Categoria: Rio Grande do Norte

Nesta terça-feira (17), Dia Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, uma comitiva de representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) se reuniu com a governadora Fátima Bezerra para apresentar uma pauta de reivindicações e o fez como um ato simbólico ao chamado “Abril Vermelho”.A data é uma referência ao Massacre de Eldorado do Carajás, quando 19 trabalhadores rurais que lutavam pela desapropriação de terras no sul do Pará foram mortos por uma ação da polícia militar daquele estado, no ano de 1996.

Participaram da reunião os secretários Getúlio Marques (Educação-SEEC), Íris Oliveira (Trabalho e Ação Social-SETHAS), Alexandre Lima (Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária-SEARA) e Arméli Brennand (futura Secretaria das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos-SEMJIDH), cujas pastas são relacionadas aos assuntos apresentados pelos dirigentes representados pela coordenadora nacional Vanusa Macedo e pelo coordenador estadual Hidelbrando Andrade. Atualmente, há no RN 200 assentamentos e cerca de três mil famílias acampadas. A chefe do Executivo Estadual reforçou que a Segurança do Estado está comprometida para garantir a integridade física dos acampantes.

A principal reivindicação é com relação à desapropriação da fazenda Baixa Verde e a solução para as 48 famílias que estão ocupando o prédio onde funcionou a creche Santo Antônio, ambos em Mossoró. Os dirigentes do MST afirmaram que foram à sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e tiveram a informação que não há nenhuma perspectiva de recursos para desapropriação. “Ontem o ocupamos o INCRA e não nos deram nenhuma esperança. Hoje tem acontecido diversos atos no Brasil e queremos agradecer à governadora que tirou esse tempo para nos receber”, declarou Hidelbrando.

A governadora destacou as dificuldades financeiras do Estado e orientou que os dirigentes do MST fiquem em contato com os secretários para encaminharem as questões apresentadas. “Considero essenciais todos os pontos apresentados e deixo nossa equipe à disposição para que as reivindicações sejam encaminhadas da melhor forma possível”, disse. Alexandre Lima afirmou que por enquanto não há programação de renovação do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) e Getúlio Marques falou que alguns pontos estão contemplados, como a Educação no Campo, através do programa que vai alfabetizar 2.500 homens e mulheres, e iniciá-los em técnicas agrícolas, via programa Governo Cidadão.

Com relação à cessão do prédio da antiga creche, a secretária Íris Oliveira se comprometeu a acompanhar o processo e verificar a viabilidade jurídica. Quanto às reivindicações a respeito do fortalecimento das mulheres e juventude, Arméli afirmou que a secretaria dialoga com as pautas do movimento. “A gente pretende interiorizar as políticas de mulheres e juventude de acordocom as peculiaridades do trabalho rural”. Ficou também decidido que o Comitê de Conflitos Fundiários Rurais, criado por decreto no governo passado, será implementado e dará continuidade aos pleitos do MST no que diz respeito à terra e habitação.

O vereador Kleber Fernandes (PDT) defendeu uma possível candidatura à reeleição do atual prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB). O parlamentar, que é líder da bancada governista na Câmara Municipal de Natal, destacou o trabalho de Álvaro e afirmou que o prefeito conseguiu imprimir seu modelo de gestão, apesar do pouco tempo à frente da Prefeitura.

Questionado se acha que Álvaro deve disputar reeleição, Kleber foi enfático.: “Eu acho sim, é natural”, afirmou, nesta quarta-feira (17), em entrevista ao Hora Extra da Notícia (91.9 FM). Ele acrescentou que o prefeito está conseguindo ter uma “aceitação positiva”, com uma aprovação de 56% da administração pela população natalense.

“Pelo ritmo de trabalho que ele vem empreendendo de forma bastante democrática, acessível, indo às comunidades, tem tido um ritmo de inauguração de obras semanal, então eu acho que tudo isso é um diferencial que o credencia para uma possível reeleição, sim”, pontua o vereador do PDT.

Kleber disse ainda acreditar que o ex-prefeito de Natal que é do mesmo partido do vereador pedetista, é simpático à possível candidatura de Álvaro Dias à Prefeitura do Natal. Ele baseou sua afirmação no fato de grande parte do secretariado da gestão Carlos Eduardo ser mantida na gestão de Álvaro, inclusive a esposa do ex-prefeito, Andrea Ramalho, que é secretária municipal de Políticas para as Mulheres.

Na manhã desta quarta-feira (17), a 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Nova Cruz e policiais militares do 8º Batalhão de Polícia Militar e da 3ª Companhia, deflagraram em Goianinha uma operação que conseguiu prender 16 pessoas e apreender três adolescentes suspeitos de integrarem uma facção criminosa e de praticarem crimes como tráfico de drogas e roubos.

As investigações da Polícia Civil, com auxílio do trabalho da Polícia Militar, duraram três meses e além das prisões, resultou na apreensão de drogas como cocaína, maconha, apetrechos usados no tráfico de drogas e munições, inclusive de calibre restrito.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Lista com nomes de presos divulgada até o momento:

1.Sebastião da Silva Prazeres, conhecido como “Melo”
2.Cleiton Raimundo dos Santos
3.Wellington David da Silva Onório
4.Tiago Freire de Souza, conhecido como “Baixinho”
5.José Cassiano A. da Silva, conhecido como “Boy Nano”
6.Janderson Ferreira Félix
7.Jailson de Lima Silva
8.João Maria de Lima, conhecido como “Peninha”
9.Elissandro Dantas da Silva Filho, conhecido como “Sandrinho”
10.Paulinho Anderson Nogueira da Silva, conhecido como “Galego”
11.Eronildes Jeronimo do Nascimento
12.Ana Paula Bernado de Souza
13. Maria Luiza Andrade da Silva

Do Agora RN – O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) está entre os cinco primeiros parlamentares que assinaram uma lista de apoio que pede o impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e do ministro Alexandre de Moraes.

A lista é uma reação às ações autorizadas na última terça-feira, 16, pelo ministro Alexandre de Moraes, no inquérito que apura denúncias de ofensas e ameaças a membros da Corte. Os senadores alegam crime de responsabilidade e abuso de autoridade dos magistrados.

Segundo os parlamentares, os ministros incorreram em abuso de poder ao instaurarem um inquérito e executarem medidas judiciais por conta própria, sem a participação do Ministério Público.

O pedido também será subscrito por outros senadores. Já estão confirmados os apoios de Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Lasier Martins (Pode-RS), Jorge Kajuru (PSB-GO) e Reguffe (sem partido-DF).

No fim do mês de março, Toffoli instaurou um inquérito para investigar injúrias e ameaças virtuais contra ministros do Supremo. Relator do inquérito, Moraes expediu mandados de busca e apreensão contra sete pessoas e determinou o bloqueio das suas redes sociais. Ele também ordenou que uma revista retirasse do ar uma reportagem que citava Toffoli, mencionado em um depoimento no âmbito da Operação Lava-Jato.

Uma investigação da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) resultou na deflagração da Operação Depuração, na manhã desta quarta-feira (17), em Parnamirim. Durante a ação, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e efetivadas três prisões em flagrante.

A Operação contou com apoio das equipes da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (Deatur), Delegacia Especializada de Capturas (Decap), da 2a. Delegacia de Polícia Civil de Natal e de policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar.

Na residência do casal Jonas de Oliveira e Jeniffer de Oliveira, ambos com 33 anos, foram encontrados vários papelotes de cocaína, revólver calibre 38 com munição, balança, sacos para embalar droga e dinheiro fracionado. Na residência de Rafael Maranhão Scoralick, 32 anos, foram achadas porções de maconha e balança de precisão. Os três foram autuados em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (16) um reajuste médio de 4,73% para as tarifas de energia dos consumidores do Rio Grande do Norte atendidos pela empresa Cosern. A tarifa pode ser aplicada a partir do dia 22 de abril.

O reajuste médio para os consumidores residenciais e comerciais, atendidos em baixa tensão, será de 5,48%. Para os consumidores industriais, o reajuste médio será de 2,81%.

A quitação antecipada do empréstimo feito em 2014 para ajudar as distribuidoras reduziu o reajuste previsto para a Cosern em 3,02 pontos percentuais.

A antecipação do empréstimo vai retirar das tarifas de energia dos consumidores brasileiros R$ 6,4 bilhões em 2019 e R$ 2 bilhões em 2020.

G1 RN

A Legião da Boa Vontade (LBV), nesta quinta-feira, 18 de abril, presenteia com chocolates, crianças, jovens, gestantes e idosos inseridos nos programas socioeducativos mantidos pela Instituição na capital potiguar, para que tenham uma Páscoa doce, alegre e divertida.
Os chocolates foram arrecadados através de voluntários por meio da mobilização Páscoa Solidária, uma ação de solidariedade, promovida pelo Grupo Pão de Açúcar (GPA) em todo o Brasil. A ação sensibilizou os clientes e colaboradores do GPA a doarem ovos de páscoa e chocolates que presenteia todos os assistidos pela Instituição em nossa cidade.

A entrega acontece, nesta quinta-feira, 18, no período matutino das 10h às 11h, no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, localizado a Rua dos Caicós, 2148 – Dix-Sept Rosado. Informações: (84) 3613-1655:

A governadora Fátima Bezerra recebeu na tarde desta terça-feira (16) os membros da Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da atividade Policial e Segurança Pública do Conselho Nacional do Ministério Público, que vieram apresentar o resultado da visita técnica realizada nos presídios de Alcaçuz e Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta.

A comissão destacou as condições físicas das duas unidades prisionais e a questão da valorização social para os detentos, observando o baixo índice de presos que estudam e trabalham no sistema penitenciário do Rio Grande do Norte.

“Temos total consciência do nosso papel no restabelecimento da segurança e tranquilidade para a população. E este trabalho passa pelo sistema carcerário, que enfrenta uma realidade delicada já há muitos anos”, ressaltou a governadora.

Durante a reunião, o conselheiro-presidente da comissão, Dermeval Farias Gomes Filho, se colocou à disposição para dialogar com o governo com o objetivo de buscar as soluções para os problemas encontrados.“OEstado do Rio Grande do Norte tem o grande desafio, após o estabelecimento do controle e segurança nas unidades penais, de promover a garantia dos direitos à saúde, educação e trabalho dos presos”.

A governadora lembrou, ainda, das outras medidas que estão em andamento para reorganizar as políticas de segurança pública no Estado como,por exemplo, a elaboração do Plano Estadual de Segurança Pública, que traz ações envolvendo diversos setores do governo e estimula também o envolvimento da sociedade.

“Eu comungo integralmente com as preocupações aqui colocadas. E já adotamos diversas medidas nesse setor, apesar das dificuldades financeiras que o Estado enfrenta, estebelecemos a segurança como uma prioridade. Precisamos investir em inteligência, tecnologias e conectividade, que são ferramentas fundamentais para a boa execução das ações no setor”, disse Fátima, que destacou ainda o processo de criação da Secretaria de Estado da Gestão Penitenciária e da Secretaria de Estado da Mulher, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos, que terão ações sociais conjuntas, e aguardam a aprovação da Assembleia Legislativa. “Não bastam apenas criar mais vagas. É preciso pensar no aspecto social.Reafirmo nosso compromisso em avançar nessa direção”, encerrou.

O RN aguarda a liberação de R$ 80 milhões, já empenhados no governo federal, e de R$ 40 milhões oriundos de uma emenda impositiva, para serem utilizados em investimentos na Segurança Pública.

Também participaram da reunião o vice-governador, Antenor Roberto, os secretários de EstadoPedro Florêncio (Sejuc), Arméli Brennand (Mulheres), Coronel Francisco Araújo (Segurança) e o procurador Geral do Estado, Luiz Antônio Marinho.

Policiais civis da Divisão de Homicídio e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal cumpriram, nesta terça-feira (16), dois mandados de prisão contra Ronilson de Oliveira Silva, de 24 anos.

Ronilson é apontado como um dos mandantes do homicídio praticado contra o agente penitenciário Thiago Jefferson Bezerra, ocorrido no dia 10 de outubro de 2017, no Bairro Bom Pastor, em Natal. Além deste, Ronilson possuía ainda outro mandado de prisão em aberto, pela prática do crime de tráfico de drogas.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou na unidade do Sine Matriz em Natal, na Cidade da Esperança, na Rua Adolfo Gordo, s/n, prédio da Central do Trabalhador, NOVO HORÁRIO de 8h às 14h, ou em qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e no interior.

O interessado que não tem cadastro e acesso ao Portal Emprega Brasil, pode comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é de acordo com o horário de funcionamento das centrais do cidadão e do SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 14h, de segunda a sexta.

VAGAS PERMANENTES – NATAL e GRANDE NATAL

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
BALANCEIRO DE CONCRETO 1
MOTORISTA OPERADOR DE BOMBA DE CONCRETO 1
PINTOR INDUSTRIAL 4
REPOSITOR DE MERCADORIAS 3
SUPERVISOR DE RECEPÇÃO DE HOTEL 1
Total 10

VAGAS PCD – Pessoas com Deficiência -SÃO JOSÉ DE MIPIBU e Região

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO 3
Total 3

MOSSORÓ e Região

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
BORRACHEIRO 1
CHEFE DE COZINHA 1
MECÂNICO 1
PIZZAIOLO 1
TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO (INSTALAÇÃO) 1
Total 5

SINE/RN

Uma investigação da Delegacia Municipal de Monte Alegre resultou na elucidação do latrocínio cometido contra o jovem Mateus Gomes da Silva, 19 anos, morto na última quinta-feira (11), na cidade de Monte Alegre. A Polícia Civil divulgou, nesta terça-feira (16), que prendeu Taruelson Lucas da Silva, 19 anos e apreendeu dois adolescentes, um de 16 anos e outro de 17 anos, todos moradores de Monte Alegre.

No dia do crime, por volta das 22 horas, o jovem Mateus estava dentro de um ônibus escolar, quando o trio de suspeitos entrou no veículo e roubou aparelhos celulares dos passageiros. Na ocasião, Mateus Gomes foi atingido por disparos de arma de fogo e não resistiu. Os policiais civis de Monte Alegre também conseguiram apreender uma motocicleta que foi usada pelos suspeitos no dia do crime.

O projeto de lei que trata do reajuste do Magistério foi avaliado por duas comissões na manhã desta terça-feira (13). Na Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJ) a matéria teve relatoria do deputado George Soares (PR) e os demais membros da Comissão acompanharam o seu voto favorável à mensagem governamental 013/19. “Voto pela regimentalidade da matéria, que cumpre todos os aspectos legais e parabenizo o governo pela sensibilidade ao tema”, afirmou o relator.

Já na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) a matéria não chegou a ser votada e os deputados terão uma nova reunião na próxima terça-feira (23), às 10h, com a presença de representantes dos inativos do magistério e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte RN). A matéria não foi aprovada porque os deputados Getúlio Rêgo (DEM) e Galeno Torquato (PSD) questionaram o prejuízo que os professores inativos poderiam ter com a aprovação do projeto original, visto que o reajuste para a categoria será implantado a partir de maio próximo e o retroativo dividido em sete parcelas. Com isto, o presidente da CFF, deputado Tomba Farias (PSDB), convocou a reunião para a próxima terça-feira.

O deputado Galeno Torquato foi quem sugeriu que sejam convocados os representantes dos aposentados à CFF. “Da forma como está posto o Governo do Estado mais uma vez colocou os aposentados e pensionistas na fila, com esse parcelamento. E são eles, que contribuíram com a educação do nosso Rio Grande do Norte, quem mais precisam de uma remuneração digna”, criticou Getúlio Rêgo.

Na defesa do Governo, o deputado Francisco do PT argumentou que a matéria tem a aprovação dos professores. “Esse projeto já foi discutido amplamente com as bases e foi fruto de um entendimento entre o governo e o Sinte”, disse.

Durante o debate, o deputado Ubaldo Fernandes (PTC) questionou qual o impacto financeiro da medida. De acordo com os dados apresentados por Francisco do PT, o reajuste irá causar um impacto de R$ 33 milhões na folha dos professores ativos e de R$ 58 milhões para os inativos.

De acordo com o projeto, para os professores ativos, o reajuste será implantado a partir de abril próximo e o retroativo em três parcelas, nos meses de abril, maio e junho de 2019. Já em relação aos aposentados, o reajuste será implantado a partir do próximo mês e o retroativo em 7 parcelas, sendo a primeira parcela, no percentual de 4,17% paga em junho, referente ao mês de janeiro de 2019; e as demais, no total de 6, no percentual de 2,085%, pagas nos meses de julho a dezembro, referentes aos meses de fevereiro, março e abril de 2019.

Crédito da Foto: Eduardo Maia

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) demonstrou preocupação na sessão plenária desta terça-feira (16) na Assembleia Legislativa sobre o déficit da previdência estadual, que segundo ele gira em torno de R$ 130 milhões. Em seu pronunciamento, o deputado disse que o atual sistema não é viável economicamente e precisa de mudanças e ampla discussão.

“Não tem uma solução mágica, mas é preciso que seja discutido. Peço encarecidamente que o governo coloque na mesa este assunto, que se não for resolvido trará gravíssimos problemas ao Estado. O rombo na previdência é hoje o maior problema financeiro do Rio Grande do Norte”, afirmou.

Kelps Lima explicou como funciona, atualmente, o sistema previdenciário do RN. “Hoje, o regime previdenciário do RN é o de repartição, nesse regime os trabalhadores ativos pagam os benefícios dos inativos. O problema é que esta conta não está fechando, porque existem menos pessoas trabalhando do que o número de aposentados”, disse o parlamentar, que fez questão de dizer que o déficit tem crescido há três gestões diferentes do Governo.

O deputado Hermano Morais (MDB) concordou com Kelps Lima. Para ele, o Governo precisa resolver este problema. “Todos os meses este rombo vai aumentar, pela quantidade de pessoas que estão se aposentando. É preciso discutir e encontrar uma solução para este déficit que se agrava a cada dia”, alertou Hermano.

Policiais militares da Força Tática do 4º Batalhão (FT4) recuperam um carro roubado e prenderam dois homens utilizando equipamento que bloqueia o travamento de portas dos veículos. O fato aconteceu na zona Norte de Natal.

No início da tarde desta segunda-feira (15), os policiais realizavam patrulhamento no Loteamento Aliança, quando recebeu informações de que um veículo suspeito estaria no estacionamento de um supermercado realizando furtos a veículos estacionados, porém ao chegar no local o veículo não se encontrava.

Dando continuidade as diligências, os militares patrulharam os estacionamentos dos grandes comércios da Av João Medeiros Filho, ao chegar no estacionamento de um Shopping foi visualizado um veículo que batia com as características recebidas, foi realizada abordagem sendo constatado a presença de dois homens e que um deles se dizia ser o proprietário, porém apresentou uma documentação do falsa do veículo. No banco do passageiro foi localizado um equipamento chamado “Chapolin”, utilizado para bloquear o sinal que trava as portas dos veículos.

Os suspeitos foram conduzidos à Deprov juntamente com o veículo Ônix de cor Branca que aparentemente não apresentava nenhuma alteração, logo após a realizada a vistoria pela equipe da Deprov, ficou constatado que o veículo possuía registro de furto/roubo, datado de 20/03/19, tendo sido este furtado com o auxílio do “chapolin”.

A ação também contou com a participação de policiais que mesmo de folga foram voluntários e auxiliaram na identificação da falsificação documental veicular.

PM/Assecom