“Vocês eram o que eu precisava para resistir à safadeza e à canalhice que o lado podre da Justiça fez“, disse Lula

Solto na tarde desta sexta-feira, 8, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou as dependências da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, e seguiu direto para um palco improvisado para discursar.

Em sua fala, Lula agradeceu os seguidores fieis que permaneceram por perto da Superintendência e condenou a “safadeza” do Estado e da Justiça brasileira, que “criminalizaram a esquerda, o PT e o Lula”.

“Vocês não têm dimensão do significado de eu estar aqui junto com vocês. Eu, que a vida inteira, estive conversando com o povo brasileiro, não pensei que no dia de hoje, poderia estar aqui conversando com homens e mulheres que durante 580 dias gritaram aqui: ‘bom dia Lula’, ‘boa tarde Lula’, ‘boa noite Lula’, não importa que estivesse chovendo, ou fazendo 40º ou 0º”.

“Todo santo dia vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir à safadeza e à canalhice que o lado podre do Estado fez comigo e com a sociedade brasileira. O lado podre da Justiça, do Ministério Público, da política federal, da Receita Federal. Eles trabalharam para tentar criminalizar a esquerda, o PT e o Lula, e eu não poderia ir embora daqui sem cumprimentar vocês”, discursou o petista.

Do Agora RN

Compartilhar