Macaíba Arquivo

11147065_815719911826845_1528473826871681317_n

Do Macaíba no Ar: Grupo de escoteiros de Macaíba foi até o conjunto Manoel Dias divulgar trabalho feito pela organização a nível de Brasil e também na oportunidade conheceu alguns moradores do local que vem desenvolvendo atividades educativas na comunidade, principalmente para crianças.

O grupo de escoteiros da cidade reuni vários adolescentes e jovens da cidade, tendo um papel importante para ocupação do tempo livre desses jovens e adolescentes da cidade que se envolve em um bom projeto como este.

Foto: Clebson Isaias

imagem

Nas conversas de bastidores em Coité o que mais se comenta é o sumiço da ex-prefeita Marília Dias (PMDB). Com essa ausência, alguns políticos da cidade vê isso de forma negativa, pois a mesma vem perdendo espaço. Agora fica a pergunta: será que Marília desistiu de Macaíba?

Por Barão de Coité

IMG-20150410-WA0001

Cerca de 500 judocas estão sendo esperados para o Campeonato Brasileiro de Judô da Região 2, que acontece neste final de semana em João Pessoa. A competição vai reunir atletas em cinco categorias, do sub-13 ao adulto, representando cinco estados: Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A Delegação potiguar de judô conta com um atleta de Macaíba, o judoca Vitor Alves, com 11 anos de Idade que esta participando do seu primeiro campeonato brasileiro na categoria Sub 13 -38kg, representando o seu estado e a sua academia (Judô clube Nagashima Dojo Heikô). Para Vitor a expectativa de representar o seu estado é muito grande, principalmente sabendo da responsabilidade de conquistar a vaga para a fase final do brasileiro, que acontece no segundo semestre. Para Vitor chegar até esta etapa foi muito difícil pois teve concorrentes de alto nível, mas que mostra que os seus treinos, que começaram aos 4 anos de idade, deram resultado, porém precisam ser confirmados na competição deste final de semana garantindo a vaga para o nosso estado.

Desejamos sorte e sucesso a este filho de Macaíba.

IMG-20150410-WA0008-1

segurança-macaíba

A secretária de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Kalina Leite, recebeu na tarde desta sexta-feira (10), o prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, além de uma comissão de nove vereadores, para discutir questões relativas à segurança pública do município, distante 20 quilômetros de Natal.

Durante a reunião, foi solicitada a ampliação do efetivo policial da cidade e uma melhor estruturação para a Delegacia de Polícia Civil situada no município.

A secretária Kalina Leite, em conjunto com o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Ângelo Dantas e do Delegado Geral de Polícia Civil, Stênio Pimentel, se comprometeram a realizar, a partir da noite de hoje, ações de saturação contra o crime nas áreas consideradas mais críticas da cidade e estimulou o município a trabalhar em parceria com o Estado, no levantamento das demandas prioritárias da Segurança, unindo esforços para coibir a criminalidade.

Uma das alternativas sugeridas pela secretária Kalina Leite foi a criação de um projeto de videomonitoramento a ser executado pelo município, com o apoio da iniciativa privada, que funcione coordenado ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). A secretária também incentivou os gestores municipais a orientarem à população a colaborarem com as ações policiais por meio do Disque Denúncia que podem ser através do telefone 181 ou pelo Whatssap 8149-9906. Ler mais…

EAJ_07Mai13_Anastacia Vaz-24

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade acadêmica especializada em ciências agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), promove, entre os dias 27 e 30 de abril, a quarta edição da Semana Acadêmica das Ciências Agrárias (Semagrária).

Com o intuito de reunir todas as semanas acadêmicas numa só, a IV Semagrária é o evento destinado às produções de pesquisa, ensino e extensão dos cursos de nível médio, técnico, graduação e pós-graduação da EAJ. O principal objetivo da ação de extensão é a integração dos estudantes nos diversos cursos das Ciências Agrárias (Agronomia, Engenharia Florestal e Zootecnia), assim como produtores e estudantes da região de Macaíba.

Além das atividades desenvolvidas pelas coordenações, temas como gestão das águas, agronegócio no Rio Grande do Norte, extensão rural e produtos transgênicos serão abordados nas palestras gerais de cada dia da programação do evento.

Assecom- UFRN

A Operação “Templo”, prendeu três suspeitos por fornecimento de drogas. A ação foi desenvolvida em Extremoz, sob comando do delegado Normando Feitosa, que contou com a participação de Policiais Civis de Macaíba, com o apoio da DP de Extremos, DEICOR, DENARC e a companhia de Cães da PM.

O mandado de busca e prisão, expedidos pela Vara Criminal de Macaíba, determinava a prisão de três pessoas, cuja identidade são: José Carlos Barbosa Pedro, Cosmo dos Santos e Francisca Solange dos Santos. A Polícia informou quê Francisca Solange e Cosmo dos Santos são conhecido como “Casal do Tráfico”, abasteciam a cidade de Macaíba, com a venda de crack. Junto aos mesmos foi apreendido, em torne de 2 Kg de pedras de crack, e certa quantia em maconha e objetos provenientes do tráfico.

Com informações da ConnectTV

O Banco de Oportunidades do Senac dispõe, nesta semana, de 23 anúncios de emprego para ex-alunos da região metropolitana de Natal, Macaíba, Mossoró e Parnamirim. Empresas parceiras de áreas como informática, hotelaria, beleza, gestão e negócios estão à procura de profissionais qualificados na instituição. Os currículos devem ser encaminhados até a próxima segunda-feira, 13 de abril.

Os interessados devem entrar em contato com o Banco de Oportunidades (4005-1008) ou enviar currículo diretamente para bancodeoportunidades@rn.senac.br. É preciso ter sido aprovado em algum curso na instituição.

imagem

Dizer que em Macaíba a Oposição a atual administração não existe e está sem lideres é no mínimo hilária e cheia de intencionalidade para esconder as “dores de cabeça” que alguns LÍDERES estão dando na “mulera” do “doto”. Essa atitude de mostrar que o Prefeito está tranqüilo, fazendo articulações e com alta aprovação na cidade só mostra que a preocupação e a situação do Prefeito é grade! Por onde passam os representantes da Prefeitura, ou até mesmo o carro de som divulgando as ações do Chefe do Executivo tem despertando um sentimento de repúdio e ira na população. Se quiserem ver melhor, basta ir às ruas e perguntar ao povo, ou então participar de algum seminário ou Audiência Pública, que você vai perceber que majoritariamente os participantes são os Cargos Comissionados do Governo Cunha.

Pois é! Ainda falam que não tem lideranças com “L” maiúsculo na cidade. O que dizer de um Líder Nato cumpridor do seu dever de Cidadão fiscalizador e propositor de mudanças o Professor João Marques (PT) que mesmo sem estar na Câmara municipal, possui em suas mãos documentos que mostram erros no manuseio dos recursos do FUNDEB que mais dias menos dias será divulgado? O que dizer de uma Kátia Sena (PRP), que da “nó em pingo d’água” na Câmara municipal exigindo o cumprimento da Lei Orgânica do município e Fiscalizando Corretamente as Ações do Executivo, deixando os defensores do irados com o trabalho exemplar da Parlamentar?

No momento certo, os Partidos de oposição e Parlamentares da Casa, que estão na oposição à atual Gestão irão sentar dialogar e construir um Caminho de mudanças e Verdadeiro Desenvolvimento Social Sustentável para nossa Cidade juntamente com a principal oposição hoje do Prefeito Fernando Cunha (PROS) o Povo, que tem Reprovado com muita ênfase o atual Modelo de Gestão que nossa cidade vem tendo.

Fica a pergunta: Essas LIDERANÇAS existem ou não existem? Atuam ou não atuam? Causam medo ou não a atual Gestão? Se não por que então forçosamente colocar matérias em Blogs ou com pessoas sendo orientadas apenas para mostrar defesa da atual gestão dizendo que Macaíba está órfã de oposição, e que o Prefeito está bem avaliado pelo povo e certo de sua reeleição? Tem “cabecinhas” muito preocupadas lá no Palácio Auta de Souza! Com a palavra o Leitor.

20141104-0003

FB_IMG_1428781809637

Cícero Militão,

Representante de Movimento Social

Relato

Sou Marques Suelle, terça fui com um amigo a Câmara Municipal assistir a sessão e vê se os vereadores falava alguma coisa sobre o condomínio Minha Santa, mas apenas dois vereadores deu sua solidariedade a nós moradores. Até ai eu tava satisfeito, mas quando minha filha de 4 anos pediu água, foi aí que se deu o problema.

Eu pedi três vezes a uma funcionária e ela disse: “vá beber no bebedouro”. Eu perguntei onde era, pois não tava vendo; ela me respondeu que na sala da presidência da casa tinha. Aí subi, chegando lá eu pedi a uma moça água pra minha filha, no entanto, ela fingiu que não tinha me visto.

Caminhei mais um pouco e vi o bebedouro e em seguida fui dar água a minha filha. No momento que ela estava bebendo, duas funcionárias reclamaram dizendo que era pra esperar – e que lá não era a casa de “Mãe Joana”. Ora, que eu saiba o prédio é público e casa é do povo! Mas ela mandou eu e minha filha se retirar.

Agora eu peço aos senhores vereadores que analise melhor esses funcionários. Pois terça foi eu, amanhã poderão ser vocês. Porque ela disse: essa água e para os vereadores!

Diante disse eu pergunto: será que pra nós que nao somos vereadores seria água da torneira que tem perto do bebedouro?

É nítido que a oposição de Macaíba está esfacelada. Hoje a oposição não conta com um verdadeiro líder, aquela liderança que tem o poder de articular no campo das oposições.

Em Macaíba o que presenciamos hoje é a vaidade e orgulho por parte daqueles que se dizem ser “oposição”, e, esquecem que o prefeito da cidade anda se articulando com lideranças no intuito de fortalecer seu projeto político – que é sua reeleição no pleito do próximo ano.

Diante disso, a oposição tem que rever muitas coisas.

Por Carlos Santos

Valério Mesquita*

Neste mês de abril, dia 12, completara quarenta e seis anos do falecimento daquele que foi em vida o maior líder político de Macaíba.

Alfredo Mesquita Filho nasceu em Macaíba, a 23  de maio  de  1901. Filho de Alfredo  Adolfo Mesquita e Ana  Olindina  de Mesquita.  Fez  os  seus estudos preparatórios  em  Macaíba,  Natal  e Recife,  quando  cursava  medicina, teve que retornar  à  Macaíba  por motivo  do  falecimento  do seu pai, ocorrido em  1929.  Passou  a  se dedicar  junto com os irmãos as atividades de comércio, agricultura  e criação. Na  sua  infância, o desejo da  família  era  vê-lo padre.  Resistiu. Não foi para o seminário. Devo a minha existência  a este seu propósito.

No final dos anos 30 já Intendente Municipal e no inicio da década de 40 prefeito de Macaíba. Em  1946  foi  constituinte  elegendo-se   deputado estadual  pela  legenda  PSD. Reelegeu-se em 1950  e  1954,  exercendo nesses períodos diversos cargos e comissões. Já em 1958,  candidatou-se novamente  a  prefeito  vencendo as eleições, tendo este  sido  o  seu último mandato eletivo, até, 1963. Como deputado estadual a ele se credita o  esforço da  vinda  de inúmeras obras para os municípios  que  representava  na Assembleia,  tais como: Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Bom  Jesus, Serra  Caiada  (Presidente  Juscelino), Caiada (Eloy  de  Souza),  São Pedro,  Ielmo Marinho entre outros.

Não obstante seus 40 anos de  vida pública, 30 dos quais militou na Oposição. Mesmo assim, conseguiu  com os  governos escolas e estradas, além de junto com todos os amigos  da época  haver  experimentado  o triunfo da  implantação  da  Escola  de Jundiaí e a construção da ponte da cidade de Macaíba. Sobre essa ponte há um episódio. A antiga ponte  de Macaíba havia  desabado. Como  deputado  pessedista cobrou do  governo  do  Estado (Dr. José Varela) a sua construção.

Como  o erário  estadual  não  podia  arcar  com   as despesas, teve que recorrer ao antigo Ministério de Obras e Viação. Entretanto,  ao  aguardar  a  resposta  da  bancada federal  do  seu  partido, recebeu expontâneamente a  ajuda  do  então deputado  federal,  Aluízio  Alves, udenista  que  se  prontificava  a conseguir os recursos. Tal  fato, no Rio Grande  do  Norte  calcinado  das brigas do PSD x UDN, em 1950, receber o auxílio de um udenista era  um opróbrio.

Houve cenas  de tumultos,  pressão  e  rompimentos políticos. Mas, como Macaíba para Alfredo Mesquita era mais importante que  os  partidos, aceitou a ajuda, o dinheiro chegou e  a  ponte  foi construída e até hoje está lá. Em  1961, após a campanha de Djalma Marinho a  quem ajudou por haver o PSD se fracionado para apoiar dois udenista, vendeu a  sua  propriedade  Uberaba, em Macaíba, por “treze  mil  contos”  ao fazendeiro  Adauto  Rocha,  a fim de poder pagar  os  compromissos  da campanha.

As eleições de 1962, 1965, 1966 e 1968 quando,  já doente,   enfrentou  sua  última  campanha  política,  testemunham   a fidelidade do seu espírito partidário e sua dedicação exclusiva ao seu povo. No dia 12 de abril de 1969, pobre mas querido pelos humildes, morreu Alfredo Mesquita. Nesse dia sua cidade  parou.  Não para  lhe dizer adeus, mas, para lhe garantir que ele e ela  formariam naquele  dia, mais do que qualquer tempo, um binômio  inseparável:  um pacto de identificação. Ele e ela. Abraçados permanentemente em  suas entranhas.

(*) Escritor.

O ônibus da linha M foi invadido por um homem no bairro Parque Industrial, em Parnamirim, na Grande Natal. O coletivo seguia viagem de Natal para Macaíba. “Subiu o primeiro batente e já chegou anunciando, batendo com a faca no capô do ônibus. Pedindo o dinheiro. Entreguei e ele saiu correndo”, disse o motorista, que preferiu não ser identificado. Segundo ele, o suspeito do assalto já havia cometido o crime com ele. “Vários motoristas, companheiros meus, já foram assaltados por esse mesmo rapaz, várias vezes”, disse.

Com informações do G1 RN

A COSERN INFORMA QUE PARA FAZER A AMPLIAÇÃO E O MELHORAMENTO DA REDE IRÁ SUSPENDER O FORNECIMENTO DE ENERGIA NA QUARTA-FEIRA 8 NO POVOADO SUCAVÃO DO CUSTÓDIO E ADJACÊNCIAS NO PERÍODO DE DEZ HORAS E TRINTA MINUTOS DA MANHÃ ATÉ AS DUAS HORAS E TRINTA MINUTOS DA TARDE NO MUNICÍPIO DE MACAÍBA.

CASO O SERVIÇO SEJA CONCLUÍDO ANTES DO HORÁRIO PREVISTO A REDE SERÁ ENERGIZADA SEM QUALQUER OUTRO AVISO.

MAIS INFORMAÇÕES PELO TELEFONE 116.

O Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, disponibiliza 844 vagas gratuitas em cursos profissionalizantes nos municípios de Natal, Mossoró, Macaíba, Caicó e Assu. A iniciativa faz parte do Programa Senac de Gratuidade, cujo objetivo é promover a inclusão social por meio da oferta de vagas gratuitas em cursos de capacitação.

As inscrições ocorrem entre os dias 06 e 09 de abril, exclusivamente pelo do site www.rn.senac.br/psg. Ao todo, são oferecidas 32 opções de cursos, nas áreas de Saúde e Beleza, Turismo e Hospitalidade, Gestão e Negócios, Informática e Comunicação. Entre as capacitações para o mês de maio, estão: Técnico em Estética, Técnico em Podologia, Programador de Sistemas, Balconista de Farmácia, Marketing e Vendas, Operador de Caixa e Editor de Vídeo.

A seleção dos candidatos ocorrerá de acordo com a ordem da inscrição efetuada no site do Senac. Os processos seletivos para cursos inseridos no Programa são lançados mensalmente. Dessa forma, os candidatos que não forem contemplados na atual seleção, poderão se inscrever novamente nas próximas etapas.

Os interessados devem possuir renda familiar mensal de até dois salários mínimos federais, por pessoa. Além disso, deverão preencher os requisitos de escolaridade e idade exigidos pelo curso escolhido, que variam de acordo com a modalidade selecionada.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (84) 4005-1000 e pelo site www.rn.senac.br. Ler mais…

Quem tem acompanhado a rede social Facebook e,  o grupo Macaíba-Rio Grande do Norte, viu que o clima tá tenso e o bicho tá pegando. Aí vocês se perguntam: por que? E eu respondo agora: o secretário Lindoarte Lima e a vereadora Kátia Sena estão “batendo boca” ao ponto que,  muitas pessoas já estão achando ridículo a postura de ambos,  pois são pessoas públicas e não deveriam estar agindo desta forma.

Confira aqui o que está acontecendo de fato no endereço eletrônico: https://m.facebook.com/groups/709476745740961?notif_t=group_activity&ref=m_notif

Por Carlos Santos

imagem

Inaugurou em Macaíba a mais nova academia de artes marciais, a filial do Judô clube Nagashima Dojo Heikô, dispondo de uma ótima estrutura física e de instrutores capacitados para as diversas modalidades oferecidas, sendo elas: JUDÔ, JIU-JITSU, LUTA OLÍMPICA (WRESTLING), MMA-SUBMISSION E MUAY-THAI. Para o professor e empreendedor Robert Alves a realização deste sonho conta com o apoio e suporte do seu Sensei Anderson Araújo faixa preta 4° Dan de Judô. A criação da academia era um sonho antigo, pois antes presenciava os seus familiares (filho, esposa e irmã) tendo que se deslocar até Natal para treinar Judô, mas agora a oportunidade de treinar e ter uma melhor qualidade de vida  está disponível em nossa cidade.

Venha nos conhecer e realizar uma aula experimental,  temos turmas: INFANTIL, MASTER e turmas exclusivamente FEMININA. estamos localizados na rua Amélia Machado, 51 – Conjunto IPE. Contato (84) 91943944/99245526/87421220.

Valério Mesquita*

Mesquita.valerio@gmail.com

“Estefânia de Freiras, nascida em 26 de dezembro de 1908 em Macaíba e falecida em 1 de abril de 2009. Causa mortis: falência múltipla dos órgãos. Morreu em Natal no Hospital Universitário Onofre Lopes, onde estava internada por complicações de um marca-passo. Era evangélica da Assembléia de Deus, à qual se congregou após os 90 anos de idade. Era viúva e tinha dois filhos: José de Freitas (Zé Lourinho) e Ismar Fernandes Duarte (Duartinho). Notabilizava-se como cozinheira regionalista. Preparava pratos como galinha à cabidela, galinha torrada, bife assado batido na cebola, doce de coco com mamão, tapioca com coco e outros, como ninguém os preparava*. Também era benzedeira (às escondidas). Rezava só para os íntimos. Balbuciava algumas palavras santas até que o galho de suas mãos murchasse. Durante muitos anos sua casa era referencia nos dias de sábado (dia de feira); o “point” da época – onde as pessoas que vinham da zona rural, sempre a procuravam para “deixar” suas compras. Era um festival de feijão verde, de objetos de alumínio, de bananas, de farinha de mandioca, etc. Vale salientar que tudo isso só tinha graça porque havia o famoso café de dona Ester que ela servia generosamente aos hospedes “relâmpagos”.

Para encerrar, destaco que recordar D. Ester é lembrar-se do tempo, da história do tempo em Macaíba. Havia em sua casa uma radiola ABC de madeira, através da qual ouvia-se a patrulha policial. Lá estava ela todos os dias, pontualmente às 11:30h para ouvir as notícias sensacionalistas. E ai de quem a interrompesse! Levava tremenda bronca quem bagunçasse. Ela admirava o programa de Auta Vieira e a elogiava bastante. Ester sempre rejeitou televisão, tanto é que nunca quis uma em sua sala. Sua paixão era mesmo o rádio e os discos de vinil do Trio Nordestino. Até aproximadamente os 98 anos de idade. A conversa com D. Ester convertia-se numa aula de hábitos e costumes, de memória viva. Sem exageros, um relato seu faria inveja a qualquer aula inaugural de Ariano Suassuna. Quem atrapalhasse Ester ou mudasse de conversa, era trabalho perdido, pois ela retornava à história com uma precisão perfeita. Palmas para ela.

(*) Dona Ester quando dispunha de boa saúde física preparava uma paçoca no pilão como eu nunca vi igual. De “lamber os beiços”.”

Até aqui, falou o seu neto Hérveton Duarte, odontólogo, macaibense. Palavras pontuais e retrospectivas da trajetória, do cotidiano, de um ser simples, boníssimo e solidário. A sua calçada, à rua Dix-Sept Rosado, tornou-se uma das preferidas do velho Mesquita para beber o seu cafezinho preparado pelas mãos miraculosas de Ester. Ali, prosperava o papo com mestre Augusto, seu esposo, na oficina ao lado. A tarde morria, lentamente, mas ressuscitava todos os dias para os mesmos hábitos da fraterna amizade. Relacionamento que nascera desde Ritinha (Rita de Freitas, de Luis de Freitas, seu filho), eximia na pilagem do café, lá na rua do Cajueiro (Baltazar Marinho).

Estefânia foi tudo isso que Hérveton falou e mais ainda: de todas as múltiplas virtudes, dos seus belos gestos e traços caracterológicos destaco o da extrema lealdade aos amigos. Sofreu grandes perdas ao longo de sua centenária vida: a do esposo, a do filho Ismar (meu amigo e meu irmão), além de outros amigos e familiares próximos, mas, mesmo sozinha, arrostou os infortúnios, amparada pelos queridos netos. Ao amigo José Lourinho, filhos e netos, igualmente os familiares do inesquecível vereador e cancioneiro popular Duartinho, ofereço o meu ramalhete de emoções. Estefânia foi a óbito no mesmo mês (abril) e no mesmo hospital (Onofre Lopes) que seu Mesquita morreu. E até na extinção da vida eles foram solidários. Adeus comovido a Ester, pois ainda me lembro dos últimos acenos nas noites verânicas e festivas das antigas passeatas políticas!

(*) Escritor.

casa da cultura

A COSERN INFORMA QUE PARA FAZER A AMPLIAÇÃO E O MELHORAMENTO DA REDE IRÁ SUSPENDER O FORNECIMENTO DE ENERGIA NA QUINTA-FEIRA 9 NO DISTRITO INDUSTRIAL NA RUA ROSEMARY ARENA COLOMBO E ADJACÊNCIAS NO PERÍODO DE UMA HORA DA TARDE ATÉ AS CINCO HORAS DA TARDE NO MUNICÍPIO DE MACAÍBA.

CASO O SERVIÇO SEJA CONCLUÍDO ANTES DO HORÁRIO PREVISTO A REDE SERÁ ENERGIZADA SEM QUALQUER OUTRO AVISO.

MAIS INFORMAÇÕES PELO TELEFONE 116.

imagem