Deputado defende ex-comandante do BPChoque na Assembleia

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSL) fez um pronunciamento em defesa do Coronel Rodrigo Trigueiro, que comandou, até a semana passada, o Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) no Estado. A fala do parlamentar se deu na sessão plenária desta terça-feira (28), na Assembleia Legislativa, durante a qual ele também acusou o Governo do Estado de perseguição política.

“É importante que fique claro que o Coronel Rodrigo não pertence a qualquer governo. É um policial, um servidor do Estado, que pertence à sociedade. Ele foi vítima de perseguição política e isso precisa ser dito, pois parte da mídia é conivente com o poder”, declarou o deputado.

Em aparte, o deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM) sugestionou que o Governo priorizasse questões “mais relevantes”. O parlamentar pediu uma atenção maior do Executivo com relação à saúde pública. O Coronel Azevedo concordou com Getúlio e defendeu que o assunto fosse apurado pelo Ministério Público.

Compartilhar