Enem 2020: Inep registra abstenção de quase 47% dos candidatos no RN

Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

G1 RN – Quase metade dos inscritos para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não compareceram ao primeiro dia de provas neste domingo (17) no Rio Grande do Norte, de acordo com dados preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova.

Dos mais de 129,1 mil inscritos no estado, houve abstenção de de 60.505 (46,9%). Já o número de candidatos que foram aos locais de prova chegou a 68.597. Em 2019, as abstenções tinham representado 20,5%.

Ao todo, a prova contou com 4.622 salas distribuídas em 361 locais de votação em 40 municípios potiguares. O número foi maior que o de 2019, quando o estado contou com 236 locais e provas e 3.281. Segundo o Inep, entre as medidas de prevenção à Covid-19, estava a redução do número de pessoas por sala de aula.

O índice de abstenção do estado ainda ficou abaixo do percentual total do país, que foi de 51,5%. Embora seja preliminar, o número já indica o maior percentual de abstenção em toda a história do Enem. O maior índice havia sido registrado em 2009, com 37,7%. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%.


Neste primeiro domingo de provas, a aplicação teve 5 horas e 30 minutos de duração, das 13h30 até às 19h, com questões de ciências humanas (45), linguagens e códigos (45 questões, sendo 5 de língua estrangeira) e redação.

No Rio Grande do Norte, estudantes que foram aos locais de prova afirmaram que estavam temerosos em relação à possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus.

Em pelo menos quatro estados, estudantes foram barrados de fazer o Enem por causa de lotação das salas de prova e informados que teriam que participar de reaplicação de provas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *