Figurinista potiguar recebe reconhecimento internacional


O figurinista, mas também diretor, cenógrafo, maquiador e ator, João Marcelino (56) acaba de receber um importante reconhecimento internacional. Seu figurino, criado especialmente para o espetáculo “Quintal de Luís” (Grupo Estação de Teatro/2014) foi selecionado para participar da “13ª Quadrienal de Praga: Espaço e Design da Performance”, realizada na capital da República Tcheca entre os dias 18 e 28 de junho.

O evento é considerado o maior do mundo na sua área, reunindo um grande recorte contemporâneo dos trabalhos mais recentes produzidos em todos os cinco continentes. Por lá, todos os elementos da performance se encontram: figurinos, palco, iluminação, sonoplastia, e arquitetura teatral para dança, ópera, teatro, site specific, performances multididáticas e artes performáticas.

Patrocinada pelo Ministério da Cultura da República Tcheca e realizada pelo Instituto de Artes e Teatro de Praga, a quadrienal ocorre desde 1967, e desde a sua edição anterior já contava com a presença de mais potiguares – os Clowns de Shakespeare, que na ocasião obtiveram o prêmio máximo do evento, a “Triga de Ouro”, com o espetáculo “Sua Incelença, Ricardo III”.

João Marcelino foi selecionado pelos curadores brasileiros que tiveram acesso ao seu trabalho a partir das redes sociais, já que o figurinista é adepto ao Facebook, e também ao Pinterest, uma importante ferramenta para arquitetos e artistas visuais do mundo inteiro por facilitar o compartilhamento de referências imagéticas.

“Na verdade foi através da Rosane Muniz, que é uma das curadoras brasileiras, e ela já conhecia o meu trabalho, então me pediu que enviasse os croquis e algumas fotografias para apreciação, até que recebi a confirmação de que o meu figurino havia sido escolhido”, explica João Marcelino.

Saiba mais no Novo Jornal

Administrador

Deixe uma resposta