Governo amplia leitos e contrata profissionais, mas é preciso aumentar isolamento

Foto: Demis Roussos

Na entrevista coletiva para informar os dados epidemiológicos e prestação de contas das ações do Governo do RN no enfrentamento à Covid-19, nesta segunda-feira, 15, a coordenadora das redes de atenção à saúde da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Samara Dantas, disse que “os dados mostram que a situação ainda é muito preocupante e é preciso a colaboração da população em se manter em isolamento”. A taxa de isolamento média nos feriados de quinta e sexta-feira e neste final de semana foi de 48%. O mínimo necessário para conter a disseminação do vírus é de 60%, como recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A taxa de ocupação dos leitos disponíveis para Covid-19 é de 92%. 728 pessoas estão internadas em leitos críticos e clínicos em Hospitais públicos e privados. Nas regiões Oeste, Alto Oeste e Metropolitana de Natal 100% dos leitos estão ocupados. Na região Seridó o índice é de 63%.

A fila de regulação tem 9 pacientes com prioridade 1; 56 com prioridade 2; 53 pessoas com prioridade 3; e 6 pacientes com prioridade 4.

Os casos confirmados são 14.214, descartados 23.293, suspeitos são 22.314. Os óbitos confirmados com Covid são 553 (2 nas últimas 24 horas e 20 desde sábado), 114 óbitos em investigação.

LEITOS COVID SERÃO 400 NOS PRÓXIMOS 15 DIAS

O Governo do RN está implantando mais 55 leitos nos próximos 15 dias para assistência Covid em todo o Estado. Estes novos leitos vão se somar aos 345 já abertos por iniciativa da administração estadual, alguns em parceria com os municípios, que vai alcançar o total de 400 novos leitos críticos e clínicos na rede pública de saúde.

Compartilhar