Se aproximando o fim dos prazos de filiações partidárias, entra em cena um conhecido personagem da política macaibense:  o manipulador, chicoteador  e interminável Sérgio Cunha e seu famoso rolo compressor.

Em primeiro lugar, quase esculhamba o já baleado PTB. Quase consegue seduzir João de Damião e Ivanildo de Cajazeiras, causando um transtorno sem precedentes  ao Dr. Olímpio, que dias antes caiu na besteira de tentar se reaproximar da Prefeita, causando um mal estar tremendo entre os seus liderados.

Como conseqüência, o ex-vereador  Chico Cobra tomou uma atitude  e com muita firmeza de posição afirmou: “Não posso concordar com uma decisão que não foi discutida com as bases do partido, por isso estou me filiando ao DEM e vou em busca de independência”.

Já o Presidente do legislativo macaibense, vereador Sena, foi em busca do aval da Governadora para deixar o PMDB, onde dificilmente terá legenda, uma vez que não nega a ninguém que é correligionário de Fernando, mas tenta sair do partido sem colocar em risco seu mandato.

Sem falar de Gelson e Edma que já assumiram publicamente que estão no DEM, a serviço de Sérgio; o mesmo que pode acontecer com a suplente de vereadora Ismarleide e com outros candidatos de menos expressão da base aliada da Prefeita.

Enfim, hoje acaba o fim das filiações dos pré-candidatos, porém,  até o próximo dia 14, quando os partidos vão apresentar suas listas oficiais de filiados, muita coisa bizarra pode acontecer,  ao arrepio da ética e da legislação eleitoral, na tão esculhambada política macaibense. Aguardemos, então, as cenas dos próximos capítulos.

Termina neste dia 7 de outubro de 2011, um ano antes do primeiro turno das eleições municipais de 2012, o prazo para que os cidadãos que pretendem disputar cargo eletivo se filiem a um partido político com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o calendário eleitoral de 2012, aprovado pelo Plenário do TSE, o pleito será realizado no dia 7 de outubro de 2012, em 1º turno, e no dia 28 de outubro nos municípios onde houver a necessidade de 2º turno. Serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em mais de 5,5 mil municípios brasileiros.

Apenas por intermédio de um partido político o cidadão pode requerer o registro de sua candidatura. E para disputar um cargo eletivo deve se filiar ao partido pelo qual pretende concorrer, com pelo menos um ano de antecedência do pleito, de acordo com a Lei das Eleições (nº 9.504/97). Em caso de fusão ou incorporação de partidos após o prazo estipulado (um ano antes da eleição), será considerada, para efeito de filiação partidária, a data de filiação do candidato ao partido de origem.

De acordo com a área de estatística do TSE, nas eleições municipais de 2008 o TSE recebeu 814 recursos questionando a filiação partidária de candidatos. Nas eleições gerais de 2010 foram 332 recursos questionando esse requisito.

Os candidatos aos cargos em disputa serão escolhidos pelas legendas nas convenções partidárias, que se realizam entre os dias 10 e 30 de junho de 2012. Os registros poderão ser solicitados à Justiça Eleitoral até o dia 5 de julho, pelos partidos, e até o dia 10 de julho, por candidatos escolhidos em convenção que não tiverem os registros requeridos por sua legenda.

O partido político pode estabelecer, em seu estatuto, prazo de filiação superior a um ano para a candidatura a cargo eletivo. No entanto, esse prazo não pode ser alterado no ano da eleição, tendo por base o princípio da segurança jurídica.

A filiação partidária é o vínculo formal que se estabelece entre um partido político e o eleitor e é uma das condições de elegibilidade conforme estabelece o artigo 14 da Constituição Federal. Só pode filiar-se a partido o eleitor que estiver na plenitude do gozo de seus direitos políticos.

A reforma política proposta pelo PT conseguiu uma façanha: unir todos os partidos da base e de oposição na Câmara contra o relatório do deputado Henrique Fontana (PT-RS), que propõe um sistema híbrido nas eleições proporcionais e financiamento público de campanha com dinheiro de empresas estatais e privadas. Com todas as legendas contra a proposta, Fontana foi obrigado a capitular e a votação do relatório, prevista para ontem na Comissão Especial da Reforma Política, foi adiada por tempo indeterminado.

“Esse relatório, como está, só será votado no dia 24 de dezembro dentro do trenó do Papai Noel”, ironizou o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos integrantes da comissão. Parlamentares de partidos aliados e de oposição alegam que a proposta de Fontana privilegia o PT. “O modelo proposto pelo Fontana fortalece extremamente o PT, que poderá chegar a ter 150 deputados”, disse Luciano Castro (PR-RR), membro da comissão.

Em seu relatório, Fontana propõe a instituição do sistema de votação proporcional misto. Ou seja: o eleitor vota diretamente em um candidato para preencher metade das vagas para a Câmara dos Deputados, as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais. Na outra metade, o eleitor vota em uma lista previamente ordenada de candidatos, definida pelos partidos. Os aliados e a oposição argumentam que esse sistema vai beneficiar o PT, por ser o partido com mais identidade ideológica e militância política ativa.

“É um golpe que o PT está querendo dar para aumentar sua bancada. O PT tem 30% do eleitorado, mas elegeu 18% de deputados. Com o sistema proposto, quem ganha é o PT”, afirmou Cunha.

“É uma proposta que conseguiu desagradar a gregos e troianos”, resumiu Ronaldo Caiado (DEM-GO), que já relatou dois projetos de reforma política que acabaram engavetados.

“Meu relatório não protege o PT. O festival do caixa 2 nas eleições é no atual sistema ou no sistema que estou propondo?”, reagiu Fontana. Para ele, sua proposta acabaria com a corrupção nas eleições.

Em seu relatório, o petista propõe a criação de um fundo específico – chamado de Fundo de Financiamento de Campanhas Eleitorais (FFCE) -, que seria constituído com recursos governamentais e por doações de empresas privadas e pessoas físicas para bancar os gastos das campanhas. A maioria dos parlamentares, no entanto, é contra o FFCE, sob a alegação de que não pode haver financiamento público com o sistema proporcional misto. “Essa proposta não funciona; é ilógica”, disse o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), outro integrante da comissão.

Diante da perspectiva de ver enterrada ontem mesmo a reforma, Fontana concordou com a abertura de prazo até o dia 20 para a apresentação de emendas a seu relatório. Depois da análise dessas emendas, ele apresentará uma nova proposta, que será votada na Comissão Especial. Se aprovada, a reforma política começará a tramitar na Câmara, passando por comissões temáticas até chegar ao plenário.

O vereador solicitou um ônibus para o transporte dos alunos universitários da cidade para Natal. Ele foi procurado por vários estudantes e observou que em muitos municípios esse serviço já existe e viu necessária a implantação em Macaíba. Com a solicitação, o vereador Silvan e os estudantes universitários aguardam ansiosos a decisão da prefeita. Esse serviço será de grande importância para a cidade.

Assessoria

Em uma reunião que aconteceu hoje a tarde com a governadora Rosalba Ciarlini, o ex-deputado Carlos Augusto, o presidente da Assembleia Ricardo Motta, Sérgio Cunha, o ex-prefeito Fernando Cunha e Lideranças políticas macaibenses, ficou definido o seguinte: Sérgio Cunha, irmão do ex-prefeito Fernando Cunha, ficará à frente do PMN de Macaíba.

Fontes seguras dão conta de que os vereadores Eduardo Santos e Tomás Sena desembarcaram hoje no PR, a despeito de correrem o risco de perderem os respectivos mandatos.

Segundo a informação, a dança das legendas só é viável porque existe um acordo tácito entre Henrique Alves e João Maia em não reclamarem os mandatos, em caso de migração de vereadores entre PR e PMDB e vice-versa.

A grande questão é saber como ficam esses  vereadores em relação à Prefeita. Há quem entenda que é um sinal claro de um possível rompimento, visto que já existe um mal estar em razão do número de vagas para a próxima legislatura, que foi uma imposição do grupo da Prefeita, mesmo contrariando a maioria dos edis que eram favoráveis ao número máximo permitido.

Já o ex-vereador Gelson e a Professora Edma, esposa do vereador Maia, se filiaram hoje ao DEM.

Brasília – O deputado Henrique Fontana (PT-RS), relator do projeto da reforma política na Câmara, pediu apoio hoje (4) para a aprovação do texto, amanhã (5), na comissão especial que trata do tema. O apelo foi feito mesmo sabendo que o texto ainda não representa as posições de todos os partidos.

“Não é um relatório que atenda a 100% das nossas convicções. Mas esse relatório, que poderá ser aperfeiçoado na Câmara e no Senado, nos dará uma política muito mais democrática do que aquela que temos hoje. Outras reformas virão, outros avanços virão, mas o pedido de apoio que faço é para que consigamos maioria em nossos partidos para votar o relatório amanhã”, disse Fontana.

O relator falou durante o ato em defesa da reforma política, na Câmara, com a presença de representantes de diversos partidos e entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Todos defenderam um aspecto da proposta: o financiamento público exclusivo das campanhas eleitorais. Segundo representantes do PSOL, PV, PT, PSB, PDT, PCdoB e PSC, esse é o primeiro passo para combater a corrupção e o abuso do poder econômico.

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, pediu para que os parlamentares tenham a “coragem de ousar”. “Peço que avancemos, que aprovemos o relatório, ainda que com várias divergências”, disse. Segundo ele, a reforma é discutida no Congresso há mais de 15 anos sem nenhuma solução. “Não frustrem mais uma vez a esperança do povo brasileiro de ver realizada uma reforma política”.


Encontro com presidente da Caern foi intermediado pelo deputado estadual Dibson Nasser.

Na tarde desta terça-feira (4), sete vereadores do município de Pureza, distante 59km de Natal, tiveram reunião com o presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Walter Gasi, para solicitar a correção de falhas no abastecimento de três comunidades rurais do município. O encontro foi intermediado pelo deputado estadual Dibson Nasser (PSDB), que recebeu os parlamentares em seu gabinete e marcou a audiência com o diretor-presidente da Caern.

De acordo com os vereadores de Pureza, há seis que as comunidades de Umbuzeiro, Curral Preto e Rancho apresentam problemas relacionados à falta d’água. Segundo eles, a situação é complicada na região devido à grande quantidade de moradores que dependem da agricultura para sobreviver. Além disso, eles afirmam que o município é fonte do abastecimento de mais quatro cidades da região do Mato Grande (João Câmara, Taipu, Poço Branco e Bento Fernandes), o que causa mais estranheza entre os vereadores.

“É muito estranho mesmo a falta d’água. Dizem que a bomba que leva a água para essas comunidades, que fica em uma área mais alta, não está dando conta. Queremos que o problema seja solucionado. Somente isso”, disse a vereadora Maria do Socorro, conhecida como Biluca, que participou da reunião junto aos vereadores Armando, Adãozinho, Dalvanir, Luiz Varela, José Barbosa e Patrícia Brito, além do vice-prefeito Costa Neto e outras lideranças da região.

No encontro, Walter Gasi garantiu que uma equipe da Caern irá ao município na sexta-feira (7) para verificar qual o problema no abastecimento, mas que uma nova bomba será instalada em Pureza no dia 11 desse mês. Para Dibson Nasser, o resultado do encontro foi positivo. “Fomos bem recebidos e acredito que o problema de abastecimento nas comunidades em Pureza será solucionado em breve. Vamos torcer por um bom desfecho”, disse Dibson Nasser.

Enviado pela Assessoria

Dos seis deputados que iriam se filiar ao PSD, presidido no Estado pelo vice-governador Robinson Faria, apenas dois continuam seguindo o caminho: Gesane Marinho e José Dias.

O presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, juntamente com os deputados Vivaldo Costa, Raimundo Fernandes e Gustavo Carvalho “riscaram para trás”.

Robson Pires

Esteve presente a comitiva do PTB de Macaíba, Dr. Olímpio Maciel, Naxson Palhares, João de Damião, Ivanildo de Cajazeiras, no mesmo momento, aconteceu o encontro com representantes da frentinha, Denílson Gadelha presidente do PRB e Igor Targino presidente do PP de Macaíba, surgindo uma forte aliança para as eleições de 2012 no nosso município.

Nesta semana o panorama político vai ferver. Não faltam pré-candidatos procurando partidos para se filiarem. Macaíba está no meio do caldeirão. Espero que os novos venham com propostas e projetos. Problemas não faltam em Macaíba. Listo alguns, que já deveriam ter sido resolvidos há muito tempo:

1. Saneamento básico – a falta de saneamento é um dos principais causadores da poluição do Rio Jundiaí (a “maré”), além de vários outros problemas.

2. Transporte – uma cidade que faz parte de uma região metropolitana como a de Natal precisa ter um sistema de transporte público mais eficiente e seguro, coisa fácil de ser resolvida nos dias de hoje.

3. Tráfego urbano – não dá para aceitar caminhões, caçambas e outros veículos pesados passando pelas principais ruas e centro da cidade. Há leis que podem impedir isto.

4. Mobilidade – é horrível a situação das calçadas das ruas centrais de Macaíba. Difícil para idosos caminharem. Impossível para cadeirantes e outros que precisam de facilidades de locomoção.

Paro por aqui, pois a lista completa é  longa, quase interminável.
 
Deixo a provocação: Alguém se arrisca a minimizar estes problemas?

Francisco Alexandre

O deputado estadual Ricardo Motta, presidente da Assembleia Legislativa, desistiu de ingressar no Partido Social Democrático. O parlamentar ficará no PMN, legenda ao qual já é filiado.

A mudança agora será no diretório do PMN. O deputado estadual Antonio Jácome deixará a presidência e o cargo passará para Ricardo Motta.

O presidente da Assembleia Legislativa ainda não anunciou oficialmente a desistência de ingressar no PSD, mas hoje deverá ter novas reuniões para fechar as negociações.

Panorama Político

Calma! Não vou dizer aqui que você deva se filiar a  um partido político e lançar seu nome como candidato a algum cargo eletivo (mas,  se for este o caso, corra, pois o prazo de filiação, para quem pretende estar habilitado a concorrer no pleito de 2012, acaba no próximo dia 07). Até porque, antes de se tornar político profissional, seria importante que cada indivíduo procurasse  crescer e se estabilizar primeiro como ser humano, como profissional e como  cidadão.

Falo de política em um sentido mais amplo, inclusive em algumas relações humanas onde não percebemos a política, mas ela é imperativa. Um bom exemplo de política encontramos dentro da nossa própria casa, nas relações familiares, tais como: as concessões que os pais fazem para com os filhos, as composições diárias  entre marido e mulher e no exercício da política de boa vizinhança, necessária para conviver em harmonia dentro de uma comunidade.

Por outro lado, mesmo aqueles que não se interessam por política partidária, podem desenvolver sua veia política de várias maneiras, como por exemplo: nos grêmios estudantis e diretórios acadêmicos, nas associações de bairros e conselhos comunitários, nas associações de classes e sindicatos, criando um blog ou simplesmente participando de algum fórum de debate na internet.

Importante nesse processo constante da busca de informação é ter a consciência do que ocorre na sua escola, , na sua atividade profissional, no seu bairro, no seu município. Senão poderemos ser vítima de uma velha máxima, que assevera:  “Quando você se omite, alguém decide por você”.

Denílson Gadelha

A filiação do ex-prefeito Fernando Cunha Lima Bezerra ao recém-criado PSD provoca a perda de três importantes apoios à sua volta à Prefeitura de Macaíba em 2012: a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e os senadores Garibaldi Filho (PMDB) e José Agripino (DEM). Com a opção de Cunha Lima ao partido do vice-governador Robinson Faria, ganha a prefeita Marília Dias (PMDB).

É que com a adesão do deputado federal Henrique Alves (PMDB) ao governo da Rosa, a chefe do Poder Executivo estadual poderá subir no palanque do PMDB. Ou seja, de Marília Dias.
E, segundo o analista da política local Emanoel Tavares, poderá ocorrer o pior: com o recente rompimento de Robinson Faria e Ricardo Motta, presidente da Assembléia Legislativa do RN, devido os Cunha não ter optado em ficar com Motta, podem também perder os cargos comissionados da AL.
E, mais agravante ainda: Robinson Faria perderá a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos. “Aí, sim, o bicho vai pegar! Nunca vi um feitiço virar contra um feiticeiro tão rápido! E é porque ainda dizem que Sérgio Cunha é um grande estrategista!”, opina Tavares.
Curiosidade: o curioso é que o pré-candidato a vereador Gelson Lima não aceita de forma alguma se filiar no mesmo partido que os irmãos Cunha. Por que será? Vale um alerta para aqueles que nunca comeram no prato dos Cunha ficarem de orelhas em pé! Se eles que estão juntos, no mesmo processo há muito tempo, não confiam uns nos outros, imagine para quem possa chegar agora (quem não se lembra do próprio Gelson Lima em 2008, vereador sem legenda?)!

Enviado por um leitor.

Ricardo Motta sinaliza que pode recuar de decisão de migrar para o PSD próxima semana

O presidente da Assembleia Legislativa Ricardo Motta deve recuar e continuar filiado ao PMN. Ontem, durante a instalação do parlamento estadual em Mossoró, ele não disse nem que sim nem que não, mas não demonstrou o mesmo entusiasmo de outrora com o recém-criado PSD.

O deputado disse que a possibilidade de ir para o novo partido será analisada na próxima semana com o grupo liderado pelo vice-governador Robinson Faria.
O peemenista evitou dar uma declaração contundente sobre essa possibilidade, mas também não confirmou a troca de partido. “Esse é um assunto que vamos tratar em Natal. Eu, o deputado Vivaldo e todos os deputados numa grande mesa, como sempre foram discutidos democraticamente e entraremos num consenso”, acrescentou.
Questionado se assumiria o comando do PMN caso permanecesse na legenda, Ricardo Motta evitou o assunto. “Eu disse que esse assunto de política será abordado em Natal conjuntamente com todos os senhores deputados”, desconversou.

De forma contraditória ele disse ter ficado feliz com a autorização do TSE para a concessão do registro do PSD. “Com muita euforia. Do mesmo jeito que alguns deputados do grupo formado pelo vice-governador Robinson Faria. Somos um grupo de deputad os irmanados e todos falam a mesma linguagem e claro que aquilo que vier para fortalecer o nosso grupo político claro que nós estaremos satisfeitos e afinados”, afirmou.

Jácome aceita permanência de presidente

O presidente estadual do PMN Antônio Jácome afirmou que vê de forma positiva a permanência de Ricardo Motta no partido.
Ele disse que ainda não conversou com o presidente da Assembleia Legislativa sobre o assunto, mas demonstrou empolgação com a possibilidade. “Ainda não, mas receberei de bom grado a sua permanência no partido, não só por ser o presidente da Assembleia, mas por ser um deputado veterano, experiente, de uma família tradicional na política do Rio Grande do Norte e será muito bem-vindo se permanecer no partido”, destacou.

O presidente do PMN declarou que teve essa expectativa no início do segundo semestre. “Não fui procurado oficialmente. Há dois ou três meses havia essa expectativa e não tenho uma informação atualizada sobre a permanência ou não dele”, relatou.

Antônio Jácome evitou comentar a hipótese de se negociar a presidência do partido em troca da permanência de Ricardo. “Eu não briguei para ser presidente, não pedi para ser presidente, foi um convite da direção nacional, não acredito que o deputado Ricardo Motta agiria dessa forma. Ele sabe que imposição e atropelamento na política são duas palavras que não soam bem”, concluiu.

O parlamentar informou que até o final de 2011 o PMN estará presente em todos os municípios do Estado. “O que eu sei é que o partido está muito bem, se organizando em todo o Estado. A procura está muito grande em todo o Estado. Estamos organizados em mais de 100 municípios e se Deus quiser até o final do ano estaremos nos 167 municípios do Rio Grande do Norte”, disse.

Bruno Barreto
Editor de Política

http://a1.twimg.com/profile_images/1372697165/foto_de_jo_o.jpg

Que as especulações sobre a composição das chapas que disputarão a prefeitura de Macaíba na próxima eleição são a principal pauta nas conversas, isso ninguém mais duvida. A novidade da vez são as possíveis alianças da atual prefeita e candidata a reeleição, Marília Dias. Nos últimos dias, os comentários davam conta de que ela se aliaria à advogada Isabelle Mesquita, filha do atual presidente do Tribunal de Contas do Estado, Valério Mesquita. E  mais ainda, o Novo Jornal, periódico com circulação na Grande Natal, publicou uma entrevista com a prefeita em que a mesma afirmou que buscaria também aliança com o PT.

Segundo Isabelle  Mesquita, não há qualquer  fundamento na notícia de sua possível candidatura ao lado da prefeita. “Não coloquei meu nome na disputa em Macaíba. Sigo a orientação política dos meus pais e nada ainda foi conversado”.

Já João Marques reafirmou a pretensão de seu partido de apoiar a candidatura de Luizinho, do PSB, conforme a aliança firmada em eleições anteriores. Caso tal candidatura não seja confirmada, o presidente do PT municipal garante que o partido terá candidato próprio. “Não acredito que exista uma clareza no plano e nas ações de governo da atual prefeita. Durante o seu mandato ela não conseguiu ser clara com nenhum setor da sociedade, isso colocou muita gente na oposição. Quanto aos motivos para não apoiar Dr. Fernando são praticamente os mesmos, pois os dois são frutos da mesma família, do mesmo processo de formação político e histórico e agem de forma muito semelhante”.

Folha de Macaíba

Resultado da Última Rodada
 
DATA    HORA  CHAVE                        EQUIPE                                          Local

24/09    19:00    F    Mancha Verde    00 X 02        Vira Copo                  Traíras
24/09    20:00    G    Fluminense        00 X 03        15 de Novembro       Traíras
24/09    21:00    G    Curitiba              04 X 01        Os Biriteiros             Traíras

Próxima Rodada

30/09    19:00    G    Coité                  X           Curitiba                             Traíras
30/09    20:00    F    Palmeiras C. B    X          Vira Copo                           Traíras
30/09    21:00    F    Ponte Preta        X          Boca Junior                        Traíras
 
01/10    21:00    G    Fluminense        X          Os Biriteiros                       Traíras
                                    
 
Beto Esporte

Prefeita Marília conta com o apoio do PDT, que segundo especulações não quer acordo nenhum com o PMDB, a falta de habilidade da Prefeita Marília Dias, está provocando uma crise sem precedentes dentro do seu próprio partido o PMDB. Marília não estaria cumprindo com a promessa de oferecer condições semelhantes às lideranças sem mandato, muitos que migraram para o PMDB na promessa que a prefeita daria um tratamento parecido, mas constataram que as coisas não eram bem assim. Estivemos com um destes pré-candidatos e ele nos falou o seguinte: “Quem vem pra cá na esperança de ter estrutura pra competir com um vereador pode tirar o cavalinho da chuva, pois até agora só tem conversa”.    Finalizou o pré-candidato.

Informativo Atitude

 

Com a proximidade do fim do prazo de filiação, os partidos políticos aproveitam para realizarem suas convenções. Mesmo os partidos que não precisam de convenção cartorial, aproveitam a oportunidade para promover a sigla, aglutinando forças e tentando atrair novos filiados.

O PMDB fez um mega evento em sua convenção, com os correligionários fazendo juras de amor à candidata Marília, contando com a presença ilustre do Ministro Garibaldi Alves. Já o PDT, que também faz parte da base aliada da Prefeita, teve uma convenção mais discreta, porém muito concorrida.

Ontem foi a vez do PC do B, que realizou sua convenção na Câmara Municipal  e reconduziu o advogado e coronel reformado Arthur Mesquita ao comando da sigla, valendo registrar a presença de representantes de vários partidos da cidade, bem como do Vereador em Natal George Câmara e do vice-presidente da legenda Canindé de França.

Hoje, no entanto, na contra-mão da história, o PSB do sempre prefeitável Luiz Gonzaga Soares, realizou no CAIC sua tímida convenção, sem convidar ninguèm.

Analistas políticos falam de estratégia, uma vez que Luizinho é considerado o fiel da balança do embate entre Fernando e Marília e há rumores que existe a possibilidade real deste vir a ser o vice da Prefeita.

Estratégias à parte, é ruim para o processo democrático quando um partido da magnitude do PSB priva a população e a classe política de um ato solene que pode mostrar, pelo menos, um norte que o partido seguirá rumo ao pleito de 2012.

O ex-senador Geraldo Melo assinará, dentro de instantes, a ficha de filiação do PMDB. O ato ocorrerá na sede do partido com a presença do presidente estadual, o deputado federal Henrique Eduardo Alves.

Além de Geraldo Melo, a ex-prefeita de Ceará-Mirim, Edinólia Melo, e o engenheiro Fabrício Gaspar, que disputou a Prefeitura da cidade em 2008, ingressam hoje no bloco peemedebista.

Panorama Político

Dentre as várias articulações arquitetadas pelo Governo do Estado, para impedir o fortalecimento do PSD no Rio Grande do Norte, está a possibilidade do presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, assumir o diretório Estadual do Partido Progressista (PP).

Atualmente, o comando do PP estadual está nas mãos do vereador de Parnamrim, Sérgio Andrade.

Mas…

Após denúncias feitas pelo Ministério Público, contra o vereador, o presidente nacional do partido, senador Francisco Dorneles, deseja fazer mudanças.

Se Ricardo realmente assumir o comando do partido, vários deputados devem lhe acompanhar.

Surge mais uma legenda no cenário político brasileiro, o PSD. Particularmente, não vejo nenhuma vantagem nisso. Em democracias bem mais evoluídas e com resultados sociais e econômicos bem mais satisfatórios que os nossos existem somente por volta de 2 ou 3 legendas no cenário político.

O referido partido pode parecer sem sal, mas deverá incomodar em algum lugar. Isto é, deverá eleger um candidato de peso aqui, outro ali. Se aliar com um partido aqui, outro ali. Ninguém sabe ao certo. O seu próprio fundador declarou ao portal Yahoo: “Estamos abertos a alianças com qualquer um. O que irá nortear as nossas alianças são nossos princípios e a nossa conduta”.

Pelas declarações de Kassab, o certo é que o PSD vai seguir caminho semelhante ao PMDB – se enfiar em qualquer brecha que achar espaço, caso seja-lhe conveniente para crescer e consolidar sua influência em níveis locais, regionais e mesmo nacional. O partido deverá até comportar alguns nomes do DEM e do PMDB Brasil afora.

 

 

O PSD em Macaíba:

 

Rumores, ainda não oficiais relatam que Fernando Cunha aderiria a nova legenda caso ela fosse criada. Agora sim, ela foi concebida e autorizada pelo TSE. Vale salientar que o Rio Grande do Norte foi um dos Estados brasileiros que contribuíram de forma mais assídua para o surgimento da legenda. Caso o PSD conquiste a simpatia de algum Peemedista ou Democrata no RN, poderá causar sérios rachas. Inclusive, Macaíba pode ser afetada.

Nas eleições passadas tanto Fernando Cunha como Marília Dias contavam(ou diziam contar) com certo apoio do DEM e de certos nomes de peso do PMDB. Se a legenda atrair alguém importante daqui da Terra de Coité ou de outros recantos eleitorais fortes do Estado, Macaíba  poderá ter novos rumos eleitorais – distintos do previsível. O PSD parece insosso, mas deverá ser perigoso(decisivo)em 2012 em certos lugares do Brasil.

 

*Andry Morais 

TABELA DA FASE FINAL DO CAMPEONATO     DE     FUTSAL 1ª e 2ª DIVISÃO FASE FINAL
 
 
                                                SEMI FINAIS MASCULINO
 
 
04/10     19:00   2ª DIV.    Diablos Vermelhos X Colégio Equipe
04/10    20:00    2ª DIV.    Bandeirantes         X     Boa Sorte
04/10    21:00    1ª DIV.    Aliança                  X      Sesc
            
       
07/10    19:00    2ª DIV.    Bandeirantes                X      Boa Sorte
07/10    20:00    2ª DIV.    Diablos Vermelhos             Colégio Equipe
07/10    21:00    1ª DIV.    Ulbra                            X      Santa Cruz
                                                                            
                                                      
FINAIS
 
1ª Partida
 
14/10    20:00    2ª DIV.    X
14/10    21:00    1ª DIV.    X
 
                                                                     2ª Partida
 
 
21/10    20:00    2ª DIV.    X
21/10    21:00    1ª DIV.    X

Beto Esporte

No dia 20 de outubro, A partir das 19 horas, na Escola Municipal Profº João Faustino, no Distrito Industrial de Macaíba, haverá toda uma programação cultural antecedendo o lançamento do filme Os Pés de Benedita. Os atores do filme são alunos da escola, funcionários, ex-alunos, pais e comunidade escolar. Confira a programação completa:

Programação

19:20  – Abertura
19:30  – Apresentação Musical com João  Maria, Gláucio Câmara, Fábio Augusto e Eliezer Francisco;
19:30  – Lançamento do Cordel de Sebastião Palhares;
19:40  – Quarteto de Clarinete;
20:00  – Lançamento do Cordel: Caminhos para a liberdade de Miguel Arcângelo Campos;
20:10 Recital de Hailton Mangabeira;
20:30  – Exibição do Filme: Os Pés de Benedita;
21:20  – Sessão de Fotos;
21:30  – Encerramento.

Exposição de cordéis de Boquinha de Mel

Exposição de Xilogravuras de Sebastião Palhares

Náutico segue imbatível nos Aflitos e vira vice-líder

Apoiado pela torcida no estádio dos Aflitos, o Náutico se manteve invicto como mandante nesta Série B ao derrotar o ABC por 2 a 0. O primeiro gol foi do artilheiro Kieza, que agora lidera a tabela de goleadores da competição com 14 tentos anotados, mesmo número do pontepretano Ricardo Jesus. Marlon foi o responsável por fechar a contagem.

Com o resultado, o Timbu chegou aos 47 pontos, ultrapassou a Ponte Preta e assumiu a segunda colocação. De quebra, tornou-se o melhor mandante do torneio, com 33 pontos conquistados ao lado dos torcedores (dez vitórias e três empates), um a mais que o Sport. A líder Lusa tem 33.

Curiosamente, os pernambucanos conquistaram como mandantes a mesma pontuação dos potiguares, que ocupam a 14ª posição, em todo o torneio.

O Náutico voltará a jogar ao lado de sua torcida na próxima rodada, a 27ª da Segundona. Na sexta-feira, às 20h30, a equipe recebe o lanterna Duque de Caxias. No dia seguinte, o ABC recebe o Sport.

O jogo

A confiança do Náutico nos Aflitos está em alta. Tanto que o primeiro lance de perigo da partida aconteceu logo aos quatro minutos, quando Ronaldo Alves cabeceou após cobrança de escanteio e Camilo fez ótima defesa. Aos oito, o arqueiro precisou fazer outra grande intervenção em chute de Kieza, que invadiu a área livre.

Sem o meia Cascata, suspenso, o ABC tinha dificuldades para criar boas chances. A única jogada mais perigosa da equipe potiguar aconteceu aos 14 minutos, quando Renatinho recebeu na área e bateu, levando perigo à meta de Gideão.

Quem balançou a rede, porém, foi mesmo o Náutico. Com 40 minutos, Kieza disparou, ganhou na corrida de Irineu e tocou na saída do goleiro, inaugurando o placar e inflamando a torcida.

Os donos da casa sofreram uma baixa no intervalo, já que o goleiro Gideão precisou deixar o gramado contundido para a entrada de Gledson. A mudança não interferiu no andamento da partida, mas isso poderia ter acontecido após um lance aos 18 minutos: Pio chutou e a bola bateu na mão de Ronaldo Alves na área. O árbitro Francisco Carlos Nascimento mandou o jogo seguir.

Sorte do Náutico, que ampliou um minuto depois. Após boa jogada de Everton pela esquerda, Marlon dominou na área, girou e chutou de direita para balançar as redes, dando números finais à partida.

A desvantagem desanimou o ABC, que pouco fez para evitar que o time alvirrubro trocasse passes esperando o tempo passar.

* Fonte: gazetaesportiva.net