Categoria: Uncategorized


Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quarta-feira, 16/10, em Mossoró, Região Oeste Potiguar, um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara da Justiça Estadual daquela cidade contra um homem de 33 anos. Ele havia sido alvo da Operação Extração, deflagrada pela PF no último mês de setembro e, desde então, se encontrava foragido.

O cumprimento da ordem judicial ocorreu nas dependências da Cadeia Pública Manoel Onofre de Souza onde o acusado se encontra custodiado após ter sido detido por policiais militares no final de semana, envolvido numa ocorrência de roubo.

Indiciado anteriormente em inquérito da PF, o preso é suspeito de integrar a filial de uma facção criminosa paulista com atuação no Rio Grande do Norte.

Segundo apurado durante as investigações, ele agia como uma espécie de gerente financeiro da organização, sendo o responsável pela contabilidade da contribuição mensal dos seus membros.

O presidente Jair Bolsonaro participou na tarde de hoje (15) do anúncio do 13° salário para beneficiários do programa Bolsa Família.

Bolsonaro já havia adiantado a medida no início do governo. O pagamento do décimo terceiro será feito no mês de dezembro. À época, o Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do programa, informou que o custo total com o pagamento extra seria de R$ 2,5 bilhões. Atualmente, mais de 13 milhões de famílias recebem o benefício.

Saiba mais na Agência Brasil 

Jogador tem a confiança do treinador Francisco Diá e se quiser pode ser o diferencial no ABC para 2020

Wallyson renovou com o ABC e pode ser o diferencial do time alvinegro para 2020. Foto: Divulgação

Por Marcos Lopes – do Portal OP9 RN

O ABC vinha negociando a renovação com o atacante Wallyson, o que acabou sendo concretizado no inicio da noite desta segunda-feira (14).

O atacante que jogou pouco nesta temporada, já que vinha em processo de recuperação e será peça importante no esquema de jogo do treinador Francisco Diá.

Outro que também está acertado com o ABC é o meia Ronaldo, que está disputando a Segunda Divisão do Potiguar pelo Alecrim e que estava no Botafogo da Paraíba.

Goleiro Wagner Coradin, zagueiros Joécio, Richardson e Vinicius Leandro, lateral Marlon e volante Valderrama são os outros reforços já confirmados pelo ABC.


A governadora Fátima Bezerra reafirmou o compromisso do Governo do Estado com a viabilização do Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte e o aporte de R$ 8 milhões, via Banco Mundial para a implementação do projeto. A afirmação foi feita pela chefe do Executivo estadual na tarde desta segunda-feira (14), quando recebeu representantes da UFRN e do Instituto Metrópole Digital para tratar do processo para a implantação do parque.

Apresentado inicialmente no dia 27 de setembro passado, em reunião conjunta entre o Governo do Estado e o Banco Mundial, o parque é destinado ao desenvolvimento de pólos de inovação e empreendedorismo nas áreas de energia eólica, solar, mineração, aquicultura, pesca, têxtil, fruticultura, turismo e serviços avançados.

Na reunião desta terça-feira foram apresentados os estudos de viabilidade financeira e econômica do Parque. A expectativa é que a primeira etapa seja concluída até dezembro de 2020 e as atividades sejam iniciadas em janeiro de 2021. “Há um entendimento de que o Rio Grande do Norte precisa de um parque para se colocar à altura dos desafios em termos de tecnologia e pesquisa. Estamos reafirmando o aporte destes recursos, bem como o nosso interesse na governança do parque”, ressaltou Fernando Mineiro, secretário estadual de Gestão de Projetos e Metas.

O Parque Tecnológico aproveitará a estrutura de um prédio de 15 mil metros quadrados localizado no Campus do Cérebro, em Macaíba, concebido para ser uma escola de ensino fundamental mas que deixou de receber os recursos necessários por parte do Governo Federal. Na primeira etapa, serão ocupadas 36 salas, comportando administração, salas de reunião, empresas, aceleradoras, incubadoras, refeitório e banheiros.

“Até agora, o projeto conta com catorze parcerias, sendo cinco instituições de ensino e pesquisa, Sebrae, Fecomercio e as prefeituras de Natal, Macaíba, Parnamirim. Todos nós queremos que o Parque seja implementado para viabilizar o início das atividades em janeiro de 2021”, destacou a professora e ex-reitora da UFRN, Ângela Paiva.

Além das autoridades já citadas, participaram da reunião o assessor Técnico da SEDEC, Pedro Lima, o secretário de Gestão de Projetos da UFRN, André Gurgel e o diretor da Agência de Inovação, Daniel de Lima Pontes.

Foto: TV Ponta Negra/Reprodução

Um misto de alívio e medo foi o que sentiu no fim de semana a família do empresário Jackson Moura, proprietário de uma lanchonete no município de Parnamirim, Grande Natal. Ele foi vítima de sequestro relâmpago na noite do sábado (12).

Jackson contou que chegava em casa no bairro Santos Reis quando foi abordado por um homem que chegou sozinho, a pé e armado com uma pistola. “Ele veio me rendeu, colocou a arma no meu peito e disse que eu ia com ele dirigindo o carro”, relatou.

O empresário disse que tentou manter a calma e perguntou se podia fazer uma oração. “Ele manteve o tempo todo a arma apontada para o meu peito enquanto eu dirigia e fazia a oração. Mas também mandava eu repetir direto qual era o segredo do meu carro e eu falava”, contou.

 Do Portal OP9 RN

Confira reportagem AQUI


Do Portal OP9 RN

Um homem morreu após, possivelmente, ser atingido por um carro no acesso sul do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, Avenida Rui Pereira dos Santos, no município de Macaíba. De acordo com testemunhas, uma pessoa passou pelo local no início da manhã desta segunda-feira (14), viu destroços de uma bicicleta na pista e depois encontrou o corpo de um homem numa vala próxima.

O homem foi identificado como Amauri dos Santos Dantas, 40 anos. Segundo a esposa, ele saiu de casa às 11h do domingo (13) dizendo que iria para uma vaquejada e que retornaria à tarde para levar o filho na Festa do Boi, mas não voltou.

Confira reportagem AQUI

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais neste sábado (12) para alfinetar a Organização das Nações Unidas (ONU) e as organizações não governamentais (ONGs) que atuam em causas ligadas ao meio ambiente. No Twitter, Bolsonaro disse que o governo brasileiro está procurando os responsáveis pelo espalhamento de óleo que atingiu 139 praias brasileiras e criticou uma suposta falta de engajamento das entidades.

“Desde 02/setembro nosso governo busca identificar os responsáveis pelo derramamento de petróleo nas praias do Nordeste. Estranhamos o silêncio da ONU e ONGs, sempre tão vigilantes com o meio ambiente”, escreveu. Ao longo da semana, o presidente já havia declarado ter “quase certeza” de que o petróleo tem origem em um “ato criminoso”, embora essa suspeita ainda não tenha sido confirmada.

O material identificado até agora em amostras tem a “assinatura” do petróleo da Venezuela, ou seja, a composição da borra é de origem venezuelana, segundo estudos da Petrobras e da Marinha. Na quinta-feira, dia 10, a Marinha também informou que está cobrando esclarecimentos de 30 navios-tanque de dez diferentes bandeiras que transitaram nas proximidades da costa entre Sergipe e Rio Grande do Norte nos últimos meses.

Embora Bolsonaro tenha dito que as ONGs estão em silêncio, as principais organizações do setor já fizeram manifestações sobre o tema. O Greenpeace, por exemplo, publicou no próprio Twitter esta semana fotos das manchas no litoral brasileiro e disse que a situação demonstra “demora das autoridades em identificar a origem e mitigar os impactos do petróleo”, o que, na visão do Greenpeace, “prova que o governo não está preparado para responder a casos de derramamentos”.

Por sua vez, a WWF tem feito várias postagens no Twitter com fotos e reportagens que mostram os impactos do derramamento de petróleo sobre a vida marinha e as atividades econômicas nas regiões atingidas. A WWF também vinha fazendo uma campanha nas redes sociais contra a exploração de petróleo nas proximidades do Parque Nacional Marinho de Abrolhos, no Sul da Bahia. O leilão desta semana acabou sem oferta de empresas para exploração nos campos próximos do parque.

Já a Organização Marítima Internacional, braço da ONU para assuntos relacionados à segurança marítima e à prevenção da poluição nos oceanos, está apoiando a Marinha e a Polícia Federal brasileira nas investigações das embarcações que transitaram pela costa, conforme informou a própria Marinha.

Por Agência Estado 


20 caminhões foram autuados por transportar carga com peso excedente

Nesta terça-feira (7), na BR 304, em Macaíba/RN, a Polícia Rodoviária Federal realizou uma grande operação visando coibir transportes irregulares de cargas, principalmente veículos que transitam com excesso de peso.

Durante a fiscalização, chamou atenção o fato de um condutor ser analfabeto, portanto não habilitado, estar conduzindo um caminhão basculhante com oito toneladas de excesso de paralelepípedos, o que configura crime de trânsito.

Ao todo, sete condutores foram flagrados realizando transporte de cargas com peso excedente, sem possuir Carteira Nacional de Habilitação. Além das notificações aplicadas, foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência.

Também merece destaque a reincidência do transporte com excesso de peso realizado por uma empresa que foi flagrada e autuada pela PRF há menos de um mês.

Em apenas quatro horas de operação, foram fiscalizados 31 veículos, lavrados 59 autos de infração, sendo 20 de excesso de peso, quatro caminhões removidos e retirados mais de 94 toneladas de excesso de carga dos caminhões autuados.

Agência PRF

A gestão da Governadora Fátima Bezerra aumentou a terceirização de merendeiras em quase R$ 525 mil. No início de 2019, no início da gestão, o Rio Grande do Norte possuía 1177 merendeiras em contrato com a JMT. De janeiro para julho, o número de terceirizadas contratadas subiu para 1370, um aumento de 193 meredeiras.

Aumentando em 16% o valor que gastava com a terceirização das merendeiras no início do governo, o Governo do RN se contradiz no discurso que defende do Senado, quando se diz contrária à terceirização.

Governo do RN paga quase R$ 1,8 milhão a mais por optar pela terceirização de merendeiras

O Governo do Rio Grande do Norte conta com pelo menos 1350 merendeiras terceirizadas, através de um contrato com a JMT. O valor unitário de uma merendeira terceirizada é de R$ 3.138,75, enquanto cada merendeira que é funcionário pública do próprio executivo estadual custa R$ 1.837,1. No final do mês, são quase R$ 1,8 milhão que o Estado paga a mais por optar pela terceirização de funcionários.

Por Sinsp/RN

A Câmara Municipal de Natal concede nesta terça-feira (08) o título de Cidadão Natalense ao ex-vereador e atual presidente da Associação Nacional dos Servidores de Ministérios Públicos Estaduais (Ansemp), Aldo Clemente. A solenidade começará às 18h30 no plenário do Legislativo da capital potiguar, e o título é uma proposição do presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PSDB).

“É com muita satisfação que recebo esta honraria da Câmara Municipal, instituição que já tive a oportunidade de representar com muito orgulho. Natal é a cidade que escolhi para viver, construir minha vida e minha família. E desde a minha adolescência, só guardo boas lembranças dessa querida cidade. Espero poder ainda fazer muito mais por Natal, até em forma de retribuição a tudo que conquistei desde que cheguei a esta cidade”, disse Aldo.

Natural de Caicó, o novo Cidadão Natalense veio para Natal em 1997 para estudar, fazer faculdade e trabalhar. Hoje, aos 41 anos, é servidor do Ministério Público do RN, ex-presidente do Sindicado dos Servidores do MP potiguar e apresentador na rádio 91.9 FM e na Band Natal. Casado com Luciana Inês tem dois filhos (Sofia e Rafael).

Aldo é advogado, especialista em Direito Administrativo, Gestão Pública e Direito Processual Civil. Durante sua passagem pela Câmara Municipal, aprovou leis importantes para a sociedade natalense, como a que cria o Programa de Assistência à Criança Portadora de Microcefalia, a informatização da carteira de vacinação e a que institui o Dia Municipal do Laringectomizado.

Além disso, também é de sua iniciativa a instituição da Semana Municipal de Educação, Conscientização e Orientação sobre a Fissura Labiopalatina, e o reconhecimento como entidade de utilidade pública para a Associação de Pais e Amigos dos Fissurados do Rio Grande do Norte (Apafis-RN).

O presidente Jair Bolsonaro apresentou hoje (6), por meio de sua conta no Twitter, alguns dos resultados obtidos por seu governo na primeira semana de outubro. Ele destacou medidas nas áreas econômica, de segurança pública e saúde.

Na área econômica, ressaltou a medida do Ministério da Economia, que zerou impostos de produtos no combate ao câncer e à aids e as alíquotas de importação de “mais 147 produtos sem similar produzidos no Brasil, relacionados a setores da indústria, informática e telecomunicação.

O presidente citou ainda o aumento de 10%, das vendas de carros novos no Brasil, na comparação entre setembro de 2019 e ao mesmo mês do ano anterior; do decreto presidencial que simplifica a entrada de bancos estrangeiros no Brasil; e da recuperação de rodovias no Brasil.

A digitalização dos serviços prestados pelo governo federal também foi relacionada pelo presidente, bem como o crescimento e a criação de empregos pelo setor de transportes marítimos.

Na segurança pública, Bolsonaro apresentou dados estatísticos do Programa Frente Brasil. Segundo ele, nos cinco municípios atendidos pelo programa o número de homicídios diminuiu 53% em setembro, na comparação com agosto.

O presidente ressaltou ainda que o país registrou redução de 22,6% em mortes violentas nos primeiros sete meses deste ano. O lançamento da campanha para aprovação do pacote anticrime; os recordes na apreensão de drogas foram também lembrados pelo presidente.

Ainda no balanço apresentado por meio o Twitter, Bolsonaro classificou como “vitória do Brasil” e “derrota do crime” a aprovação, pela Câmara, da Medida Provisória 885, que agiliza a venda de bens apreendidos do tráfico de drogas e permite o uso dos recursos no combate ao crime organizado.

No setor de saúde, os repasses de R$ 178 milhões, por meio do Programa Saúde na Hora, para custeio de unidades de atendimentos à população, foram também relacionados pelo presidente. Ele acrescentou medidas na área de habitação, que, durante a semana, 1.568 moradias foram entregues pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

O presidente comemorou o resultado do turismo no país, que teria movimentado 136,7 bilhões nos primeiros sete meses, o que, segundo o presidente, é “o melhor resultado dos últimos quatro anos”.

O presidente passou a manhã no Palácio da Alvorada, onde recebeu o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que deixou o palácio sem falar com os jornalistas. Em seguida, Bolsonaro apareceu de moto e deu algumas voltas ao redor do Alvorada.

Agência Brasil

Maior concentração dos casos investigados é na Grande Natal

FOTO: ARQUIVO/PORTAL NO AR/DIVULGAÇÃO

Subiu de 33 para 47 o número de casos de sarampo em investigação no Rio Grande do Norte. O aumento de 14 casos consta no Boletim Epidemiológico da Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) publicado nessa quarta-feira (2) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Segundo o boletim, houve um aumento no número de casos notificados no estado para 66. Desse total, 15 já foram descartados. Restam assim os 47 que seguem em investigação – os outros quatro são os confirmados.

A maior concentração dos casos investigados é na 7ª região de saúde, que corresponde à Região Metropolitana de Natal.

Os casos confirmados

O primeiro foi de um homem de 54 anos que teve um histórico de viagem a São Paulo. Os outros confirmados foram de uma criança de 6 anos, no município de Macaíba, uma criança de 1 ano e 6 meses, em Tibau do Sul, e o quarto caso foi de uma paciente de 19 anos de Extremoz.

Do Portal no Ar

Carro pega fogo em acidente na Roberto Freire, em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um acidente grave no início da manhã desta quinta-feira (3), feriado estadual dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu no RN, envolveu seis veículos na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul de Natal. Um deles pegou fogo após a batida e as chamas foram vistas de longe por quem passava pelo local. Um homem precisou ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A batida aconteceu no semáforo que fica próximo à Universidade Potiguar. Cinco dos carros envolvidos estavam parados quando foram atingidos por um outro, segundo relatos de testemunhas e vítimas do acidente ao Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE).

Um dos veículos pegou fogo após o choque e outro chegou a rodar na pista e ficou bastante destruído. Segundo o relato de uma das pessoas que teve o carro atingido à Inter TV Cabugi, a motorista que causou o acidente fugiu e aparentava ter sinais de embriaguez.

“Eu estava indo fazer minha atividade física e me deparo com a batida atrás do meu carro. Quando olhei pelo retrovisor, o fogo já estava tomando conta de tudo. Quando vi a situação em volta, seis carros envolvidos, vi o pessoal saindo do carro que foi o mais atingido e ela (a motorista do carro que pegou fogo) fugindo. Ela estava bêbada. Foi uma irresponsabilidade. Ela atingiu seis carros, podia ter matado alguém”, disse Adriana, que teve o seu carro atingido na batida.

Adriana disse ainda que a motorista estava acompanhada e fugiu, com essa outra pessoa, num táxi após ficar alguns minutos parada no canteiro central da avenida. A vítima relatou ainda que o rapaz que teve o carro mais atingido foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sem sentir as pernas.

Segundo o Comando de Polícia Rodoviária Estadual, as vítimas devem procurar a Delegacia de Acidentes para prestar queixa. “A responsável pelo acidente se evadiu no momento em que tudo aconteceu. A parte de coleta das informações que cabe ao CPRE será feita e as pessoas que estavam no acidente vão recorrer na Delegacia de Acidentes para que seja feita a busca da responsável pela Polícia Civil”, explicou o sargento J. Lima, do CPRE.

Do G1RN


A “Caravana das Obras” continua firme e dando sequência às obras referentes à maior operação de pavimentação de ruas já realizada na história de Macaíba. Neste sentido, mais um passo de significativa relevância foi consolidado na tarde desta terça-feira (01/10), quando o prefeito Fernando Cunha assinou uma ordem de serviço na região da Reta Tabajara, na Rua Antônio Pinheiro, conhecida antigamente como “Rua da Palha”, e que atualmente é o principal acesso à futura Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do município.

A Rua Antônio Pinheiro terá um trecho de mais de 5.400 metros quadrados somente em sua primeira etapa, com 450 metros de extensão, e os trabalhos já começaram a ser feitos. A pavimentação dessa importante via será feita em duas etapas. Moradores da região já sentem a diferença e relatam suas expectativas das melhorias que virão com a concretização da obra.

Maria Lindaci mora há mais de 25 anos nas proximidades do acesso à referida ZPE e relata: “Vai melhorar muito porque aqui é uma poeira grande todo os dias com o trânsito de carretas que transportam cana (existe uma grande fazenda produtora ao lado). A gente tava esperando mesmo esse calçamento para melhorar nossa vida”.

Estiveram acompanhando o prefeito na ocasião de hoje, o seu vice Auri Simplício; as vereadoras Edma Maia (líder do Executivo na Câmara Municipal) e Ana Catarina, além de vários secretários municipais e lideranças comunitárias.

Em seu discurso, o gestor municipal destacou o grande trabalho de pavimentação que tem sido feito nas mais diversas regiões urbanas e rurais através da “Caravana das Obras” e mencionou que uma das próximas contempladas será a comunidade de Lagoa do Lima.

“Caravana das Obras”

A “Caravana das Obras” já superou a marca de 200 ruas pavimentadas desde o seu início na terceira gestão do prefeito Fernando Cunha. Um trabalho que tem transformado diversas comunidades urbanas e rurais do município, trazido mais qualidade de vida para os populares e valorizando os imóveis (casas e terrenos).

Citando-se como exemplos recentes, têm-se: Canabrava, Cajazeiras, Cajarana, Tabatinga, Lagoa do Mato, Porto Feliz, Novo Alecrim, Pé do Galo e Riacho do Sangue.

Por Assecom-PMM