Cultura Arquivo

113 anos IHGRN - Assembleia

FOTO 01 – No Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte o flagrante assinala a celebração dos 113 anos da mais antiga Casa da Memória do RN.

FOTO 02 – Na Assembleia Legislativa o presidente Valério Mesquita representou o Instituto e o doutor Almino Affonso recebeu o Mérito Legislativo.

FOTO 03 – Almino Affonso com os deputados Ricardo Motta, Ezequiel Ferreira presidente da Assembleia Legislativa, Getúlio Rêgo, José Dias e o ex-deputado Valério Mesquita.

FOTO 04 – Nesta foto o deputado e ministro Almino Affonso, ao lado do deputado Ricardo Motta e Valério Mesquita.

O Município de Macaíba possui em sua história uma forte contribuição para a literatura brasileira. A exemplo podemos citar Auta de Souza, poetisa, representante do simbolismo brasileiro, reconhecida mundialmente. No entanto, hoje, 14 de Março, Dia Nacional da Poesia, não foi lembrada por seu povo e em especial por seus governantes. A Prefeitura Municipal de Macaíba sequer solicitou que a poetisa fosse lembrada nas escolas municipais.

Hoje o município de Macaíba não dar a atenção devida aos seus artistas. Os muitos poetas e poetisas atuais, não são acompanhados e nem estimulados a continuar seu nobre trabalho de defesa e inspiração à cultura local. A cada dia a cidade de Macaíba constrói por esforço próprio autores de grande relevância e capacidade lírica, mas não recebem do senhor Prefeito o apoio e o estímulo para continuidade de seus trabalhos.

Mesmo o Governo Federal estimulando as prefeituras do país na construção de sistemas municipais de cultura, o sistema de nossa cidade não sai do papel. Foi criado graças a pressão popular, mas pouco andou sua iniciativa, vive como lei “morta” nos armários de uma suposta Secretaria Municipal de Cultura. O Conselho Municipal de Cultura que já deveria estar em funcionamento, nunca se reuniu e os seus membros nunca foram nomeados. Pobre noite escura para a cultura macaibense.

Diante desta realidade repleta de desafios, os artistas e intelectuais macaibenses, vêm por meio deste MANIFESTO declararem-se engajados no MOVIMENTO EM DEFESA DE NOSSA CULTURA MACAIBENSE.

Informações: Artistas e Intelectuais Macaibenses

*Via Cidadão Macaibense

158749

Um sítio histórico localizado em na divisa entre o bairro dos Guarapes e o município de Macaíba, é constantemente saqueado e depredado, segundo os moradores das proximidades. O conjunto tombado pelo patrimônio histórico estadual compreende o Casarão dos Guarapes, um antigo armazém e um trapiche construídos pelo comerciante Fabrício Pedroza no século 18. Em ruínas, as três edificações ficam próximas uma da outra e estão dentro de nove hectares de área.

Saiba mais na Tribuna do Norte


A Prefeitura vai promover, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMCT), na primeira semana de dezembro, a 3ª Conferência Municipal de Cultura de Macaíba. O tema da conferência é “Desafios do Sistema Nacional de Cultura”.

O evento acontecerá nos dias 05 e 06 de dezembro no auditório do Pax Club. Seus principais objetivos são apresentar o Sistema Nacional de Cultura à classe artística local e formar o Conselho Municipal de Cultura. Além disso, pretende coletar demandas, ações e propor caminhos mais adequados para a consolidação de uma política cultural eficaz para o município.

A conferência é voltada para artistas dos mais diversos segmentos, bem como representantes da sociedade civil. Abordará os seguintes eixos temáticos: Implementação do Sistema Nacional de Cultura; Participação da Sociedade e Diversidade Cultural; e Cultura e Desenvolvimento.

Os interessados em participar da conferência deverão ir até a sede da SMCT, localizada na Rua Frei Miguelino, nº 178, e preencher a ficha de inscrição com os seus dados completos, no horário das 8h às 17h. As inscrições também poderão ser feitas no próprio dia e local da Conferência. Outras informações podem ser adquiridas através do contato telefônico: 3271-6563. Ler mais…

O coordenador da Secretaria Municipal de Cultura, Jacob Marto, esteve reunido na tarde deste domingo, 30/11, na Comunidade de Lagoa do Sìtio I com a Cia. Interart de Teatro. Bela iniciativa! a secretaria ir aonde o artista está. Na ocasião, tratamos de vários assuntos pertinentes a cultura de Macaíba e da possibilidade da Cia. participar de projetos da prefeitura com seu tradicional teatro de rua. Presenteamos Jacob com o filme “Tu se alembra?” que a Cia. Interart de Teatro produziu em parceria com Hailton Mangabeira.


A renomada artista potiguar e atriz global Izabel Cristina de Medeiros (Titina Medeiros) elogiou o trabalho na área de Teatro que vem sendo desenvolvido em Macaíba. O fato aconteceu durante o evento “O mundo inteiro é um palco”, promovido no dia 21 deste mês em Natal, pelo grupo Clowns de Shakespeare, do qual Titina faz parte.

Além disso, Titina Medeiros integrou os elencos das novelas da Rede Globo “Cheia de Charme” (2012) e “Geração Brasil” (2014). Titina teceu elogios ao grupo Filhos da Arte (formado por alunos rede municipal pública de ensino) e se propôs a visitar as atividades teatrais que são desenvolvidas em Macaíba através do Projeto Teatro na Escola, o qual é apoiado pela Prefeitura de Macaíba. A atriz, inclusive, vestiu a camisa do grupo macaibense.

O grupo Filhos da Arte representou recentemente a cidade de Macaíba no maior festival do Rio Grande do Norte do gênero – Festival de Teatro da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FESTUERN), realizado em Mossoró.

Para o coordenador do Teatro na Escola e diretor artístico do grupo Filhos da Arte, Alexandre Silva, é um orgulho imenso receber elogios de uma artista do porte de Titina. “Ela, de certa forma, desde o tempo do centro experimental, e outros artistas da Grande Natal são referência para o nosso trabalho”, comentou. “Antes mesmo de ser atriz global, ela já era nossa madrinha, no entanto, com seu gesto mostrou que a humildade está sempre acima de tudo”, complementou.

* Andry Morais

**Foto gentilmente cedida pelo grupo Filhos da Arte

A Cia. Interart de Teatro e Hailton Mangabeira se apresentaram no IFRN – Campus Canguaretama no dia 25/11, em comemoração ao 1º aniversário de funcionamento do IFRN. Performances perfeitas arrancaram aplausos dos alunos, professores e coordenadores, funcionários e gestores presentes. É a cultura de Macaíba encantando por onde passa. A novidade é que os integrantes da Cia. Interart de Teatro estão ficando conhecidos como “caras pintadas”, denominação que está agradando pelo fato de representar  a resistência.

Alunos da Escola de Música de Macaíba representaram a cidade e a instituição na Semana de Música da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN), edição 2014, um dos maiores eventos de música do Rio Grande do Norte, ocorrido entre 17 e 22 deste mês de novembro, organizado pela UFRN.

Mais uma vez o talento dos macaibenses encantou os presentes que aplaudiram de pé a apresentação. A escola de Música enviou um grupo de 6 representantes, sendo 3 guitarristas, 1 pianista, 1 trompetista e 1 flautista. Este ano outros seis ex-alunos representaram o Estado no Festival Internacional de Música realizado em Porto Alegre. Atualmente vários jovens do município estudam música na UFRN graças ao projeto da escola.

A Escola de Música de Macaíba foi fundada na segunda gestão do prefeito Fernando Cunha no ano de 2006, em sua segunda gestão, e tem sido um berço de talentos. A sede beneficia cerca de 300 alunos com aulas de flauta, guitarra, violino, violão, violoncelo, bateria e outros instrumentos. Os alunos assistem às aulas no contraturno, ou seja, aqueles que estudam pela manhã terão aula na escola de música no turno da tarde, e vice-versa.

Na rede municipal pública, mais de 1,5 mil alunos são contemplados com aulas de violão e flauta doce, em 22 unidades escolares. O projeto atende 72 alunos em cada escola também em regime de contraturno, divididos em seis turmas de 12 alunos, cada. Além disso, os alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) também participam de aulas musicais, somando mais de 200 beneficiados.

Assecom-PMM

O Segundo dia da Ação Cultural realizada na Escola Estadual Dr. Severiano, ação da Secretaria Municipal de Educação, encantou o público presente.  A noite teve início com apresentação musical dos alunos Victor Gomes e Renata Sabrina. Seguido pelo Grupo de dança de professoras e funcionários do Centro Educacional Luís da Câmara Cascudo, coordenadas pela profª Rose Feitosa.

O Chargista, professor e repórter Rômulo Estânrley fez palestra e exposição de charges. O Pastoril Profª Alzira e o Grupo Cio da Terra, da Escola Municipal Auta de Souza, ambos coordenados pela profª Benedita marcaram presença na ação. O ilustre artista macaibense Júscio Marcelino prestigiou o evento e figurou entre os expectadores.

Outra apresentação de alunos da própria escola foi Vanessa e Raíssa, O Grupo Freak Mix, apresentou uma performance que atraiu os olhares e aplausos de todos os presentes. O Grupo A Lei do Raciocínio esbanjou criatividade e talento. O Three Sound, com brilho, revelou mais uma riqueza da escola. A noite cultural foi encerrada com a descontração e a habilidade do MC MLK ZIKA e do DJ L3.

Confira mais fotos AQUI

Um Grupo de Artistas da cidade estão se organizando para entregar um pleito a Senadora Eleita Fátima Bezerra (PT), para que mesma possa Pleitear junto ao Ministério da Cultura – MinC uma Emenda Parlamentar no intuito incluir Macaíba entre as cidades contempladas com uma das ações da Deputada, que é a Construção do Teatro Municipal. “Mesmo tendo um espaço como o Pax Club, os Artistas da cidade necessitam de uma Casa, onde possamos retornar as atividades artísticas, que os Grupos e Companhias realizavam há algum tempo atrás, como eventos de interesse da Comunidade Artística incluindo festivais, atividades escolares, religiosas, realização de seminários e apresentações de grupos visitantes” Disse: Cícero Militão, que integra o grupo. Só para lembrar, por exemplo, o Teatro municipal de Parnamirim, e de Assú foram erguidos através da Ação Parlamentar da Deputada Fátima.

O grupo que está surgindo também visa elaborar e Concorrer a Editais de incentivo a cultura através da Lei Câmara Cascudo (Lei 7.799 de 30/12/1999 – Estadual ) e a Lei Lei Houanet ( Lei 8.313/91 Federal) duas Leis importantes para os artistas poderem Apresentar e concorrer a projetos na área de Cultura.

O grande Mote é Criar uma Escola de Formação Artística fomentando a politização quanto cidadão crítico e consciente da Sociedade, tendo como “Pano de fundo” às diversas formas de Artes identificadas na Cultura do nosso povo macaibense.

Por Cícero da Silva Militão

http://www.infoservrn.com.br/loja/skin/frontend/em0023/default/images/logo.png