Delegacia registra 11 prisões em flagrante por violência contra mulheres no carnaval na Grande Natal

Foto: Klênyo Galvão

Somente entre o sábado (22) e a terça-feira (25) de carnaval, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Natal atendeu a 11 flagrantes e registrou 27 medidas protetivas de urgência em ocorrências de violência contra a mulher na região metropolitana de Natal.

A delegacia atende casos de violência doméstica, estupro e assédio. De acordo com a equipe plantonista, na maioria dos casos, o agressor estava embriagado.

No sábado, foram aplicadas cinco medidas protetivas de urgência. Já no domingo, houve uma prisão em flagrante e 4 medidas de proteção de urgência.

A segunda-feira concentrou o maior número de casos. Foram cinco prisões em flagrante e 10 medidas protetivas. O volume de casos de violência também permaneceu alto na terça, quando foram registrados cinco flagrantes sete medidas.

Uma lei federal sancionada em 2019, permite à polícia tirar o agressor do convívio da mulher agredida sem necessidade de aguardar uma decisão da Justiça quando a cidade não for sede de comarca judicial. Atualmente, 83% da população vive em municípios que são sede de comarca judicial, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Natal conta com plantão judiciário.

G1 RN

Compartilhar