Lei Aldir Blanc: FJA prorroga prazos de nove editais para 18 de novembro


A Fundação José Augusto (FJA) prorrogou o prazo de inscrições de nove editais da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc para 18 de novembro. As Inscrições devem ser feitas através de um e-mail criado para cada edital, disponibilizados em www.cultura.rn.gov.br.

Os editais prorrogados são: Programa de Apoio a Microprojetos Culturais; Fomento à Cultura Potiguar 2020; Prêmio Cultura Popular de Tradição; Projetos Culturais Integrados e Economia Criativa; Formação e Pesquisa – Troca de Saberes à Distância; e Prêmio Sabores, Saberes e Fazeres. Projetos Culturais Referentes à Diversidade Sócio-Humana; Auxílio à Publicação de Livros, Revistas e Reportagens Culturais e Ecos do Elefante: Apoio Cultural aos Municípios Potiguares.

Os nove editais foram prorrogados devido a necessidade de intensificar a mobilização de potenciais proponentes, a fim de garantir uma participação mais ampla e inclusiva nos editais; a pouca familiaridade com ferramentas da informática e linguagem de projetos por parte dos agemtes agentes culturais.

Também foi considerada a necessidade de disponibilizar recursos humanos com perfil técnico para auxiliar alguns grupos específicos de proponentes a firmar em linguagem própria os seus projetos e a transmiti-los pelos meios eletrônicos exigidos nas cláusulas dos editais;

A direção da FJA considerou ainda que os interessados estão apresentando dificuldades junto aos Órgãos da Administração Pública Municipal para solicitar e receber a certidão negativa de débitos tributários, cujo principal motivo apresentado pela municipalidade é em razão do pleito eleitoral que se desenvolve nos diversos Municípios deste Estado, cuja eleição dos candidatos aos cargos eletivos será realizada no próximo domingo (15).

Compartilhar