Rio Grande do Norte Arquivo

Após a realização de 1.847 operações para a concessão de microcrédito em 2019, o Governo do Estado, através da Agência de Fomento do RN (AGN-RN), garantiu 2.770 postos de trabalho em todo o Rio Grande do Norte. A estimativa é da Gerência de Microcrédito da Agência, responsável pelo análise e concessão das operações.

A cada operação de microcrédito realizada, 1,5 pontos de trabalho em média são criados na cidade. Em caso de renovação do crédito, além do efeito da manutenção da vaga, é potencializada a possibilidade de criação de novos postos.

“O Poder Público tem a função básica de promover oportunidade às pessoas. Por isso, é muito importante esse papel da AGN em contrariar essa onda de desemprego ao promover o desenvolvimento social e econômico a partir do empreendedorismo. Pessoas tem transformado a própria vida e se tornado donas de seus próprios negócios”, afirmou a diretora-presidente, Márcia Maia.

Nesta semana, a Agência concedeu a renovação de microcrédito a 146 empreendedores das cidades de Caraúbas, Upanema e Campo Grande a partir de um investimento total de R$ 447 mil. Nos primeiros cinco meses de 2019, o Governo concedeu microcrédito para empreendedores de 79 municípios em todas as regiões do RN. Ler mais…

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (24), a um mandado de prisão em desfavor de Edilson Tavares dos Santos, conhecido como “Pezão ou Psicopata”, 35 anos. O mandado, expedido pela 17ª Vara Criminal da Comarca de Natal, refere-se à sentença condenatória pela prática dos crimes de roubo e homicídio. A prisão aconteceu no bairro Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal.

Edilson Tavares, que estava foragido da Justiça, foi condenado a uma pena de 26 anos, 01 mês e 22 dias, a ser cumprida inicialmente no regime fechado. Ele foi conduzido à delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

ASSECOM/RN – O Governo do Rio Grande do Norte vai retomar as negociações com as companhias de transporte aéreo e buscar uma solução para o problema da desigualdade de preços e a malha aérea entre os estados do Nordeste. A decisão veio nesta sexta-feira (24) depois que a Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) formalizou um pedido de retificação para inclusão do Rio Grande do Norte na cláusula quinta do convênio de número 188, de 2017, do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que libera os estados signatários a reduzir a base de cálculo do ICMS na saída interna de QAV para as companhias aéreas. Foi comprovado pela análise de reuniões anteriores que houve exclusão equivocada do Rio Grande do dispositivo.

Técnicos da secretaria identificaram documentos que comprovam a adesão do Rio Grande do Norte ao convênio e os mesmos arquivos não mostram nenhum pedido de saída do RN. Inadvertidamente, a secretaria do Confaz excluiu o Rio Grande do Norte das publicações posteriores ao pedido oficial de inclusão e, devido à transição de governo, o tema vinha sendo tratado como se o estado estivesse impossibilitado de ajustar o valor da alíquota para esse combustível.

“Ficam os Estados de Alagoas Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe autorizados a conceder redução de base de cálculo na saída interna de QAV, promovida por distribuidora de combustível com destino a consumo de empresa de transporte aéreo de carga ou de pessoas, observadas as disposições, condições e requisitos previstos em ato normativo da própria unidade federada”, ratifica o texto da cláusula quinta da legislação na página do Confaz, que é ligado ao Ministério da Economia (https://www.confaz.fazenda.gov.br/legislacao/convenios/2017/CV188_17).

Depois de ameaçar travar a pauta das reuniões ordinárias e extraordinárias do conselho, o Rio Grande do Norte decidiu reunir argumentos para ingressar com uma ação judicial a favor da permissão de o estado negociar um menor percentual sobre o imposto para o setor e resolver os problemas ligados às altas tarifas para os voos que aterrissam no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante e baixa oferta de assentos nas aeronaves. Ler mais…

O ex-comandante do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), tenente-coronel Rodrigo Trigueiro, confirmou ao blog que foi afastado de onde atuava por perseguição político-ideológica e ainda denunciou que existe uma estrutura na Governadoria que atua para fiscalizar o que policiais postam nas redes sociais.

Em conversa com o blog, o tenente-coronel externou a indignação contra o que ele classificou como “patrulha digital”, que é composta por polciais para fiscalizar policiais civis e militares e que usa a estrutura da Governadoria. Ele também afirmou que não quer ser político como se especulava e que só quer ficar sossegado.

“Eu não quero ser político, não quero ser nada, só quero ter sossego, mas ninguém me deixa sossegado. Na verdade, eu saí do Batalhão mesmo por conta dessa patrulha digital. Tem uma equipe de policiais que ficam na Governadoria printando tudo o que os polciais civis e militares falam e comentam nas suas redes sociais. Falei umas besteiras mesmo com amigos meus, discutindo política”

Trigueiro disse que estava em um momento de confraternização que acontece semanalmente dentro do Batalhão de Choque e reconheceu que se excedeu, exatamente por estar em um momento pessoal e de ter sido alvo da patrulha digital, inclusive recebendo recomendações de apagar as fotos da confraternização. Ele pontuou que, quem se sentiu ofendido, que pode processá-lo.

“Eu fiquei puto. O problema foi porque postei uma foto no Recanto do Guerreiro. Estou há dois anos no Choque e, toda sextas-feira a gente se reúne lá, almoça e se confraterniza. Do nada, um companheiro meu pedindo pra eu tirar a foto e eu aloprei, sabendo que a patrulha digital me monitora. Vivo em um regime democrático de direito. Se eu ofendi alguém, peço desculpas pelo exagero. Essa pessoa que se sentiu ofendida pode me processe. Eu não vou viver me policiando e me patrulhando, sem discutir com meus amigos, proque tem um grupo de polciais na Governadoria observando tudo que policial posta. Que diabos de democracia é essa? Eu quero minha liberdade”, desabafou.

Fonte: blog do BG

Lucenildo Firmino, 40 anos de idade, produtor de queijo artesanal de coalho e de manteiga em Tenente Laurentino Cruz, município da região Seridó, distante 254 quilômetros de Natal, vai expor os produtos que fabrica na Queijeira Serra de Santana na 4ª edição da Mondial Du Fromage – Et Des Produits Laitiers, na cidade de Tours, na França, no período de 02 a 04 de junho próximo.

“Galego”, como Firmino é mais conhecido, tem apoio do Governo do Estado para participar do evento internacional e integra um grupo de 39 produtores artesanais que estão sendo beneficiados com financiamento para construção das instalações físicas e equipamentos para aperfeiçoar a produção.

A governadora Fátima Bezerra recebeu o produtor em seu gabinete nesta quinta-feira e o parabenizou enfatizou o apoio do governo ao setor do queijo. “Nós estamos executando um grande projeto que vai beneficiar, valorizar e dar mais qualidade ao nosso queijo. O Seridó tem uma cultura de 300 anos na produção de queijos, mas agora estamos fazendo mais, criando as condições para a certificação, dando segurança sanitária, organizando a cadeia produtiva. Tudo isso terá enorme impacto econômico e social, valorizando os produtos e os produtores e ainda os consumidores que terão alimentos de qualidade assegurada. Todos ganham”, disse a chefe do Executivo estadual.

O projeto de valorização do queijo artesanal do Seridó integra o programa Governo Cidadão, do Governo do Estado, que é financiado com recursos do empréstimo ao Banco Mundial. Estão sendo investidos R$ 23 milhões em 39 queijeiras cadastradas.

O titular da Secretária Extraordinária de Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais, Fernando Mineiro explica que “o objetivo é a regularização sanitária das queijeiras com adequação da infraestrutura, aquisição de maquinário e equipamentos necessários, melhoria na logística do transporte, comercialização e capacitação dos funcionários na comunidade. A regularização é importante para que as cooperativas recebam o selo das instituições sanitárias vigentes: Serviço de Inspeção Municipal; Instituto de Defesa e Inspeção Sanitária (IDIARN); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)”.

Antes do convite para expor seus queijos na França, “Galego”, que adquiriu a queijeira do seu irmão em 2016, classificou os produtos em eventos regionais e nacionais. Em 2017 foi medalha de ouro com o queijo coalho numa mostra promovida pelo Sebrae. Em 2018, no Encontro Nordestino de Laticínios, ganhou medalha de prata com o queijo de manteiga e medalha de bronze com o queijo coalho. Ainda em 2018, em um concurso nacional em São Paulo, ganhou medalha de prata para o queijo de manteiga. Ao todo, a Queijeira Serra de Santana acumula nove premiações nacionais e regionais.

“Participar deste concurso na França é reconhecimento ao nosso trabalho. Não só meu, mas das 44 famílias de produtores familiares que fornecem o leite para nossa queijeira e também para toda a cadeia produtiva”, afirmou. Ele disse que o reconhecimento já obtido, “permitiu uma melhoria na comercialização dos queijos e isso eu repassei para meus fornecedores, em torno de 10%”, fez questão de declarar.

Hoje “Galego” trabalha com a esposa e dois funcionários e produz em média 160 quilos por dia. Com os investimentos proporcionados pelo Governo do Estado, a queijeira Serra de Santana terá capacidade para processar até quatro mil litros de leite em dois turnos, diariamente, que resultará em 400 quilos de queijos e manteiga de garrafa.

Foto: Divulgação/Lei Seca

A operação Lei Seca flagrou 50 motoristas dirigindo embriagados em uma blitz montada na madrugada deste sábado (25) na Avenida Abel Cabral, em Parnamirim, Grande Natal. Um deles foi preso por apresentar sinais de embriaguez.

De acordo com o coordenador da operação, o capitão da Polícia Militar Isaac Paiva, 451 condutores foram abordados na ação.

Além das autuações aos que estavam bebendo sob efeito de álcool, os policiais aplicaram ainda outros 35 autos por infrações diversas e seis veículos foram removidos ao pátio do Detran por irregularidades, entre eles o carro do homem que foi preso.

Segundo o capitão Isaac, o motorista que foi preso tentou fugir após ser abordado. Ele arrancou com o carro e passou por cima dos cones que sinalizavam a barreira policial. O oficial disse ainda que o homem quase atropelou pedestres que passavam pela avenida. “Conseguimos interceptar o mesmo e efetuar a abordagem, onde constatamos o estado de embriaguez”, conta.

“O cidadão não entendia orientações simples, demonstrava confusão, desequilíbrio e não conseguiu realizar o teste do etilômetro, de tão embriagado que estava. Por isso, foi feito um vídeo para registrar a situação e lavrado o termo de constatação de embriaguez, que é o procedimento adotado nesses casos”, relata o capitão Isaac Paiva. Ler mais…

A governadora Fátima Bezerra defendeu na reunião do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que 30% dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) passem a ser destinados para investimento em infraestrutura nos estados da região.

A proposição foi acatada de forma consensual pelo Condel, que é integrado por todos os governadores da região Nordeste, de Minas Gerais e Espírito Santo, representantes de prefeitos, trabalhadores e empresários da região, e pelo Governo Federal. A ideia apresentada pela governadora do RN é de que a verba do FNE, que é gerida pelo Banco do Nordeste, seja aplicada em obras prioritárias, seguindo o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) 2020-2023. O plano foi apresentado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional durante a reunião realizada nesta sexta-feira (24), no Instituto Ricardo Brennand, em Recife-PE.

“O plano é uma ferramenta muito importante para a região, mas é preciso que ele não seja um plano de prateleira. Por isso é fundamental a questão do financiamento com os 30% dos recursos do FNE, podendo assim dar início a ações estratégicas inseridas no plano”, destacou Fátima Bezerra.

Esta foi a 1ª reunião do Condel em 2019 e contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de vários ministros de Estado para a apresentação do PRDNE e de mudanças no plano de aplicação do FNE. Ainda sobre o plano regional, a governadora apresentou três sugestões. “Devemos acrescentar nos objetivos deste planejamento o reforço da infraestrutura hídrica, fortalecimento da infraestrutura logística do Nordeste e o fomento às ações de inclusão socioprodutiva”, pontuou a chefe do Executivo estadual.

Fátima também defendeu a inclusão de uma representação dos governadores no Comitê de Acompanhamento do FNE, que pela proposta original só teria membros do Ministério da Economia, da Sudene e do Banco do Nordeste. As proposições foram recebidas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e serão incluídas no plano até o fim do julho, que então será encaminhado para apreciação do Congresso Nacional. Ler mais…

Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte reduziu 5.927 vagas de emprego de janeiro até abril de 2019. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que foram divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Ministério do Trabalho.

Neste período, foram registradas 46.517 contratações e 52.444 demissões. No mês de abril, a redução registrada no estado foi de 501 vagas – um total de 11.328 contratações para 11.829 demissões.

O setor que mais fechou empregos foi o da agropecuária nestes primeiros quatro meses do ano: menos 5.229 vagas (1.458 contratados e 6.687 demitidos). Apenas no mês de abril, foram menos 383 postos de emprego no setor. Depois dele, as piores reduções foram no setor de comércio (-1.542) e de indústria e transformação (1.086).

Tiveram saldo positivo, o setor de serviços (2.323 vagas a mais) e de serviços industriais de utilidade pública (84).

Apesar da redução de janeiro a abril deste ano, nos últimos 12 meses o saldo é positivo, com o aumento de 4.394 empregos formais, resultado de 146.803 admissões e 142.409 demissões.

Saldo de emprego de janeiro a abril por setor

Extrativa Mineral: -200
Indústria de Transformação: – 1.086
Serviços Industriais de Utilidade Pública: 84
Construção Civil: – 249
Comércio: – 1.542
Serviços: 2.323
Administração Pública: – 28
Agropecuária: – 5.229
Total: – 5.927

Municípios

A diminuição nos postos de trabalho foi maior no município de Mossoró, com menos 1.887 postos de janeiro até abril deste ano. Logo atrás no ranking de maior redução está o município de Apodi, com menos 1.073 vagas de trabalho.

As outras cidades do Rio Grande do Norte que mais fecharam postos de emprego foram São Gonçalo do Amarante (-254) e a capital Natal (-201).

Por outro lado, o município de Parnamirim foi quem teve maior saldo positivo, com 517 contratações a mais que o número de demissões. A cidade de Assú está logo na sequência com 125 postos a mais de trabalho.

Com base apenas no mês de abril, Natal foi a cidade com maior redução, com menos 223 vagas, seguido por Mossoró, com menos 127. Assú aparece como 95 postos a mais, o melhor saldo positivo.

G1 RN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) prenderam, nesta sexta-feira (24), Nilton Dionísio Alves, de 52 anos, em cumprimento a um mandado de prisão resultante de condenação a uma pena de 14 anos de reclusão. Ele foi preso no bairro Bom Pastor, em Natal, pela prática de crimes de estupro.

Ainda no dia de hoje, a partir de informações passadas pelos policiais civis da DCA, a Polícia Militar do Estado de São Paulo deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 15ª Vara da Comarca de Natal em desfavor de João Maria Dos Santos, de 36 anos. Ele é suspeito de crime de estupro de vulnerável e foi preso em sua residência, localizada em São Bernardo do Campo-SP.

As prisões de Nilton Dionísio e João Maria são um desdobramento da Operação Inocência Ferida, que foi deflagrada pela Polícia Civil em alusão ao 18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

O Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS) torna público o edital de seleção 2019.2 para o curso de Mestrado em Neuroengenharia. O processo seletivo recebe inscrições de candidatos até o dia 23 de junho de 2019. O curso, que tem a duração de dois anos, é o primeiro mestrado em Neuroengenharia do Brasil recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Graduados das áreas de Saúde, Biológicas (Biologia, Medicina, Psicologia, etc) e Engenharias (bacharelado ou licenciatura) podem se inscrever para o Mestrado do IIN-ELS. Para isso, é preciso preencher o formulário de inscrição, submeter a documentação exigida, preencher uma carta de intenção e obter outras duas cartas de recomendação. Para mais informações e acesso ao Edital de Seleção, CLIQUE AQUI e visite a página do Programa de Pós-graduação em Neuroengenharia.

Os profissionais selecionados no processo seletivo vigente terão aulas e realizarão pesquisas na sede do IIN-ELS no município de Macaíba (RN), a cerca de 14 quilômetros da capital Natal.

O Grupo de Apoio às Metas do CNJ, com atuação na Comarca de São Bento do Norte, condenou três ex-gestores (ex-prefeita e dois secretários) do Município de Galinhos por ato de improbidade administrativa ao não entregarem documentação e bens pertencentes à Prefeitura para a equipe de transição de governo.

O Município de Galinhos ajuizou Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa contra Eliete Freire de Oliveira Maciel (ex-prefeita), Jadson Freire de Oliveira Maciel (ex-secretário de Administração) e Edilene Freire Maciel (ex-tesoureira municipal), por suposto cometimento de ato de improbidade administrativa consistente na violação aos dispositivos da Lei 8.429/92.

Os ex-gestores foram condenados com penas de: suspensão dos direitos políticos por três anos; pagamento de multa civil, em favor da municipalidade de três vezes o valor da remuneração percebida à época quando exerciam, respectivamente, o cargo de Prefeita do Município de Galinhos, de Secretário de Administração e de Tesoureira Municipal, acrescido de juros e de atualização monetária.

Eles também estão proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos. O Grupo ainda julgou improcedente o pedido de condenação do Município em litigância de má-fé. Ler mais…

A Governadora Fátima Bezerra recebeu a reitora da UFRN, Ângela Paiva, que deixa o cargo no início de junho e, em uma de suas últimas ações no posto, trataram de questões referentes aos parques gráficos da Universidade, assinando um protocolo de cooperação de uso com o Governo, para ampliar a produção gráfica do estado.

Na reunião de trabalho que aconteceu na Governadoria, nesta quinta-feira (23), ainda foram discutidas possíveis parcerias com o Instituto Metrópole Digital (IMD) e a importância do Parque Tecnológico, que está previsto no plano de aplicação do Governo Cidadão.

A parceria foi firmada com a assinatura do protocolo de intenções pela chefe do Executivo estadual e da gestora da UFRN, o secretário de Estado da Educação, Getúlio Marques, e a Secretária de Comunicação Social do Estado, Guia Dantas, acertando o início do trabalho para integrar o parque gráfico da UFRN com os servidores do Governo que trabalham na área, ligados ao Departamento Estadual de Imprensa (DEI) e a Fundação José Augusto (FJA).

“Temos que agradecer à UFRN por essa cooperação, que muito vai contribuir com a ampliação de iniciativas no campo cultural e educacional em todo o estado. É uma parceria que vai otimizar recursos na hora em que mais precisamos”, pontuou a governadora, destacando ainda o trabalho da reitora Ângela, que deixa o cargo após uma grande gestão. “A reitora Ângela sempre mostrou liderança, uma competência reconhecida nacionalmente e seriedade, afinal, segue trabalhando e discutindo ações de importância para o Estado”, afirmou.

Também durante o encontro, as equipes discutiram a formatação de uma ação conjunta sobre o Parque Metrópole, que faz parte do Instituto Metrópole Digital. O equipamento é focado no desenvolvimento de tecnologia da informação e conta com o Governo como um dos membros do Conselho Administrativo. O Estado e o IMD vão trabalhar na divulgação do Parque Metrópole, em estudos de incentivos fiscais para atração de empresas e na abertura de um escritório de negócios em São Paulo.

“Hoje, as empresas que saíram do IMD já geram 300 empregos diretos. Precisamos dar visibilidade ao que já foi feito para fortalecer a ideia do parque e ampliar a atração de empresas e talentos de fora do estado e do país”, explicou o diretor do IMD e ex-reitor da UFRN, Ivonildo Rêgo.

Já no espírito de cooperação acertado na reunião, o Governo vai consultar o IMD no desenvolvimento da legislação de incentivo a pequenas e microempresas para a inclusão de startups de tecnologia e similares. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, também destacou a importância do parque dentro do planejamento da gestão estadual. “O futuro está aqui na nossa frente e não podemos deixar de investir nessas ações, trabalhar em parceria. O nosso plano de desenvolvimento para o estado é totalmente voltado para a inovação, pois só temos condições de competir com os grandes estados se investirmos na inteligência”, disse Jaime.

O Governo confirmou, ainda, a inclusão do investimento de R$ 8 milhões no parque tecnológico após a readequação feita no projeto Governo Cidadão. O projeto de implantação do parque ainda envolve a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), a Federação das Indústrias do RN (Fiern), por meio do Sesi e do Centro de Tecnologias do Gás e Energia Renováveis (CTGAS-ER), e o Sebrae-RN.

O planejamento é de que a nova estrutura seja instalada em Macaíba, onde funciona a Escola Agrícola de Jundiaí. O parque tecnológico será desenhado para promover polos de inovação e empreendedorismo em áreas econômicas vitais para o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte, como energias renováveis, mineração, pesca, aquicultura, setor têxtil, turismo, fruticultura e serviços.

Para o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, o momento para a implantação do parque é o ideal. “Esse parque é voltado para o desenvolvimento de todo o estado. Por determinação da governadora, fizemos uma readequação no Governo Cidadão e retomamos o investimento na implantação do parque. O novo plano de aplicação do empréstimo foi aprovado pelo Banco Mundial e agora precisamos avançar na discussão sobre o investimento no parque”, finalizou Mineiro.

As instituições envolvidas no desenvolvimento do parque estão construindo os termos de referência para encaminhar ao Banco Mundial.

Advogado foi preso em flagrante quando tentava sacar mais de R$ 100 mil de agência bancária com assinatura falsa de juiz. Operação Alvará comprovou participação de advogado

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) resultou na prisão de um advogado e de um servidor do Poder Judiciário potiguar nesta quinta-feira (23), na cidade de Goianinha. O advogado Izac Galvão de Moura foi preso em flagrante no momento em que tentava sacar R$ 107.485,00 de uma conta judicial em uma agência bancária da cidade. Após a prisão, o MPRN apurou que o golpe estava sendo cometido em conluio com o servidor do Poder Judiciário Floriano Martins de Carvalho. Os dois estão presos preventivamente.

Floriano Martins é servidor da Prefeitura de Tibau do Sul e estava cedido ao Poder Judicário, prestando serviço no fórum da cidade. Pelo que foi apurado, o advogado Izac Galvão de Moura, de posse de um alvará judicial, tentou sacar os mais de R$ 100 mil da conta bancária. O golpe não foi aplicado porque o gerente do banco suspeitou da assinatura do juiz que constava no documento.

O bancário telefonou para o fórum da cidade. Quem atendeu o telefonema foi o servidor Floriano Martins, que ainda confirmou que o documento era verdadeiro. Mesmo assim, o gerente continuou suspeitando da assinatura e foi pessoalmente ao fórum, confirmando com o juiz local que a assinatura que constava no documento era falsa. A Polícia Civil foi acionada e prendeu Izac Galvão de Moura em flagrante.

O MPRN foi acionado e conseguiu comprovar que o golpe foi planejado e executado por Izac Galvão de Moura e Floriano Martins de Carvalho, que chegou a fugir. Diante das provas levantadas, o MPRN, com apoio policial, cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas dos dois, no escritório de advocacia de Izac Galvão de Moura e no fórum de Goianinha. O MPRN prendeu Floriano Martins de Carvalho, em atendimento ao mandado de prisão preventiva expedido contra ele. O MPRN agora investiga se outros golpes semelhantes foram aplicados anteriormente e o envolvimento de outros agentes públicos.

O MPRN conta com o Disque Denúncia 127 para recebimento de informações sobre cometimento de crimes. Basta o cidadão ligar gratuitamente. A identidade da fonte será preservada. Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

Servidores do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) realizam uma paralisação de advertência nesta quinta-feira (23). A categoria cobra a implantação de um plano de cargos, carreiras e salários. Os serviços estão suspensos por 12 horas. Apenas as perícias em local de crime não foram afetadas.

Além do atendimento em Natal e região metropolitana, a paralisação também atinge os serviços realizados nas regionais de Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros, no interior do estado.

O Itep-RN possui cerca de 500 servidores. Destes, 150 são peritos.

Entre os serviços afetados pela paralisação, estão exames de lesão corporal e conjunção carnal – estes últimos realizados quando há suspeita de estupro.

Esta é a segunda paralisação realizada esta semana. Na terça-feira (21), os serviços foram interrompidos por seis horas.
Os servidores devem deliberar sobre novas paralisações ainda nesta quinta.

Nota

Em nota, a direção do Itep disse que está atuando na mediação entre os servidores e a equipe técnica do governo do estado para a formatação da proposta do plano de cargos, carreiras e salários da categoria, e que “entende as demandas dos servidores”, como também “espera ainda a compreensão no retorno às atividades para que o trabalho imprescindível do Itep para a cidadania e segurança pública não seja prejudicado”.

Fonte: G1RN

Uma sentença proferida pelo juiz Cícero Macedo, da 4ª vara da fazenda, absolveu o delegado aposentado Ronaldo Gomes da acusação de um possível tráfico de influência junto ao ex deputado Gilson Moura para estancar a operação do IPEM, em ação do Ministério Público que apurava o recebimento de gratificações e diárias por funcionários fantasmas.

Há cinco anos, o Ministério Público, por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal, ingressou com uma ação Civil Pública que visava a responsabilização pela prática de atos de improbidade administrativa contra o deputado estadual Gilson Moura, o delegado de Polícia Civil Ronaldo Gomes de Moraes e o ex-diretor geral do IPEM, Rychardson de Macedo Bernardo.

“Concluo, pois, pelas provas dos autos, que em relação ao réu Ronaldo Gomes não há como enquadrar a sua conduta na norma prevista no inciso I do art. 11 da LIA. Não é possível nem mesmo concluir, pelas provas dos autos, que tenha havido ao menos a tentativa de fraudar a lei ou a regra de competência”, diz trecho da sentença do juiz Cícero Macedo.

O advogado criminalista Paulo Pinheiro que patrocinou a defesa do ex-delegado geral Ronaldo Gomes, comemorou: “Sempre confiamos na justiça, a ação desde a sua gênese era anômala, seja pela inconsistência probatória e baseada única e exclusivamente na palavra de um delator. Tudo isso foi demonstrado na instrução processual, não poderia haver outro resultado senão a improcedência da ACP em sua integralidade”.

Por fim, o advogado ainda alerta para a cautela em deflagrar ações desta natureza, tendo em vista, que a estigmatização social e o prejuízo moral são devastadores. O caso, inclusive, fez o delegado pedir exoneração e se aposentar em meio aos problemas de saúde que foram se somando com o desgaste.

“Foi uma carga de estresse muito grande na época. O delegado ficou debilitado. Como já estava no tempo, preferiu se aposentar pra tratar sua saúde. A instrução foi demorada e felizmente conseguimos provar de fato que a denúncia foi absurda em todos os sentidos”, concluiu.

Símbolo de fé e religiosidade do povo potiguar, a Padroeira da cidade de Santa Cruz, Santa Rita de Cássia, levou cerca de 80 mil pessoas às ruas, para as celebrações da missa e a procissão. O evento religioso reuniu romeiros e turistas vindos de diversas regiões do Rio Grande do Norte e de estados vizinhos. O dia 22 de maio, é celebrado mundialmente como o Dia de Santa Rita de Cássia, conhecida como a santa das causas impossíveis, o seu santuário em Santa Cruz, recebeu o título de maior estátua católica do mundo.

A governadora Fátima Bezerra e os deputados estaduais Francisco de Assis (Francisco do PT) e Ubaldo Fernandes, participaram da missa celebrada pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, e em seguida, também acompanharam a procissão que percorreu as principais ruas da cidade e terminou no pátio da Igreja Matriz. “É momento de renovar a nossa fé e pedir a intercessão de Santa Rita por dias melhores para nosso Rio Grande do Norte. Eu não poderia deixar de vir participar desta festa tão bonita. Este é um dos principais eventos religiosos do Rio Grande do Norte, que recebe romeiros e turistas de outros cidades e estados, consolidando duas diferentes vertentes do turismo: religioso e do interior”, destacou a Governadora.

Desde o último dia 13, Santa Cruz comemora a festa da padroeira Santa Rita de Cássia e assume o papel de “capital da religiosidade do Rio Grande do Norte”, por conta das comemorações alusivas à santa. A cidade recebe visitantes das mais diversas regiões do RN e estados vizinhos como Pernambuco, Ceará e Paraíba. Segundo o prefeito Ivanildinho Filho, somente no último domingo(19), cerca de 300 ônibus de turistas e peregrinos lotavam o estacionamento principal do Santuário de Santa Rita de Cássia. Além de visitantes vindos em ônibus, famílias se deslocaram em carro particulares.

A festa da padroeira movimenta e impacta positivamente toda a economia do município, desde o setor de hospedagem, aos bares, restaurantes, supermercados e os pequenos comerciantes informais que vendem desde produtos religiosos à alimentação.

O deputado estadual Tomba Farias e o prefeito Ivanildo Filho, também estavam presentes na procissão.

Após participar das celebrações na cidade de Santa Cruz, a governadora Fátima Bezerra, esteve no bairro de Ponta Negra, na Paróquia de Santa Rita de Cássia, para celebrar também, junto à sua comunidade, as festividades em homenagem à Santa Rita de Cássia dos Impossíveis. Ao lado do diretor do Departamento de Estradas de Rodagem – DER, Manoel Marques, Fátima acompanhou a procissão que percorreu as ruas do bairro e encerrou com uma benção na igreja matriz.

A Assembleia Legislativa vai debater em uma Audiência Pública, proposta pelo deputado estadual Francisco do PT, a iminência da privatização dos Correios e as consequências para a sociedade brasileira.

Segundo Francisco do PT, estima-se que a venda da estatal levaria ao fechamento de 2 mil agências, aumentos nas tarifas, demissão de funcionários, entre outros problemas. “Diante de tudo isso, reiteramos a importância dos Correios para o Brasil e a urgência em barrar a sua privatização e iniciar o processo oposto: o resgate e a valorização da Empresa”, disse.

A Audiência Pública será realizada nesta sexta-feira (24), às 9h, na Assembleia Legislativa do RN. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é um patrimônio do Brasil. Com mais de 300 anos de existência, figura entre as estatais de maior importância em termos de prestação de serviços à população brasileira. “A ameaça de venda continua como uma constante, estando ainda mais evidente desde o início do governo Bolsonaro, que inclina-se cada vez mais para concretização deste propósito”, alertou o deputado Francisco do PT.

Além das entregas de correspondências e encomendas, os Correios desempenham um papel fundamental nos municípios do interior, onde os Bancos Postais representam a única possibilidade para a população realizar o pagamento de contas e efetuar o recebimento de pensões, aposentadorias e outros benefícios.

O Tribunal de Justiça negou pedido feito pelo Ministério Público para bloquear R$ 3,7 milhões da conta do Estado do Rio Grande do Norte para melhoramentos estruturais na Escola Estadual Hilton Gurgel de Castro, em São José de Mipibu, no prazo de 60 dias. O entendimento dos desembargadores do Pleno manteve decisão da Presidência do Poder Judiciário, ainda na gestão do então presidente, desembargador Expedito Ferreira, que havia deferido pleito do Estado para suspender efeitos da sentença de primeiro grau no sentido de bloquear os recursos.

O Estado alegou que a decisão de primeira instância, da Vara Única de São José do Mipibu, caracterizou lesão à ordem pública e à ordem econômica, ocasião em que o então presidente da Corte Potiguar deferiu a suspensão pleiteada, ao considerar que a manutenção da decisão proferida na primeira instância causaria grave lesão ao interesse público primário, tendo em vista a situação de crise financeira em que se encontraria o Estado e a imprevisibilidade quanto ao momento em que será utilizada a verba bloqueada.

“O fato é que, conforme é possível verificar, resta bloqueado, há aproximadamente seis meses, os valores, a fim de resguardar a realização de reforma na Escola Estadual descrita nos autos, para qual resta ainda pendente projeto básico executivo, não sendo possível inferir se o valor constrito é o necessário, ou se mostra excessivo para seu fim”, define o presidente atual do TJRN, desembargador João Rebouças.

“As alegações do Ministério Público não são suficientes para firmar juízo diverso daquele lançado quando da concessão da suspensão pelo então presidente à época, restando evidenciado o risco de lesão grave a interesse público primário”, acrescenta.

Segundo a decisão de segunda instância, nos limites de cognição devidas no incidente processual, verifica-se que há indícios de ação planejada da Administração Pública quanto a questão posta na ordem judicial, direcionada à unidade escolar em questão, o que deve ser preservado, até que ocorra o trânsito em julgado (expressão usada para uma decisão ou acórdão judicial da qual não se pode mais recorrer) da sentença, que é o alvo do incidente processual.

“Mesmo porque, ações desta natureza não devem ser adotadas isoladamente, mas de forma sistematizada, sob pena de tornar ainda mais precárias outras unidades de igual natureza, com direta ingerência na ordem administrativa do Estado”, conclui o presidente do TJRN.

Ação Civil Pública de nº 0101440-20.2014.8.20.0130

A cerimônia de transmissão oficial do cargo de reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), momento no qual a atual reitora Ângela Maria Paiva Cruz passa a administração da instituição para o reitor eleito para o quadriênio 2019-2023, José Daniel Diniz Melo, será realizada no dia 03 de junho, às 19h, em solenidade no Teatro Riachuelo. A posse é uma Assembleia Universitária oficial.

“A solenidade não envolverá recursos públicos da UFRN, pois a contratação do espaço para o evento foi com recursos próprios da FUNPEC, instituição de direito privado que tem apoiado a universidade em diversos eventos acadêmicos, parceria esta amparada inclusive em resolução do Conselho Deliberativo da FUNPEC”, colocou a pró-reitora adjunta de Administração, Maria do Carmo Araújo de Medeiros Fernandes de Oliveira. Tradicionalmente realizado fora da instituição devido à grande quantidade de pessoas que comparecem, bem como à indisponibilidade de auditórios e anfiteatros na instituição adequados para eventos deste porte, a opção pelo Teatro Riachuelo aconteceu em virtude de ser a menos onerosa dentre as opções disponíveis, já que conta com toda a infraestrutura necessária, sendo esta a única despesa custeada para o evento.

“Como a posse do Reitor da UFRN é uma solenidade que conta com a presença não só de pessoas da comunidade universitária, mas também de toda a sociedade potiguar, temos a expectativa de um grande número de pessoas”, complementou Maria do Carmo. A solenidade de transmissão do cargo é precedida da assinatura do termo de posse do novo gestor, em cerimônia no MEC. Neste caso, o ato acontece na próxima terça-feira, 28, na sede do Ministério da Educação, em Brasília, a partir das 11h.

Uma operação conjunta envolvendo a Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), realizada no início da manhã desta quinta-feira (23), conseguiu recuperar a pistola que pertencia ao policial civil André Severiano da Silva, morto no dia 30 de abril em Emaús, na cidade de Parnamirim, na Grande Natal.

O homem que estava com a arma, suspeito de participar do assassinato do agente, foi baleado durante um confronto com as equipes e morreu.

O suspeito morto foi identificado como Ruan Carlos Pereira, mais conhecido como ‘Maquinista’. O confronto aconteceu na Rua Rio Potengi, no bairro das Quintas, na Zona Oeste da capital.

Do G1RN

Proibido pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) de reduzir o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre o querosene de aviação (QAV), o Rio Grande do Norte é o estado da região Nordeste que tem a alíquota mais elevada do imposto sobre o combustível usado pelas aeronaves. A informação é do secretário de Tributação do RN, Carlos Eduardo Xavier.

Atualmente o Governo do RN cobra ICMS sobre o QAV de duas formas: uma alíquota é de 12%, reduzida a esse percentual ainda pelo governo Robinson Faria (PSD), mas sem estabelecer nenhuma contrapartida para as empresas aéreas; e uma segunda alíquota é de 9%, para uma das empresas que opera um voo internacional.

Esses números, segundo o chefe da pasta da Tributação estadual, colocam o Estado em posição de desvantagem na competição com outros estados do Nordeste que também têm o turismo como atividade econômica expressiva. “Na região Nordeste nós [o RN] estamos na pior situação”, revelou o secretário Carlos Eduardo Xavier nesta quarta-feira (22) em entrevista ao Hora Extra da Notícia (91.9 FM).

A decisão do Confaz foi anunciada em uma reunião à qual Xavier estava presente. O Rio Grande do Norte precisava ser aprovado à unanimidade pelos 13 estados que são signatários do Convênio ICMS 188/2017, mas acabou não sendo por oposição de alguns estados que já gozam desse benefício, entre eles a Paraíba, Pernambuco e Ceará. O secretário classificou a decisão como “muito constrangedora” e “uma medida protetiva pra os mercados deles”.

O objetivo do Rio Grande do Norte ao tentar reduzir a alíquota é trazer mais voos regionais para o estado e baratear os preços das passagens aéreas para quem quer chegar ou sair do RN.

Contra o que Xavier classifica como “guerra fiscal”, a saída encontrada por ele foi travar a pauta do conselho, de modo que nada será votado nas próximas reuniões, o que deve interferir nos interesses dos demais estados. Além disso, a questão será judicializada por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou na unidade do Sine Matriz em Natal, na Cidade da Esperança, na Rua Adolfo Gordo, s/n, prédio da Central do Trabalhador, NOVO HORÁRIO de 8h às 14h, ou em qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e no interior.

O interessado que não tem cadastro e acesso ao Portal Emprega Brasil, pode comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é de acordo com o horário de funcionamento das centrais do cidadão e do SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 14h, de segunda a sexta.

VAGAS PERMANENTES – NATAL e Grande Natal

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
AUXILIAR DE LOGISTICA 5
CAMAREIRA DE HOTEL 2
CHEFE DE DEPÓSITO 1
CORTADOR DE ROUPAS 1
PASTELEIRO 1
SERIGRAFISTA 1
VENDEDOR PRACISTA 1
Total 12

VAGAS TEMPORÁRIA – NATAL e Grande Natal

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
PEDREIRO 1
Total 1

MOSSORÓ e Região

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
CABELEIREIRO 1
ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES 1
ESTOQUISTA 1
MANICURE 1
MONTADOR DE ACESSÓRIOS 1
OPERADOR DE CAIXA 1
VENDEDOR DE COMÉRCIO VAREJISTA 1
Total 7

Vagas abertas do SINE-RN no Portal MTE Mais Emprego, acesso em 22/05/2019 às 15:15h, Joacir Morais

Para o Trabalhador: Todas as oportunidades estão sujeitas à alteração. Para saber em tempo real qual ocupação está de acordo com o perfil profissional do trabalhador, o mesmo deverá acessar o Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego no endereço (empregabrasil.mte.gov.br) com o seu login (PIS) e senha ou através do celular no aplicativo SINE Fácil

Entidades sindicais decidiram ontem (21), em reunião no Sindicatos dos Médicos do RN (Sinmed RN), realizar ato público unificado contra o aumento da jornada dos trabalhadores da saúde. A manifestação vai acontecer em frente a prefeitura de Natal, dia 30 de maio, às 9 horas.

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal publicou no último dia 03 de maio a Portaria 60/2019 que trata da jornada de trabalho em regime de plantão para todas as categorias de servidores da saúde do município.

A Portaria aumenta de 10 para 12 plantões para os servidores contratados por 40 horas. O documento altera também os contratos de 30h e 20h.

Para o presidente do Sinmed RN, Geraldo Ferreira, essa foi uma medida autoritária uma vez que “já existiam acordos entre o Sinmed e secretaria de saúde para o cumprimento de 10 plantões. Acordos feitos ao longo de décadas”.

No entendimento das entidades, o aumento da jornada de trabalho que faz com que os profissionais adoeçam com a sobrecarga de trabalho, causando inclusive um prejuízo em cadeia uma vez que a população terá o atendimento prejudicado.

Na pauta de reivindicações dos sindicatos e servidores da saúde estão ainda condições de trabalho, data base, estruturação das unidades e saúde pública de qualidade para todos.

Luta conjunta dos sindicatos da saúde de Natal: SINMED RN, SOERN, SINDSAÚDE, SINDERN, SINTTAR e SIPERN.

Denúncia contra Sílvio Fernando já foi recebida pela Justiça Federal, que decretou indisponibilidade de bens no valor de R$ 58 mil

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o delegado aposentado da Polícia Civil Sílvio Fernando Nunes Silva por receber propina de dois grupos investigados pela Operação Forró, ligados à exploração de jogos de azar com uso de máquinas eletrônicas (os chamados caça-níqueis) montadas com componentes de importação proibida. Em troca, ele permitia a continuidade das atividades ilegais. Agora poderá responder pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha (art. 288, parágrafo único, do Código Penal, em sua redação originária).

O dinheiro – pelo menos R$ 58.170 – era recebido em espécie e acabava depositado em sua conta, de forma fracionada para tentar fugir aos mecanismos de controle. Os valores foram recebidos entre setembro de 2011 e abril de 2013, quando Sílvio Fernando era titular da Delegacia Especializada em Defesa do Consumidor (Decon), que incorporou as funções da Delegacia Especializada em Costumes (DEC), responsável pela repressão aos jogos de azar. A Justiça Federal já determinou a indisponibilidade de bens do réu, até a quantia de R$ 58.170.

Dos demais envolvidos, o MPF aponta a relação direta dele com, pelo menos, o policial militar reformado José Anselmo Soares Filho e o seu amigo Wagner Miguel de Araújo Galvão, conhecido como “Novinho do Gás”. Os dois ajudavam a dar proteção ao “grupo dos cariocas” e ao “grupo de Paulinho”, que mantinham diversos pontos de jogos de azar na capital potiguar.

Ambos serviam de intermediários do delegado e cobravam uma média de R$ 3 mil por semana de cada um dos grupos. “Em consequência das promessas e dos repasses de vantagens pecuniárias indevidas, ele (Sílvio) realmente se omitiu de seus deveres funcionais e viabilizou a contínua exploração de jogos de azar”, ressalta a denúncia. Em 2013, a movimentação financeira do delegado foi mais que o dobro de seus rendimentos líquidos recebidos formalmente da Polícia Civil. Ler mais…

Decisão também obriga o órgão a cadastrar em 48 horas, todas as empresas fabricantes e estampadoras já credenciadas no Denatran

Em ação ajuizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) no âmbito da operação Chapa Fria, deflagrada em abril passado, a Justiça potiguar determinou que o Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran/RN) anule, em caráter de urgência, o procedimento de credenciamento de fabricantes e estampadores de placas de identificação veicular no padrão Mercosul. Em caso de descumprimento, o diretor geral do Detran/RN fica sujeito a multa pessoal diária de R$ 10 mil. A decisão foi proferida nesta terça-feira (21) pela 6ª vara da Fazenda Pública de Natal.

Ao mesmo tempo, o órgão fica obrigado a cadastrar, em 48 horas, todas as empresas fabricantes de placas de identificação veicular e empresas estampadoras já devidamente credenciadas no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que atuam sob a sua circunscrição e que assim postularam no órgão. O objetivo é fiscalizar suas atividades e operacionalizar o controle sistêmico das rotinas que envolvam a produção, estampagem e acabamento das placas veiculares, conforme previsto em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Tal ordem abrange tanto as empresas que ainda não tiveram seus pedidos apreciados quanto as empresas que tiveram seus pedidos denegados. Outra medida imposta na decisão judicial é que o Detran/RN realize a abertura de novo cadastramento, no prazo de 48 horas, possibilitando a outras empresas, credenciadas no Denatran, e que atuam na circunscrição do Detran/RN, a sua habilitação para a produção, estampagem e acabamento de placas veiculares.

O Detran/RN fica ainda obrigado a adotar as medidas necessárias a fim de possibilitar às empresas já devidamente credenciadas perante o Denatran a viabilização da interoperabilidade dos equipamentos informatizados às bases de dados, sem que isso implique a imposição de empecilhos ao cadastramento ou descredenciamento, este de competência do Denatran.

Na decisão, o juiz destaca que “há indícios de que o Detran/RN ultrapassou os limites de sua competência ao publicar o Edital de Credenciamento nº 001/2018” e que “caso a medida não
seja apreciada neste momento inicial, observa-se a ocorrência de prejuízos diários ao consumidor (valores maiores para emplacamento) e para as demais empresas do setor, prejudicando as suas atividades, permitindo a continuação da concentração de mercado em número limitado de empresas”.

G1 RN – Um mulher foi assassinada na manhã desta quarta-feira (22) em uma comunidade rural chamada Vila São Bernardo, em Luís Gomes, município da região Oeste potiguar. Segundo a Polícia Militar, Keliane de Almeida Nunes, de 30 anos, foi degolada. Vizinhos também disseram que ela estava grávida de três meses. O marido da vítima foi preso.

Ainda de acordo com a PM, vizinhos disseram que a mulher, no ano passado, já havia levado um tiro de espingarda disparado pelo próprio marido. O casal chegou a se separar, mas depois reatou o relacionamento.

Os filhos do casal, um de 3 e outro de 10 anos, não estavam em casa no momento do crime.

O preso foi levado para ser autuado em flagrante na cidade de Marcelino Vieira, onde fica a delegacia regional. Ele nega o crime. À PM, ele disse que a mulher se esfaqueou sozinha.


O Departamento de Marketing do Clube do Povo, em conjunto com a vice-presidência de Responsabilidade Social do clube, realizará mais uma importante ação social, nesta quarta-feira (22), às 10h, no Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade – LBV.

A instituição, que fica localizada no bairro de Dix-Sept Rosado, desenvolve programas e projetos que beneficiam crianças, jovens, adultos, idosos e famílias de baixa renda. As ações atendem, principalmente, famílias das comunidades dos bairros Bom Pastor, Cidade da Esperança, Dix-Sept Rosado, Nazaré, Planalto, Quintas, entre outras.

Na ação, três atletas do Mais Querido visitarão a LBV, o zagueiro Maurício, o meia Anderson Rosa e o atacante Jefinho. Os craques alvinegros farão fotos, distribuirão autógrafos e ainda realizarão o sorteio de camisas oficiais.

A ação faz parte do trabalho de responsabilidade social que o Maior do RN desenvolve junto à sociedade potiguar. Alguns exemplos, são: o projeto Escolas no ABC, que abre as portas do clube para a visitação de instituições esportivas e de ensino, e também a ação permanente na Escola Casa do Caminho, escola em tempo integral que atende crianças de famílias carentes da Vila de Ponta Negra.

Na madrugada desta quarta-feira (22), uma Operação Lei Seca foi realizada na cidade de Santa Cruz, em alusão aos eventos da festa da padroeira da cidade.

Ao todo 183 pessoas foram abordadas e 55 destas foram autuadas por alcoolemia. É uma proporção extremamente alta, pois representa cerca de 30% de todo o público abordado.

Além disso, 36 autos diversos foram lavrados e 03 motos removidas ao pátio do Detran.

O Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) da Polícia Militar intensificará as fiscalizações na região com o intuito de prevenir acidentes.

Marcado por notícias de apreensões de toneladas de drogas e ameaças de privatização desde o começo do ano, o Porto de Natal passa por mudanças significativas que visam a dar um “choque de gestão” na Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), empresa que administra o porto potiguar. Segundo o diretor-presidente da companhia, o almirante Elis Treidler Öberg, o principal objetivo dessa modernização é sanear as contas da empresa, que hoje tem um passivo que gira em torno de R$ 300 milhões.

Ao revelar o número, o almirante disse não querer analisar “decisões e dificuldades” das diretorias passadas, mas ressaltou que hoje a situação da Codern é de um fluxo de caixa negativo. “Há um passivo expressivo que beira R$ 250 milhões a R$ 300 milhões a ser saldado, então isso tudo implica numa melhoria profunda, num choque de gestão na parte de administração e finanças da empresa”, disse o almirante Elis Treidler Ober em entrevista ao Hora Extra da Notícia (91.9 FM) desta terça-feira (21).

Treidler Ober assumiu a presidência da Codern em 22 de fevereiro desse ano. A estimativa dada por ele é que em meados de novembro próximo a empresa consiga atingir o equilíbrio financeiro para começar a investir em ações consideradas necessárias para o porto de Natal.

SCANNER

A respeito do scanner que estaria “encaixotado” no Porto de Natal, conforme revelou o secretário de Agricultura e Pecuária do RN, Guilherme Saldanha, também em entrevista ao Hora Extra da Notícia, o presidente esclarece que o equipamento é “obsoleto”, precisa de reparos e não atende à necessidade de verificação de cargas para a identificação de drogas.

O equipamento, segundo o presidente, não é compatível com uma resolução de 2014, da Receita Federal, que estabelece as especificações que um scanner portuário deve ter.

Apesar disso, o diretor-presidente solicitou à Receita Federal o reparo do scanner para usá-lo no Porto de Natal “como um instrumento de ensino”, para definir com antecedência os procedimentos que serão usados quando a Codern adquirir o scanner definitivo.

“No que tange ao scanner definitivo, é uma aquisição cara, gira em torno de R$ 11 milhões e o que nós estamos fazendo é buscando parcerias com os atores envolvidos nas exportações de cargas, os fruticultores, operadores portuários, os armadores, no sentido de se obter uma parceria que possibilite a obtenção desse scanner adequado para o porto”, pontua o diretor-presidente

Um dos partidos mais tradicionais da política potiguar, o MDB tenta reconstruir sua imagem. A legenda busca se recuperar do processo de desgaste iniciado dois anos atrás por uma de suas principais lideranças até então, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves.

Preso na Operação Lava Jato por suspeita de envolvimento em corrupção, Henrique transformou o MDB em uma sigla pouco atraente para os eleitores e a própria classe política – que não queria sua imagem ligada a investigações de atos ilícitos.

Agora sob a liderança do ex-senador Garibaldi Alves Filho e do deputado federal Walter Alves, que sucederam a Henrique na presidência do diretório estadual, o MDB passa por uma reformulação. Dois anos depois após a prisão do ex-ministro, procedimentos internos têm sido modificados e as articulações políticas ganharam novo perfil.

Confira na íntegra no Agora RN