, o que equivaleria a 11 mil hectares de área”, explicou.

O Secretário de Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha, firmou o compromisso de efetivar o projeto e cumprir com todas as obrigações da secretaria relacionadas ao setor.

Guilherme Saldanha também falou da baixa competitividade da agropecuária brasileira a nível internacional. “Precisamos olhar para o nosso setor agropecuário, porque poderíamos ser mais fortes e competitivos, mas estamos aquém do que podemos fazer em relação a outros países, porque ainda temos muita área livre para plantio”, frisou.

O secretário alertou ainda que, se não houver recursos para tecnologia, seguro agropecuário para empréstimos rurais, dentre outros incentivos, não há como melhorar a produção da região.

Já Renato Cunha, presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (SINDAÇÚCAR), falou da importância do álcool para o RN e o Nordeste como um todo, já que o produto, hoje, substitui 38% das demandas de gasolina. Além disso, o presidente contextualizou e demonstrou a complexidade do setor açucareiro não apenas no Nordeste, mas também no Brasil e no mundo.

O presidente do Sindicato das Indústrias Fabricantes de Álcool do RN (Sonal), Arlindo Farias, enfatizou a importância da isonomia entre os produtores, para haver uma competição justa. “É preciso fazer crescer as indústrias que já existem, para que elas possam competir com as emergentes. Assim todo mundo se beneficia”, disse.

Por fim, dando ênfase à necessidade de implemento da segurança no setor açucareiro, Humberto Concentino, presidente da Associação dos Plantadores de Cana-de-açúcar do RN (ASPLAN), lembrou que vários produtores já foram assaltados e tiveram seus veículos perfurados por tiros de “pistoleiros”, mesmo dentro de suas propriedades. “A atividade agrícola precisa de políticas públicas fortes de segurança, para que possamos trabalhar com tranquilidade e dignidade”, clamou.

Do Agora RN:

O produtor cultural Eduardo José de Azambuja Alves, filho do ex-ministro Henrique Alves (DMB), foi preso na última terça-feira, 18, no Distrito Federal, após uma operação da Polícia Civil que resultou no cumprimento de um mandato de busca e apreensão em sua casa. Os agentes policiais encontraram no escritório de Eduardo José, localizado na QI 23 do Lago Sul, três sacos plásticos contendo entorpecentes ilícitos (ecstasy em pó, haxixe e MDMA – variação do ecstasy).

Alves é investigado na Operação Praia de Goa, deflagrada pela Polícia Civil do DF com objetivo de apurar lavagem de dinheiro, organização criminosa e estelionato contra a administração pública, supostamente realizados pela produtora R2, da qual o filho de Henrique é sócio, e que organiza um dos maiores eventos culturais do Distrito Federal: Na Praia.

Eduardo José de Azambuja Alves contou em depoimento na delegacia que a droga era para consumo pessoal, e que teria recebido gratuitamente as substâncias com “um amigo de um amigo” durante uma festa realizada num condomínio no Lago Sul. Ele assinou termo circunstanciado se comprometendo a se apresentar à Justiça.

De acordo com o portal Metrópoles, entre os alvos dos 15 mandados de busca e apreensão, estão sócios da empresa, servidores e órgãos públicos. Foram realizadas buscas e apreensões nas administrações regionais de Brasília, do Lago Norte e nas secretarias de Cultura e do Esporte. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Criminal de Brasília. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) acompanha a operação. Os investigadores creem que descobriram um dos maiores esquemas de lavagem de dinheiro envolvendo a dinâmica da realização de eventos culturais do DF.

“Vou pedir aos meus amigos e ao meu grupo que vote em Brenno”, disse Fábio.

Na eleição de 2014, Fábio Dantas também optou por não apoiar a candidatura dos grupos tradicionais e ficou do lado da oposição na eleição para Governador, não votando no chapão do Acordão.

“Basta dar uma olhada com mais atenção nos candidatos que se apresentam neste momento que não há dúvida que o mais qualificado é o engenheiro Brenno Queiroga. Além de ser especialista em prospecção de projetos na máquina pública, tem experiência prática em gestão, é ficha limpa e está escoltado por um grupo organizado, que já provou que tem capacidade técnica-administrativa, legislativa e de construção de projetos sociais”, explica Fábio.

A Televisão Universitária (TVU), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza, no dia 27 de setembro, das 21h às 23h, o debate com os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte e abre espaço para receber perguntas da população. O debate será realizado em parceria com Departamento de Comunicação (DECOM), Superintendência de Informática (SINFO), Departamento de Direito Processual e Propedêutica da UFRN e seção local da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB-RN.

Sete dos oito candidatos ao governo do RN confirmaram participação no Debate Eleitoral da TVU: Carlos Eduardo (PDT), Carlos Alberto (PSOL), Fátima Bezerra (PT), Brenno Queiroga (Solidariedade), Freitas Júnior (Rede), Heró Bezerra (PRTB) e Dário Barbosa (PSTU). O candidato à reeleição Robinson Faria (PSD) não confirmou presença.

A intenção da TVU é possibilitar aos eleitores conhecer de maneira crítica as ideias e propostas dos candidatos aos cargos do executivo estadual, além de proporcionar um espaço de interação entre eleitores e candidatos e de debate de ideias entre os próprios candidatos sobre os principais desafios a serem enfrentados pelos gestores. A organização enxerga o Debate Eleitoral como o espaço qualificado de discussão sobre políticas públicas e temas relativos à administração pública.

Perguntas da população serão recebidas até a próxima segunda-feira, dia 24 de setembro. As gravações no formato de vídeo, com duração de até 1 minuto, devem ser enviadas via e-mail para debate@comunica.ufrn.br, Facebook ou Whatsapp da TVU (99193-6032), com tema da pergunta, enunciado, nome e bairro que reside o remetente. A seleção das perguntas caberá a coordenação do debate.

Estrutura do Debate

O debate será estruturado em quatro blocos e mediado pelo jornalista Jadir Souza, apresentador do telejornal TVU Notícias. O primeiro bloco será aberto com as perguntas da população, e para cada candidato sorteado haverá o sorteio de uma pergunta. No segundo bloco, os candidatos farão perguntas entre si, cabendo ao mediador iniciar o bloco sorteando o candidato que fará a primeira pergunta. A temática é livre.

O terceiro será com perguntas formuladas por especialistas da UFRN sobre temas como Saúde, Segurança Pública, Educação, Políticas Públicas para Mulheres, Cultura, Memória e Recursos Hídricos. O mediador sorteará o candidato e a pergunta que deverá ser respondida em até dois minutos. O quarto e último bloco é destinado a considerações finais com dois minutos de fala para cada candidato.

A transmissão será feita simultaneamente pelo canal TVU (5.1), operadoras de tv por assinatura que transmitem o sinal da TVU, Facebook da TVU, Rádio Universitária (88,9 FM), Youtube e site da UFRN.

Cobertura

Profissionais da imprensa do Rio Grande do Norte que desejam realizar a cobertura do debate devem realizar inscrição prévia para obter a autorização de acesso ao prédio da TVU. A solicitação deve ser encaminhada para a Agência de Comunicação da UFRN, por email (agecom@comunica.ufrn.br), com nome e RG do profissional e do veículo que representa. Emissoras de televisão podem credenciar até dois profissionais.

O Governo do Estado dará continuidade nesta sexta (21) ao pagamento do décimo-terceiro para quem recebe entre R$ 4 mil e R$ 5 mil, atingindo o número de 93 mil servidores ativos e inativos com décimo pago, equivalente a 85% do total de 109 mil servidores.

Os salários estão 100% em dia e sobre os 15% restantes do décimo, para salários acima de R$ 5 mil, o Governo trabalha para concluir até o final de outubro. No último dia 10 de julho já receberam antecipação de 40% do décimo terceiro de 2018 os servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta com arrecadação própria.

Evento reúne ministros do TST em Natal e as inscrições são gratuitas

As Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho, série de 56 eventos científicos que vem ocorrendo por todas as regiões do país e que marca o primeiro aniversário da lei que modernizou as relações de trabalho no Brasil, chega agora a terras potiguares. A edição norte-riograndense das Jornadas ocorrerá em Natal, no dia 24 de setembro, às14h, na sede da Fecomércio RN, situada na Avenida Alexandrino de Alencar, 562, no Alecrim.

O lançamento nacional das Jornadas foi realizado no dia 19 de junho, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados e já percorreu 15 municípios brasileiros. O objetivo do projeto é debater de forma técnica e sem ideologia a aplicação da nova lei trabalhista. Para tanto, os organizadores reuniram alguns dos mais renomados juristas da área do Direito do Trabalho no Brasil. Na edição potiguar palestrarão o desembargador do TRT 21, Bento Herculano Duarte Neto, a desembargadora do TRT 1, Vólia Bomfim Cassar, e os ministros do TST, Aloysio Corrêa e Emmanoel Pereira. O ministro de Estado Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República em exercício, Pablo Tatim, também é presença confirmada no evento.

Segundo o coordenador-geral das Jornadas e presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, Ronaldo Nogueira, “as Jornadas vêm para ser um instrumento de desmistificação da modernização da legislação trabalhista. Estamos reunindo os mais importantes técnicos da área no país para debater o tema”.

Já para o coordenador científico do projeto, Bento Herculano Duarte Neto, que é vice-presidente do TRT21 e Diretor Científico do Instituto Brasileiro de Ensino e Cultura (IBEC), “as Jornadas se prestarão a discutir a nova lei trabalhista em um ambiente eminentemente acadêmico, tendo como reflexo natural a melhor compreensão da lei, quer seja pelos operadores do Direito, quer seja pela população em geral”.

A Secretaria-Geral da Presidência oferece apoio institucional a este projeto, idealizado pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados em parceria com o Instituto Brasileiro de Ensino e Cultura (IBEC), por se tratar de uma discussão estratégica para o país e, em última análise, pelo fato da modernização trabalhista representar importante instrumento gerador de empregos e crescimento econômico do país.

O evento será realizado em parceria com a Fecomércio Rio Grande do Norte, que tem como presidente em exercício, Luiz Antônio Lacerda.

O calendário completo está disponível em www.ibecnet.com.br, onde se podem realizar as inscrições para qualquer das edições das jornadas. As inscrições são gratuitas.

Os familiares de Giltemberg Gomes Soares, desaparecido há duas semanas, confirmaram que o corpo encontrado ontem, 18, em um canavial no município de Arez, na região Metropolitana de Natal, é do motorista de aplicativos. Segundo o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), a identificação foi realizada através de pinos de platina implantados na perna e na cabeça do homem após um acidente.

Informações do Agora RN