Polícia Arquivo

G1 RN – O agente penitenciário Dhayme Araújo da Silva, que é o coordenador da Administração Penitenciária do Estado (Coape), sofreu um tiro de arma de fogo enquanto fazia uma ronda externa no Complexo Penitenciário de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal. O caso aconteceu na noite deste sábado (2), por volta das 23h.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), o servidor foi ferido por “um disparo acidental de arma de fogo”. Ainda de acordo com nota emitida pela pasta, o caso aconteceu durante a realização de uma ronda na área de acesso do complexo penitenciário.

“O agente está no centro cirúrgico do Hospital Walfredo Gurgel. A Sejuc acompanha a evolução de seu quadro de saúde e já disponibilizou todo o apoio necessário”, informou a nota.

Ainda de acordo com a secretaria, as circunstâncias do incidente ainda serão apuradas.

Policiais Civis da Delegacia Municipal de São José de Mipibu deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva, na tarde deste sábado (2), em desfavor de José Emiliano Barbosa, 19 anos, pela prática do crime de roubo qualificado.

Por sua vez, na zona rural de São José de Mipibu, a equipe prendeu em flagrante delito Fábio Júnior Barboza, 26 anos, por porte ilegal de munição calibre 38.

A Polícia Civil conta com auxílio da população no envio de informações que possam ajudar nas investigações. As denúncias possuem garantia de sigilo e podem ser realizadas por meio do 181.

PC/ASSECOM

Foto: MPRN/Divulgação

O Ministério Público do Rio Grande do Norte e a Polícia Militar deflagraram nesta quinta-feira (28) uma operação denominada ‘Cancão’, cujo objetivo é combater uma facção criminosa que age dentro e fora de unidades prisionais potiguares. Ao todo, estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em 15 municípios. O nome da operação é referência a uma ave típica do semiárido nordestino.

Segundo o MP, a ação é fruto de uma investigação iniciada em 2017 para apurar a atuação da organização criminosa, principalmente em cidades da região Seridó.

As investigações apontam que a principal atuação do grupo é a aquisição, transporte, armazenamento e distribuição de drogas na região.

Além disso, a facção também é responsável por homicídios, roubos, furtos e lavagem de dinheiro.

G1 RN

Foto: PF-RN/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou hoje (28/02) a Operação Godela*, destinada a apurar a prática dos crimes de associação criminosa, obtenção de financiamento mediante fraude e uso de documentos falsos, no Rio Grande do Norte.

Cerca de 20 policiais federais deram cumprimento a três mandados de prisão preventiva, cinco mandados de busca e apreensão domiciliar e cinco mandados de busca e apreensão de veículos, nas cidades de Natal/RN e Ceará-Mirim/RN. As medidas foram expedidas pela 2ª. Vara da Justiça Federal/RN.

As medidas cumpridas nesta manhã têm por objetivo prender três investigados, coletar outras provas das práticas das infrações penais, identificar os demais membros da associação criminosa, além de apreender os veículos produtos do crime.

A investigação teve início no mês de janeiro de 2019, quando a Polícia Federal recebeu notícia-crime dando conta do financiamento de veículos com documentos falsos em uma loja de automóveis no bairro de Lagoa Seca, nesta capital. No decorrer das investigações, foram reunidos elementos de prova relacionados à consecução de cinco fraudes consumadas e uma tentada, perpetradas pelo mesmo grupo criminoso, num intervalo de menos de dois meses. Ler mais…

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

G1 RN – Um homem foi assassinado dentro do próprio carro no início da tarde desta quarta-feira (27), próximo ao Centro Comercial Aluízio Bezerra (CCAB) Sul, em Capim Macio, na Zona Sul de Natal. Uma mulher, sogra da vítima, que também estava no veículo, foi baleada.

De acordo com a Polícia Militar, Vitor Martins Lima dirigia o automóvel, uma caminhonete Amarok, quando foi abordado pelos criminosos, que se aproximaram atirando. Ainda segundo a PM, depois de atingido, Vitor Lima perdeu o controle do carro e bateu em uma árvore no canteiro central da rua que passa atrás do CCAB.

Os bandidos seguiram o veículo e atiraram mais vezes na direção dele. Em seguida os assassinos fugiram e não foram mais vistos. Ninguém foi preso. O condutor atingido ainda foi socorrido, mas chegou morto ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. A sogra dele foi atingida por uma bala na perna.

A PM informou também que, no momento em que foi alvejado, Vitor saía com a sogra e a esposa dele de um estabelecimento que pertence à família e fica no Centro Comercial.

Um policial reformado (aposentado por apresentar problemas psicológicos) foi morto a tiros na noite desta terça-feira (26) no bairro Cidade Alta, na Zona Leste de Natal. Luciano de Aquino Ramos tinha 43 anos. Ninguém foi preso.

O crime aconteceu na Rua Capitão Silveira Barreto, próximo ao viaduto do Baldo. Segundo a assessoria de comunicação da PM, o soldado estava sozinho quando foi surpreendido por dois homens que se aproximaram em uma motocicleta. Após os disparos, os assassinos fugiram.

G1 RN

Um sargento aposentado do Corpo de Bombeiros foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (25) em um bar na comunidade Sítio Campinas, em Genipabu, na cidade de Extremoz, na Grande Natal. O assassino também foi morto. Segundo a Polícia Militar, o atirador foi pego e esfaqueado por clientes que estavam no bar. Ninguém foi preso.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o sargento aposentado Ivan Ferreira da Silva, de 58 anos, era o dono do bar. Ele teria tentado separar uma briga. Foi quando um homem identificado como Givanildo Pedro do Nascimento, de 27, sacou um revólver e atirou. Disparos atingiram o bombeiro, que não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser socorrido.

O atirador tentou fugir, mas acabou sendo alcançado, esfaqueado e morto por algumas pessoas que estavam no bar.

O bombeiro Ivan ingressou no Corpo de Bombeiros em 1981, e estava aposentado desde 2010.

A Polícia Civil trabalha para tentar identificar as pessoas que esfaquearam e mataram Givanildo.

G1 RN

Durante a “Operação Clássico Rei”, esquema de segurança para a partida de futebol entre América e ABC, realizado na noite desta quarta-feira (20) no Estádio Arena das Dunas, policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque – BPCHOQUE detiveram um torcedor que estava de posse de nove unidades de LSD e usando tornozeleira eletrônica. Alisson David da Silva, 19 anos, foi conduzido à Delegacia de Plantão da Zona Norte.

A Polícia Militar esteve atuando dentro e fora do estádio com o intuito de garantir a segurança de todo o perímetro do complexo Arena das Dunas e vias de acesso. O Comandante Geral da PM, Coronel Alarico, esteve pessoalmente acompanhando a Operação.

PM/ASSECOM

Um assaltante morreu baleado e outro acabou ferido e preso ao trocarem tiros com a polícia após roubarem uma casa lotérica na manhã desta quinta-feira (21) na cidade de Santa Cruz, na região Agreste potiguar.

Segundo a Polícia Militar, o assaltante que morreu ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento. Já o comparsa, que é menor de idade, não corre risco de morte. O confronto aconteceu na porta da lotérica, quando a dupla tentava fugir em uma motocicleta.

Segundo o major Eudes Valério, comandante da PM em Santa Cruz, a dupla é suspeita de ter realizado outros assaltos na região. Com eles os policiais conseguiram recuperar aproximadamente R$ 3 mil, dinheiro que a dupla havia roubado da lotérica. Uma arma de fogo foi apreendida.

G1 RN

Foto: Ivanucia Lopes/ Inter TV Costa Branca

Uma mulher de 22 anos foi presa em Mossoró, Oeste potiguar, suspeita de matar a própria filha, um bebê recém-nascido. Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu logo depois que a mulher deu à luz, na tarde deste domingo (17).

Ainda de acordo com a polícia, depois que a menina nasceu, a suspeita a arremessou pela janela do apartamento em que morava, no 3º andar, no bairro Planalto. O bebê foi encontrado na área comum do condomínio, morto.

A mulher foi presa em flagrante pela polícia e, inicialmente, negou que estava grávida e havia tido uma filha. Porém exames médicos comprovaram a gestação. Em seguia, ela confessou o crime. A mulher morava com os pais, que disseram aos policiais que não sabiam da gravidez.

A menina nasceu com sete meses e, segundo levantou a perícia, estava viva antes de ser jogada pela janela. A suspeita foi levada para a ala feminina da Penitenciária Agrícola de Mossoró.

G1 RN

Um bandido morreu na noite desta quarta-feira (13) ao trocar tiros com policiais militares dentro de uma base da PM em Extremoz, cidade da Grande Natal. O criminoso foi parar dentro da base graças a um motociclista que o próprio bandido fez de refém ao tentar roubar uma moto.

Para tentar escapar do ladrão, que subiu na garupa do veículo, o motociclista invadiu o destacamento em busca de ajuda. Foi quando aconteceu o confronto.

Segundo a PM, o motociclista estava a caminho de uma autoescola quando foi rendido pelo assaltante e obrigado a pilotar com o bandido na garupa. Ao passar em frente ao batalhão da PM, a vítima entrou no estacionamento do prédio em alta velocidade e gritou por socorro.

O ladrão e os policiais de plantão trocaram tiros. O motociclista não se feriu. Já o assaltante, acabou baleado e socorrido ao hospital. Porém, ele não resistiu ao ferimento. Até o momento o assaltante ainda não foi identificado. Com ele os policiais apreenderam um revólver.

G1 RN

Foto: Inter TV Costa Branca

Oitocentos militares do Exército brasileiro realizam nesta quarta-feira (13) uma operação de segurança para a transferência de detentos para a Penitenciária Federal de Mossoró, na região Oeste potiguar. Os detentos chegam ao Rio Grande do Norte vindos de presídios em Presidente Venceslau e em Presidente Bernardes, no interior de São Paulo.

O desembarque deve acontecer ainda nesta tarde. Contudo, ainda não se sabe quantos virão nem quem são os presos. A operação foi batizada de ‘Tranca Forte’. Das duas unidades de São Paulo saíram 22 presos.

Os militares devem permanecer em Mossoró até o dia 27, segundo publicação feita no Diário Oficial da União na edição desta quarta. O decreto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, também prevê reforço de tropas federais para a Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia.

A transferência de integrantes do PCC ocorre após o governo paulista ter descoberto um plano de fuga para os chefes e ameaças de morte ao promotor que combate a facção no interior de São Paulo. A facção atua dentro e fora dos presídios brasileiros e internacionalmente.

G1 RN

Foto: Sergio Lima / Folhapress

O governo de São Paulo transfere na manhã desta quarta-feira, 13, o chefe máximo do PCC, Marco Camacho, o Marcola, para um presídio federal. O destino ainda não foi revelado, mas estipula-se que seja Brasília.

Além dele, estão sendo transferidos em forte esquema de segurança ​​outros 21 membros da facção, parte também integrante da cúpula.

Os detentos estavam em Presidente Venceslau (a 611 km de São Paulo) e estão neste momento no aeroporto da vizinha Presidente Prudente para a transferência. Eles também serão transferidos para os presídios federais de Porto Velho (RO) e Mossoró (RN).

Sete desses presos tiveram a transferência definida no ano passado por conta de envolvimento em crimes investigados na operação Echelon, entre eles ordem para ataques a agentes públicos e assassinatos de rivais.

Já Marcola está sendo transferido por conta da descoberta em 2018 de um plano de fuga que utilizaria até um exército de mercenários para o resgate dele e de parte da cúpula da facção. ​

A transferência de Marcola provocou um racha nos meses do governo Márcio França (PSB) entre integrantes da cúpula que defendiam a transferência de Marcola e outros que temiam represália por parte dos criminosos se essa transferência fosse concretizada, a exemplo do que ocorreu em maio de 2006, quando forças de segurança foram atacadas em represália à transferência de 765 presos para Presidente Venceslau. Ler mais…

G1 RN – Sete casas de um condomínio fechado em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, foram alvos de criminosos na noite desta terça-feira (12). Ninguém foi preso.

Segundo a PM, o arrastão aconteceu por volta das 21h, momento em que três homens armados renderam alguns moradores que estavam saindo para ir a uma missa. As vítimas foram obrigadas a abrir o portão para os assaltantes.

O condomínio fica no bairro Jardim Petrópolis, e todas as sete casas que pertencem ao residencial foram invadidas. O carro de um dos moradores foi usado para transportar os objetos das casas e também foi roubado.

Foram levados aparelhos de TV, computadores, aparelhos celulares, joias, entre outros objetos.

A Polícia Militar foi chamada logo após o arrastão e fez buscas pelos criminosos, mas nenhum suspeito foi encontrado.

A Polícia Rodoviária Federal vem atuando com muito empenho no combate a um dos crimes mais recorrentes em todo o Brasil, o furto e roubo de veículos. Em apenas dois dias (08 e 09/02), a PRF recuperou nas rodovias federais no RN, três veículos que circulavam com placas clonadas e com queixa de furto/roubo. Outros três veículos foram apreendidos por constar adulteração na numeração do chassi e do motor.

De acordo com os dados estatísticos, a PRF já recuperou neste ano, quinze veículos com registro de furto/roubo, além de apreender outros treze por apresentarem sinais de adulteração nos itens identificadores (chassi e motor). Dos três veículos recuperados nesse final de semana, dois eram do modelo HB20 e um do modelo Punto (fotos em anexo).
Há de se ressaltar que o crescimento no número de veículos recuperados se deve principalmente ao empenho e a qualificação dos policiais rodoviários, na temática de fiscalização veicular.

A Polícia Rodoviária Federal enfatiza que, em caso de furto ou roubo de veículos, a pessoa deve comunicar o fato com a maior brevidade possível. Para agilizar e otimizar a recuperação do carro, o proprietário pode utilizar também o Sistema Nacional de Alarmes – SINAL, através do Site www.prf.gov.br/sinal e fazer o registro da ocorrência.

A 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar de Santa Cruz, na região Agreste potiguar, deflagrou uma ação de combate ao tráfico de drogas e outros crimes na manhã desta quinta-feira (7). A Operação Atlas, cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão emitidos pela Justiça.

Pelo menos quatro prisões foram registradas até a publicação desta reportagem. Um homem e uma mulher foram presos em flagrante por tráfico de drogas, logo após também terem sido alvo de um mandado de busca e apreensão.

Ainda segundo a polícia, outro homem, foi preso por força de mandado de prisão pelo crime de estupro, em um sítio na zona rural do município de Lajes Pintadas.

Um quarto preso já estava custodiado no sistema penitenciário. Ele recebeu voz de prisão e foi informado que tinha um novo mandado de detenção preventiva em virtude de outra investigação contra ele.

Segundo a delegacia, a operação foi batizada de Atlas em alusão ao efetivo da Polícia Civil, “um dos menores do Brasil, em comparação com o tamanho da missão que tem a desempenhar no dia a dia, com investigações que resultam em operações importantes ao longo dos últimos anos”.

G1 RN

Foto: PRF/Divulgação

Um grupo armado invadiu uma fazenda localizada entre Natal e Ceará-Mirim e fez um arrastão no local. Na fuga, os bandidos trocaram tiros com policiais rodoviários federais. Um bandido foi morto e outros cinco conseguiram fugir. O material roubado foi recuperado.

De acordo com a PRF, uma das vítimas conseguiu chegar ao posto da polícia em São Gonçalo do Amarante e informar sobre o arrastão. A equipe se deslocou até o local e conseguiu interceptar o veículo em que estavam os bandidos.

Ainda segundo informações da PRF, eram seis criminosos. Houve troca de tiros e um dos bandidos foi baleado e morreu no local. Os outros conseguiram fugir. A PRF recuperou o veículo e os pertences roubados e apreendeu quatro armas: três espingardas e um revólver calibre 38.

G1 RN

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um homem suspeito de ter participado de uma tentativa de assalto – crime que terminou com um sargento baleado e dois bandidos feridos e presos nesta sexta-feira (1º) na Grande Natal – foi retirado de dentro de uma ambulância e assassinado a tiros. O veículo, que pertence ao hospital de Brejinho, fazia o transporte do paciente para a capital potiguar. Uma viatura da PM, que fazia a escolta, quebrou momento antes de um carro se aproximar e interceptar a ambulância.

Segundo informações do hospital de Brejinho, o suspeito e um outro homem interceptaram uma ambulância que estava a caminho de Brejinho, momento em que obrigaram os pacientes a saírem do veículo. O motorista, então, foi forçado a prestar socorro ao suspeito, que estava ferido. O segundo homem não seguiu com a ambulância e ainda é procurado.

Já no hospital de Brejinho, o suspeito foi atendido e seu estado de saúde estabilizado. Porém, ele precisou ser transferido para Natal e foi colocado em uma outra ambulância. Uma viatura da Polícia Militar foi acionada para fazer a escolta do paciente até a capital.

No meio do caminho, porém, a viatura quebrou, e a ambulância seguiu para Natal sem a escolta. Pouco tempo depois, após passar pela cidade de Monte Alegre, a ambulância foi interceptada. De dentro de um carro, homens armados atiraram na ambulância, que parou. Ler mais…

Um sargento da Polícia Militar, lotado no Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), levou vários tiros dentro de casa durante uma tentativa de assalto no final da madrugada desta sexta-feira (1º) em São José de Mipibu, cidade da Grande Natal. Dois criminosos também foram feridos e estão presos. Um terceiro bandido conseguiu fugir.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, o sargento foi socorrido ao Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim, também na região metropolitana da capital potiguar. O estado de saúde dele é considerado gravíssimo. Um dos disparos acertou a cabeça do policial.

Já os assaltantes, um foi levado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, e o outro foi encontrado ao dar entrada na UPA da Cidade da Esperança, em Natal. Ambos receberam voz de prisão.

Os três bandidos invadiram a casa do sargento por volta das 5h. O objetivo era fazer um arrastão na residência. Porém, o PM acordou, percebeu a tentativa de assalto e reagiu. Foi quando houve a troca de tiros. A mulher e os filhos do policial não foram feridos.

O carro do PM, que foi levado durante a fuga, foi encontrado abandonado na BR-226, em Macaíba. Guarnições que foram acionadas para dar apoio ao sargento ainda fizeram buscas para tentar encontrar o terceiro assaltante, mas nenhum suspeito foi encontrado.

G1 RN

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou nesta quinta-feira (31) uma operação denominada ‘Sal da Terra’, cujo objetivo foi o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de uma facção criminosa que atuam no tráfico de drogas no estado. Mais de R$ 100 mil foram apreendidos.

Os mandados foram cumpridos na Grande Natal, e em quatro cidades da região salineira do estado: Pendências, Alto do Rodrigues, Macau e Guamaré.

Cerca de 200 policiais civis e militares participaram da ação, que também contou com o apoio de agentes penitenciários.

Além do dinheiro, armas e drogas também foram apreendidas. Ainda não há a confirmação de quantos suspeitos foram presos.

G1 RN

PC/ASSECOM

Policiais civis da 6a. Delegacia de Polícia de Natal prenderam em flagrante um pai, de 35 anos, suspeito de ter tentado estuprar a sua filha, uma adolescente, 16 anos, nesta segunda-feira (28). A garota, que não mora com o suspeito, foi buscar um aparelho celular na casa do pai no bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal. Ao chegar na residência dele, o homem forçou a menina a tentar tirar a roupa, com uso de violência.

“A adolescente gritou e um vizinho foi até ao local, ao ouvir os gritos de socorro. Quando o vizinho chegou, viu o pai tentando estuprar a adolescente. O pai alegou que a menina estava gritando porque ele estava dando uma surra nela, pelo fato da filha estar se envolvendo com pessoas erradas. Neste momento, a filha falou que o pai estava tentando a estuprar e o homem saiu correndo pela rua”, descreveu a delegada Michele Barros, da 6a. Delegacia de Polícia de Natal.

Após a afirmação da adolescente, o homem foi linchado por moradores. Após as lesões, o pai foi à Delegacia fazer um registro contra os moradores. A Polícia Civil decidiu averiguar as circunstâncias e descobriu que o homem era um suspeito por crime e não uma vítima. “Diante disso, o pai agressor foi preso em flagrante delito por tentativa de estupro e a filha foi encontradaescondida na casa de uma moradora”, declarou a delegada Michele Barros.

G1 RN – O Hospital Municipal de Taipu, distante pouco mais de 50 quilômetros de Natal, foi alvo de criminosos na madrugada desta segunda-feira (28). Os bandidos fizeram um arrastão na unidade e levaram aparelhos de TV, celulares de funcionários e mais o carro de um médico.

Segundo o major Tony Swamarn, comandante da PM na região, testemunhas relataram que o crime aconteceu pouco depois das 3h. Eram seis os criminosos, dois deles armados com um revólver e uma pistola.

Os assaltantes renderam os servidores que estavam de plantão e tomaram deles os aparelhos celulares. Aparelhos de TV da unidade também foram levados, além de um Jeep Renegade, que pertence ao médico.

O carro ainda não foi encontrado.

Seis homens foram presos na madrugada desta sexta-feira (25) suspeitos de tentarem assaltar motoristas que trafegavam pela Reta Tabajara, como é mais conhecido o trecho da BR-304 entre Macaíba e o trevo de acesso à BR-226, na Grande Natal. Uma das vítimas foi um vereador do município de São João do Sabugi, que levou um tiro no peito. Ele foi levado consciente para o hospital.

Segundo a PRF, o primeiro alvo dos criminosos foi uma Amarok. Mas, o motorista conseguiu escapar da ação e pediu socorro no posto da PRF, em Macaíba. Enquanto os policiais rodoviários seguiam para a Reta Tabajara, os bandidos emparelharam o carro em que estavam, um Fiat Strada, a uma caminhonete Split, onde estavam dois sargentos da PM, dois servidores do Detran e o vereador.

Um dos bandidos atirou contra o motorista da Split, mas o tiro acabou acertando o peito do vereador de São João do Sabugi, que estava no banco do carona. O vereador foi socorrido para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

Quando os policiais chegaram ao local onde estavam ocorrendo os assaltos, os criminosos estavam prestes a abordar um caminhoneiro. O Fiat Strada foi interceptado e os bandidos presos. A PRF informou que as armas dos assaltantes não foram apreendidas porque foram jogadas no mato e ainda não foram encontradas.

Já os criminosos, foram reconhecidos e entregues à Polícia Civil, na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal.

G1 RN

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

Foi preso na tarde desta quarta-feira (23) no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal, um jovem de 18 anos suspeito de participação na morte do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva, de 43 anos – crime ocorrido no dia 16 de agosto na RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar.

Lucivan Dantas Rocha, de 18 anos, que tinha mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele é um dos 19 denunciados pelo MP por participação no assassinato do cabo.

Os delegados Christiano Melo e Sandro Reges confirmaram a prisão. Sandro, que é delegado regional, disse ao G1 que o preso será levado para Caraúbas, pois ainda há mandados a serem decretados por outros crimes cometidos na região.

Procurados

Ainda de acordo com Sandro Reges, com a captura de Lucivan chega a 13 o número de suspeitos presos aguardando julgamento e seis ainda ainda são procurados (cinco adultos e um adolescente).

Os procurados são:

Antônio Alcivan Fernandes Júnior (Juninho Mangueira)
Wilhian Bezerra de Oliveira (Belo das Mirandas)
Judson Rodrigues Vieira (Juca Ladrão)
José Fernandes da Silva (Dedé do Fogo)
Valdi da Cachoeira

G1 RN

Policiais civis da Divisão Especializada em Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nesta segunda-feira (21), Matheus Costa do Nascimento, 18 anos. Ele é suspeito de participar do latrocínio que vitimou um professor universitário de 30 anos, dia 2 de dezembro de 2018, no bairro do Potengi, em Natal. Além de Matheus, a polícia prendeu no dia seguinte ao crime, Raynara Tayse da Silva Santana, de 18 anos e apreendeu um adolescente, ambos por participação no latrocínio.

No momento do crime, o professor estava no interior do seu carro em frente a sua residência quando foi abordado por três criminosos e, ao tentar sair em velocidade com o veículo, foi alvejado por disparos de arma de fogo na cabeça. Em depoimento à DHPP, Matheus Costa contou que ele tinha uma certa dívida no valor de 8 mil reais, e por isso teria pego emprestada a arma usada no crime (um revólver calibre 32) para roubar o carro, vendê-lo e pagar esta dívida. Além disso, contou que no dia 2 de dezembro, o adolescente teria chamado um uber, já ciente da ação criminosa. Logo após, eles saíram da casa de Raynara em um crossfox, dirigido pelo uber, que teria ainda apontado o veículo a ser roubado.

A Polícia Civil continua as invetigações do caso com o intuito de verificar a versão de Matheus, que inclui a participação do motorista de uber na ação criminosa.

PC/ASSECOM

Quatro turistas argentinas foram assaltadas na tarde deste domingo (20) em uma parada de ônibus na praia de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal.

O criminoso, que estava em uma motocicleta, levou os celulares de três delas. Policiais militares rastrearam os celulares roubados e um homem foi preso por receptação.

Dois dos três telefones roubados foram rastreados graças ao GPS, que indicou a localização dos aparelhos. Os celulares foram encontrados dentro de uma casa no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade.

O assaltante não foi encontrado, mas o dono da casa acabou preso por receptação de produtos roubados. Além dos dois celulares recuperados, os policiais ainda apreenderam outros nove aparelhos.

G1 RN

G1 RN – Policiais militares apreenderam em Parnamirim, na Grande Natal, mais de 50 pés de maconha e uma estufa, dentro de uma casa. A apreensão aconteceu nesta sexta-feira (18), no bairro Boa Esperança. Um homem e uma mulher que estavam no local foram presos.

Os PMs passavam pela rua à procura de um celular que havia sido roubado, quando viram um homem correndo, após perceber a presença da viatura. Depois de o abordagem, os policiais chegaram até o imóvel onde estava a plantação e a estufa. Lá estava também a mulher que foi presa junto com o primeiro suspeito.

Foto: Arquivo da família

A Polícia Civil acredita que a morte da empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, em novembro de 2018, no interior do estado, foi uma execução. A informação foi divulgada durante uma entrevista coletiva concedida pelos delegados responsáveis pela investigação, na tarde desta quinta-feira (17). Dois suspeitos foram presos nos estados de Sergipe e Alagoas, mas a polícia ainda procura outras três pessoas que possivelmente estão envolvidas no crime.

Dona de um posto de combustíveis, Maria da Conceição foi assassinada com um tiro na cabeça na madrugada de 8 de novembro do ano passado. O diretor da Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor), delegado Erick Gomes, afirmou que a possibilidade de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, foi descartada, porque a filha, que acompanhava a mulher, foi liberada pouco após elas terem sido abordadas e porque o carro e outros objetos pessoais foram deixados para trás na cidade paraibana de Mamanguape.

“Sem sombra de dúvidas, foi um crime encomendado”, afirmou o delegado, que disse que a razão da execução ainda é investigada.

Os homens presos em Alagoas e Sergipe foram identificados graças a um carro alugado em Pernambuco. O automóvel usado pelos criminosos foi encontrado carbonizado entre as cidades de Santo Antônio e Espírito Santo, no interior do Rio Grande do Norte. Os policiais conseguiram identificar que ele pertencia a uma locadora de Recife e, em contato com a empresa, conseguiram identificar que o contrato de locação aconteceu 11 dias antes do crime. Ler mais…

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma ação conjunta das Polícias Civis do Rio Grande do Norte, de Alagoas e de Sergipe resultou na prisão de dois homens que são suspeitos pelo assassinato da empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, 56 anos, que teve o corpo encontrado na zona rural do município de Pedro Velho, dia 08 de novembro de 2018, após ter sido levada por homens armados, um dia antes. As prisões são frutos de uma investigação realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em conjunto com a Delegacia Municipal de Canguaretama.

Fábio de Souza Santos, conhecido como Fábio “Xuxa”, já respondia por outros crimes e foi preso na cidade de Arapiraca, em Alagoas. Ele é apontado como o autor dos disparos que vitimou Maria da Conceição. Lucio Silva Calazans Júnior, que é apontado pela investigação como o homem que alugou o carro usado no crime, foi preso na cidade de Aracajú, Sergipe. A polícia continua investigando o caso com o intuito de desvendar se houve a participação de mais pessoas.

G1 RN – Um lutador de artes marciais de 41 anos foi morto a tiros no final da noite desta terça-feira (15) dentro de um bar no conjunto cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. Ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

Segundo a Polícia Militar, George Luiz da Silva estava em uma mesa do lado de fora do bar quando um carro se aproximou com três pessoas dentro. Sem descer do veículo, eles atiraram no lutador. O bar fica na esquina da Avenida dos Xavantes com a Rua Mogi Guaçu. O lutador ainda tentou correr, mas não conseguiu escapar.

Após os disparos, os assassinos fugiram. A PM ainda disse que o pai e um irmão de George foram ao bar assim que souberam do homicídio, mas não tinham suspeitas para a motivação do assassinato.

Buscas ainda foram feitas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado. O crime será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).