Uma grande movimentação política da Dra. Ederlinda foi realizada em Macaíba neste domingo (23). Uma multidão de gente chamada de “Onda Azul” passeou pelas ruas da cidade e disse “Sim” a candidata à deputada estadual. Veja o vídeo:

Vídeo: Via WhatsApp

O Alecrim derrotou o Cruzeiro de Macaíba por 1 a 0 na tarde deste domingo e se isolou na liderança do Grupo 2 da segunda divisão do Campeonato Potiguar. Em um primeiro tempo morno, o Alviverde teve mais posse de bola, mas não criou tantas chances de gol.

Dependente do talento individual do meia Chapinha, o estreante Cruzeiro não encontrou espaço para jogar. Na segunda etapa, a intensidade caiu e, quando o duelo parecia estar se encaminhando para um empate, o meia Poul marcou o gol da vitória do Verdão. A partida foi disputada no Frasqueirão e teve atraso de 20 minutos por falta de policiamento.

Com informações do GE

O aplicativo da Justiça Eleitoral, campeão de downloads nas eleições de 2014, já tem sua versão para 2018 e a expectativa é que novamente seja um recorde de acessos. Este ano, o aplicativo foi rebatizado para “Resultados 2018”.

A ferramenta é gratuita e a expectativa é que esteja disponível até o final de setembro para tablets e smartphones que operam com os sistemas Android e IOS.

Há quatro anos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a plataforma foi disponibilizada apenas para aparelhos com sistema Android e foi chamada de “Apuração 2014”. O aplicativo foi baixado em 2,7 milhões de dispositivos.

Pesquisa

Pelo aplicativo, os eleitores poderão acompanhar a contagem dos votos em tempo real. É possível pesquisar desde o desempenho de um determinado candidato por meio de consulta nominal até um dado mais nacional.

Na tela da pesquisa, aparecerá, por exemplo, o quantitativo de votos para cada candidato com a indicação dos eleitos ou, no caso da disputa para governador e presidente da República, dos que irão para o segundo turno. Também é possível selecionar os candidatos favoritos e visualizá-los com destaque.

A ferramenta permite que o usuário selecione a abrangência que deseja acompanhar a apuração. Pode ser “Brasil” para a votação de presidente da República e “Estados” para acompanhar a votação para governador, senador, deputado federal, deputado estadual ou deputado distrital.

O eleitor também poderá conferir o desempenho nas urnas do candidato a presidente em cada estado. Além de visualizar o número de votos, é possível acompanhar o percentual de apuração das seções e ainda compartilhar essas informações nas redes sociais.

Agência Brasil

O candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou neste sábado, 22, durante visita à cidade de João Câmara, na região do Mato Grande, que a senadora Fátima Bezerra, candidata ao Governo do Rio Grande do Norte pelo PT, nunca administrou nem um “pé de bodega” e que, por isso, não teria experiência suficiente para ser governadora. A petista lidera as intenções de voto, seguida do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, postulante do PDT ao Governo.

“Só porque a Fátima é muito amiga do [ex-presidente] Lula, e o Lula gosta dela, faz alguém ter condição de governar bem um País ou um estado? É uma pergunta simples: qual foi o ‘pé de bodega’ dos pequenos que ela já administrou? E aí vai ter como primeira experiência governar o Rio Grande do Norte na sua pior crise? Eu sei que vocês não vão deixar”, disse Ciro, durante discurso em praça pública.

No Estado, Ciro Gomes é apoiado por Carlos Eduardo, seu correligionário – para quem pediu voto no ato de João Câmara. “O Rio Grande do Norte, da mesma forma que o Brasil, não pode se arriscar no fracasso comprovado ou na incapacidade administrativa incompatível com as dificuldades que afligem o povo. O Rio Grande do Norte não deve descartar a experiência, e por isso Carlos Eduardo vai ser governador”, pontuou Ciro Gomes.

Do Agora RN

A pesquisa Certus também avaliou o cenário para o Senado Federal de forma espontânea, ou seja, com os eleitores falando o primeiro nome que lhes vêm à cabeça. Os números para primeiro voto foram:

Cap. Styvenson 10,35%
Zenaide Maia 5,82%
Garibaldi Filho 6,88%
Geraldo Melo 6,74%
Não sabe 44,26%
Nenhum 21,42%

O Sistema FIERN publicou neste domingo dados da 4ª Pesquisa FIERN/Certus realizada de 14 a 17 de setembro. Foram entrevistados 1.410 eleitores maiores de 16 anos em 8 regiões do RN. A margem de erro 3% e intervalo de confiança de 95%. A 4ª rodada a Pesquisa FIERN/Certus Retratos da Sociedade Potiguar registrada na Justiça Eleitoral sob os números BR-04034/2018 e RN-07782/2018.

O Sistema FIERN publicou neste domingo dados da 4ª Pesquisa FIERN/Certus realizada de 14 a 17 de setembro.

Foram entrevistados 1.410 eleitores maiores de 16 anos em 8 regiões do RN.

A margem de erro 3% e intervalo de confiança de 95%.

Para o governo do estado na estimulada o resultado foi o seguinte:

Fátima Bezerra 36,24%

Carlos Eduardo 21,21%

Robinson Faria 10,43%

Nenhum 19,65%

Não sabe 7,52%

A pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (21), indica a disputa no segundo turno entre Carlos Eduardo e Fátima.

Carlos Eduardo (PDT) conquistou mais 10 pontos, é o candidato que mais cresce, 66%, passando de 15% para 25% levando a disputa para o segundo turno.

Os seus principais adversários são os mais rejeitados segundo a pesquisa. Quando perguntado em qual candidato não votariam de jeito nenhum, os eleitores responderam: Robinson Faria (PSD) com 52% e Fátima Bezerra (PT) com 24%.

A pesquisa consultou 812 eleitores em todas as regiões do Estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é estimado em 95%. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral.

A caravana da futura governadora, Fátima Bezerra, percorreu várias ruas de Macaíba neste sábado (22), passando também pelos distritos de Traíras, Cajazeiras e Cana Brava, assim como pelos povoados de Capoeiras, Riacho do Feijão e Lagoa do Sítio I. A esperança do povo macaibense e de todo o Rio Grande do Norte.

Vereador Emídio Júnior, Denilson Gadelha Netinho França, ex- Vereador Edivaldo Emídio, o Vereador Antonio França, entre outros o Ex- Prefeito Luizinho, o Ex Presidente da Câmara Chico Cobra, a ex-Vereadora Rosana, O presidente das Associações e Conselhos Comunitário Nerivaldo Monteiro, O professor Ionilo Éder, o Professor João Marques, o Professor José Luiz e O Presidente do Conselho Comunitário Márcio do Pé do Galo, o Presidente do Conselho Comunitário do Campo da Santa Cruz Júlio Felix, o amigo Betão e Marquinhos do Vilar.

Assessoria

O grupo político da candidata Dra. Ederlinda pretende realizar uma grande passeata neste domingo (23), saindo da rua Olímpio Maciel até o centro de Macaíba. A candidata a deputada estadual vem ganhando força na Grande Natal, fato esse apontado na última Opine/Band, onde Ederlinda foi a mais citada para Assembleia Legislativa na região.

Com informações do Macaíba no Ar

O Hospital Albert Einstein divulgou no começo da tarde deste sábado, 22, um novo boletim com informações sobre o estado de saúde do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. A equipe médica que atende o presidenciável informou que ele não apresenta dor, febre ou disfunções orgânicas. A melhora clínica progressiva permitiu que ele recebesse alta da Unidade de Terapia Semi-Intensiva nesta manhã.

De acordo com fontes ouvidas por VEJA, a alta da Unidade de Terapia Semi-Intensiva significa apenas uma alteração de tratamento, que demanda menos cuidados e não uma mudança de localização. Ele permanece no mesmo quarto em que estava antes.

Segundo o boletim, o candidato “segue com recuperação dos movimentos intestinais, recebendo dieta pastosa em associação à nutrição parenteral. Está mantendo as medidas de prevenção de trombose venosa” e realizando exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto.

O documento é assinado pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo, o clínico e cardiologista Leandro Echeniquye e o diretor superintendente do Albert Einstein, Miguel Cendoroglo. Leia aqui o boletim médico na íntegra.

Veja

A partir deste sábado (22), candidatos a cargos eletivos nas eleições de outubro não poderão ser presos, a menos que seja em flagrante. A Lei Eleitoral veda prisões nos 15 dias anteriores à eleição. Após o primeiro turno, no dia 7 de outubro, a restrição valerá apenas para os candidatos que forem disputar o segundo turno.

A Lei Eleitoral também proíbe a prisão de eleitores, mas somente cinco dias antes do pletio, ou seja, a partir de 2 de outubro, os eleitores só podem ser presos em flagrante ou para cumprir sentença condenatória por crime inafiançável. A regra vale até 48 horas após a votação.

O Artigo 236 do Código Eleitoral diz que: “Nenhuma autoridade poderá, desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto”.

O juiz eleitoral ou até o presidente da mesa receptora de votos pode expedir a salvaguarda em favor do eleitor que sofrer qualquer tipo de violência na sua liberdade de votar, ou pelo fato de já haver votado. Quem desrespeitar essa garantia pode ser preso por até cinco dias.

Calendário

Neste sábado deve ser divulgado o quadro geral de percursos e horários programados para o transporte de eleitores para o primeiro e eventual segundo turnos de votação.

Hoje é o último dia para os partidos políticos, as coligações, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Ministério Público e as pessoas autorizadas em resolução específica impugnarem os programas a serem utilizados nas eleições de 2018, por meio de petição fundamentada.

Agência Brasil

O deputado estadual, Ezequiel Ferreira (PSDB), visitou a cidade de Vera Cruz, localizado na região metropolitana de Natal onde participou de evento político-partidário em prol da reeleição à Assembleia Legislativa. Também estiveram com Ezequiel, em Vera Cruz, o candidato a deputado federal, Bênes Leocádio, e o candidato à reeleição a deputado federal, Rafael Motta.

“Para os veracruzenses temos focado o trabalho em ações de fortalecimentos das cadeias produtivas da agricultura familiar daí a necessidade de melhoria das ações da Emater no município. Ação que já é uma realidade, bem como mais viaturas para reforçar as atividades de segurança pública”, explicou Ezequiel.

Ladeado de Amauri Sales, presidente do diretório municipal do PSDB, e da liderança política Cleonaldo Júnior, Ezequiel conversou com correligionários onde teve oportunidade de prestar contas do mandato.

Durante os últimos anos buscou junto ao Governo Estadual a reformas de Escolas Estaduais; ônibus escolar. Para a segurança ainda pleiteou a Ronda Cidadã. Nas ações sociais solicitou o Vila Cidadã; Cartão Reforma Programa Moradia Cidadã e Moradia Cidadã Servidor, Pró-Moradia e Cartão Reforma Estadual e Federal. No setor de infraestrutura cobrou a pavimentação do trecho da RN-315 que liga Vera Cruz a Bom Jesus e pavimentação da rua principal de Araçá II. Para combater a estiagem viabilizou a plantação da raquete de palma forrageira e perfuração de poços nas comunidades: Sítio Santa Cruz, Jacaré, Ponta de Várzea Ganipapo, Euzébio e Pitombeiras.

Um dia após divulgação da pesquisa da Band Natal feita pelo Instituto Opine, o IBOPE divulgou, na noite desta sexta-feira (21), levantamento que confirma crescimento da candidatura de Geraldo Melo (PSDB) na disputa pelo Senado. Geraldo agora está tecnicamente empatado com Garibaldi Alves (MDB) no terceiro lugar. Geraldo cresceu 6 pontos no IBOPE e atingiu 20% dos eleitores segundo a pesquisa. Na pesquisa anterior do IBOPE, realizada há cerca de um mês, Geraldo acumulava 14% e agora pontuou 20%, um crescimento de seis pontos percentuais.

A pesquisa IBOPE foi contratada pela Inter TV Costa Branca e escutou 812 eleitores de todas as regiões do estado, entre os dias 18 e 20 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais. O registro no TRE é o RN-08720/2018 e no TSE BR‐0811/2018. O nível de confiança utilizado é de 95%. Já o Instituto Opine ouviu 1.200 eleitores entre os dias 12 e 15 deste mês, distribuídos em 58 municípios . A margem de erro é de 2,9% e o grau de confiança de 95,5%. A pesquisa está registrada no TSE e TRE, sob protocolos BR-01451/2018 e RN-07591/2018.

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (21) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado no Rio Grande do Norte:

Capitão Styvenson (Rede): 27%
Dra. Zenaide Maia (PHS): 25%
Garibaldi Filho (MDB): 21%
Geraldo Melo (PSDB): 20%
Jácome (Podemos): 13%
Alexandre Motta (PT): 5%
Magnólia (Solidariedade): 4%
Ana Célia (PSTU): 2%
Telma Gurgel (PSOL): 2%
João Morais (PSTU): 2%
Jurandir Marinho (PRTB): 2%
Levi Costa (PRTB): 1%
Napoleão (Rede): 1%
Dr. Joanilson (DC): 1%
Professor Lailson (PSOL): 1%
Branco/nulo – vaga 1: 17%
Branco/nulo – vaga 2: 28%
Não sabe/não respondeu: 27%

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Costa Branca. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 14 a 16 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Capitão Styvenson (Rede): 23%
Dra. Zenaide Maia (PHS): 12%
Garibaldi Filho (MDB): 21%
Geraldo Melo (PSDB): 14%
Jácome (Podemos): 7%
Alexandre Motta (PT): 4%
Magnólia (Solidariedade): 2%
Ana Célia (PSTU): 4%
Telma Gurgel (PSOL): 1%
João Morais (PSTU): 2%
Jurandir Marinho (PRTB): 1%
Levi Costa (PRTB): 3%
Dr. Joanilson (DC): 1%
Professor Lailson (PSOL): 1%
Branco/nulo – vaga 1: 28%
Branco/nulo – vaga 2: 46%
Não sabe/não respondeu: 27%
Napoleão (Rede) não pontuou na primeira pesquisa.

Sobre a pesquisa:

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos: Quem foi ouvido: 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais. Quando a pesquisa foi feita: 18 a 20 de setembro. Registro no TRE: RN-08720/2018. Registro no TSE: BR‐0811/2018. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.

Do G1RN

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (21) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo do Rio Grande do Norte:

Fátima Bezerra (PT): 39%
Carlos Eduardo (PDT): 25%
Robinson Faria (PSD): 13%
Brenno Queiroga (solidariedade): 3%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 2%
Freitas Jr. (Rede): 1%
Dário Barbosa (PSTU): 1%
Heró Bezerra (PRTB): 1%
Brancos/nulos: 11%
Não sabe ou não respondeu: 5%

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Costa Branca. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 14 a 16 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: Fátima Bezerra, 34%; Carlos Eduardo, 15%; Robinson Faria, 8%; Brenno Queiroga, 1%; Professor Carlos Alberto, 2%; brancos ou nulos; 31%; não sabe ou não respondeu, 9%. Freitas Jr, Dario Barbosa e Heró Bezerra não pontuaram na primeira pesquisa.

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Os entrevistados podem citar mais de um candidato, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

Robinson Faria (PSD): 52%
Fátima Bezerra (PT): 24%
Carlos Eduardo (PDT): 19%
Dário Barbosa (PSTU): 14%
Freitas Jr. (Rede): 13%
Heró Bezerra (PRTB): 13%
Brenno Queiroga (Solidariedade): 12%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 11%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe ou prefere não opinar: 10%
Simulações de segundo turno

Carlos Eduardo (PDT): 33% x 49% Fátima Bezerra (PT) (branco/nulo: 15%; não sabe: 3%)

Fátima Bezerra (PT): 57% x 22% Robinso Faria (PSD) (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)
Carlos Eduardo (PDT): 51% x 22% Robinson Faria (PSD) (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Fátima Bezerra (PT): 25%
Carlos Eduardo (PDT): 13%
Robinson Faria (PSD): 7%
Brenno Queiroga (solidariedade): 2%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 0%
Freitas Jr. (Rede): 0%
Dário Barbosa (PSTU): –
Heró Bezerra (PRTB): 0%
Outros: 1%
Brancos/nulos: 21%
Não sabe ou não respondeu: 30%

Do G1RN

A Vila Olímpica de Macaíba recebeu mais uma ilustre visita. A atleta olímpica brasileira Thaíssa Presti, medalha de bronze na prova de atletismo 4×100 nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008 esteve presente no complexo poliesportivo, na tarde desta sexta-feira (21). As crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e o secretário municipal de Esportes e Lazer, Flaubert Benício estiveram presentes na ocasião.

Em sua primeira visita ao local, Thaíssa destacou as impressões sobre a Vila. “Achei um espaço sensacional. Vi os projetos nas maquetes. É bem legal imaginar tudo isso pronto essa criançada toda treinando, praticando esportes. Tenho certeza que em longo prazo vários atletas podem surgir. Vamos torcer! Espero voltar aqui mais para frente para poder ver tudo prontinho”, declarou a atleta.

Foto: Márcio Lucas

Assecom-PMM

A segunda cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), repassada pela União na última quinta-feira, 20 de setembro, foi zerada para 38 cidades potiguares. O número é recorde, já que nunca tantos municípios ficaram sem receber o fundo na segunda cota. A falta do repasse prejudica as gestões municipais.

Na primeira cota do mês, repassada no último dia 10 de setembro, também houve grande índice de cidades com FPM zerado. Foram 45 cidades sem receber os recursos transferidos pelo Tesouro Nacional.

Desde o dia 10 de setembro, a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN alerta para a gravidade da crise financeira que afeta as cidades, comprometendo a realização dos pagamentos realizados pelos prefeitos e o equilíbrio financeiro programado nas gestões.

Para o Presidente da Federação e Prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho, a crise econômica que o Brasil ainda enfrenta é cruel com as cidades: “A crise chega ao patamar de também termos um elevado número de cidades com FPM zerado na segunda cota, o que não existia. E quem sofre é são os municípios, que ficam sem recursos, afetando o planejamento dos prefeitos”, disse.

Segundo o Presidente da Federação, é preciso que ocorra a redefinição do pacto federativo. Diversas cidades têm como principal fonte de recursos o FPM, que é dividido em três cotas mensais, repassadas pelo Tesouro Nacional nos dias 10, 20 e 30.

MUNICÍPIOS ZERADOS DE FPM NA PRIMEIRA E NA SEGUNDA COTA DE SETEMBRO/2018:

AFONSO BEZERRA
ALTO DO RODRIGUES
ANTÔNIO MARTINS
AREIA BRANCA
BARAÛNA
BENTO FERNANDES
CARNAUBAIS
EQUADOR
EXTREMOZ
FELIPE GUERRA
FLORÂNIA
GOV. DIX-SEPT ROSADO
GROSSOS
IELMO MARINHO
IPANGUAÇU
JANDAIRA
JANDUIS
JOÃO CÂMARA
LAGOA D’ANTA
LAGOA DE VELHOS
MOSSORÓ
NOVA CRUZ
PARANÁ
PARAZINHO
RIO DO FOGO
PEDRA GRANDE
PENDÊNCIAS
POÇO BRANCO
TIBAU
SANTANA DO MATOS
SANTO ANTÔNIO
SÃO MIGUEL GOSTOSO
SERRA DE SÃO BENTO
TEN. LAURENTINO CRUZ
TOUROS
TRIUNFO POTIGUAR
UMARIZAL
VILA FLOR

Do Agora RN:

O juiz Mário Jambo, 2ª Vara Federal, decidiu pelo recebimento da ação de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, peculato, associação criminosa e crime contra licitações, após denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), tornando réu o ex-deputado João Maia (PR), que disputa uma vaga na Câmara dos Deputados, e que é irmão da candidata ao Senado Zenaide Maia (PHS). O processo está concluso para decisão desde o dia 13 de setembro.

Com o recebimento da denúncia, o irmão de Zenaide Maia vira réu no inquérito relacionado com a Operação Via Trajana, deflagrada em julho passado pelo MPF, que apura um esquema de corrupção dentro do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Rio Grande do Norte. O mecanismo envolvia o recebimento de propinas de empresas do setor de construção civil e ex-integrantes da superintendência do órgão.

Além de João Maia, também são réus Flávio Giorgi Medeiros Oliveira, o “Flávio Pisca”; a ex-esposa e o ex-sogro do deputado, Fernanda Siqueira Giuberti Nogueira e Fernando Giuberti Nogueira; Robson Maia Lins (sobrinho do deputado); Paulo César Pereira (irmão do ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento); o engenheiro Alessandro Machado; além de pessoas que ajudaram no recebimento da propina, como Wellington Tavares, Hamlet Gonçalves e a ex-esposa e o irmão de Flávio Pisca, Cláudia Gonçalves Matos Flores e Carlos Giann Medeiros Oliveira.

Segundo a denúncia, o esquema perdurou entre 2009 e 2010. O inquérito aponta que João Maia era “o verdadeiro chefe mor de todo o esquema de corrupção operado no DNIT”. De acordo com o MPF, havia um acordo entre os integrantes da autarquia e construtoras em licitações públicas, com o pagamento de propina, que resultava em 4% do valor total de cada obra.

Ainda segundo o MPF, o valor da propina era repartido entre João Maia, Gledson Maia (ex-chefe de engenharia da autarquia) e Fernando Rocha (ex-superintendente do DNIT). Do valor total, 70% era destinado ao parlamentar e os 30% restantes seguiam para os demais envolvidos.

A operação Via Trajana é uma consequência da Via Ápia, deflagrada em 2015. Esta última identificou uma série de ilegalidades relacionadas à execução na obra de duplicação da rodovia federal BR-101. Em 21 de agosto deste ano, o juiz Eduardo Dantas, da 14ª Vara Federal, condenou Gledson Maia e o empresário Arlindo Cavalcanti Filho.

À época, o sobrinho de João Maia recebeu pena de 13 anos de prisão, mas, como firmou acordo de delação premiada, a condenação caiu para 4 anos. Já Arlindo Cavalcanti Filho recebeu pena de seis ano e cinco meses.

Entre outras irregularidades, uma das etapas da seleção para professor da área de Teoria Sociológica ocorreu antes do fim do prazo para recursos da etapa anterior

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) a anulação de parte do Concurso Público de Professor da Carreira do Magistério Superior, Classe Adjunto A (Edital n.º 35/2017). O pedido se refere especificamente à área de Teoria Sociológica e o MPF requer o cancelamento imediato de todos os atos relacionados a essa área, inclusive a eventual nomeação de candidatos.

De acordo com a recomendação, as provas didáticas do concurso tiveram o resultado publicado no dia 7 de abril deste ano. Como o prazo para recursos era de 24 horas e cairia em um domingo, por previsão do próprio edital deveria ser estendido para 9 de abril, uma segunda-feira. Contudo, a etapa seguinte do concurso (Prova de MPAP – Apresentação de Memorial e Projeto de Atuação Profissional) acabou sendo realizada antes, em 8 de abril.

Devido a essa e outras irregularidades, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da universidade chegou a anular por unanimidade – em 26 de junho – essa parte do concurso (tendo determinado a realização de nova seleção a partir da prova escrita), mas no final de julho mudou de posição e homologou os resultados. Essa mudança desrespeitou até mesmo o Regimento Geral da UFRN, que não prevê recursos em casos de decisões unânimes do Consepe.

Irregularidades – Somado à questão do prazo que foi desrespeitado, a recomendação do MPF, de autoria do procurador da República Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes, aponta que a resposta dada a alguns recursos interpostos contra a prova didática – e que foram negados – também não esclareceram os motivos da negativa, pois não “indicam os fatos e fundamentos da decisão”, limitando-se a descrever que a nota seria mantida.

Ainda em relação a essas provas didáticas, não foi registrado o tempo de apresentação de cada candidato (muitos dos quais questionaram a gestão desse tempo através de recursos). Essa omissão é relevante, tendo em vista que ultrapassar o limite da prova poderia acarretar desclassificação automática do concorrente.

O inquérito também aponta que, nessa mesma etapa, embora uma candidata não tenha incluído em seu plano de aulas alguns itens (referências bibliográficas, recursos didáticos e procedimentos metodológicos), alcançou nota máxima nesses quesitos. Para o MPF, o fato demonstra “incoerência no sistema avaliativo”.

Quando da primeira decisão, pela anulação, o Consepe verificou mais alguns problemas, como “desproporcionalidade na atribuição de notas aos planos de aula de determinados candidatos e ausência de isonomia nas razões adotadas para a determinação das notas nessa fase”; “extrapolação da área objeto do concurso do Memorial” apresentado por um dos candidatos; além de equívocos na atribuição de pontos na fase de títulos.

“Todas essas considerações também revelam graves irregularidades na condução do referido certame”, acrescenta o procurador. Para o MPF, a “revalidação” do concurso público na área de Teoria Sociológica “viola frontalmente os princípios da legalidade, da isonomia e da transparência”. A Reitoria da UFRN tem um prazo de 10 dias, a partir do recebimento da recomendação, para informar quais providências foram adotadas.

Uma mulher foi presa em Macaíba, cidade da Grande Natal, portando uma pistola que foi furtada do estande de tiros da Associação Norte Rio Grandense dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte (Aspofern). Com ela, também foram apreendidos R$ 4.200,00. A prisão foi feita durante a operação Campina, realizada nesta quinta-feira (20) em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar.

O estande de tiros da Aspofern fica em Macaíba e foi alvo de criminosos no final de julho. Ao todo, foram levadas três pistolas, duas carabinas e munições.

Com informações do G1RN

Uma ação conjunta das polícias Civil e Militar, realizada em São José de Mipibu, na Grande Natal, prendeu um homem de 28 anos suspeito de ter matado a facadas a própria mulher – crime ocorrido no dia 7 deste mês na cidade de Macaíba, também na região metropolitana da capital potiguar. Márcia Pereira do Nascimento, de 39 anos, tinha 8 filhos e ainda estava grávida de dois meses.

A prisão de Josuel de Oliveira aconteceu no final da tarde da quinta (20), em cumprimento a um mandado de prisão, mas a informação só foi divulgada na manhã desta sexta (21). Um dos filhos do casal, um menino de 10 anos, estava com a mãe no momento em que ela foi atacada e assassinada.

Titular da DP de Macaíba, o delegado Normando Feitosa disse ao G1 que o suspeito confessou o crime.

Do G1RN

A Polícia Federal em parceria com a Força-Tarefa Previdenciária deflagrou na manhã desta sexta-feira (21) a Operação Vínculos Fantasmas, que visa desarticular fraudes que consistiam na inserção de dados trabalhistas fictícios registrados através da Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP). A finalidade dos suspeitos, de acordo com a PF, era obter benefícios previdenciários, na sua maioria, por “incapacidade”.

12 policiais federais cumprem três mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal em endereços residenciais da capital potiguar.

A investigação, que começou em 2014 com a instauração do Inquérito Policial, apurou que a fraude se iniciava a partir da criação de vínculos empregatícios falsos e fora do tempo para que pessoas físicas diversas adquirissem a condição de seguradas do regime geral da Previdência Social, ou conseguissem incremento no tempo de contribuição. Isso possibilitava o requerimento e a concessão do benefício de maneira irregular.

Segundo a PF, as diligências comprovaram, também que, em apenas seis desses benefícios fraudulentos obtidos pelos suspeitos, o prejuízo causado à Previdência Social alcançou o valor de R$ 1,7 milhão.

Denominação

Segundo a PF, a denominação Vínculos Fantasmas vem justamente do fato de que as relações trabalhistas informadas eram puramente ilusórias e destituídas de qualquer realidade. Com a deflagração dessa operação e a continuidade das investigações, a corporação informou acreditar que outras concessões irregulares do esquema criminoso venham a ser identificadas”.

Do G1RN

Na tarde desta quinta-feira (20), o candidato ao Governo do Estado, Carlos Eduardo esteve em nossa cidade e concedeu uma entrevista ao programa A Voz da Comunidade da Cena TV, acompanhado do vereador Igor Targino o candidato abordou suas propostas e a disposição para ajudar Macaiba.

A entrevista será exibida no programa de amanhã, sexta-feira (21), a partir das 11h. Logo após a entrevista Carlos Eduardo realizou algumas visitas pontuais acompanhado do vereador.

A caminhada de Carlos Eduardo seria realizada no centro da cidade, mas devido a Av. Jundiaí e a Rua Prof. Caetano estarem interditadas a coordenação da campanha resolveu cancelar a atividade.

Assessoria

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, na sessão desta quinta-feira, 20, os mandatos e declarou inelegíveis por oito anos a prefeita de Água Nova (Alto Oeste do RN), Iomária Carvalho, e seu vice, Elias Raimundo, por abuso de poder político e econômico, bem como por compra de votos nas Eleições de 2016. Os ministros determinaram que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) tome providências para realizar nova eleição para a prefeitura, a partir da publicação da decisão da Corte, independentemente do trânsito em julgado.

Com a decisão unânime que negou o recurso da prefeita cassada e seu vice, o TSE manteve as punições aplicadas pelo TRE contra ambos e o pai de Iomária. A Corte Regional acolheu ação impetrada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que acusou Iomária, seu vice e o pai da candidata, Francisco Iromar de Carvalho, por promessa de entrega de benefícios a eleitores em troca de votos, entre outras irregularidades. Assim como a filha e seu vice, Iromar de Carvalho foi declarado inelegível por oito anos.

Na condição de relator do recurso, o ministro Og Fernandes afirmou que as condenações pelo TRE potiguar foram fundamentadas em provas robustas. Segundo o ministro, tais provas consistiram no próprio caderno de anotações da candidata, em outros documentos, fotografias de doações, comprovantes de pagamentos de energia elétrica e de água para eleitores apreendidos e em depoimentos de testemunhas. Segundo o ministro, as provas coletadas demonstram a gravidade da conduta por parte dos candidatos, apta a configurar o abuso de poder.

Ao acompanhar o voto do relator, o ministro Jorge Mussi assinalou que a decisão do TRE não merece reparo. Segundo ele, as anotações constantes do caderno da candidata e os testemunhos coletados comprovam o oferecimento de dinheiro e benefícios a eleitores em troca de votos.

Do Agora RN

A pesquisa estimulada para governo do RN do instituto Opine/Band, divulgada nesta quinta-feira (20), mostra que Fátima Bezerra (PT) está liderando em Macaíba com 25%, Carlos Eduardo (PDT) com 20,8% e Robinson Faria (PSD) em terceiro com 12,5%.

Na espontânea, mostra empate entre Fátima Bezerra e Carlos Eduardo, ambos com 20,8%, e o governador Robinson com 4,2%.

Confira na íntegra aqui