DER-RN realiza blitz educativa contra transporte ilegal


DER/ASSECOM – O combate ao transporte irregular de passageiros foi o objetivo da blitz educativa realizada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN). A ação ocorre sempre com a parceria do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE). As equipes do DER-RN distribuí material informativo aos condutores e passageiros de ônibus e vans do sistema de transporte intermunicipal, e também aos ocupantes de carros particulares.

O diretor do Departamento de Transportes do DER-RN, Rômulo Lins, comenta ser necessário conscientizar à população sobre a importância do uso do transporte legal, e não do transporte clandestino. “Mostramos que o transporte legal tem segurança, que o veículo é conduzido por um motorista realmente habilitado e não por qualquer motorista. Por isso estamos fazendo essa campanha educativa, aproveitando a Semana Nacional do Trânsito.”

No inicio do ano, o DER-RN lançou a campanha “Transporte Legal”, com peças publicitárias nas redes sociais e abordagens educativas nas rodovias que cruzam o Estado. Foram produzidos, pela equipe da Assecom, banners informativos para as redes sociais, mostrando os prejuízos causados pelos clandestinos ao sistema regular de transporte, bem como os benefícios gerados por quem cumpre a legislação. Foi feito também um vídeo como suporte à campanha, mostrando uma operação de fiscalização na Rota do Sol, em Pium, com esclarecimentos do diretor de Transportes do DER-RN, Rômulo Lins.

O diretor-geral do DER-RN, Manoel Marques, comenta que o objetivo principal da campanha é a segurança do usuário. Ele também cita outros problemas relacionados ao transporte ilegal. “Não é bom para ninguém. Não é bom para o usuário, porque não garante ele chegar a seu destino; não garante sua segurança; coloca em risco a vida das pessoas, principalmente se houver um acidente, pois os seguros não cobrem. Fora outros riscos que a gente tem visto na televisão, como estupros, assaltos, entre outras coisas.”

Entre os benefícios do transporte regular de passageiros, a campanha destaca: garantia da meia passagem para estudantes; transporte gratuito para idosos; seguro obrigatório com indenização em caso de acidentes; veículos autorizados garantem, principalmente, segurança aos passageiros durante as viagens, pois são vistoriados e fiscalizados frequentemente, dentro das normas estabelecidas; além de segurança, conforto higiene adequados; itinerários pré-estabelecidos; cumprimento de horários; acessibilidade garantida.

Quanto aos riscos do transporte clandestinos estão motoristas sem experiência e veículos sem manutenção causam acidentes e podem colocar a vida dos passageiros em risco; se o veículo for parado em uma blitz, ele será apreendido e o passageiro terá que pegar outra condução; em caso de acidentes envolvendo transporte irregular, a vítima não poderá ser indenizada.

Compartilhar