Dono de instituto que pôs Zenaide em 2° tem mulher na prefeitura de São Gonçalo, destaca portal de notícias

Mulher do cientista político Daniel Menezes, diretor-geral do instituto de pesquisas Seta, a advogada Ingrid Paiva ocupa um cargo comissionado na Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, principal reduto eleitoral da candidata ao Senado Zenaide Maia (PHS).

O marido de Zenaide, Jaime Calado (PMB), foi prefeito de São Gonçalo entre 2009 e 2016. O sucessor dele, Paulo Emídio de Medeiros (PR) – que nomeou a mulher de Daniel Menezes –, é aliado do ex-prefeito e apoia a candidatura de Zenaide para o Senado.

Admitida para o cargo de assessora jurídica do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) em janeiro deste ano, Ingrid recebe desde então R$ 3,5 mil de salário bruto por mês, segundo o portal da transparência da prefeitura. A nomeação da advogada aconteceu em 2 de janeiro, com publicação de portaria assinada pelo prefeito Paulo Emídio no Diário Oficial do Município.

Em perfil publicado na rede social Facebook, Ingrid Paiva diz que trabalha no escritório Paiva Advocacia. Ela não faz menção ao cargo que ocupa na Prefeitura de São Gonçalo.

O Instituto Seta, de Daniel, divulgou nesta sexta-feira, 14, nova pesquisa para o Senado que mostra crescimento das intenções de voto de Zenaide Maia. A deputada federal, que surgia na terceira posição em outros levantamentos, apareceu com 15% na estimulada, atrás apenas de Styvenson Valentim (Rede), que lidera com 21%. Candidato do MDB, Garibaldi Alves Filho tem 14%.

CARGOS FANTASMAS

O Agora RN mostrou – em reportagem publicada nesta sexta-feira, 14 – que Zenaide Maia tem pelo menos cinco servidores lotados em seu gabinete na Câmara dos Deputados que não dão expediente com regularidade. Juntos, eles ganham mais de R$ 15 mil por mês, entre salário e auxílios.

De acordo com a Câmara Federal, cada gabinete pode contratar entre 5 e 25 secretários parlamentares, que prestam serviços de secretaria, assistência e assessoramento direto e exclusivo nos gabinetes dos deputados, em Brasília ou nos estados. Zenaide tem 20 desses assessores.

Entre os servidores fantasmas – que estão empregados como “secretários parlamentares” – estão parentes da deputada e de aliados políticos no Rio Grande do Norte. Zenaide foi procurada pela reportagem, mas não se manifestou.

Fonte: Agora RN

Administrador

Deixe uma resposta