Falha na linha de transmissão causa queda de energia no RN, diz Cosern

Uma queda de energia causou falta de luz no fim da noite desta terça-feira (21) em várias cidades do Rio Grande do Norte. A Companhia de Energia Elétrica do Rio Grande do Norte (Cosern) confirmou que houve oscilações no sistema de distribuição provocadas por distúrbios em linhas de transmissão do Sistema Interligado Nacional que atendem o estado.

Moradores de vários bairros de Natal, de cidades da região metropolitana da capital potiguar como São Gonçalo, Macaíba, Ceará-Mirim, Parnamirim e de outras cidades no interior do estado como João Câmara, Taipu e Poço Branco relataram quedas de energia durante o fim da terça e o início da madrugada de quarta (22).

Um morador do bairro Capim Macio, na Zona Sul de Natal, relatou ter visto e filmado um curto circuito em um poste próximo à rua Historiador Francisco Fausto de Souza.

Trânsito

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), a instabilidade na rede elétrica afetou o funcionamento de semáforos em Natal na manhã desta quarta. A STTU disse que equipes estão em deslocamento para controlar o trânsito nos seguintes cruzamentos:

Avenida Jaguarari e avenida Antônio Basílio;

Avenida Jaguarari e avenida Pres. Quaresma;

Avenida Cel. Estevam e avenida Pres. Quaresma;

Avenida Hermes da Fonseca e Rua Jundiaí;

A secretaria recomendou que os motoristas redobrem a atenção no trânsito. A população pode informar semáforos com problemas ligando para o telefone 156. A STTU disse que com os chamados será possível deslocar equipes de manutenção e agentes de mobilidades aos locais.

Mais cedo, a secretaria disse que registrou problemas no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Amintas Barros; Romualdo Galvão e Miguel Castro; Capitão-Mor Gouveia e Rio Grande do Sul e Bernardo Vieira e Cel. Estevam. Segundo a STTU, os semáforos nestes cruzamentos voltaram a operar normalmente.

De acordo com informações da Secretaria de Mobilidade, o trânsito nas avenidas Salgado Filho, Romualdo Galvão e Prudente de Morais flui sem retenções.

Procurada pela reportagem, a companhia não confirmou quantas cidades do Rio Grande do Norte foram afetadas pela queda de energia até o fechamento desta matéria e nem quanto tempo as oscilações duraram. Em nota, a Cosern afirmou que aguarda o relatório do Operador Nacional do Sistema (ONS) com explicações sobre as ocorrências.

G1 RN

Compartilhar