Campanha de Celú Lisboa não tem decolado como esperava o sistema que está no poder há mais de 20 anos em Passa e Fica

Não pegou bem para o grupo do ex-prefeito Pepeu Lisboa a indicação do sobrinho Celú Lisboa (PSB) concorrer na eleição suplementar de fevereiro em Passa e Fica, no Agreste Potiguar. Celú é considerado como o pior gestor que a cidade e a família Lisboa colocou nas últimas décadas, desde que Pepeu assumiu o comando da cidade.

O crescimento do nome da professora Cibelly Fonseca, que tem como vice o vereador Edson Cazuza tem preocupado o grupo que está no poder há mais de 20 anos. Em 2016, a maioria do prefeito cassado Léo Lisboa (PSD) foi de apenas 233 votos, ou seja, 3,12% dos votos válidos. Já em 2018, o sistema Lisboa não conseguiu derrotar a governadora Fátima Bezerra (PT) em Passa e Fica. Ao contrário de Brejinho e Espírito Santo, onde os prefeitos João Gomes e Fernando Teixeira mostram força com Carlos Eduardo.

Administrador

Deixe uma resposta