Henrique Eduardo Alves Arquivo

??????????????????????????

Os ministros do Turismo, Henrique Eduardo Alves, e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, assinaram, em Brasília, um acordo de cooperação técnica com o objetivo de facilitar a troca de informações com investidores internacionais. O acordo com o MDlC prevê o compartilhamento de informações para ampliar investimentos, gerando oportunidades de negócios relacionados ao turismo no Brasil.

Para Henrique Eduardo Alves, o novo acordo está alinhado com a estratégia de inserir o turismo na pauta econômica do país. “O setor passa a ter uma rede de informações qualificadas, o que facilita a ampliação de investimentos no país”, afirmou o ministro. Alves ressaltou ainda que o Brasil tem um grande potencial para atrair investidores, especialmente devido à visibilidade conquistada com a Copa do Mundo e a Olimpíada.

O acordo permitirá o intercâmbio de informações e a articulação de ações conjuntas para facilitar a entrada de investimentos produtivos no país por meio da Rede Nacional de Informações sobre o Investimento (Renai).

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, vai promover, em agosto, um encontro com gestores municipais de todas as cidades que estão na rota da tocha olímpica, entre elas, Natal, Parnamirim, Lajes, Angicos, Assu e Mossoró. Na pauta da reunião, a estratégia de nacionalização da Olimpíada e medidas para ampliar os ganhos do evento para o maior número possível de cidades brasileiras. O anúncio foi feito em agenda do ministro com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, nesta sexta-feira (10). Em visita técnica às obras do parque olímpico, Henrique Alves defendeu a mobilização de estados e municípios em torno dos jogos.

Durante o evento, em Brasília, Paes apresentará o modelo de organização dos jogos na capital carioca. Mais da metade dos investimentos na construção do parque olímpico vem da iniciativa privada. “Ganha o país como um todo, com a economia de recursos públicos e a realização de uma olimpíada memorável. A iniciativa privada, por sua vez, terá a possibilidade de recuperar o investimento no pós-evento. Tudo num processo claro e transparente”, afirmou Henrique Alves.

Os prefeitos das cidades por onde vai passar a tocha olímpica serão estimulados a promoverem os seus respectivos destinos por meio de ações promocionais. O Ministério do Turismo vai apoiar a divulgação do roteiro e das informações turísticas das cidades, por meio de campanhas nas redes sociais e portal institucional da pasta. Natal e Mossoró terão eventos especiais, uma vez que a tocha vai pernoitar nas duas principais cidades do Rio Grande do Norte.

casa da cultura

O governador Robinson Faria (PSD) disse hoje (7) que o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB), só critica, e não tem sido parceiro do Estado. “A crítica (de Henrique) tem motivação política, não tem motivação técnica. Se o ministro quisesse ajudar o nosso estado a ganhar o hub (central de voos) da TAM, ele deveria liberar os convênios importantes para obras do turismo em Natal”, disparou Robinson em entrevista ao Jornal 96, da 96 FM.

O governador citou um convênio do Estado com o governo federal que ele considera importante na área do turismo: “O Museu da Rampa, por exemplo, é uma obra importante, porque vai contar a história da Segunda Guerra Mundial. É uma atração histórica para quem visita Natal”. E acusa o ministro de fazer política com dinheiro público: “Ele (Henrique) está direcionando as verbas do Ministério do Turismo para as prefeituras ligadas politicamente a ele, onde foi votado para governador”.

Para Robinson, Henrique Eduardo Alves não age como parceiro do Estado do Rio Grande do Norte: “Ele critica, mas na hora do ministério ser parceiro do Estado [cadê?]. Até agora eu não vi essa parceria”, cutucou o governador. Ler mais…

O deputado Henrique Eduardo Alves liberou nesta quarta-feira (17) uma lista parcial das emendas que apresentou ao Orçamento Geral da União para 2015 para assegurar recursos para instituições e municípios do Rio Grande do Norte, especialmente nas áreas de Educação, Saúde e Infraestrutura.

Na área da Educação, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) é beneficiada com R$ 500 mil. Os R$ 8 milhões incluídos pelo deputado à área de saúde serão destinados a projetos da rede de serviços de atenção básica de saúde, de unidades de atenção especializada e de assistência médica qualificada e gratuita espalhados por vários municípios. As emendas também beneficiam os hospitais Varela Santiago (atendimento infantil); Coronel Pedro Germano (Polícia Militar); Onofre Lopes (UFRN) e a unidade da Liga Norte-Rio-Grandense contra o Câncer.

As emendas apresentadas por Henrique Alves também destinam recursos para projetos de infraestrutura turística, de fomento ao setor agropecuário, de implantação e modernização de infraestrutura esportiva, de recreação e de lazer e ainda de desenvolvimento urbano em diferentes municípios potiguares.

http://www.infoservrn.com.br/loja/skin/frontend/em0023/default/images/logo.png