Categoria: Polícia

Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, no final da noite desta segunda-feira (19), mais de 160 quilos de maconha. A droga estava dentro de um carro, que foi perseguido e caiu dentro de uma lagoa na zona rural da cidade de Monte Alegre, na Grande Natal. Um casal foi preso. A droga seria transportada para Campina Grande, na Paraíba.

Segundo a PRF, estava sendo feito um patrulhamento no km 115 da BR-101, em São José de Mipibu, quando o condutor de um Corsa Sedan, ao ver os policiais, fez uma manobra repentina e partiu em direção a Monte Alegre. Foi então que os agentes iniciaram uma perseguição ao veículo suspeito.

Após várias quilômetros percorridos e diversas ordens de parada, e já na zona rural de Monte Alegre, o condutor do Corsa perdeu o controle do veiculo, saiu da pista e caiu em uma lagoa, ficando o veículo submerso.

Um casal estava no carro e não se feriu. Dentro do veículo foram encontrados 232 tabletes de maconha, pesando 166,2 quilos. O homem e a mulher disseram que recebeu a droga em um posto de combustíveis na cidade de Macaíba, e que a entregaria na cidade de Campina Grande (PB). Pelo serviço, eles ganhariam R$ 5 mil. Ler mais…


PC/ASSECOM – Policiais civis da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nesta segunda-feira (19), Antônio Rosendo Nogueira, 42 anos, no município de Parnamirim. A prisão se deu em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Natal.

Ele foi condenado a uma pena de 12 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado, pela prática de um crime de homicídio ocorrido em outubro de 2003, na orla marítima, no bairro de Brasília Teimosa, em Natal. A ação criminosa contou ainda com a participação do ex-policial militar João Maria da Costa Peixoto, conhecido como “João Grandão”, e Márcio Silva Bezerra, os quais também foram condenados pelo cometimento do homicídio.

Antônio Rosendo foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Foto: PMRN/Divulgação

G1 RN – Vinte e seis motoristas foram autuados na tarde deste domingo (18) em uma blitz da Operação Lei Seca, realizada na RN-036, em Pium, no litoral de Parnamirim, na Grande Natal. Todos os autuados pagarão multa de R$ 2.934,70 e ainda poderão ter a carteira de habilitação suspensa por até 12 meses.

Segundo o capitão PM Isaac Paiva, coordenador da Operação Lei Seca no RN, o objetivo da ação foi fiscalizar os condutores que retornavam das praias do litoral Sul.

“No total, 26 pessoas foram autuadas administrativamente por dirigir sob influência de álcool, 5 por infrações diversas e uma moto foi removida ao pátio do Detran”, afirmou.

Ainda de acordo com Isaac, um motociclista tentou fugir quando avistou a blitz, mas acabou caindo sozinho. “Ele levantou e tentou continuar empurrando a moto para evitar a fiscalização, mas não deu certo”, acrescentou o capitão.

Foto: Klênyo Galvão

G1 RN – Bandidos armados fizeram um arrastão no início da noite desta terça-feira (13) em uma pousada localizada na Avenida Capitão-mor Gouveia, na Zona Oeste de Natal. Pelo menos seis hóspedes procuraram a Delegacia de Plantão para dar queixa. Ninguém foi preso.

De acordo com os depoimentos das vítimas, o arrastão aconteceu por volta das 18h45, quando vários homens armados renderam o recepcionista e pegaram as chaves dos quartos. Depois de renderem os hóspedes, os bandidos fugiram levando dinheiro e vários outros objetos, como mochilas, malas, roupas, relógios, notebooks e joias.

Foto: Inter TV Cabugi

G1 RN – Uma técnica de enfermagem foi assassinada na noite desta segunda-feira (12) dentro de um carro em Goianinha, na Grande Natal. O crime aconteceu no bairro Boa Vista. Amanda Ramos de Santana, de 32 anos, trabalhava na cidade de São José de Mipibu.

O namorado da vítima, que seria o verdadeiro alvo dos criminosos, estava no veículo e também foi baleado, mas conseguiu fugir em meio aos disparos. Ferido, ele foi levado ao hospital da cidade e depois transferido para Natal. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamada, mas Amanda já havia morrido quando o socorro médico chegou.

Segundo a Polícia Militar, dezenas de capsulas de pistola foram encontradas no local do crime. A suspeita é de que o assassinato tenha sido motivado por uma briga envolvendo facções criminosas rivais.

Uma técnica de enfermagem foi assassinada na noite desta segunda-feira (12) dentro de um carro em Goianinha, na Grande Natal. O crime aconteceu no bairro Boa Vista. Amanda Ramos de Santana, de 32 anos, trabalhava na cidade de São José de Mipibu.

O namorado da vítima, que seria o verdadeiro alvo dos criminosos, estava no veículo e também foi baleado, mas conseguiu fugir em meio aos disparos. Ferido, ele foi levado ao hospital da cidade e depois transferido para Natal. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamada, mas Amanda já havia morrido quando o socorro médico chegou.

Segundo a Polícia Militar, dezenas de capsulas de pistola foram encontradas no local do crime. A suspeita é de que o assassinato tenha sido motivado por uma briga envolvendo facções criminosas rivais.

Foto: Marcelino Neto/O Câmera

G1 RN – Um adolescente de 13 anos de idade foi morto a tiros em Mossoró ao sair de casa para comprar um presente de dia dos pais. O crime aconteceu no Alto do Sumaré, na noite de sábado (10). A vítima foi identificada como Antônio Leoandrson da Silva Andrade.

Segundo a Polícia Militar, o adolescente pediu a bicicleta do avô para ir comprar um boné para dar de presente para o pai no domingo (11). Assim que o adolescente saiu o avô ouviu barulho de tiros. Ele saiu para ver o que estava acontecendo e quase foi atingido pelos disparos.

O menor foi morto em uma estrada de terra, no prolongamento da Rua Otaviano Fernandes da Costa. De acordo com o relato do avô, dois homens saíram de dentro de um matagal e atiraram. A família afirmou que o adolescente não tem envolvimento com ilícitos e acredita que o menor tenha sido morto por engano.


PC/ASSECOM – Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, nesta sexta-feira (9), o ex-vereador do município de Sobral (CE), Romário Araújo de Sousa, 30 anos. A prisão, que aconteceu em uma pousada no bairro de Capim Macio, Zona Sul de Natal, se deu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Tribunal Justiça do Estado do Ceará, referente à prática do crime de estelionato.

De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia de Polícia Civil de Sobral, no Ceará, Romário Araújo vendia falsas licenças de táxis e supostas vagas de emprego, pelas quais os interessados pagavam determinadas taxas e, posteriormente, eram enganados.

Romário foi indiciado pela prática do crime de estelionato. A juíza havia determinado o afastamento dele das atividades parlamentares, além de várias medidas cautelares, como a proibição de frequentar determinados locais, a assinatura no fórum e o pagamento de uma fiança de 100 salários mínimos. Com o não cumprimento, as medidas cautelares foram convertidas em prisão preventiva e Romário estava foragido da Justiça do Ceará.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Foto: Klênyo Galvão

G1 RN – Um família de Goiás que passou férias em Natal foi assaltada na madrugada desta sexta-feira (9) quando ia de táxi para o aeroporto. O crime aconteceu na Avenida Felizardo Moura, na Zona Oeste de Natal. Os criminosos roubaram celulares, documentos, dinheiro e até as bagagens dos turistas, levaram o taxista como refém e seguiram fazendo outros assaltos.

De acordo com a Polícia Civil, o táxi em que a família estava foi abordado por volta das 2h50 na Avenida Felizardo Moura, no Bairro Nordeste. Quatro homens armados interceptaram o carro, roubaram todos os pertences dos turistas – inclusive as bagagens – e abandonaram a família no meio da avenida. Eles fizeram o motorista do táxi de refém.

Já na Zona Norte de Natal, os criminosos assaltaram um motorista de ônibus que saía para o trabalho na Avenida Tomaz Landim. De lá, seguiram para Parnamirim, na Grande Natal, e foram para a casa do taxista onde roubaram R$ 130, celulares e uma aliança.

Em seguida, os criminosos obrigaram o motorista a dirigir de volta até o Bairro Nordeste onde desceram do táxi e liberaram o taxista.

Com a ajuda da polícia, a família de turistas conseguiu remarcar o voo e deve embarcar para Goiás ainda nesta sexta-feira. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão.

Foto: Arquivo Pessoal

Foi identificado na manhã desta quarta-feira (7), no Instituto de Polícia Científica da Paraíba, em João Pessoa, o corpo da estudante Karolina Oliveira Gomes, de 16 anos, encontrada morta na manhã da terça (6) em um canavial no município de Capim. A adolescente, que morava com a família na cidade de Goianinha, na Grande Natal, estava desaparecida desde a noite da segunda (5), quando saiu de casa para ir a uma lan houve. O corpo foi reconhecido pelo pai da adolescente.

Ao G1, o mestre de obras Francisco Ananias Gomes cobrou justiça. “Só vou sossegar quando o criminoso que fez isso com minha falha for preso. Ele tem que pagar pelo que fez”, disse.

O pai de Karolina contou que a filha saiu de casa para ir imprimir um trabalho de matemática numa lan house. “Ela sequer chegou lá. Ligamos para ela várias vezes, mas não conseguimos contato”, completou.

Ainda segundo Francisco, o corpo da filha foi encontrado pela manhã. Estava sem roupas, em meio a um canavial, às margens de uma rodovia estadual na zona rural de Capim, que fica no litoral Norte paraibano, distante 85 quilômetros de Goianinha.

Francisco disse que a filha cursava o segundo ano do ensino médio, e sonhava em trabalhar na área de informática.

G1 RN

PC/ASSECOM – Policiais civis do 2º Distrito de Polícia de Parnamirim prenderam, na noite desta terça-feira (06), Jefferson Silva da Cruz, 35 anos. Ele é suspeito de praticar crime de homicídio contra a mãe, em Maceió, no estado de Alagoas, e estava foragido. Jefferson Silva também é apontado como autor de um homicídio ocorrido na cidade de Parnamirim, no ano de 2002.

A prisão ocorreu no bairro Nova Parnamirim, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 8ª Vara Criminal da Comarca de Maceió.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede ajuda à população enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

G1 RN – Policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) descobriram na tarde desta terça-feira (6), escondidos dentro de uma casa na Zona Norte de Natal, doze motores de carros de alto padrão, como Jetta, Corolla e Civic. Três pessoas foram levadas para a delegacia e um empresário deve se apresentar à polícia nesta quarta (7). A operação foi batizada de ‘Spero’, que em latim significa esperança.

Segundo o delegado Normando Feitosa, responsável pela investigação, já foi possível constatar que quatro dos doze motores pertenciam a veículos com queixa de roubo. “Pela numeração que tem nos blocos dos motores confirmamos que eles eram de carros roubados. Os demais certamente também são, mas não conseguimos saber de quais veículos porque a numeração já havia sido raspada”, explicou.

Ainda de acordo com Normando, a casa fica no bairro Igapó, na Zona Norte da cidade. “Chegamos lá após uma intensa investigação. Na saída do imóvel, ainda conseguimos deter duas pessoas que estavam chegando ao local para buscar um dos motores. Elas disseram que foram lá a mando de um empresário, que é dono de uma loja que faz revisão e troca de óleo. Fomos até a loja, mas o dono não foi encontrado. Depois, advogados dele nos procuraram e disseram que ele deve se apresentar nesta quarta”, acrescentou o delegado.

Além dos dois detidos, um funcionário do empresário também foi levado para prestar depoimento. Ele e os outros dois já foram ouvidos e liberados. Os doze motores foram apreendidos e deverão passar por perícia.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na tarde desta terça-feira (06), Roberto Leocádio de Sousa, 28 anos. A prisão aconteceu em Japecanga, zona rural do município de Macaíba.

A ação ocorreu após uma investigação realizada pelos policiais para averiguar a existência de uma fábrica de armas caseiras que estava sendo usada por criminosos na região. Durante as diligências, foram apreendidos na residência do suspeito um revólver e 15 munições de calibre 38, duas armas de fabricação caseira de calibre 12, cinco munições de calibre 12 e seis munições de calibre 22.

Roberto Leocádio foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, sendo liberado após o pagamento da fiança arbitrada na delegacia.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Um grupo de seis competidores foi assaltado durante uma prova de trekking na manhã deste domingo (4), em Nísia Floresta. De acordo com o organizador da prova, Fábio Freire, os criminosos renderam os atletas e levaram celulares, relógios e joias.

Segundo Fábio Freire, outros competidores que estavam um pouco mais à frente perceberam a ação dos bandidos e comunicaram a organização do evento por telefone. “Nós acionamos a polícia, eles fizeram buscas no local, mas não encontraram os bandidos”, disse.

Ele explicou que o local é bastante utilizado para provas de trekking e que essa foi a primeira vez que houve um assalto como esse. “Agora nós vamos incluir seguranças em todo o percurso”, disse.

G1 RN

Foto: Lei Seca/Divulgação

G1 RN – Pelo menos 55 condutores de carros e motos foram autuados por dirigir ou pilotar veículos sob efeito de álcool, durante a Operação Lei Seca que aconteceu entre a noite de sábado (3) e a madrugada deste domingo (4) em Santa Cruz, distante cerca de 115 quilômetros de Natal. Outros 33 autos, por outras infrações, foram registrados durante a ação.

De acordo com o comando da Operação, um total de 681 condutores foram abordados durante um evento que aconteceu na cidade. Parte dos condutores autuados iria pegar estrada mesmo sob efeito de álcool. Alguns pilotavam motocicletas, o que aumentaria ainda mais os riscos.

“O evento é uma festa tradicional que ocorre em algumas cidades do interior e reúne vários motociclistas de todos os cantos, inclusive de estados vizinhos. A operação visou garantir a segurança dos condutores e evitar acidentes graves, principalmente levando em conta que o álcool é responsável por cerca de dois terços das mortes no trânsito, segundo estudo recente feito aqui no Estado e que motociclistas são a maioria das vítimas, devido a sua vulnerabilidade”, informou o comando.

Os autuados irão pagar multa de R$ 2.934,70 e poderão ter a CNH suspensa por 12 meses. Em caso de reincidência no período de um ano a CNH passa a ser cassada.