Nesta última quinta-feira (13/06) no Centro de Convivência Paz Clube, durante a sessão solene de entrega de títulos da Câmara Municipal de Macaíba, foram outorgados ineditamente a Comenda da Ordem do Mérito Educativo e Social Wilma de Maria de Faria, as professoras Berenice de Souza Guedes e Claudia Juliette do Nascimento Araújo. A comenda tem como objetivo de reconhecer os cidadãos que tiveram relevantes serviços prestados na educação municipal. Nesta primeira sessão de outorgas, concedida pela casa legislativa macaibense, as homenageadas foram indicadas pelos vereadores Igor Targino e Netinho França. Na oportunidade, esteve presente a ex-deputada estadual Márcia Faria Maia para a entrega das comendas que recebem o nome da sua mãe.

Sobre as homenageadas, Berenice Guedes é pedagoga e especialista na área de educação, atuou na docência e gestão na rede estadual e municipal de educação. Atualmente Berenice é coordenadora pedagógica na Secretaria Municipal de Educação (SME). Cláudia Juliette é pedagoga e cientista social, mestra em ciências sociais, especialista em gestão de educação municipal, atuou com professora pesquisadora e mediadora pelo programa da rede e-tec na Escola Agrícola de Jundiaí e como assessora técnica na Secretaria Municipal de Educação (SME). Atualmente Juliette é professora substituta e pesquisadora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

O distrito de Traíras recebeu a 1ª Ação Macaíba Saúde Cidadã, promovida pela Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nesta sexta-feira (14), na Estratégia de Saúde da Família (ESF) local.

O prefeito Fernando Cunha prestigiou a ação e conversou com populares durante o evento, que contou com uma série de serviços oferecidos para a população.

Os moradores de Traíras tiveram à disposição gratuitamente atendimento médico, orientações com nutricionistas, auriculoterapia (técnica de medicina alternativa), atendimento psicológico, testes rápidos para detecção do vírus HIV, sífilis e hepatites B e C, vacinação, aferição de pressão arterial e de glicose e atendimento odontológico.

Corte de cabelo e serviços de manicure também foram oferecidos em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semtas). Outras edições da ação serão realizadas nos bairros, comunidades e distritos do município.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

Com o objetivo de contribuir para formar e qualificar estudantes de diversas áreas do conhecimento do Rio Grande do Norte, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), criou o Programa de Estágios.

Por intermédio do programa a Secretaria firma convênios com instituições públicas e privadas de ensino superior e médio profissionalizante e recruta estudantes de vários cursos das conveniadas para atuarem na Sead e em outros órgãos do Executivo Estadual.

O acordo estabelece cooperação mútua entre a Secretaria e as conveniadas, viabilizando – para alunos regularmente matriculados e com efetiva frequência – a realização de estágio curricular não obrigatório.

A vigência do convênio é de cinco anos, contados a partir da sua assinatura. A Escola de Governo do RN, por meio da Diretoria de Recrutamento e Seleção (DERES), faz a gestão do Programa de Estágios, conforme determina a Lei nº 11.788, de 25.09.2008, regulamentada pela Portaria No. 032-SEARH, de 03.06.2009.

Atualmente, a SEAD/Escola de Governo mantém convênio com 20 instituições de ensino: ANEC/IREP; CIESP; Faculdade Católica Santa Terezinha; Faculdade Natalense de Ensino e Cultura; FACEP; FAMEC; FATERN/ FACITEN; IFRN; Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy; ISEC/FASP; INAES/FACEN; Sociedade de Ensino Superior Lechner; UERN; UFRN; UNIFACEX; UNI-RN; UNP; UNOPAR e UNIP.

O estudante interessado em participar do programa deve ficar atento às publicações de editais de convocação de estagiários e manter cadastro atualizado no site da Escola de Governo.

Como cadastrar o currículo

Para fazer o cadastro, o estudante deve seguir as seguintes instruções: entrar no site da Escola de Governo www.escoladegoverno.rn.gov.br, acessar o menu “Estágio” e clicar no submenu “Cadastre-se”; em seguida em “Inscrição para alunos do Nível Superior e Nível Médio Profissionalizante”; escolher a opção PG – Programa Geral e preencher o formulário de cadastro. Terminado o preenchimento, clicar em “Gravar”. Pronto! O currículo está cadastrado.

Em futuras seleções, os currículos cadastrados e atualizados no banco de dados são selecionados e os estudantes convocados para participação nos processos seletivos. Se já for cadastrado, o interessado deve realizar atualizações periódicas. Para mais informações entre em contato pelo: (84) 3231-1071.

Em cerimônia realizada na noite de ontem, o vereador Emídio entregou o título de Cidadão Macaibense ao professor Francisco Sales, conhecido carinhosamente como Costinha. Em sua página no Facebook, o vereador comentou a honraria.

“Com o amigo, prof. Costinha, a quem tive a honra de entregar o título de Cidadão Macaibense, em nome da Câmara Municipal de Macaíba. Costinha é natural de Apodi e, há mais de 20 anos, mora e trabalha como professor em nossa cidade, onde também organiza o sarau poético “Um dedo de prosa, poesia e outras delícias”. Portanto, uma honraria mais que merecida, a quem, de fato, tem serviços prestados ao povo de nossa cidade”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta sexta-feira (14) que decidiu demitir o presidente dos Correios, general Juarez Cunha. Segundo Bolsonaro, o militar se comportou como “sindicalista” e se manifestou contrário à privatização da estatal, avalizada pelo presidente da República.

A informação sobre a demissão foi dada por Bolsonaro ao final de um café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto. O presidente disse que avalia nomes para o comando dos Correios.

Bolsonaro afirmou que uma possibilidade seria colocar o general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz à frente dos Correios. Santos Cruz foi demitido nesta quinta-feira da Secretaria de Governo e substituído pelo general Luiz Eduardo Ramos.

Porém, o agora ex-ministro não deve assumir no momento nenhuma função no governo.

Do G1

 O vereador Cícero Martins (PSL) criticou seu próprio partido e não poupou críticas ao PT e à governadora Fátima Bezerra em entrevista, nesta quinta-feira (13), ao Hora Extra da Notícia (91.9 FM). Ele reclamou da gestão atual da governadora e questionou a posição dela em relação à Reforma da Previdência.

“Ela [Fátima Bezerra] é doida, mas tem juízo. Se ela não entrar [na reforma] ela quebra”, disse o vereador, que também criticou a deputada federal Natália Bonavides (PT). “O que ela [Bonavides} está fazendo lá [em Brasília] é invadir terra e dizer que Bolsonaro é um ladrão”, disse, acrescentando que “entre o PT e o Satanás eu fico com o Satanás”, declarou.

PSL

Apesar de ser do PSL, Cícero Martins externou várias críticas ao seu próprio partido e afirmando que vai deixar a legenda. Ele classificou a situação do PSL no RN como uma “ditadura partidária inimaginável”. Um exemplo dado pelo parlamentar é que nas reuniões partidárias, os membros são obrigados a bater continência e pedir licença para falar.

De acordo com Cícero, após as eleições do ano passado os candidatos que venceram foram jogados “no balde do lixo” e o partido ficou dominado por um “coloiozinho fechado”.

O PSL é dirigido hoje no RN pelo coronel Hélio Oliveira e pelo general Araújo Lima. “Eu vou sair daquilo ali”, adianta. O deputado federal General Girão (PSL), segundo o Martins, sabe de todos os problemas que acontecem no partido, mas não toma nenhuma providência. “João sem braço é aquele cara que tudo dá certo pra ele e ele faz de conta que não sabe o que está acontecendo. Então General Girão é um João sem braço”, afirma.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) prenderam, nesta quinta-feira (13), uma mulher que estaria se passando por uma médica anestesista. Ela foi presa quando comprava um celular IPhone, no shopping Midway, em Natal, utilizando um documento falso com o nome de outra pessoa.

Após a abordagem policial, ela se identificou como Francizana Rodrigues de Medeiros, porém não apresentou o documento de identidade. A mulher foi presa pela prática dos crimes de tentativa de estelionato e uso de documento falso.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181

Agência Brasil

A inflação desacelerou para todas as classes sociais, especialmente para a faixa de renda mais baixa, informou hoje (14) o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Segundo o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda, em maio houve desaceleração pelo segundo mês consecutivo.

De acordo com o Ipea, a deflação no preço dos alimentos beneficiou as famílias de renda mais baixa, que tiveram inflação de 0,10%, enquanto as famílias mais ricas tiveram inflação de 0,18%. No acumulado em 12 meses, de junho de 2018 a maio de 2019, a inflação das famílias mais pobres é de 5,05%, superior à taxa de 4,4% das famílias com maior poder aquisitivo.

A pesquisa mostra que, dos 16 subgrupos que compõem o segmento de alimentação no domicílio, 10 apresentaram deflação em maio. Os itens com as maiores quedas de preço foram tubérculos (-,3%), hortaliças (-4,6%), cereais (-5,0%) e frutas (-2,9%). Os produtos têm maior peso na cesta de consumo das famílias mais pobres. Por isso, a queda nos preços ajudou a anular, em parte, os efeitos da alta de energia elétrica (2,2%), gás de botijão (1,4%) e produtos farmacêuticos (0,82%), diz o Ipea.

Já a inflação das famílias mais ricas foi impactada pela alta de 2,6% no preço da gasolina e no aumento de planos de saúde (0,80%) e serviços médicos (0,56%). Os alimentos contribuíram para a desaceleração, mas em ritmo mais lento.

Segundo o Ipea, na comparação com o mês de maio do ano passado, os alimentos foram responsáveis pela redução da taxa de inflação de todas as classes de renda. No caso das famílias com menor poder aquisitivo, houve recuo de 0,31 ponto percentual e a inflação caiu de 0,41% para 0,10%. Para os mais ricos, a queda foi de 0,20 ponto percentual: a taxa caiu de 0,38% em maio de 2018 para 0,18% em maio de 2019.

O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda é calculado mensalmente, com base nas variações de preços de bens e serviços disponibilizados pelo Sistema Nacional de Índice de Preços ao Consumidor (SNIPC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Acaba de chegar ao conhecimento do Senadinho que o ex-vereador Aluízio Silvio não está mais filiado ao MDB, antigo PMDB.

Foram mais de 40 anos de filiação no mesmo partido, pelo qual Aluízio foi eleito 7 vezes vereador, tendo sido presidente da Câmara Municipal e candidato a vice-prefeito nas eleições de 2016.

Em visto disso, resta saber agora qual será o partido que o ex-vereador deverá se filiar, uma vez que ele ainda tem muitos serviços para prestar ao povo de Macaíba.

NATAL, 4h30: grupo fecha rotatória no entroncamento das BRs-101 (Norte) e BR-406, a poucos metros da entrada da garagem da empresa de ônibus Guanabara — Foto: Elizama Cardoso/Inter TY Cabugi

Ruas, avenidas e rodovias que dão acesso a cidades do litoral Norte da região Metropolitana de Natal, além de outras regiões do estado, foram interditadas em protestos realizados entre a madrugada e a manhã desta sexta-feira (14).

O principal bloqueio aconteceu no entroncamento das BRs-101 (Norte) e BR-406, a poucos metros da entrada da garagem da empresa de ônibus Guanabara. Uma greve geral foi convocada por sindicatos contra a reforma da Previdência e os bloqueios na educação.

Por quase duas horas, a rotatória no Parque dos Coqueiros, que liga a BR-101 (Norte) a BR-406, teve o trânsito interrompido. As pistas nos sentidos Natal/Ceará-Mirim, Natal/Extremoz, Extremoz/Natal e São Gonçalo do Amarante/Natal foram obstruídas por manifestantes, que atearam fogo em pneus.

A Polícia Rodoviária Federal intensificou o policiamento na região, e o tráfego só foi liberado por volta das 7h.

Confira na íntegra no G1RN

Em Natal, o ponto de concentração será o cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, nas imediações do shopping Midway Mall. Foto: José Aldenir

A greve geral convocada para esta sexta-feira, 14, vai alterar os serviços, o trânsito e a rotina dos moradores de Natal. Diversas categorias vão aderir ao movimento, desde professores, bancários, policiais civis e rodoviários, o que vai fazer com que sistema público de transporte de ônibus, bem como agência bancárias não abram as portas e nem mesmo escolas públicas tenham aulas.

O ato político, que é organizado por diversas centrais sindicais, está previsto para se iniciar às 15 horas. Em Natal, o ponto de concentração será o cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, nas imediações do shopping Midway Mall.

A pauta principal da greve geral, segundo centrais sindicais, é manifestar repúdio à proposta do governo federal para a reforma da Previdência. Os grupos sindicais também protestam contra o contingenciamento na Educação. Ainda na capital potiguar, após a concentração, haverá uma caminhada até a Praça da Árvore, em Mirassol, onde ocorrerá um ato público.

As agências bancárias – públicas e privadas – estarão fechadas durante o dia todo. Os trabalhadores do setor farão atos em frente de unidades bancárias durante a manhã, e depois, à tarde, o grupo vai seguir para a concentração em frente ao Midway Mall.

As escolas públicas de Natal e as instituições federais de ensino (UFRN e IFRN) não terão aulas. O sindicato dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Adurn) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do (Sinte) aderiram à greve. A Secretaria Estadual de Educação (Seec) informou as aulas estão mantidas, mas vai respeitar a decisão das escolas que decidiram parar. Os colégios particulares funcionarão normalmente, mas as provas e exames marcados para esta sexta serão remarcados.

Os servidores da Polícia Civil também irão participar do ato público. A programação é de que delegacias funcionem em regime de plantão, atendendo apenas casos de flagrantes. Uma manifestação está marcada para as 8h, em frente à sede do Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol), no bairro de Cidade Alta.

O Sindicato dos Servidores da Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde) também irão participar das atividades. Serão promovidas duas atividades ao longo desta sexta. Ainda pela manhã, os servidores realizam protesto em frente à Prefeitura do Natal. A categoria cobra o pagamento de gratifi cações por parte do Município. À tarde, os trabalhadores da saúde irão se somar aos demais manifestantes para a greve geral. Os serviços nos hospitais públicos não serão alterados.

A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) anunciou que nesta sexta-feira, 14, o sistema público de ônibus vai operar com 40% da frota. A redução da oferta acontece por conta da adesão às manifestações por parte do Sindicado dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Rio Grande do Norte (Sintro). Será autorizada a operação dos permissionários do transporte opcional no mesmo itinerário das linhas de ônibus.

Ônibus urbanos terão apenas 40% da frota hoje

Por outro lado, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos de Natal (CBTU) informou que 100% das viagens do sistema de trens urbanos estarão garantidas nesta sexta-feira na Grande Natal, nas linhas Norte e Sul.

Polícia Militar vai acompanhar protestos

A Polícia Militar terá um esquema especial para acompanhar as manifestações de sexta-feira. O efetivo contará homens de batalhões localizados nas áreas próximas das manifestações e de integrantes de grupos especializados da PM. A mobilização terá auxílio da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e de agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Segundo a Polícia Militar, as atividades serão iniciadas a partir da 11h. No entanto, o efetivo irá se deslocar para área de concentração da greve geral às 15h.

Agora RN

Hoje (14) é o último dia para que os interessados em concorrer a uma bolsa de estudos em instituição de ensino superior particular se inscrevam no Programa Universidade para Todos (ProUni). A inscrição deverá ser feita pela internet, no site do Prouni, até as 23h59, no horário de Brasília. Até o final do prazo de inscrição, os candidatos podem alterar as opções de curso. Cada estudante pode escolher até duas opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

Ao todo, serão ofertadas para o segundo semestre deste ano 169.226 bolsas de estudos em instituições particulares de ensino superior, sendo 68.087 bolsas integrais, de 100% do valor da mensalidade e 101.139 parciais, que cobrem 50% do valor da mensalidade.

As bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais contemplam os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos. Ler mais…

O vice-prefeito de Macaíba, Auri Simplício, partiu para o tudo ou nada!

Auri entrou de vez na disputa para viabilizar o projeto de concorrer ao Palácio Auta de Souza na eleição próxima.

De acordo com informações do blog Informativo Atitude, o vice-prefeito iniciou uma série de reuniões com lideranças e vem costurando apoios para o seu partido Democratas. Como também pretende filiar várias lideranças e construir uma nominata forte dentro do seu partido.

A conferir!

Após seis sessões de julgamento, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) criminalizar a homofobia como forma de racismo. Ao finalizar o julgamento da questão, a Corte declarou a omissão do Congresso em aprovar a matéria e determinou que o crime de racismo seja enquadrado nos casos de agressões contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis) até que uma norma específica seja aprovada pelo Congresso Nacional.

Por 8 votos a 3, os ministros entenderam que o Congresso não pode deixar de tomar as medidas legislativas que foram determinadas pela Constituição para combater atos de discriminação. A maioria também afirmou que a Corte não está legislando, mas apenas determinando o cumprimento da Constituição.

Pela tese definida no julgamento, a homofobia também poderá ser utilizada como qualificadora de motivo torpe no caso de homicídios dolosos ocorridos contra homossexuais.

Religiosos e fiéis não poderão ser punidos por racismo ao externarem suas convicções doutrinárias sobre orientação sexual desde que suas manifestações não configurem discurso discriminatório.

Confira na íntegra na Agência Brasil