Será que deveríamos votar novamente nestes vereadores?

 A política tornou-se um espetáculo para ser assistido, desde tempos remotos, valendo para ela as mesmas regras que valem para qualquer espetáculo, ou seja, assistir de camarote, ou até mesmo na arquibancada.

Deveríamos e já, começar a mudar esse cenário caótico em que se encontra a política brasileira, onde um professor ganha em média R$ 650,00 e um vereador como o de Macaíba ganha R$ 7.500,00 fora os R$ 12.500,00 de verba de gabinete, convenhamos que é muito para quem não trabalha nada, isto mesmo, quando se reúnem em sessão na Câmara de Vereadores (uma vez por semana) não fazem nada, pois nada existe para se discutir e quando algo existe, a sessão (o seu expediente trabalhado) raramente ultrapassa uma hora e meia.

E pergunte a si mesmo: o que fez o vereador “fulano” pelo povo de Macaíba? E o vereador “beltrano” que projeto de lei ele trouxe em prol da nossa população? E o vereador cicrano portou-se dignamente como um representante do povo? Quem eles empregaram ou indicaram para assumir um cargo comissionado? E porque eles empregaram tal pessoa e não a mim? Afinal sou macaíbense e também tenho direito a um cargo, ou não? Será que só sirvo para votar no dia das eleições? Qual a diferença entre eu e o “indicado” pelo veredaor X ou a vereadora Y.

           Foi à política como espetáculo que viabilizou a manipulação da população, numa democracia. Quem produz o espetáculo, se o fizer bem e agradar o público, pode conseguir manipular a população e conduzi-la na direção e rumo que desejar, isto mostra que o povo é manipulado, comprado, humilhado, ridicularizado e devemos dar um basta.

Vamos lá, comecemos a mudar este caos em que se encontra a política, vamos começar mudando todos estes vereadores que tem mandato colocando novos integrantes, para que possamos comparar e melhorar a vida do nosso povo. Mais para isso temos que começar modificando a nós mesmos, pois existe um ditado que diz: “Não temos os políticos que merecemos, temos os políticos que somos!”

 

A imaginação dos marginais não tem limites…

     Esperam num estacionamento, e depois de você sair do carro, eles tiram sua placa, assim não tocam o alarme e ficam à espera de seu retorno. Depois, seguem você, na ultrapassagem mostram a sua placa pela janela, como se ela tivesse caído do carro. alvez você fique um pouco espantado por ver a placa do seu carro ali na mão do passageiro do carro do lado mas, sem desconfiar e porque acha que ela caiu, resolve parar para recebê-la de volta e agradecer a quem tão “generosamente” deseja devolvê-la porque você nem reparou que tinha caído…
     Parar é tudo o que eles querem que você faça e aí já é tarde emais e terá sorte se não for violentamente tratado, raptado, ferido ou morto (que ironia: seria ótimo se fosse apenas um assalto). Não pare, seja por que motivo for. Uma placa não é nada, comparada com a sua integridade física. Pense no que poderá acontecer antes de agir. Os criminosos são espertos e podem ser extremamente violentosquando querem conseguir alguma coisa.

Em breve os estados poderão contar com um programa que reunirá dados sobre a execução financeira prevista nas leis orçamentárias, fazendo com que os interessados tenham a possibilidade de se informar e acompanhar, por exemplo, a aplicação das emendas parlamentares, além das metas do Orçamento e as diretrizes dos Planos Plurianuais (PPAs).

O projeto de criação do Siga Estados foi formalizado nesta semana em reunião da Mesa Diretora do Senado. O programa vai disponibilizar as bases de dados orçamentários e financeiros dos estados interessados na plataforma Siga Brasil, que já é oferecida pelo Senado e reúne um sistema de informações sobre orçamento com acesso amplo e facilitado às contas públicas.
Ler mais…

Duelo de um time que briga pelo G-4 contra outro que, em dez jogos, não havia conseguido uma vitória sequer. O futebol às vezes é uma caixinha de surpresas, mas dessa vez a lógica deu a tônica dentro do Frasqueirão, onde o ABC bateu o Duque de Caxias com facilidade por 3 a 0, com gols de Leandrão, Bileu e Cascata.

Melhor distribuído dentro do campo de jogo, o time da casa se aproveitou da afobação dos visitantes, que, apesar de o Campeonato não ter nem um terço completado, vêem o rebaixamento cada vez mais perto.

Para piorar a situação dos fluminenses, o azar ainda se mostrou presente. No primeiro gol, Leandrão recebeu na frente, limpou o goleiro e tocou, mas a bola ia cruzando a área. Desajeitado, Santiago tentou cortar e acabou colocando a redonda para dentro, aos 18 minutos da primeira etapa.

Com passes precisos e demonstrando bom padrão de jogo, os alvinegros não viam o Duque chegar com perigo, enquanto davam trabalho para Tiago Schmidt. Makelele, aos 30, chutou cruzado e ela passou com perigo. Aos, Leandrão cabeceou e o zagueiro dessa vez afastou, em cima da linha.

Mas, para jogar um banho de água fria naquilo que restava de motivação para o segundo tempo, o BAC fez o segundo já no final dos acréscimos, quando Bileu recebeu na entrada da área e disparou um balaço, no ângulo do arqueiro.

Tranquilos, os anfitriões pouco forçaram na etapa final, mas ainda ganharam um presente da zaga rival, que parou um ataque com a mão, já aos 43 minutos. Pênalti convertido por Cascata, fechando o placar em 3 a 0.

Agora o time tem 20 pontos e está colado no grupo dos quatro primeiros, ao lado de Americana e Paraná. Enquanto isso, o time da Baixada Fluminense fica com três, nove atrás do Boa, primeiro time fora da degola.

Na próxima rodada, o Mais Querido encara o Boa, fora de casa, enquanto o Tricolor da Baixada recebe o Icasa.

O vice-governador Robinson Faria tratou de tranquilizar os futuros filiados do PSD quanto ao registro oficial do partido para as eleições municipais do próximo ano. O líder do novo partido no Estado disse que não há temor em relação à matéria aprovada na CCJ do Senado que prevê a perda de mandato para os detentores que vão escolher a nova sigla partidária. Muito em relação ao número de assinaturas – 490 mil – exigido por lei para criação do partido.
         
Faria garante que não há nenhum temor entre os parlamentares e lideranças que já se comprometeram ingressar nas fileiras do PSD. O futuro presidente do partido em formação considera até um factóide a notícia de ameaça de perda de mandato, porque dificilmente o projeto será aprovado no Congresso Nacional antes das próximas eleições.
         
“Quando essa lei for votada no plenário do Senado e depois encaminhada para a Câmara dos Deputados já terão acontecido as eleições de prefeito (2012) e de governador (2014)”, garante. “Então, isso é uma atitude inócua, apenas para fazer terrorismo e tentar inibir pessoas que são simpáticas ao PSD em todo o Brasil. O projeto não terá nenhuma eficácia, é uma tentativa de provocar uma notícia negativa contra o partido”, afirma.
No mês de junho o Governo do Estado gastou R$ 1,055 milhão com diárias. O Institudo de Defesa Agropecuária (Idiarn) foi o campeão em gasto, somando quase R$ 150 mil. Em segundo lugar no ranking dos gastos com diária está a Secretaria Estadual de Saúde com mais de R$ 100 mil.
Confira o ranking dos órgãos do Governo que mais gastaram diária:
Inst. de Defesa e Insp. Agrop. do Estado do RN (Idiarn) R$ 141.770

Secretaria da Saúde Pública R$ 123.890,00

Secretaria de Estado da Educação e da Cultura R$ 96.220,00

Polícia Civil R$ 50.105,00

Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania R$ 48.470

Departamento Estadual de Trânsito R$ 47.320,00

Polícia Militar R$ 45.990,00

Sec. de Est do Trabalho Habitação e Assist. Social R$ 44.205,00


Panorama Político

Manoel Luiz Teixeira, vulgo Pixilinga, foi um dos maiores boêmios da cidade. A sua especial ocupação foi sempre não fazer nada.  Em todas as políticas das décadas de 50 e 60, era cabo eleitoral de proa. Alto, fumante inveterado, lábia irresistível, levava na conversa tanto os políticos quanto os eleitores. Por isso, foi vereador por duas vezes. Sempre era acompanhado pelos maiores consumidores de cana da cidade, como o motorista Zé Aguinaldo, o violonista Ailton Feitoza, o seresteiro Sebastião Melo, Chicó do Cavaquinho, entre outros. Certa vez, no cassino-bar de Jorge Leite da Costa (o Natal Clube de Macaíba), Pixilinga pediu ao então deputado Alfredo Mesquita para autorizar o dono do bar a despachar-lhe uma carteira de cigarro, no que foi consentido. Distante cinqüenta metros da mesa de jogo, por trás do balcão, Jorge perguntou em voz alta: “Posso despachar, Seu Mesquita?” De lá o deputado ergueu o polegar afirmativo. Só que, o nosso Pixilinga havia pedido outras coisas e levou: latas de sardinha, carne de conserva, pão, bolacha, garrafas de aguardente, pacotes de cigarro, etc. A farra foi grande. E maior foi a briga depois de Alfredo Mesquita e Jorge Leite da Costa.
 
O presidente do Poder Legislativo de Macaíba, RN, Thomas Sena, declarou nesta sexta-feira, 15, em um fresh para o programa “A Voz da Comunidade”, na Rádio Macaíba (FM 87,9), que comerciantes locais estariam sendo vítimas de golpes. Um homem ainda não identificado estaria ligando constantemente para os comércios se passando pelo vereador.
De acordo com as vítimas, o golpista dá o número do seu celular dizendo ser o do parlamentar, e pedem para que coloquem R$ 100,00 de crédito, que depois efetuará o pagamento. O caso já foi encaminhado para polícia, a qual já tem suspeitas de quem esteja praticando o ato, e já está tomando as devidas providências.  

Churrasco do Poeta

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, decidiu, hoje (15), afastar temporariamente o diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), José Henrique Sadok. Ele estava respondendo interinamente pela diretoria-geral do órgão, em substituição a Luiz Antonio Pagot, que tirou férias após ter o nome envolvido em denúncias sobre um esquema de cobrança de propina no Ministério dos Transportes.
Em nota, o ministro Paulo Sérgio Passos informou que também constituiu comissão de processo administrativo disciplinar para apurar os fatos noticiados na edição de hoje do jornal O Estado de S. Paulo.
Segundo a matéria, a Construtora Araújo Ltda, da esposa de Sadok, Ana Paula Batista Araújo, tem contratos que somam pelo menos R$ 18 milhões para obras em rodovias federais entre 2006 e 2011, todas vinculadas a convênios com o Dnit.
De acordo com o jornal, a construtora de Ana Paula é responsável por obras em rodovias de Roraima e os contratos tiveram aditivos que aumentam prazos e valores. Sadok disse ao jornal que os contratos são com o governo de Roraima e que foram realizados por meio de licitação.
Na última segunda-feira (12), o ministro dos Transportes disse que começaria sua gestão fazendo “ajustes” na pasta, o que incluira a troca de nomes do comando de órgãos ligados ao ministério e mudanças na forma de contratação de projetos para evitar irregularidades.
As mudanças nos Transportes começaram após denúncias publicadas pela revista Veja sobre um esquema de cobrança de propinas no ministério. As denúncias levaram o então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, pedir demissão do cargo, que agora é ocupado por Paulo Sérgio Passos.
O governo federal alterou o reajuste dos benefícios da Previdência Social acima do salário mínimo. O reajuste passou de 6,41% para 6,47%, conforme  portaria dos ministérios da Previdência Social e da Fazenda, publicada hoje (15) no Diário Oficial da União.
Em janeiro deste ano, os benefícios acima do piso tinham sido reajustados em 6,41%, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) estimado para dezembro. Como o indicador fechou em 6,47 %, os benefícios serão reajustados retroativamente a janeiro de 2011.
Em média, o reajuste será de R$ 0,65 para quem recebia mais que o salário mínimo em dezembro de 2010, informou o Ministério da Previdência Social.
A portaria traz também as novas alíquotas de contribuição ao Instituto Nacional do Serviço Social  (INSS) para os trabalhadores empregados, domésticos e avulsos. Para aqueles que ganham até R$ 1.107.52, a alíquota é de 8%. Os que estão na faixa salarial até R$ 1.845,87, terão alíquota de 9% e os que ganham até R$ 3.691,74, de 11%. As alíquotas passam a valer a partir do próximo mês.
Outra mudança é no teto do salário de contribuição e do salário de benefício, que passou de R$ 3.689,66 para R$ 3.691,74.
O presidente da Corte de Contas, conselheiro Valério Mesquita, criou uma Comissão Especial para atualização da Lei Complementar n° 121 (Lei Orgânica do TCE) e do Regimento Interno deste órgão de controle externo. A comissão é composta pelo consultor jurídico Cláudio Marinho, que vai presidir os trabalhos, a assessora jurídica Tália Maia Lopes, os assessores técnico-jurídicos Tércio Bezerra Câmara e Andréa da Silveira Lima Rodrigues e o chefe de Gabinete da Procuradoria Geral do Ministério Público, Marcelo Bergantin Oliveros. O anteprojeto de Lei deverá ser elaborado num prazo de 90 dias.

A Comissão começará seus trabalhos a partir do dia 18 deste e ouvirá todos os segmentos do Tribunal de Contas do Estado, inclusive o Sindicato dos servidores, por recomendação do presidente Valério Mesquita. “Queremos que a nova Lei Orgânica e o Regimento Interno representem, democraticamente, os anseios da Corte de Contas de acordo com as normas jurídicas em vigor, visando aprimorar o controle externo”, afirmou.

 A atual Lei Orgânica do TCE é de 1994 e estava completamente defasada no tempo e o Regimento Interno é de 2000. Nesse período, houve várias modificações na legislação vigente. Dentre elas, a Lei de Responsabilidade Fiscal, implantada no país em 2001, obrigando o gestor público a controlar receita e despesa sob pena de ser enquadrado nas penalidades previstas na lei. A portaria designando a Comissão Especial foi assinada ontem pelo presidente Valério Mesquita. 


                                                       Foto: Jorge Filho
O presidente da Corte de Contas, conselheiro Valério Mesquita
Os deputados federais do Rio Grande do Norte gastaram quase R$ 800 mil com verba parlamentar no primeiro semestre de 2011.
Veja o acumulado de cada um:
Sandra Rosado (PSB)
105.602,84
 
Fátima Bezerra (PT)
102.735,66
 
Fábio Faria (PMN)
101.411,02
 
Felipe Maia (DEM)
97.441,27
 
João Maia (PR)
90.938,94
 
Rogério Marinho (PSB)
86.434,68
 
Henrique Eduardo Alves (PMDB)
83.741,04
 
Paulo Wagner (PV)
69.392,59
 Total:

737.698,04

Panorama Político

 
A três anos da Copa do Mundo de 2014, as 12 cidades brasileiras que se programam para sediar o torneio correm para não ficar atrás do cronograma das obras previstas. Nesta corrida, quem está na lanterna é a cidade de Natal (RN), que tem praticamente todas as obras atrasadas ou sequer iniciadas.
O atraso já ganhou selo oficial. As autoridades locais são as primeiras no país a admitir publicamente que algumas das principais obras planejadas para a Copa não estarão prontas a tempo de honrar o compromisso firmado na Matriz de Responsabilidade da Copa, assinado em janeiro de 2010 e que determina que todos os empreendimentos feitos para o torneio devem ser concluídos até dezembro de 2013.
As obras que as cidades estão fazendo na atual fase de preparação, basicamente, são de três tipos: construção de estádios, ampliação e reforma de aeroportos e obras de mobilidade urbana, como avenidas e soluções de transporte coletivo. Cada cidade-sede tem o seu calcanhar de Aquiles.
As obras do novo estádio não estão nem perto de começar. Antes, é preciso demolir o tradicional João Machado, ou “Machadão”, que dará lugar à Arena das Dunas, considerado um dos projetos mais modernos de estádio para a Copa de 2014.  A  arena vai custar, de acordo com o Ministério do Esporte, R$ 413 milhões. Desse dinheiro, R$ 289 milhões deveriam ser obtidos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), através da linha de financiamento Pró-Arena.
Das oito cidades-sede que solicitaram o empréstimo ao banco, só duas ainda não receberam, Natal e Belo Horizonte (MG). A obra é uma PPP (Parceria Público-Privada) entre o Estado do Rio Grande do Norte e a empreiteira OAS, que poderá explorar o estádio por 23 anos.
Como o tomador de empréstimo é um ente privado, as exigências de garantia são maiores do que nas obras públicas. É preciso, por exemplo, que se apresente um conjunto de bens executáveis na Justiça que somem 130% do valor do empréstimo. O BNDES afirma que o pedido da OAS está “em análise”.
Deu no Uol

Foi aprovado, nesta quarta-feira (13), na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara o Projeto de Lei 2.123/07 que reconhece a profissão de vaqueiro em todo o território nacional.

De acordo com o texto, “o vaqueiro é o profissional que realiza práticas relacionadas ao trato, manejo e condução de animais do tipo bovinos, caprinos, ovinos, bubalinos, equinos e muares”.

Para o deputado Felipe Maia, relator substituto da matéria, o projeto representa um avanço para a categoria, pois foram inclusos os direitos a seguro de vida e de acidentes em favor do vaqueiro. “A proposta visa contemplar mais uma classe de trabalhadores com vários benefícios. Todo cidadão tem direitos e atuamos de forma a alcançar um número maior de pessoas”, comentou o parlamentar.

Ainda segundo o PL, os vaqueiros poderão receber indenizações por morte ou invalidez e ressarcimentos de despesas médicas decorrentes de acidentes no trabalho. A matéria seguirá para votação no Plenário da Câmara e depois será encaminhada para o Senado.

 

Robson Pires

 

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2012, aprovado hoje (13) pelo Congresso, manteve o valor do salário mínimo previsto pelo Executivo de R$ 616,34. Além disso, a LDO estabelece que o Orçamento da União para o ano que vem terá que preservar uma dotação para o aumento real aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
O Congresso alterou a proposta do Executivo de excluir de reajuste, em 2012, o auxílio-alimentação e a assistência pré-escolar, médica e odontológica quando o valor do benefício pago aos aposentados e pensionistas superar o valor médio da União, praticado em março de 2011. Os deputados e senadores mantiveram nessa regra, apenas, o auxílio-alimentação.
O presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), considerou as mudanças nas regras de reajuste dos benefícios previdenciários um avanço.“Enquanto na Europa se cria um movimento de acabar com o Estado Social de Direito, nós aqui no Brasil e nos países em desenvolvimento, estamos em um movimento contrário garantindo os direitos sociais.”

Ler mais…

A bancada federal potiguar se reuniu ontem, em Brasília, com o ministro das Cidades, Mário Negromonte, para pleitear a ampliação do projeto do Veículo Leve sobre Trilho. Embora ainda não tenha nem começado a ser executado, deputados federais já pediram o aumento do chamado metrô de superfície para atingir todas as cidades da Grande Natal. Por enquanto, o auxiliar de primeiro escalão da presidente Dilma Rousseff preferiu não garantir.
O ministro disse que vai marcar uma uma nova reunião com os parlamentares e prefeitos após a conclusão do estudo de viabilidade para ampliar o projeto. O estudo a que o ministro se referiu é um levantamento técnico e econômico que já está sendo feito pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).  Na reunião no Ministério, as únicas ausências da bancada federal de deputados foi Sandra Rosado (PSB) e Fábio Faria (PMN). Já entre os prefeitos da Grande Natal a única que não enviou representante foi a Prefeitura de Natal. 
O projeto inicial do VLT prevê 11 estações entre o bairro da Ribeira e Nordelândia, em Extremoz, e está orçado em R$ 136,5 milhões. 

Tribuna do Norte

O Rio Grande do Norte receberá mais cinco zonas eleitorais que funcionarão com base no sistema biométrico, ou seja, com identificação com a impressão digital dos eleitores. 
As novas zonas contempladas são: a 15ª, a 19º, a 52ª, 55ª e a 57ª. No próximo ano, os eleitores deverão fazer o recadastramento para a votação para prefeito e vereador em outubro. 
Hoje, o Rio Grande do Norte já tem urnas eletrônicas implantadas em 14 municípios: Macau, Guamaré, Caraúbas, Alexandria, João Dias, Pilões, Pedro Avelino, São José de Mipibu, Timbaúba dos Batistas, São Fernando, Nísia Floresta, Macaíba, Bom Jesus e Ielmo Marinho.
Confira as zonas e municípios contemplados
15ª Zona Eleitoral – São José de Campestre, Monte das Gameleiras e Serra de São Bento;
19ª Zona – São Tomé, Lagoa dos Velhos, Barcelona e Ruy Barbosa;
52ª Zona – São Bento do Norte, Pedra Grande, Galinhos e Caiçara do Norte;
55ª Zona Eleitoral – Almino Afonso, Frutuoso Gomes, Rafael Godeiro e Lucrécia;
57ª Zona – Governador Dix-sept Rosado.
nominuto.com
O juiz da 4ª Vara Criminal de Natal, Raimundo Carlyle de Oliveira, determinou nesta quarta-feira (13) que seja encaminhado à autoridade que presidiu o inquérito da Operação Impacto, cópias dos documentos que constatam o crime de desobediência pelo gerente do banco Santander, para que proceda a prisão e a autuação em flagrante delito, nos termos dos artigos 301 e seguintes do Código de Processo Penal.
O gerente de que trata o magistrado labora na agência Rio Branco (4650) do Banco Real ABN AMRO/SANTANDER, localizada na Av. Rio Branco, 592, Cidade Alta, na capital. Raimundo Carlyle determinou ainda a instauração de inquérito policial para apurar o crime de desobediência.
 
 
Robson Pires 
O projeto Xadrez na Escola, desenvolvido pelas Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Ação Social de Macaíba, participa neste final de semana do 2º Nordestão de Xadrez para Menores (categorias sub-8 até o sub-18, masculino e feminino). O evento acontecerá no Complexo Educacional Contemporâneo, no bairro de Potilândia, em Natal, no horário das 13h30 até às 19h, no sábado, e de 8h15 às 10h30, no domingo, com encerramento às 12h. O torneio contará com a presença do atual campeão brasileiro da categoria sub-10, Álvaro Cristiano (Juazeiro-BA). Participam do evento enxadristas da Bahia, Pernambuco, Alagoas, Paraíba,Ceará e Rio Grande do Norte.

Assecom (PMM)

Será realizado neste domingo dia 31 de julho a partir das 14h30min a 2ª Caminha pela Paz com sorteio de 10 celulares e muitos outros prêmios, a inscrição é gratuíta. Maiores informações com os organizadores Marrone(9122-5446 / 9623-3504), Neurinho (9179-9902) e Wagner (9148-5260 / 9604-9153) ou no blog: www.fjmacaibaoficial.blogspot.com.br. O evento tem organização da Força Jovem/Macaíba e a saída será na Praça do Gama. 
Como se não bastasse quase 1 ano que os concursados esperam suas nomeações, desde o término do curso de formação (última etapa do concurso) ocorrido ano passado, todos os 509 concursados da Policia Civil estão processando o Estado do Rio Grande do Norte.

O governo do Estado “esqueceu” de pagar 2 meses de bolsa formação aos concursados, durante o curso de formação em 2010, realizado na faculdade Maurício de Nassau.

Conforme pode ser visto neste link: http://t.co/VQlCCPt o processo administrativo – que trata sobre o pagamento da bolsa formação – literalmente parou desde 19/01/2011 na SEARH.

Pois bem… passados já 1 ano do início do curso de formação, em julho de 2010, os concursados da Polícia civil, cerca de 509, entraram na justiça, para que esta obrigue o Estado a cumprir com suas obrigações e pague a bolsa formação que já está atrasada há quase 1 ano.

Caso alguém duvide deste conteúdo, que parece até ser uma brincadeira de mal gosto, pegue o nome de qualquer aprovado neste link: http://bit.ly/oVYf7P e jogue o nome no campo de busca do sistema E-Saj: http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/open.do e estará lá uma ação contra o Estado no Juizado Especial Civil.

Bem… fora estas novas 509 ações, somam-se a isto, o fato da Adepol (associação dos delegados da Polícia Civil) ter entrado com uma ação civil pública pedindo com urgência a nomeação destes concursados, sob argumento de periculum in mora, perigo na demora.

O Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), em greve, também colocou como um dos principais itens de sua pauta, a nomeação dos concursados, já que o sindicato alega que a Polícia civil não tem condições de trabalho, devido a já se ter passado 14 anos desde o último concurso para delegado e 10 anos para os cargos de agente de investigações e escrivão de polícia.

 

Fonte:  Cezar Pedro (retrato do oeste)

 
Através de uma denúncia anônima, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e da Pesca (SMAPP) descobriu um cemitério clandestinos de animais perto do Eremitério do Santo Lenho, na Estação da Chesf, entre o distrito de Mangabeira e a comunidade rural Guarapes, em Macaíba, na Região Metropolitana da Grande Natal.
O impressionante, é que próximo ao cemitério existe uma clínica veterinária, e a menos de 10 km fica o Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, e com a aglomeração de abrutes no local, atraídos pelas carniças, corre o risco de acontecer um grave acidente aéreo.
Segundo o secretário de Agricultura, Pecuária e da Pesca Marco Antônio de Morais Dantas, a denúncia será encaminhada para a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo do município, responsável por alertar as autoridades ambientais do estado, para que sejam tomadas as providências cabíveis.
Churrasco do Poeta