Categoria: Rio Grande do Norte

Foto: Jefferson Cariri / Treze

Agora RN – O Treze-PB venceu o Confiança-SE por 1 a 0, no estádio Batistão, em Sergipe. Com a vitória, o time paraibano saiu momentaneamente da zona de rebaixamento do Grupo A, chegou aos 18 pontos e pelo saldo de vitórias, não pode mais ser alcançado pelo ABC, o que culminou no rebaixamento da equipe potiguar. O gol da partida foi marcado contra, pelo lateral da equipe sergipana, Thiago Ennes.

Na próxima partida, o Treze decide seu destino na série C, no clássico paraibano contra o Botafogo-PB, em Campina Grande, na Paraíba.

Com a derrota do Globo para o Santa Cruz-PE, o Galo da Borborema está fora da zona de rebaixamento.

O agente penitenciário Osvaldo Júnior Rossato participou, neste sábado (17), do Campeonato Pan-americano de Judô no Chile e se classificou em 3° lugar na competição.

O servidor representa o Rio Grande do Norte na delegação do Brasil, no campeonato em Santigo, capital do Chile, onde acontece o evento esportivo. Na categoria master, um argentino e dois brasileiros se classificaram para o podium. Em 1° lugar se classificou o argentino, Fernando Alberto Yuma, em 2° lugar, o brasileiro Mario Roberto Silva e em 3°, o agente penitenciário Osvaldo Júnior Rossato.

Neste domingo (18), o representante potiguar participará do Campeonato Sul-americano que também acontece no país.

Sandero que estava com Eliedson foi levado pelos criminosos. Pouco tempo depois, carro foi encontrado abandonado — Foto: PMRN/Divulgação

Dois homens foram encontrados mortos com marcas de tiros na tarde deste sábado (17) em uma estrada de terra no loteamento Novo Horizonte, que fica no distrito de Santo Antônio dos Barreiros, em São Gonçalo do Amarante, município da Grande Natal.

As vítimas foram identificadas como Eliedson Carlos Soares, de 35 anos, e Erivan de Lima Brilhante, de 38. Ainda não há pistas dos assassinos nem informações sobre a motivação do crime.

De acordo com a Polícia Civil, no momento do duplo homicídio, um Renault Sandero, que estava com Eliedson, foi levado pelos criminosos. Pouco tempo depois, no entanto, o carro foi encontrado abandonado em um outro loteamento, chamado Nova Zelândia, na mesma região.

Do G1RN 

José Aldenir / Agora RN / Divulgação

Do Agora RN

O ABC empatou em 1 a 1 com o Sampaio Corrêa-MA, neste sábado, 17, no Estádio Frasqueirão, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C. Na lanterna do Grupo A, o alvinegro pode ser rebaixado neste domingo, 18, caso o Globo ou o Treze-PB vençam suas partidas.

Na disputa entre o líder e o lanterna do grupo, a equipe abecedista chegou a ser superior em alguns momentos da partida, com boas chances logo no primeiro tempo, desperdiçadas pelo atacante Lohan. Ainda na primeira etapa, o ABC teve a oportunidade de sair na frente do placar. Em pênalti sofrido por Wallyson, o próprio atacante chamou a responsabilidade, mas na cobrança, o goleiro da equipe do Maranhão, Andrey foi buscar a bola no cantinho e conseguiu fazer a defesa.

Os gols da partida saíram no segundo tempo. Os maranhenses abriram o placar com Roney, que conseguiu entrar com facilidade na área e marcar um belo gol para o Sampaio, para a frustração dos mais de nove mil torcedores do ABC presentes no estádio.

Não demorou muito para o alvinegro potiguar reagir e chegar ao empate. Jefinho, que havia entrado no segundo tempo, recebeu de Wallyson e não teve muito trabalho para empurrar pro fundo das redes.

O empate não bastava para o time de natal, mas, em mais uma partida, o time pressionou e desperdiçou oportunidades de garantir um resultado melhor para a equipe.

O ABC segue na lanterna da competição, agora com 15 pontos, e torce contra o Globo e o Treze-PB. A situação do alvinegro é complicada. Caso a águia de Ceará-Mirim vença o Santa Cruz-PE, chegaria aos 19 pontos, quantidade inatingível pela equipe abecedista que tem 15 e apenas mais um jogo pela frente. Já o Treze-PB, tem uma vitória a mais que o time potiguar, caso vença o Confiança-SE, também fica inalcançável pelo lanterna.

Foi dada a largada na segunda edição de um dos maiores eventos de tecnologia, inovação, empreendedorismo, robótica e cultura geek do mundo. A Campus Party reúne as maiores comunidades digitais numa maratona de conhecimento, networking e entretenimento. Durante a solenidade de abertura da CP Natal 2019, nesta sexta-feira (16), a governadora Fátima Bezerra destacou que um dos diferenciais desta edição será a capacitação dos servidores públicos estaduais “por meio do convênio com a Campus Party, estamos promovendo a atualização e a capacitação dos servidores públicos, especialmente àqueles ligados às áreas de tecnologia da informação, comunicação e recursos humanos. Eles serão multiplicadores de conhecimento e das novas ferramentas tecnológicas que estão sendo utilizadas pelo Governo para a modernização da gestão, aprimoramento de processos e procedimentos, trazendo mais produtividade e eficiência na gestão”, enfatizou Fátima.

Outra iniciativa proposta pelo Governo do RN para a CP Natal 2 é a realização um Hackaton, uma competição entre os participantes do evento, com o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas voltadas para a capacitação de servidores. Em seu discurso, a Governadora lembrou ainda o compromisso com o desenvolvimento de iniciativas voltadas à tecnologia, entre elas, a construção do Parque Tecnológico, localizado no município de Macaíba. Uma parceria entre o Governo, Prefeitura de Macaíba e a comunidade acadêmica: UFRN, UERN, IFRN e Instituto Metrópole Digital. “Para termos uma cidade inteligente, um Governo inteligente precisamos cada dia mais estar inseridos nesse mundo digital e conectado, com o objetivo maior de oportunizar a inclusão da nossa juventude neste contexto. Por isso, estamos fazendo um grande esforço para em breve entregar o Parque Tecnológico de Macaíba”, disse. Ler mais…

Crédito da Foto: João Gilberto

A relação entre pais e filhos – vítimas da alienação parental – gerou pronunciamentos que revelam um desafio para a sociedade: como conviver com a alienação parental. O tema da campanha institucional da Assembleia Legislativa levou centenas de pessoas ao debate nesta sexta (16).

Um deles foi o arquiteto Henrique Xavier que – em um discurso emocionado sobre a experiência de alienação parental. Representando os que passam pela questão da alienação parental, o pai contou que é divorciado há 8 anos e a pelo menos 7 anos é proibido pela ex-esposa de visitar o filho. “Tive meu direito de visita dado pela justiça, mas minha ex-cônjuge vem descumprindo desde então. Perdi de acompanhar a infância do meu filho por causa de processos que se arrastam e não são julgados, isso é lamentável”, desabafou.

Henrique explicou que à época do divórcio a criança tinha 4 anos e agora está com 12 e, na presença de todos os ouvintes da audiência pública, afirmou que a criança tem trauma do assunto pai. “Ele me ama, mas segue as diretrizes de quem tem a guarda”. Seguiu fazendo um alerta às pessoas que hoje passam por uma situação semelhante, de que os pais devem ter maturidade suficiente para saber ‘aparar as arestas’ das incompatibilidades, já que elas podem existir e são comuns entre pessoas que começam a conviver e viram pais de uma criança. “Mas, é preciso entender que a criança é a pessoa nesse meio mais importante que devemos preservar”, destacou.

Proposta pelo presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PSDB), a audiência contou com à participação de membros do judiciário, executivo e associações que atuam no tema. Ler mais…

José Aldenir / Agora RN / Divulgação.

Do Portal Agora RN:

O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) usou a tribuna na última quinta-feira, 15, para chamar a atenção sobre falta de segurança no Rio Grande do Norte que, proporcionalmente, é o estado onde morrem mais jovens de forma violenta no Brasil. “Esse número seria reduzido, se duas áreas funcionassem devidamente em nosso país: a educação e a segurança pública”, enfatizou o senador.

Em seu discurso, Styvenson apresentou dados do Atlas da Violência, que tem por base os registros do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2017, foram 62,8 mortes violentas por 100 mil habitantes. É o maior índice entre as unidades da federação. É também o estado onde essa taxa mais cresceu entre 2006 e 2017. A alta foi de 320%.

As pessoas de 15 a 29 anos, que mais morrem em crimes violentos, estão no Rio Grande do Norte. Um total de 152 vítimas para cada 100 mil habitantes. Um crescimento de 482% desde 2006. Um estudo recente do Observatório da Violência do Rio Grande do Norte mostra o perfil de quem morreu entre 2011 e 2018. Cerca de 93% das vítimas eram homens; 85% eram pretas ou pardas; 49% tinham entre 18 e 29 anos. Mais, 31% não tinham sequer completado o ensino fundamental, 54% não trabalhavam e 39% ganhavam até dois salários mínimos.

“Esse perfil certamente é o da maior parte das vítimas no país. Já passou da hora que alguma coisa seja feita. E a palavra aqui é investimento, volto a dizer, em educação e em segurança pública”, ratificou o senador. Styvenson lembrou que o Rio Grande do Norte recebeu, no começo de julho, do Governo Federal, cerca de dois milhões de reais em equipamentos para a Polícia Militar do estado, o que ainda não é suficiente para combater o crime de acordo com ele.

A diminuição dos valores previstos para a Segurança Pública no Orçamento da União e a incerteza do repasse dos recursos também foram criticados pelo parlamentar potiguar. Em 2017 a indicação orçamentária era de R$ 13 mi e esse valor caiu para apenas R$ 1,5 mi em 2018, dos quais pouco mais de R$ 900 mil foram efetivamente liberados. No Orçamento de 2019, foram destinados R$ 46 milhões. Entretanto, nada garante que o dinheiro será efetivamente repassado.

“Se, por um lado, temos que combater, coibir a violência, necessitamos trabalhar por uma cultura de paz. E isso, só vamos conseguir se desde cedo, nas escolas, ensinarmos as crianças. Se a gente ouve falar em redução, é muito cedo para cantar vitória. Cidades em crescimento, como Mossoró, Extremoz, São José do Mipibu, Ceará-Mirim, Baraúna, Macaíba e São Gonçalo do Amarante também enfrentam o aumento da criminalidade, de acordo com números do próprio governo estadual”, lembrou Styvenson Valentim.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte) denunciou um golpe aplicado a servidores ligados à instituição. De acordo com as vítimas, golpistas ligavam para o telefone das pessoas sindicalizadas, principalmente aposentados, e tentavam conseguir depósitos bancários.

Na conversa, o criminoso, que se identifica apenas como Augusto, afirma ser integrante do escritório de advocacia que presta serviços de assessoria ao Sinte e pede para a vítima depositar uma determinada quantia em uma conta-corrente. Os criminosos utilizaram os números (84) 98115-0909 e (84) 4042-0490.

Pelo menos duas pessoas já teriam sido vítimas do golpe, aplicado entre os dias 13 e 14 de agosto. Em uma das contas fornecidas pelos golpistas foi depositada a quantia de R$ 1,5 mil na Caixa Econômica Federal (Agência 3604 / Industrial Maracanaú, Ceará) em nome de Jairo Quadros.

O Sinte enviou uma petição à 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal nesta sexta-feira (16), pedindo a investigação do caso. De acordo com o juiz Luiz Alberto Dantas, a polícia será acionada para apurar o crime e identificar os responsáveis.

Do Portal Op9/RN

A Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) de Natal incinerou, aproximadamente, 53 mil bonés falsificados, na manhã desta sexta-feira (16), no município de São Gonçalo do Amarante. O material incinerado é fruto de uma apreensão realizada em julho de 2015, em uma fábrica de bonés falsificados, no município de Caicó. “Os bonés eram vendidos a R$ 9, sendo que os originais custam R$ 250 em média. Na época, o dono da fábrica respondeu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A ação visou o combate à pirataria ”, destacou o delegado da DEFD de Natal, Ulisses Souza.

A queima do material foi realizada em uma fábrica de cerâmica, localizada em São Gonçalo do Amarante.

Apreensão

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte apreendeu, em julho de 2015, 52.297 bonés falsificados em uma fábrica localizada às margens da BR-427, no município de Caicó, na região Seridó do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Civil, a empresa fabricava e comercializava bonés falsificados das marcas pertencentes à sociedade norte-americana: New Era Cap Company e 59FIFTY.

Após investigações da Polícia Civil, foi detectada a fraude e solicitados os mandados de busca e apreensão à Justiça. Através do departamento de combate à pirataria, a empresa identificou a fábrica que produz e comercializa, em larga escala, os bonés adulterados ostentando as referidas marcas.

A New Era e 59FIFTY é a maior fabricante de bonés do mundo, titular dos direitos relativos à propriedade das marcas, inclusive possuindo centenas de registros espalhados pelo mundo.

A Cosern comunica que, para realizar serviços de melhoria na rede elétrica, será necessário interromper temporariamente o fornecimento na quarta-feira, 21, das 13h às 17h, no Sítio Lagoa Tapara e adjacências, no município de Macaíba.

Caso os serviços sejam realizados antes do horário previsto, a rede será energizada sem aviso prévio.

Fique atento: a Cosern sempre avisa antecipadamente quando precisa realizar desligamento programado na rede elétrica.

· Em caso de falta de energia, a Cosern orienta:

· Enviar um SMS para 26560, informando apenas o número da sua conta contrato. Para facilitar, salve-a no bloco de notas do seu smartphone; ou

· Telefonar para o 116.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Parnamirim deram cumprimento, nesta sexta-feira (16), a um mandado de prisão, de sentença condenatória, em desfavor de Gilson Malta da Silva, 38 anos. A prisão, que aconteceu no Centro de Parnamirim, se deu pela prática dos crimes de homicídio qualificado e de fraude processual. Ele foi condenado a uma pena de 15 anos e 06 meses de prisão por um homicídio cometido em 2013, no município de Lavras (MG). O mandado foi expedido pela Justiça de Minas Gerais.

Gilson Malta praticou um homicídio doloso duplamente qualificado, vitimando por asfixia e impossibilidade de defesa da vítima, Cristiano Henrique de Carvalho. Ele também foi condenado por fraude processual, por ter dificultado o trabalho da perícia ao mudar a cena do crime. Segundo a Justiça, o réu confessou o crime e disse que a morte aconteceu durante uma prática sexual.

O crime aconteceu em 20 de outubro de 2013. A vítima, Cristiano Henrique de Carvalho, então com 27 anos, foi encontrada morta no bairro Vila São Francisco, em Lavras (MG). O corpo apresentava marcas nos pulsos e sinais de esganadura. Ele era morador do bairro Retiro, também em Lavras.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Quatro homens suspeitos de terem roubado uma carga de equipamentos eletrônicos foram presos na noite desta quinta-feira, 15, em Itapissuma, na região Metropolitana do Recife, em Pernambuco. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os produtos estavam sendo transportados em um caminhão-baú, que foi interceptado pela quadrilha quando passava pela BR-304, no município de Caiçara do Rio do Vento, na região Central potiguar.

O veículo transportava TVs, celulares, videogames e brinquedos, e foi trancado por três carros próximo ao km 222. O condutor foi rendido e obrigado a sair da rodovia. Além disso, os criminosos o forçaram a entrar em uma estrada de terra. Após isso, os assaltantes abriram o caminhão e retiraram apenas os celulares.

Após os criminosos fugirem, o caminhoneiro retornou para o asfalto e pediu ajuda. Segundo a PRF, dois dos três veículos usados no assalto foram localizados em Itapissuma, onde quatro homens foram presos e parte dos aparelhos roubados recuperada. O motorista do caminhão prestou queixa do roubo na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal.

Do Agora RN

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Associação do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (AMPERN) enxergam com preocupação a aprovação do Projeto de Lei nº 7.596/2017, que trata do crime de abuso de autoridade.

O projeto foi aprovado na Câmara de Deputados, em regime de urgência, nesta última quarta-feira (14 de agosto) com o pretexto de reprimir possíveis atos de abuso de autoridade. Todavia, o texto aprovado, que agora segue para sanção presidencial, acaba por vulnerar substancialmente órgãos, instituições e agentes que atuam na garantia dos direitos fundamentais e no combate ao crime organizado e à improbidade administrativa.

O MPRN e a AMPERN esclarecerem à população que não se opõem à modernização da lei de abuso de autoridade, tornando-a eficiente na punição de quem realmente se exceda no exercício do poder, o que vem a ser verdadeiramente uma garantia do cidadão brasileiro. Todavia, não se pode concordar jamais que tal legislação, repleta de tipificações abertas e subjetivas, sirva de mecanismo de intimidação e ameaça ao exercício legítimo das funções constitucionais por parte dos membros do Ministério Público, dos magistrados, das autoridades policiais e dos outros importantes agentes dos sistemas de Justiça e de Segurança Pública.

Dessa forma, é oportuno realçar os efeitos negativos de uma eventual sanção presidencial ao texto aprovado recentemente no Congresso Nacional, restando clara a necessidade de se buscar o apoio de instituições parceiras e de toda a sociedade civil para a construção de uma campanha pelo veto presidencial, com o objetivo único de garantir aos agentes públicos o exercício independente de suas atribuições e a defesa da ordem jurídica e do regime democrático.

Policiais civis da 2ª Delegacia de Parnamirim deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (16), a um mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Liberdade, no município de Parnamirim. Foram presos em flagrante Paulo de Tarço Morais de Oliveira, 36 anos, e Patrícia Dantas da Silva, 37 anos. Ambos foram autuados pela prática dos crimes de associação para o tráfico de drogas e tráfico de drogas.

No local, os policiais civis apreenderam com o casal: 56 porções de cocaína, sete porções de maconha, além de diversos objetos utilizados no tráfico de drogas. No momento da ação policial, os suspeitos tentaram se desfazer das drogas, mas foram flagrados e autuados pelos policiais.

Paulo Tarço e Patrícia Dantas foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque Denúncia da 2ª DP de Parnamirim, por meio do aplicativo WhatsApp: (84) 9 8135-6724.