RN Arquivo

A primeira carreata da candidata à governadora Fátima Bezerra (PT) sairá da igreja Matriz de Macaíba na próxima quarta-feira (22).

Está sendo articulando pelos partidos (PT, PCdoB) e demais aliados do município uma grande recepção para a candidata que lidera todas essas pesquisas.

A concentração será às 10 horas na Igreja Matriz, onde percorrerá esses municípios:

Vera Cruz
Lagoa Salgada
Lagoa de Pedras
Serrinha
Santo Antônio
Passagem
Brejinho
Monte Alegre.

Do G1 RN – Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (17) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para governador do Rio Grande do Norte:

Fátima Bezerra (PT): 34%
Carlos Eduardo (PDT): 15%
Robinson Faria (PSD): 8%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 2%
Brenno Queiroga (Solidariedade): 1%
Freitas Júnior (Rede): 0
Heró Bezerra (PRTB): 0
Branco/Nulo: 31%
Não sabe/não respondeu: 9%

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV. É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: 14 a 16 de agosto

Registro no TRE: RN-05553/2018
Registro no TSE: BR‐03466/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Fátima Bezerra (PT): 20%
Carlos Eduardo (PDT): 9%
Robinson Faria (PSD): 5%
Professor Carlos Albertos (PSOL): 1%
Outros: 2%
Branco/Nulo: 36%
Não sabe/não respondeu: 27%

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:

Robinson Faria (PSD): 59%
Carlos Eduardo (PDT): 17%
Fátima Bezerra (PT): 14%
Brenno Queiroga (Solidariedade): 7%
Dário Barbosa (PSTU): 6%
Heró Bezerra (PRTB): 6%
Freitas Junior (Rede): 5%
Professor Carlos Alberto (PSOL): 5%
Poderia votar em todos: 1%
Não sabe: 18%

Objetivo é reaver R$ 1.018.825,71 para cofres do Estado

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através do procurador-geral de Justiça, denunciou à Justiça potiguar o deputado estadual Nelter Queiroz pela prática dos crimes de estelionato contra a fazenda pública e falsidade ideológica. Entre 24 de julho de 2007 e 16 de março de 2016, o parlamentar inseriu informações falsas em documentação sobre a frequência de uma servidora “fantasma” da Assembleia Legislativa (ALRN).

Com o ato, o denunciado obteve vantagem ilícita em favor de Kadydja Rosely Varela da Fonseca e em prejuízo ao Estado do Rio Grande do Norte. Assim, o MPRN está pedindo que a Justiça receba a denúncia e determine o sequestro e perdimento dos bens do denunciado – com arbitramento do dano mínimo, a ser revertido em favor do Estado no montante de R$ 1.018.825,71, devidamente atualizados com juros e correção monetária.

O valor corresponde ao que a servidora recebeu sem trabalhar no período mencionado, com a permissão do deputado, que era seu chefe imediato. Ou seja, Nelter Queiroz foi o responsável pela manutenção de Kadydja Rosely na relação de pagamento da casa legislativa, para o recebimento de remuneração sem que existisse qualquer contraprestação, uma vez que a servidora estava morando em Foz do Iguaçu.

O MPRN ressalta que era do inteiro conhecimento do denunciado a condição de “fantasma” de Kadydja, pois a servidora era lotada em seu gabinete. A gravidade da conduta evidencia-se quando o deputado, em documento anexado aos autos, informou que a servidora cumpria expediente regular no setor de lotação.

Inclusive, ambos já tiveram a indisponibilidade de bens decretada pela Justiça e são réus em uma ação civil pública que pede a responsabilização dos dois pelos atos de improbidade administrativa.

Do Portal no Ar:

O pagamento do 13º salário de 2017 para 81% dos policiais e bombeiros não foi suficiente para a categoria desistir da paralisação prevista para o dia 7 de setembro. Em nota divulgada nesta sexta-feira (17), os militares repudiaram a postura do Governo do RN em pagar apenas uma fração dos servidores.

“Nossa categoria está unida, portanto, caso o décimo terceiro de 2017 não seja pago integralmente a todos os militares estaduais, da ativa, reserva e pensionistas, até o próximo dia 6, nossa mobilização continua mantida para o dia 7 de setembro”, escreveu.

Ainda no documento, as associações dos militares lamentaram “a postura do Governo do Estado que, com as constantes posições de desrespeito aos profissionais de segurança pública, só tem agravado a já delicada situação da segurança como um todo no nosso Rio Grande do Norte”.

Confira a nota na íntegra

Nós, policiais e bombeiros militares, que recebemos o pior salário do sistema de Segurança Pública do RN, repudiamos o anúncio do Governo do Estado de pagar o décimo terceiro salário referente a 2017 de forma segmentada. Entendemos que essa é mais uma tentativa do Governo de frustrar a mobilização da nossa categoria, que reivindica a quitação do 13° salário a que todos temos direito, de uma única vez, para ativa, reserva e pensionistas.

Coincidentemente, dois dias após a decisão de ato de mobilização tomada em Assembleia Geral Unificada, o Governo anuncia o pagamento a uma única faixa salarial e ressalta que contempla 81% dos policiais militares. No entanto, deixa ainda sem previsão o direito básico de outras categorias receberem o salário.

O que exigimos é o pagamento de um benefício que deveria ter sido quitado há nove meses. Ainda esperamos que o Governo pagasse até 30 de janeiro como prometido, o que não foi cumprido. Depois, anunciou que seria pago por faixa salarial, mas sem data definida. E agora nos encontramos nesta situação.

Os policiais e bombeiros militares seguem ao lado da população trabalhando incessantemente, mesmo em meio a todos os problemas e situações frutos de uma gestão que não cumpre com os compromissos acordados e assinados.

Nossa categoria está unida, portanto, caso o décimo terceiro de 2017 não seja pago integralmente a todos os militares estaduais, da ativa, reserva e pensionistas, até o próximo dia 06, nossa mobilização continua mantida para o dia 7 de setembro, conforme definido em assembleia.

Lamentamos a postura do Governo do Estado que, com as constantes posições de desrespeito aos profissionais de segurança pública, só tem agravado a já delicada situação da segurança como um todo no nosso Rio Grande do Norte.

Seguimos em luta.

Associação dos Oficiais Militares do RN
Associação Subtenentes e Sargentos
Associação de Cabos e Soldados do RN
Associação dos Praças de Mossoró e Região
Associação dos Praças do Seridó
Associação dos Praças do Agreste

ASCOM-Reitoria/UFRN

Encerra-se nesta segunda-feira, 20, o período para inscrição no concurso público da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para provimento de cargo técnico-administrativo em educação. Com um total de 69 vagas, provas previstas para o dia 30 de setembro e o valor da taxa de inscrição do concurso varia de R$ 50 a R$ 80, conforme o cargo, os interessados devem efetuar inscrição no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve): www.comperve.ufrn.br.

As vagas são divididas em dois editais. O primeiro, de número 016/2018, traz informações sobre os cargos de Analista de Tecnologia da Informação, Arquiteto e Urbanista, Bibliotecário-Documentalista, Enfermeiro, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica, Farmacêutico, Jornalista, Médico/Endoscopia Peroral, Médico/Oftalmologia, Médico/Psiquiatria, Psicólogo Escolar, Técnico em Assuntos Educacionais, Tecnólogo/Formação Secretariado, Tecnólogo/Formação Marketing, Zootecnista, Assistente em Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem e Assistente de Aluno.

Já o edital de número 017/2018 tem detalhes para Desenhista Técnico/Área Comunicação Visual, Desenhista Técnico/Área Webdesigner, Técnico em Artes Gráficas, Técnico em Eletromecânica, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Operador de Luz.

Aberta oficialmente nesta sexta-feira (17), a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, na região Metropolitana de Natal, com capacidade para 603 internos, recebeu os primeiros detentos durante a madrugada, transferidos de outros presídios do estado.

Construída para abrigar presos provisórios, a unidade prisional é dividida em três pavilhões, com 24 celas cada. Nela, destacam-se módulos especiais para ensino, saúde, visitas íntimas, tratamento de dependentes químicos e carceragem adaptada para pessoas com deficiência física.

A Cadeia Pública de Ceará-Mirim custou R$ 22.267.903,75.

Com informações do BG

Do Agora RN – O diretor Industrial do Grupo Guararapes Confecções Sociedade Anônima, Jairo Amorim, confirmou que o empresário Flávio Rocha – dono da empresa – teve um encontro com o senador maranhense Roberto Rocha semana passada. Na ocasião, Flávio Rocha recebeu uma proposta para se instalar na Zona de Exportação do Maranhão (Zema).

Sem querer comentar o teor da proposta, Jairo Amorim explicou que convites como esses do Estado do Maranhão sempre surgem. Ele deixou claro que não foi a primeira e nem será a última vez que a empresa receberá proposta para se instalar em outro local, porém, confirmou que o grupo empresarial está satisfeito no Rio Grande do Norte, seu lugar de origem. Só ano passado, a Guararapes investiu R$ 34,6 milhões em suas fábricas no Estado, com foco especial na unidade localizada no Polo Industrial de Extremoz.

Em todo o Estado, a empresa é responsável pela geração de mais de 20 mil empregos diretos. De acordo com Jairo Amorim, o tamanho da Guararapes e sua importância no contexto econômico nacional permite que sempre haja proposta para novos investimentos em outras localidades, regiões e até mesmo no exterior. Entretanto, Jairo Amorim reiterou que a empresa não abandonará suas origens.

Considerada um orgulho para os potiguares, Jairo Amorim avalia que a empresa vem sofrendo um rigor acima do normal. Contudo, ele acredita que todos os imbróglios judiciais serão resolvidos de maneira racional. Essa semana, por exemplo, houve uma audiência de conciliação em que a empresa e a Justiça. “Estamos nos entendendo e vai dar tudo certo porque queremos continuar no Estado cada vez mais presente. Queremos apenas que haja o mesmo critério de inspeção para todas as empresas”, reforçou Jairo Amorim.

Informamos que o velório do jovem Luis Benes Leocádio Júnior ocorrerá no Morada da Paz, em Emaús, a partir das 8h desta quinta-feira, dia 16, com celebração de missa de corpo presente, às 15h.

Após a missa, o corpo será levado para o município de Lajes, onde ocorrerá velório no centro pastoral e sepultamento às 8h na sexta-feira, dia 17.

O sepultamento ocorrerá na sexta-feira para que o irmão de Benes Júnior, que atualmente se encontra no exterior, possa participar do sepultamento.

A partir desta quinta-feira (16) começa oficialmente a propaganda eleitoral. Pela legislação, as regras são rígidas e claras – exigem menos barulho e obediência a horários e normas. A propaganda eleitoral na internet é permitida desde que não seja paga. Os diretórios partidários deverão instalar nas sedes serviços telefônicos para atender aos eleitores.

Os partidos e as coligações só poderão utilizar alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos, das 8h às 22 horas. O horário para o uso de aparelhagem de sonorização fixa é mais flexível das 8h à meia-noite, podendo ser prorrogado por mais duas horas quando se tratar de comício de encerramento de campanha.

Até 6 de outubro, os partidos e coligações poderão distribuir material gráfico, promover caminhada, carreata, passeata ou utilizar carro de som pelas ruas para divulgar jingles e mensagens de candidatos.

Um dia antes, em 5 de outubro, será permitida a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução, na internet, do jornal impresso, de até dez anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, no espaço máximo, por edição, de 1/8 (um oitavo) de página de jornal padrão e de 1/4 (um quarto) de página de revista ou tabloide.

Agência Brasil

Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira (14) um recurso da defesa do senador Agripino Maia (DEM-RN) para derrubar uma denúncia recebida na Corte que acusa o parlamentar por corrupção e lavagem de dinheiro.

Com a decisão, ele continua réu em uma ação, desdobramento da Lava Jato, que apura irregularidades na obra da Arena das Dunas, em Natal, um dos estádios da Copa do Mundo de 2014.

Segundo a Procuradoria-Geral da República, Agripino teria recebido mais de R$ 654 mil em sua conta pessoal, entre 2012 e 2014, da construtora OAS em troca de favores do parlamentar. Ainda de acordo com a denúncia, a pedido do senador, a empreiteira doou R$ 250 mil ao DEM.

O senador nega as acusações.

O ministro Luís Roberto Barroso, relator do recurso, já havia votado em junho para negar o pedido. Na ocasião, o ministro Alexandre de Moraes pediu mais tempo para analisar o caso.

Nesta terça, Moraes votou contra o recurso, acompanhado pelos ministros Marco Aurélio Mello e Luiz Fux. Ler mais…

Do Agora RN – Uma das maiores geradoras de emprego no Rio Grande do Norte, a Guararapes pode estar de saída do Estado. Alvo de uma ação judicial imposta pelo Ministério Público do Trabalho potiguar, a gigante do setor têxtil recebeu na semana passada o projeto da Zona de Exportação do Maranhão (Zema). A proposta foi levada até o empresário Flávio Rocha, presidente do grupo, pelo senador maranhense Roberto Rocha.

O parlamentar revelou o encontro por meio das redes sociais. Segundo Roberto Rocha, o convite para que a Zema fosse apresentada aos diretores da Guararapes partiu do próprio Flávio Rocha. “Fico feliz em ver que esse projeto vem despertando interesse no mundo empresarial mais avançado do País, e até mesmo no exterior. Flávio Rocha tem planos de expansão de suas fábricas de confecção, que geram milhares de empregos, e o Maranhão entra agora no seu radar de possibilidades”, disse.

Ainda de acordo com o senador, várias empresas já demonstraram interesse no projeto do Maranhão. “A receptividade é um estímulo para prosseguir nessa tarefa de viabilizar a Zema. Na verdade, a reação tem sido de surpresa, pelo fato do Maranhão e o Brasil não terem, até agora, despertado para a incrível dádiva que não aproveitamos, de nos tornarmos um hub mundial de comércio”, afirmou.

A ação do Ministério Público do Trabalho contra a Guararapes está em tramitação no Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte. Os promotores pedem uma indenização de R$ 37 milhões à gigante do setor têxtil devido à contratação de pequenas oficinas de costura no interior do Estado, dentro do projeto Pró-Sertão, que já gerou mais de 5 mil empregos diretos.

Desde o final do ano passado, quando a ação ganhou destaque na imprensa, várias manifestações com trabalhadores destas pequenas oficinas foram realizadas em diversas cidades a favor da Guararapes.

Os policiais e bombeiros militares estaduais, oficiais e praças, estão convocados para Assembleia Geral Unificada que acontecerá nesta segunda-feira (13), às 15h, no Clube Tiradentes, sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), localizada no Alecrim. A reunião tem como pauta principal o atraso no pagamento do décimo terceiro salário referente ao ano de 2017.

Ainda em fevereiro, o Governo do RN anunciou que o décimo terceiro de 2017 seria pago de forma escalonada. Posteriormente, ficou decidido que a divisão ocorreria por faixa salarial até o mês de junho. Porém, os pagamentos não foram cumpridos na totalidade e não alcançaram os militares estaduais.

“Estamos cansados de promessas. Nesta Assembleia vamos discutir ações concretas para reivindicar nosso direito de receber o benefício”, ressalta a subtenente Márcia Carvalho, presidente em exercício da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN.

Além do pagamento do 13º salário, será discutido também sobre as demandas não efetivadas do Termo de Compromisso firmado em janeiro deste ano.

Aconteceu na manhã deste sábado (11), a tradicional cavalgada de amigos devotos de Nossa Senhora da Guia, em Acari. Centenas de cavaleiros, entre eles o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). O grupo percorreu o percurso até a Igreja Matriz finalizando com missa campal e o desfile pelas principais ruas.

“Acari está de parabéns. Realmente presenciei fé, devoção e tradição dos cavaleiros durante o desfile pelas principais ruas da cidade, vivenciei o amor do povo de Acari à Nossa Senhora da Guia. O povo prestigiou muito bem o evento. Rever amigos, prestigiar nossas raízes culturais e ouvir a comunidade de perto é o que mais gosto de fazer e faço sempre”, comentou Ezequiel Ferreira, ao lado do empresário Vijânio Filho (PSDB), vereador Zuil Ribeiro, do pré-candidato a deputado estadual, Thiago Almeida e amigos que integram o grupo.

Após a cavalgada Ezequiel Ferreira ainda teve a oportunidade de demonstrar importantes conquista para o município. Chegou em Acari, com a solicitação do deputado, uma viatura policial modelo Gol, recuperação da RN que liga Acari a Cruzeta e ações da Emater com carros refrigerados que oferecem melhores condições de transporte dos produtos da agricultura familiar. Assim como a conclusão das obras do abatedouro da cidade que irá colocar em outro patamar de higiene e condições sanitárias o abate de animais na cidade. Os reparos nas Adutoras de Serra de Santana e Currais Novos/Acari também foram ações do mandato de Ezequiel Ferreira.

A ampliação da Penitenciária Estadual de Alcaçuz vai custar R$ 18,2 milhões aos cofres públicos. A empresa MGA Construção e incorporação LTDA foi contratada com dispensa de licitação porque o Rio Grande do Norte está em estado de calamidade no sistema prisional. De acordo com o termo de dispensa de licitação publicado no Diário Oficial do Estado, serão construídos dois novos pavilhões em Alcaçuz.

“São construções modernas, totalmente em concreto armado, seguras, do mesmo estilo do que nós fizemos em Ceará-Mirim”, disse o secretário de Infraestrutura do Estado, Jader Torres. Segundo ele, os dois novos pavilhões serão construídos com recursos doados pelo Tribunal de Justiça ao governo em 2017.

A decisão de ampliar a Penitenciária de Alcaçuz veio após o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) reprovar o projeto de construção de uma cadeia pública em Afonso Bezerra por “inviabilidade técnica”.
A expectativa da Secretaria de Infraestrutura é que as obras de ampliação de Alcaçuz comecem ainda no final de agosto.

Com informações do G1RN

Na manhã desta quinta-feira (09), agricultores familiares oriundos de diversas comunidades rurais e assentamentos de Macaíba assinaram os novos contratos da chamada pública do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), conduzido no município por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, da Pecuária e da Pesca.

Ao todo, são 65 beneficiários do programa no município, o secretário Francisco Maia, titular da referida pasta, esteve presente na ocasião assessorando os agricultores sobre o assunto. Os contratos são relativos à venda de produtos destinados a merenda escolar, valorizando assim os nossos trabalhadores rurais.

Macaxeira, batata-doce, jerimum, feijão, coentro, alface, tomate, cenoura, goiaba e acerola são alguns exemplos de produtos contemplados pelo PNAE em Macaíba e que serão fornecidos para suprir o cardápio da merenda das escolas municipais. As assinaturas foram feitas na sala de reuniões do Palácio de Auta de Souza. Os contratos têm validade de 12 meses.

Assecom-PMM

É destaque no Blog Thaisa Galvão

Definido.

Depois de muita conversa com o governador Robinson Faria (PSD), o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) e a senadora Fátima Bezerra (PT), o deputado estadual George Soares, do PR, e o irmão, prefeito de Assu, Gustavo Soares (PR), decidiram apoiar a candidatura de Fátima ao Governo do Rio Grande do Norte.

O PR fechou com Robinson, inclusive indicando o vice Tião Couto.

Porém, o caso de Assu, base de George, é diferente.

No município o governador fechou o apoio do ex-prefeito Ivan Júnior (PSD), principal adversário dos Soares.

Impossibilitados de dividirem o palanque com Ivan, George e Gustavo, e o pai, ex-prefeito Ronaldo Soares, se integram agora à campanha de Fátima.

Decisão deverá ser aplicada em aproximadamente 1 mil processos semelhantes em instâncias inferiores

O Ministério Público brasileiro comemorou o resultado do julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 852475, ocorrido na quarta-feira (8), no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. Por maioria de votos, a suprema corte reconheceu que ações de ressarcimento de danos ao erário decorrentes de ato doloso de improbidade administrativa são imprescritíveis. A decisão deverá ser aplicada em aproximadamente 1 mil processos semelhantes em instâncias inferiores.

O recurso havia questionado acórdão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que declarou a prescrição de ação civil pública movida contra funcionários da Prefeitura de Palmares Paulista (SP), envolvidos em processo de licitação considerado irregular, e extinguiu a ação. Ao prover parcialmente o recurso, o STF determinou o retorno dos autos ao tribunal de origem para que, uma vez afastada a prescrição, examine o pedido de ressarcimento aos cofres públicos com base nas condições fixadas pelo plenário.

O julgamento do recurso extraordinário começou no dia 2 de agosto, quando cinco ministros acompanharam o voto do relator, o ministro Alexandre de Moraes, que negou o recurso do MP de São Paulo, por entender que cabia, naquele caso concreto, a prescrição de cinco anos prevista na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/1992). Dois ministros divergiram do relator por entenderem que o ressarcimento do dano oriundo de ato de improbidade administrativa é imprescritível, em decorrência da ressalva prevista no parágrafo 5º do artigo 37 da Constituição Federal, e da necessidade de proteção do patrimônio público.

Para o promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio às Promotorias de Patrimônio Público (Caop-PP), Leonardo Nagashima, “esta é uma grande vitória para a sociedade, já que dessa forma fica garantida a punição para quem pratica atos de improbidade. Essa confirmação assegura o retorno do dinheiro desviado dos cofres públicos e afasta a ideia de impunidade”, destacou.

O placar no STF preocupou o Ministério Público e levou o Grupo Nacional de Coordenadores de Centros de Apoio Operacional do Patrimônio Público e Probidade Administrativa dos Ministérios Públicos Estaduais (GNPP) a divulgar uma nota, alertando que a decisão poderia causar graves prejuízos como enfraquecer o combate à corrupção e dificultar o retorno aos cofres públicos dos recursos desfalcados. Ler mais…

Por Geraldo Miranda – Do Portal no Ar

O policial militar Gleyson Alex Araújo Galvão, que foi condenado a 20 anos de prisão pela morte da advogada Vanessa Ricarda de Medeiros, foi expulso da corporação. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (9). A exclusão foi dada mediante decisão judicial.

A decisão foi tomada após a consideração do parecer Nº 1.114/2018 pela Assessoria Jurídica do Comando Geral da Polícia Militar. O ex-policial deverá devolver o fardamento e identidade militar para a Diretoria de Apoio Logístico da Corporação (DAL) dentro de cinco dias úteis após a publicação desta quinta.

Após a exclusão, a Polícia Militar ficará a cargo de informar a juíza da Comarca de Santo Antônio, Maria de Melo Martins Almeida, para mostrar o cumprimento da decisão. O policial estava custodiado no Batalhão da PM da zona norte de Natal. Ele estava preso desde a época em que ocorreu o crime, em 2013, e ainda divulgou vídeos fora da prisão durante o período que antecedeu o julgamento.

Gleyson Alex foi condenado por homicídio triplamente qualificado, já que a morte ocorreu por motivo fútil, de forma cruel e sem possibilidade de defesa por parte da vítima.

RELEMBRE O CASO

Vanessa Ricarda de Medeiros e Gleyson Alex Araújo Galvão eram namorados, mas estavam separados na data do crime. Segundo informações da Polícia Civil, o crime foi descoberto por volta da 1h30 do dia 14 de fevereiro de 2013, quando um funcionário do motel onde o casal estava chamou os policiais após ter ouvido a vítima sendo espancada em um dos quartos.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram Gleyson Alex com um comportamento estranho e agressivo. Segundo o proprietário do motel onde o caso ocorreu, o PM havia tentado cavar um buraco para enterrar o corpo de Vanessa. Para a polícia, Gleyson confessou que espancou a namorada.

Ele disse que o casal havia terminado o namoro de três anos e, após ser procurado por Vanessa, eles reataram e resolveram ir para o motel, quando a briga aconteceu. Segundo a denúncia do Ministério Público, Gleyson Alex queria que a namorada fizesse sexo com ele na frente de outro homem.

Os três estavam no quarto, mas a advogada recusou o pedido do policial, que enfurecido, a espancou com um pedaço de pau. O outro homem que estava no quarto fugiu enquanto a advogada era espancada.

A vítima foi encontrada no quarto desfigurada e banhada em sangue. Ela chegou a ser socorrida com vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzida ao Hospital Municipal de Goianinha, onde chegou sem vida.

Em perfil no Instagram, o candidato ao governo do RN Carlos Eduardo anunciou que o deputado estadual Toma Farias levou apoios da região do Trairí e Agreste para sua caminhada.

“Força que vem do Trairí e do Agreste. Apoios trazidos pelo deputado Tomba Farias para nossa caminhada ao Governo do Estado: Santa Cruz, Serra Caiada e Tibau do Sul”, publicou Carlos.

SINE/RN

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço maisemprego.mte.gov.br , ou na unidade do Sine Matriz em Natal, na Cidade da Esperança, na Rua Adolfo Gordo, s/n, prédio da Central do Trabalhador, da 8h ás 16h, ou em qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e no interior.

O interessado que não tem cadastro e acesso ao Portal Mais Emprego, pode comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é de acordo com o horário de funcionamento das centrais do cidadão e do SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 12h e 13h às 16h.

VAGAS PERMANENTES – NATAL e GRANDE NATAL

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 1
COMPRADOR 1
FISCAL DE OBRAS 1
Total 3

MOSSORÓ E REGIÃO

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS

BORRACHEIRO 1
COMPRADOR 1
COZINHEIRO DO SERVIÇO DOMÉSTICO 1
ENCARREGADO DE SEÇÃO DE CONTROLE DE PRODUÇÃO 1
MECÂNICO 1
MECÂNICO DE INJEÇÃO ELETRÔNICA 1
VENDEDOR PRACISTA 1
Total 7

Vagas abertas no Sistema Mais Emprego, acesso em 09/08/2018 às 17:40min, Joacir Morais

Trabalhador, todas as oportunidades estão sujeitas à alteração. Para saber em tempo real qual ocupação está de acordo com o seu perfil profissional, acesse com seu login (PIS) e senha no Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego no endereço (maisemprego.mte.gov.br).

Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social da Assembleia Legislativa do RN, o deputado estadual Hermano Morais (MDB) se pronunciou nesta quinta-feira (09) durante sessão ordinária sobre a diminuição no orçamento de 2019 para bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado no país.

Ao trazer para o Rio Grande do Norte, a medida anunciada pelo governo federal no último dia 2 tem potencial para atingir 1.609 pesquisadores com bolsas de mestrado e doutorado, vinculados aos programas de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), além de 1.129 beneficiários dos Programas de Bolsas de Iniciação à Docência à Docência (Pibid) e de Residência pedagógica.

No estado, são 1931 bolsas de mestrado e doutorado, distribuídas entre a UFRN, Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).

“As bolsas da Capes também contribuem para inserção dos estudantes das licenciaturas, futuros educadores, nas escolas públicas municipais e estaduais”, disse Hermano.

O Ministro da Educação, Rossieli Soares, reafirmou que as bolsas de estudos de pós-graduação da Capes serão mantidas em 2019. “Espero que a sanção da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), recentemente aprovada no Congresso Nacional, se mantenha, e que o próximo presidente possa ter sensibilidade de valorização da educação do nosso país”, finalizou o deputado.

É destaque no BG:

O juiz convocado Cícero Macedo, em atuação no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, determinou a remessa à primeira instância da ação penal em que o Ministério Público do Estado acusa o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, de crime de responsabilidade.

A decisão foi tomada no início do mês após provocação ao procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis.

O caso tramitava no TJRN em razão do foro privilegiado do prefeito. Mesmo após renúncia, em abril, o caso continuou parado na Corte de Justiça potiguar.

O processo será distribuído a uma vara criminal de Natal. O TJRN decidiu rejeitar a denúncia contra o ex-prefeito e o Ministério Público do Estado recorreu.

Agora, caberá a um juiz e não a um colegiado de desembargadores, decidir se converte Carlos Eduardo em réu ou não.

A denúncia diz respeito à antecipação do pagamento do IPTU, taxas de lixo e outras em 2015 e 2016. A legislação proíbe a antecipação, devendo as taxas serem cobradas apenas no ano correspondente ao exercício fiscal. Ao todo, R$ 100 milhões foram antecipados com a manobra fiscal.

Foto: PM/Divulgação

O Brasil registrou 63.880 mortes violentas em 2017, o maior número de homicídios da história, de acordo com dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública na manhã desta quinta-feira (9). Sete pessoas foram assassinadas por hora no ano passado, aumento de 2,9% em relação a 2016. Os estupros aumentaram 8,4% de um ano para o outro.

O Rio Grande do Norte registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes: 68, seguido por Acre (63,9) e Ceará (59,1). As menores taxas estão em São Paulo (10,7), seguida de Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2).

As capitais com as menores taxas são Rio Branco (AC), com 83,7 por 100 mil habitantes, Fortaleza (CE), com 77,3, e Belém (PA), com 67,5.

Confira na íntegra AQUI

Do BG – Na disputa eleitoral pelo Governo do Estado, segundo a pesquisa realizada pelo instituto Seta e divulgada pelo Blog do BG, a candidata Fátima Bezerra lidera as intenções de voto com 25,5%.

Completando a pesquisa estimulada (com os nomes dos candidatos), estão Carlos Eduardo lves (14,7%), Robinson Faria (8,7%) e Professor Carlos Alberto (2,6%). Os demais nomes não somaram 1%. O total de brancos e nulo é de 37% e o de indecisos 10,5%.

A coleta dos dados aconteceu entre os dias 31 de julho e 2 de agosto. A pesquisa foi calculada com margem de erro de 3,5% para mais ou para menos e com grau de confiança de 95%. Ela foi registrada na Justiça Eleitoral sob os protocolos RN-09856/2018 e BR-05663/2018.

Do BG – Na pesquisa espontânea para o Governo do Estado realizada pelo instituto Seta, Fátima Bezerra lidera as intenções de voto com 8,4%. Nesse tipo de levantamento, o entrevistado não tem acesso à lista com os nomes dos candidatos.

Em segundo aparece Carlos Eduardo Alves com 6,5% e em terceiro Robinson Faria com 2,9%. Os demais nomes não somaram 1%. O total de indecisos é de 42,1%. O total dos que afirmaram votar em branco ou nulo foi de 38,5%.

A coleta dos dados aconteceu entre os dias 31 de julho e 2 de agosto. A pesquisa foi calculada com margem de erro de 3,5% para mais ou para menos e com grau de confiança de 95% e . Ela foi registrada na Justiça Eleitoral sob os protocolos RN-09856/2018 e BR-05663/2018.

Oito meses depois de serem nomeados agentes penitenciários, pelo menos 84 aprovados no último concurso desistiram, pediram a exoneração ou abandonaram o cargo nas unidades prisionais do Rio Grande do Norte. A maior parte, composta por 73 pessoas, sequer assumiu o cargo. Dez pediram a saída depois de começarem a atuar no sistema e uma outra abandonou sem justificativa.

O número estimado está em um requerimento de cumprimento de sentença para nomeação de 571 vagas, enviado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte ao Tribunal de Justiça, no dia 4 de julho deste ano. Entre a data do documento e esta terça-feira, 7 de agosto, não há nenhuma nova exoneração publicada no Diário Oficial do Estado.

As razões para a saída dos aprovados são muitas. As mais relatadas por agentes ouvidos pela reportagem são a carga horária e a pressão excessiva sofrida dentro das unidades prisionais. A maior pressão seria na Penitenciária Estadual de Alcaçuz – para onde foram a maior parte dos recém-nomeados.

“Tem agente que passa o dia todo lá com uma calibre 12 na bandoleira e, se mexer o corpo, é procedimento (administrativo), sindicância. Devido a isso, tem muito ‘nego’ pedindo para sair”, relatou um dos agentes ouvidos. Outro profissional chamou atenção para o fato do concurso realizado em 2017 ser o primeiro a exigir nível superior para o exercício do cargo, o que mudou o perfil dos ingressantes.

Para aprovados que residem em outros estados, a locomoção diária para as unidades prisionais do Rio Grande do Norte é o maior obstáculo para a permanência no cargo. Nesses casos, os agentes afirmam que a mudança de regime trabalhista, feito em abril deste ano, criou dificuldade no transporte.

No estado, os profissionais trabalham em escala de plantão de 24 horas de trabalho por 72 horas de descanso, mas, quando os novos assumiram o cargo, tiveram que trabalhar oito horas diárias. “Muita gente tirava uma escala de plantão para trabalhar dois dias seguidos e folgar seis”, declarou um dos profissionais. “Uma das que trabalham comigo vem de Petrolina (município de Pernambuco), são mais de 12h de viagem e é muito difícil para ela”.

Nos últimos meses, a Sejuc voltou a permitir a escala de plantão – segundo informou, 60% dos agentes trabalham no regime de plantão, e 40% no expediente. O retorno teria diminuído a queixa de agentes que moram em outros estados. As reclamações sobre o regime disciplinar nas unidades, no entanto, não cessaram. “Depois da rebelião (de janeiro de 2017), Alcaçuz foi reformada e se tornou um modelo de penitenciária para o Brasil”, disse outro profissional, ligado à Sejuc. “Então, a pressão é muito grande, a disciplina exigida pelo secretário é enorme”. Ler mais…

Do Agora RN – O delegado titular da 2º Delegacia de Plantão, na Zona Norte de Natal, Aldo Lopes de Araújo, assinou um ‘curioso’ despacho no último domingo, 5, após um morador de rua ter sido preso por fazer necessidades fisiológicas dentro de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI). O documento, em tom bem-humorado, lavrou a soltura do homem detido, que fora levado ao distrito por uma equipe da Guarda Municipal.

“Trata a presente ocorrência de uma cagalança geral: do prefeito ao secretário, passando pelo diretor do órgão, pelo vigilante de faz-de-conta, pelos membros da Guarda Municipal que conduziram um homem inocente até esta Delegacia”, relatou o delegado.

Uma imagem do despacho de soltura foi publicada nas redes sociais. O texto logo viralizou. Muitos internautas parabenizaram a atitude do delegado. O escritor paulista Joca Reiners Terron elogio o ‘estilo cáustico’ do texto. “Um Gregório de Matos, vá lá, meio desprovido de sua técnica de poeta barroco do séc XVII, reencarnou num delegado em Natal”, escreveu o autor.

Leia o despacho:

Lideranças de seis municípios procuraram nesta segunda-feira (07) o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), e passaram a apoiá-lo ao Governo do Estado. Cinco pertencem a partidos da coligação do atual governador, romperam com ele e decidiram ficar com Carlos Eduardo por considerá-lo “o único concorrente com capacidade para recuperar o Estado”.

A prefeita de Fernando Pedroza, Sandra Jakqueline (PSD), o prefeito de Venha-Ver, Célio Chaves, o Célio Pinicapau, do PRB, o vice-prefeito de Macau, Rodrigo Aladim (PSDB) e os ex-prefeitos João de Deus (PSDB), de São Pedro do Potengi e Chico Pereira (PR), de Porto do Mangue, foram recebidos por Carlos Eduardo e garantiram engajamento total na campanha.

Com informações do Heitor Gregório

O deputado Kelps Lima fez um vídeo na tarde deste terça-feira, 7 de agosto, aconselhando o empresário Tião Couto a sair de perto do Governador Robinson Faria.

Para Kelps, a ação de Tião ao se aproximar do governador mais rejeitado da história do Rio Grande do Norte não é apenas um fato negativo individual, contra o próprio Tião. A atitude também maltrata metade da população de Mossoró que em 2016 confiou a Tião a bandeira de um dia se livrar do julgo político dos Rosado que, há quase 100 anos, olham a máquina pública de Mossoró como se fosse um bem familiar, passando o poder de avô para filho, de filho para neto.

Assista ao vídeo: “Sai daí Tião!” https://www.facebook.com/kelpslima