macaíba Arquivo

Aprovação-Municipios

Os entrevistadores da Pesquisa Consult/BlogdoBG/Meio Dia Cidade, que percorreram 51 cidades de dez diferentes regiões do Estado no período de 6 a 8 de abril, convidaram os pesquisados a avaliar a administração (aprovar ou desaprovar) dos prefeitos onde os questionários foram aplicados. 62.5 %  dos entrevistados desaprova a gestão Municipal de Macaíba, 31.3 % aprova.

11147065_815719911826845_1528473826871681317_n

Do Macaíba no Ar: Grupo de escoteiros de Macaíba foi até o conjunto Manoel Dias divulgar trabalho feito pela organização a nível de Brasil e também na oportunidade conheceu alguns moradores do local que vem desenvolvendo atividades educativas na comunidade, principalmente para crianças.

O grupo de escoteiros da cidade reuni vários adolescentes e jovens da cidade, tendo um papel importante para ocupação do tempo livre desses jovens e adolescentes da cidade que se envolve em um bom projeto como este.

Foto: Clebson Isaias

imagem

Nas conversas de bastidores em Coité o que mais se comenta é o sumiço da ex-prefeita Marília Dias (PMDB). Com essa ausência, alguns políticos da cidade vê isso de forma negativa, pois a mesma vem perdendo espaço. Agora fica a pergunta: será que Marília desistiu de Macaíba?

Por Barão de Coité

IMG-20150410-WA0001

Cerca de 500 judocas estão sendo esperados para o Campeonato Brasileiro de Judô da Região 2, que acontece neste final de semana em João Pessoa. A competição vai reunir atletas em cinco categorias, do sub-13 ao adulto, representando cinco estados: Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A Delegação potiguar de judô conta com um atleta de Macaíba, o judoca Vitor Alves, com 11 anos de Idade que esta participando do seu primeiro campeonato brasileiro na categoria Sub 13 -38kg, representando o seu estado e a sua academia (Judô clube Nagashima Dojo Heikô). Para Vitor a expectativa de representar o seu estado é muito grande, principalmente sabendo da responsabilidade de conquistar a vaga para a fase final do brasileiro, que acontece no segundo semestre. Para Vitor chegar até esta etapa foi muito difícil pois teve concorrentes de alto nível, mas que mostra que os seus treinos, que começaram aos 4 anos de idade, deram resultado, porém precisam ser confirmados na competição deste final de semana garantindo a vaga para o nosso estado.

Desejamos sorte e sucesso a este filho de Macaíba.

IMG-20150410-WA0008-1

segurança-macaíba

A secretária de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Kalina Leite, recebeu na tarde desta sexta-feira (10), o prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, além de uma comissão de nove vereadores, para discutir questões relativas à segurança pública do município, distante 20 quilômetros de Natal.

Durante a reunião, foi solicitada a ampliação do efetivo policial da cidade e uma melhor estruturação para a Delegacia de Polícia Civil situada no município.

A secretária Kalina Leite, em conjunto com o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Ângelo Dantas e do Delegado Geral de Polícia Civil, Stênio Pimentel, se comprometeram a realizar, a partir da noite de hoje, ações de saturação contra o crime nas áreas consideradas mais críticas da cidade e estimulou o município a trabalhar em parceria com o Estado, no levantamento das demandas prioritárias da Segurança, unindo esforços para coibir a criminalidade.

Uma das alternativas sugeridas pela secretária Kalina Leite foi a criação de um projeto de videomonitoramento a ser executado pelo município, com o apoio da iniciativa privada, que funcione coordenado ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). A secretária também incentivou os gestores municipais a orientarem à população a colaborarem com as ações policiais por meio do Disque Denúncia que podem ser através do telefone 181 ou pelo Whatssap 8149-9906. Ler mais…

EAJ_07Mai13_Anastacia Vaz-24

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade acadêmica especializada em ciências agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), promove, entre os dias 27 e 30 de abril, a quarta edição da Semana Acadêmica das Ciências Agrárias (Semagrária).

Com o intuito de reunir todas as semanas acadêmicas numa só, a IV Semagrária é o evento destinado às produções de pesquisa, ensino e extensão dos cursos de nível médio, técnico, graduação e pós-graduação da EAJ. O principal objetivo da ação de extensão é a integração dos estudantes nos diversos cursos das Ciências Agrárias (Agronomia, Engenharia Florestal e Zootecnia), assim como produtores e estudantes da região de Macaíba.

Além das atividades desenvolvidas pelas coordenações, temas como gestão das águas, agronegócio no Rio Grande do Norte, extensão rural e produtos transgênicos serão abordados nas palestras gerais de cada dia da programação do evento.

Assecom- UFRN

É nítido que a oposição de Macaíba está esfacelada. Hoje a oposição não conta com um verdadeiro líder, aquela liderança que tem o poder de articular no campo das oposições.

Em Macaíba o que presenciamos hoje é a vaidade e orgulho por parte daqueles que se dizem ser “oposição”, e, esquecem que o prefeito da cidade anda se articulando com lideranças no intuito de fortalecer seu projeto político – que é sua reeleição no pleito do próximo ano.

Diante disso, a oposição tem que rever muitas coisas.

Por Carlos Santos

Em comemoração ao Dia Mundial da Eficiência Energética, celebrado dia 05 de março, a Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, montou um estande no Natal Shopping destinado a orientar a população sobre o consumo consciente e seguro da energia.

A ação, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da distribuidora, regulado pela ANEEL, teve início no último dia 5 e segue até o próximo dia 12.  A concessionária irá orientar os visitantes com informações sobre economia de energia e o uso consciente.  O estande da Cosern ficará localizado no piso L1 do Natal Shopping, em frente à Loja Colcci.

Para estimular a participação, o cliente que receber as orientações e atender aos critérios, receberá uma lâmpada LED (sigla em inglês que significa Diodo Emissor de Luz), mais eficiente e com maior durabilidade. A tecnologia economiza 83% de energia em relação às incandescentes. Também reduz os impactos ao meio ambiente, por não possuir mercúrio.

No estande da concessionária, o público poderá conferir uma maquete virtual interativa, desenvolvida pela Cosern, que simula o consumo de energia de uma residência. Por meio de um conteúdo informativo, a maquete demonstra imagens dos principais cômodos e eletrodomésticos de uma residência.  Ao clicar, é possível simular diversas situações, verificar o funcionamento do medidor de energia, a potência dos equipamentos e a forma mais eficiente de utilizá-los.

Os participantes também terão a oportunidade de levar para casa o Manual de Consumo Consciente da Energia. A publicação contém dicas sobre economia de energia, divulga a tabela de potência dos equipamentos, orienta como utilizar a energia com segurança e ensina como é calculado o valor da conta de luz.

Para ser beneficiado, é preciso atender os seguintes critérios: receber as orientações que serão repassadas pela equipe da Cosern, apresentar a última fatura de energia elétrica sem débitos anteriores, classificada como residencial, não é necessário ser titular da conta. Na ação, será entregue uma lâmpada por conta contrato.

Com a ação sustentável, a Cosern estima sensibilizar clientes e consumidores de energia sobre sua responsabilidade no uso racional de recursos naturais limitados e nos impactos ambientais do uso não eficiente da energia, estimulando a mudança de hábitos.

Confira algumas dicas para economizar energia: Ler mais…

Valério Mesquita*
Mesquita.valerio@gmail.com

01)    Macaíba sempre foi rica em tipos populares, figuras humildes que marcaram o cotidiano simples da cidade. Em crônicas passadas, e, em livros, registrei a profundidade vital de muitos caracteres, através de tiradas espirituosas mas espontâneas saídas da humana contradição de ser. Epifânio, surge hoje, lembrado por um amigo comum. Alto, narigudo, Epifânio ganhava a vida fazendo fretes de mercadorias no seu carro de madeira. Era homem bom e crédulo, apesar de sua mulher “costurar pra fora”em alta rotatividade. Toda a cidade o sabia menos Epifânio. Dia sim, dia não, a mulher aparecia em casa com um liquidificador, um ferro elétrico, um rádio de pilhas e, ao ser indagada pelo marido sempre se saia com um desculpa inapelável: “Tirei no bingo, meu filho!”. Certa vez, no bairro Alto da Raiz, onde moravam, faltou água. Do banheiro a mulher grita para o marido: “Epifânio, traga água para o meu banho!”. O obediente maridão, já no prelúdio de desconfiança, trouxe-lhe a água num caneco de óleo de cozinha. “Mas, filho”, reclama a esposa perua: “assim não dá!”. Foi aí que Epifânio resolveu chamar a pedra noventa: “Pelo menos dá pra lavar a cartela!”.

02)    Napoleão Feitosa, “O Bispo de Braga”, era sapateiro próximo as Cinco Bocas, centro de Macaíba. Barrigudo, óculos de pernas remendadas, “Napole” como era chamado na bodega de seu Alfredo Almeida, nunca perdeu o expediente diário de três “lapadas de cana” até os oitenta anos. Família numerosa, sustentava os filhos com o suor do seu ofício. Morava no Alto do 35, hoje rua Dom José Joaquim de Almeida. Mas, o fato marcante do “Bispo de Braga” era o seu vocabulário próprio de palavras criadas e disparadas conforme o assunto. Para classificar um indivíduo que estava embromando ou falando demais, “Napole” sapecava um diagnóstico “essa é uma ‘pilostenia vagante’”. Quando queria justificar uma ausência ou a sua falta a determinado compromisso, aí vinha com a desculpa “foi um crospício vagatório”.

03)    O Bar Gato Preto, sempre foi povoado por imensa galeria de vultos inesquecíveis que faziam ali o território sentimental da cidade. Era o balcão do cidadão que consagrava e desconsagrava, julgava e punia os que fossem achados em culpa. Na sinuca consagraram-se Perequeté, Banga, Geraldo Alcapone que maravilhavam os “pirus” com jogadas cerebrais. Antonio Assis, Waldemar Diógenes Peixoto, Né Macena, Paulo Marinho e Sabino eram frequentadores que também excursionavam na barbearia do cirurgião Zuca, PhD em escalpo de couro-cabeludo. Havia ainda outras figuras hoje impregnadas nas paredes do bar e nas esquinas das Cinco Bocas comentando as ocorrências do seu tempo, dois idos de cinquenta e sessenta como chamas votivas que não se apagam.

04)    Macaíba é rica em figuras folclóricas. Já fiz desfilar na galeria infinda inúmeras personagens. O “gango”, por exemplo, era o famoso cabaré macaibense onde pontificou um plantel digno de fazer inveja ao técnico da atual seleção brasileira de futebol. E de lá emerge Pirôba, rapariga de longo curso e discurso intermináveis nas campanhas políticas pelas ruas e bares da vida. Nos idos de oitenta, Pirôba não perdia uma carreata. Era “valerista” de carteirinha. Numa peregrinação política motorizada (ônibus, caminhões, automóveis, motos, etc.), Pirôba foi advertida que deveria se retirar do ônibus, pois estava reservado somente às mulheres casadas. Discriminação intolerável que Pirôba reagiu matando a pau: “E mulher casada não f… não?”. E ficou.

(*) Escritor.

O Diretório Municipal do PT de Macaíba vem se reunindo no propósito de discutir a candidatura própria ao Executivo no pleito de 2016. Este repórter foi informado que nas reuniões a pauta é qual o melhor nome para ser lançado, que hoje conta com dois possíveis nomes que são: João Marques e Wellinton Jorge Álvares Tinoco, mais conhecido em Macaíba como “Leto”. Aguardemos!

Por Carlos Santos


A Escola de Samba Ferro e Aço, coordenada pelo carnavalesco Nerivaldo Monteiro, desfilou ontem (16), na capital potiguar. A Prefeitura do Natal desde o ano passado resolveu recuperar o carnaval da cidade e vem  investindo tanto nos desfiles tradicionais de escolas de samba quanto em bandas musicais culturais, onde artistas nacionais e locais se apresentam.

Com cinco polos distribuídos por Natal, a cidade ficou tomada por natalenses e turistas. Segundo o responsável pela associação dos hotéis da capital, a lotação chega quase aos cem porcento. Para representar mais uma vez a cidade de Macaíba, Nerivaldo Monteiro colocou mais um ano a escola de samba Ferro e Aço na rua e  está concorrendo o prêmio de melhor escola com Asas de Ouro, Império do Vale, Imperatriz Alecrinense e Balanço do Morro. A escola campeã será conhecida na próxima quinta-feira (19)  no sábado (21) acontece o desfile das campeãs.

Com informações do Macaíba no Ar
Foto:  Marcos Queiroz/ Escola de Samba Ferro e Aço

 Com patrocínio cultural da Cosern, o município de Currais Novos, no Seridó, recebe entre os dias 12 e 14 de março, o projeto itinerante Casa das Palavras, com uma vasta programação cultural gratuita, valorizando as artes e os artistas potiguares. O projeto já percorreu as cidades de Mossoró, Natal, Assu, e Pau dos Ferros.

O objetivo da Casa das Palavras é disseminar e fortalecer a cultura local através de oficinas de cordel, xilogravura, coral, contação de histórias e apresentações culturais. O projeto envolve crianças, jovens, adultos e idosos, e estimula o processo criativo de cada um. Se por um lado, trabalha-se com a capitação dos indivíduos, por outro, cria-se a possibilidade de interação dessas pessoas com o encantador mundo das artes e seus protagonistas no Estado. Em Currais Novos, as oficinas acontecerão na Escola Trindade Campelo, Espaço Cultural Avoante e Escola Nossa Senhora. As apresentações culturais serão no centro, no Coreto.

Na cidade de Macaíba, o projeto será apresentado no dia 20 de fevereiro. Com seu conceito amplo, a Casa das Palavras pode se adequar de acordo com cada cidade visitada, com abertura para realizações de palestras, lançamentos de livro, bate papo com autores, etc, destacando sempre as principais manifestações culturais locais.

Valério Mesquita*
Mesquita.valerio@gmail.com

LUÍS GOMES SALES (MACEIRA): Bem, pelo nome ninguém conhece ou se lembra dessa figura popular de Macaíba dos anos cinquenta, sessenta. Atendia pelo apelido de Maceira, o homem do choque irreprimível. Sofria de um distúrbio neurológico que o condicionava, a cada cinco minutos, incontrolavelmente, detonar um espasmo que o fazia levar a mão direita a boca, ao umbigo e a genitália com um dito final curioso: “Cêta!!”. Em Macaíba trabalhava pra Leonel Mesquita, fazendeiro, agropecuarista e político. Maceira é quem dava os recados do “major”, transportava encomendas, etc. Era o office-boy desajeitado mas útil. Certa manha, Maceira foi incumbido de levar um cartão de Leonel ao Juiz de Direito da Comarca doutor Alcebiades Fernandes e Silva. “Basta entregar em mão e venha embora”, recomendou Leonel. Cartório cheio, audiência em andamento com juiz, promotora, tabelião, testemunhas, etc. Chega Maceira, cartório à dentro interrompendo: “Dôtor, “Cêta”, meu padrinho mandou essa “cêta, carta pro senhor!”. O doutor Alcebiades e a promotora que não conheciam as facetas do mensageiro, julgando falta de respeito, deram-lhe ordem de prisão, imediatamente, a qual, somente foi contornada, à muito custo, graças a intervenção do tabelião Geraldo Pinheiro que explicou a doença de Maceira e o seu pornofônico choque irreprimível.

LÚCIA ARAÚJO – era uma funcionária da prefeitura de Macaíba. Amiga de infância, Lúcia, tornou-se popular na cidade por ser muito prestativa nas “outras atividades” ligadas a igreja católica, ao cartório localizado na parte baixa da cidade e a delegacia de polícia local que ficava no alto do Conjunto Alfredo Mesquita. Gostava de “advogar” problemas e queixas junto a delegacia onde desfrutava de prestigio incomum. Portava uma pasta com papeladas difusas e profusas sobre as questões da periferia macaibense. Assisti, em várias ocasiões o atendimento a sua clientela na minha casa com aquele fraseado cartorial: “O seu processo sobe hoje para a delegacia e amanhã desce para o cartório!!”, sentenciava Lúcia didaticamente. De pequena estatura, voz rouca proveniente do vício de fumar, ela tinha um apelido que detestava ouvir: “Lúcia Pitôco”. Mantinha com o desportista José Felix Barbosa uma rusga antiga e nunca curada. Um dia, foi designada a servir na Secretaria de Esportes, onde reinava Felix. Este ao vê-la entrar na repartição, exigiu: “Dona Lúcia, aqui está o livro de ponto”. A funcionária encrespou-se, pegou a sua pasta indefectível e arrematou à queima roupa: “Não assino ponto que não sou de xangô, nem tenho chefe que não sou índia”. Escafedeu-se e nunca mais voltou. Politicamente sempre foi minha correligionária, a começar dos seus pais Luiz Cassimiro de Araújo e Luzanira Lima de Araújo, residentes à rua do Pernambuquinho, em Macaíba. Criou os seus filhos e educou-os. Será lembrada pela maneira extrovertida de ser, fiel às amizades e as inimizades também. Um tipo popular inesquecível.

MARIA CABRAL – Morena, magra, cabelos longos, vestia-se de preto em sinal de protesto pelas coisas ao seu redor que sempre  reprovava. Fazia discursos intermináveis praguejando contra a ordem constitucional dos seres e costumes. Com uma rosa vermelha presa aos cabelos, caminhando sempre pelo meio da rua, dava-nos a impressão de uma “Diana” perdida ou bêbada de um pastoril imaginário. Ai de quem dissesse: “Vai trabalhar Maria Cabral”. Despachava uma verdadeira cascata de impropérios que atingia até a 3ª geração do xingador. Morreu há cerca de cinquenta anos e com ela os seus mistérios, pois não se vê mais dessas Marias como antigamente.

SEBASTIÃO MELO foi um dos maiores seresteiros de Macaíba. Boêmio das madrugadas, o seu violão era patrimônio sentimental da cidade. Aniversários, casamentos, batizados ou simples reuniões pelos bares da vida lá estavam a sua voz e o violão interpretando Orlando Silva, Chico Alves, Nelson Gonçalves ou Silvio Caldas. Numa dessas noites, Sebastião pagou pelo excesso e adormeceu, alta madrugada, no batente da rua do comércio (hoje Nair Mesquita). O novo delegado de Macaíba, tenente José Medeiros, exigente e autoritário, patrulhava as ruas em traje civil, armado de um cipó de brocha. Ao se deparar com o seresteiro dormindo bateu-lhe levemente com o cipó. “Acorda!”. Sebastião, fora de si, boceja e desperta. “E o violão?”, pergunta o delegado. “Toco”, responde o boêmio. “Acompanhe-me”, responde ríspido o militar. Segurando o violão, Sebastião foi solícito: “Me dê o tom!”. Mal sabia o próprio que o perigo esta no tom. Foi pro xadrez.

(*) Escritor.

Na madrugada desta sexta-feira (13), a Escola Municipal Auta de Souza, que fica localizada no conjunto Monte Líbano, foi alvo de vandalismo.

De acordo com a Connect TV, a direção da escola ao chegar nesta manhã, se deparou com a sala da diretoria revirada. A Janela estava danificada, no qual acredita-se que os elementos entraram por ela. De acordo com as informações, não chegaram a levar nada, mas reviraram diversos objetos sobre o chão.

OBS: não é a primeira vez que a escola é alvo de arrombamento. No ano passado o site Connect TV registrou duas vezes. Isso significa que a insegurança se instalou na cidade.

Com informações e foto da Connect TV

https://lh4.googleusercontent.com/-mBno7wc32O8/UZzf60OkU3I/AAAAAAAAD9Y/FqWfatTRz14/s800/casa%2520da%2520cultura.jpg

A senadora Fátima Bezerra (PT/RN) e o deputado federal Beto Rosado (PP/RN) participaram, nesta quarta-feira (11), de audiência com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues.

A senadora solicitou informações sobre o andamento da duplicação da BR 304, e retomada da obra da Reta Tabajara.

Na ocasião, Fátima Bezerra também reivindicou ao ministro a construção de uma ponte em Macaíba, ligando a BR 226 com a RN 160, o que se justifica pelo intenso fluxo de veículos na região.


Dois avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) começaram na manhã desta segunda-feira, 9, a avaliação para reconhecimento do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Campus Macaíba.

O curso é oferecido na Escola Agrícola de Jundiaí, localizada na cidade de Macaíba, a 29 km de Natal. O grupo foi recepcionado pela reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Angela Maria Paiva Cruz, acompanhada do pró-reitor de Planejamento, João Emanuel Evangelista de Oliveira, da pró-reitora adjunta de Graduação, Claudianny Amorim Noronha, e pela pró-reitora adjunta de Extensão, Maria da Conceição Fraga. Ler mais…

Valério Mesquita*
mesquita.valerio@gmail.com

Já houve quem dissesse que pátria é a família amplificada. E num município, célula mãe da nacionalidade, esse fenômeno se manifesta de forma mais clara. Tomo como exemplo a minha terra Macaíba com relação a família Mesquita que se amalgamou através dos laços do matrimônio com as os Andrade, Maciel e Marinho. Para não ir muito longe, parto dos quatro patriarcas das respectivas famílias nascidos no século dezenove, marco inicial da miscigenação dos grupos. Foram eles: Alfredo Adolfo de Mesquita, Olimpio Jorge Maciel, Baltazar Marinho e Dario Jordão de Andrade (pai).

Como se procedeu o entrelaçamento das famílias Mesquita, Andrade, Maciel e Marinho: Alfredo Adolfo de Mesquita casou-se com Ana Olindina Marinho, irmã de Baltazar; Alfredo Mesquita Filho entrou na família Andrade casando com Nair filha de Dario (pai); Olimpio Jorge Maciel entrou na família Mesquita em matrimônio com Elen e José Maciel filho do casal esposou Zuleide filha de Amélia (Nazinha) Mesquita Meira; Dario Jordão de Andrade (pai) entrou na família Maciel através das núpcias com Geni filha de Olimpio e Elen; outras curiosidades, o médico Olimpio Maciel Neto, diretor do Instituto de Radiologia de Natal tem mãe e avó da família Mesquita, é sobrinho afim dos irmãos Andrade (Dario Jordão, o juiz, etc., sobrinho a fim dos Mesquita Alfredo, Paulo, Vicente, José e Nininha; os patriarcas Baltazar Marinho e Dario Andrade casaram com duas irmãs respectivamente Luiza e Sofia, filhas de imigrantes italianos (Curcio) que agregaram posteriormente outros segmentos familiares: Cabral, Duarte, Garcia, Cavalcante, etc., sem falar nas novas gerações. Vou parar por aqui a fim de não confundir tanto o leitor com o fito, apenas, de ratificar o adágio de que Macaíba, foi o tronco, a raiz, e o laboratório da amplificação dessas quatro familiares entre si.

A fenomenologia do enlaçamento das famílias existe na quase totalidade dos municípios e regiões. O Seridó é um exemplo rico, bem assim as regiões oeste e agreste do Rio Grande do Norte. Referi-me a Macaíba por ser a minha terra e por integrar tal processo de união biológica e social de grupos diversos de etnias, de famílias oriundas de pontos diferentes com suas paixões e conflitos. Outros levantamentos nesse sentido devem ser suscitados por notáveis cronistas em seus municípios. O fato se revestirá da maior importância para a pesquisa das migrações, do compadrio do poder e das relações sociais de diferentes correntes familiares. Enfim, um perfil, um estudo social, cultural, econômico e político de cada comunidade.

As famílias Mesquita, Marinho, Maciel e Andrade, longe de se oporem pelas circunstâncias ou pela mutabilidade da vida, elas se harmonizam e se identificam pelos laços de consangüinidade e parentesco, num exemplo raro dentro de um mesmo núcleo cultural, de um mesmo ajuntamento de indivíduos que só o tempo desfez e a morte os capitulou. As novas gerações conduzem os sobrenomes através de uma mormidão inter-relacional muito diferente daqueles dias épicos dos primeiros rebentos. Mas esse fato pertence a outro enfoque: a chamada modernidade dos hábitos e costumes. Porque não se cultiva mais família como antigamente.

(*) Escritor.


Após o Senadinho ter divulgado imagens de um ônibus escolar que apresentava pneus carecas, eis que a prefeitura de Macaíba tratou logo de realizar vistoria nos veículos, dentre eles os escolares, com objetivo é adequá-los aos procedimentos da Resolução nº 356 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), a qual estabelece os requisitos mínimos de segurança para o transporte remunerado de passageiros (mototáxi) e de cargas (motofrete) em motocicleta e motoneta. Confira a matéria retirada do site da Prefeitura:

A partir desta semana, a Prefeitura de Macaíba realiza vistoria de veículos vinculados aos serviços de mototáxi, táxi, transportes interdistritais e escolares do âmbito do município. O objetivo é adequá-los aos procedimentos da Resolução nº 356 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), a qual estabelece os requisitos mínimos de segurança para o transporte remunerado de passageiros (mototáxi) e de cargas (motofrete) em motocicleta e motoneta. O período estipulado para a realização da vistoria é de 01/02/2015 até 31/07/2015.

Entre os documentos a serem apresentados, estão: Certificado do Curso de Formação de Condutores de Passageiros (para os interdistritais) e Certificado do Curso de Formação de Condutores de Transporte Escolar (para os escolares); Atestado de Sanidade Física e Mental; Cópia da Carteira nacional de habilitação com observação de registro de atividade remunerada sendo Categoria “A” para Mototaxistas, Categoria “B” para Taxista e Categoria “D”, para permissionários Escolares e de Linhas Interdistritais; Comprovante de Aferição do Taxímetro exceto para motos e vans; Comprovante de Aferição do Tacógrafo exceto para motos e táxis; Seguro DPVAT Obrigatório para os Passageiros (acima de 08 lugares) para os permissionários escolares; Nada Consta do DETRAN. Cópias autenticadas do RG (Identidade), CPF, Comprovante de Residência (atualizado com no mínimo 02 meses), Titulo de Eleitor, Documento do Veículo com exercício vigente; 01 foto 3×4 (recente) do permissionário e seu auxiliar.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), quem não realizar a vistoria enfrentará as sanções previstas pelo Código de Infrações do município. Mais informações podem ser adquiridas através do link <http://www.prefeiturademacaiba.com.br/up/boletim/54d028819e17d578160354.pdf> ou pelos telefones 3271-6631/3271-6641.

Texto: Andry Morais

Foto: Márcio Lucas

ASSECOM-PMM

Adquirido na gestão da ex-prefeita Marília Dias, o trailer odontológico que deveria está servindo a população, encontra-se no pátio da Prefeitura se deteriorando com a ação do tempo como mostra a imagem. Confira:

 

Foto retirada por internauta mostra alguns sinais de desgaste no trailer devido a ação do tempo. Pois o mesmo se encontra parado no pátio da Prefeitura se deteriorando

Foto tirada por um internauta mostra o trailer no pátio da Prefeitura

A redação do site recebeu imagens que causam preocupação. Trata-se de um ônibus escolar do município de Macaíba que está com os pneus carecas, e, devido a este problema vidas de jovens e crianças poderão correr riscos. Ou melhor, se não correram né? Porque este ônibus transportou os alunos ano passado.

Confira as imagens:

                                                        Situação crítica dos pneus

  Ônibus parado no pátio da Prefeitura

A COSERN INFORMA QUE PARA FAZER A AMPLIAÇÃO E O MELHORAMENTO DA REDE IRÁ SUSPENDER O FORNECIMENTO DE ENERGIA NA QUINTA-FEIRA 5, NO POVOADO LAGOA DOS PINHEIROS E ADJACÊNCIAS NO PERÍODO DE NOVE HORAS DA MANHÃ ATÉ UMA HORA DA TARDE NO MUNICÍPIO DE MACAÍBA.

CASO O SERVIÇO SEJA CONCLUÍDO ANTES DO HORÁRIO PREVISTO A REDE SERÁ ENERGIZADA SEM QUALQUER OUTRO AVISO.

MAIS INFORMAÇÕES PELO TELEFONE 116.


No dia 29 de Janeiro foi realizada a abertura do curso Pronatec/EJA (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego para a Educação de Jovens e Adultos, no centro de convivência Pax Club.

O evento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Márcia Portela. Mais de 60 alunos estão inscritos nos cursos. Os cursos oferecidos são agente de inspeção de qualidade, montador e reparador de computadores e encanador industrial.

As capacitações de formação inicial continuada são oferecidas pela Prefeitura de Macaíba em parceria com a Escola Agrícola de Jundiaí. As aulas começarão na próxima segunda (2) e serão ministradas nas escolas da rede municipal de ensino.

Assecom-PMM


Câmeras de monitoramento sendo instaladas em Mossoró

Se compararmos com Parnamirim e Mossoró, Macaíba não investe nada em segurança; pois vejamos:

O prefeito de Parnamirim se uniu com o Estado para combater a criminalidade, onde o Senadinho divulgou a matéria no dia 28 de janeiro. Clique AQUI e confira mais uma vez o post.

Agora foi a vez do prefeito de Mossoró mostrar que se preocupa com a segurança dos munícipes, implantando um sistema de vídeo-monitoramento em cinco pontos considerados críticos do centro da cidade para aumentar a sensação de segurança da população e coibir práticas de atos ilícitos. Clique AQUI e confira a matéria na íntegra.

Diante dessas ações de extrema importância nos municípios citados, fica a pergunta ao prefeito de Macaíba: quando será realizada uma ação para tentar combater a criminalidade no município?

Por Carlos Santos