O presidente da Câmara Municipal, Gerson Lima, esteve em Mangabeira na celebração do aniversário do servidor Lielson Neves da tributação e do pai Nelson Neves. A comemoração ocorreu em sua residência na comunidade de Mangabeira.

Tivemos as presenças do ex- Vereador Zizo de Mangabeira e Zezinho funcionário púbico do estado.

Nas eleições suplementares de Passa e Fica, que acontece até as 17h, tudo vale para influenciar o voto do eleitor indeciso. Até pesquisa sem registro divulgada pela manhã na Rádio Talismã, que fica no município paraibano de Belém, mas tem grande audiência na região Agreste Potiguar.

Os números beneficiam o candidato da família Lisboa, Celú Lisboa (PSB) com grande vantagem, diferente do clima vivido na cidade e nas últimas eleições, onde em 2016 a vitória do prefeito cassado Léo Lisboa (PSD) foi com menos de 3%, em um eleitorado de 8 mil pessoas. A 12a Zona Eleitoral emitiu certidão que não houve registro de pesquisa para ser divulgada hoje pela Rádio Talismã.

De acordo com a Resolução TSE 23.549/2017, a divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações sujeita os responsáveis à multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00 (Lei nº 9.504/1997, arts. 33, § 3º, e 105, § 2º). Por outro lado, a divulgação de pesquisa fraudulenta (falsa) constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

O senador Jean-Paul Prates (PT) foi um dos dois senadores da bancada potiguar que se recusou a revelar em quem votaria para presidência da Casa no último sábado, 2. Nas redes sociais, o parlamentar justificou sua decisão citando exemplos de sistemas que promovem votações fechadas, incluindo o reality show “Big Brother”.

“A determinação (voto secreto) existe para evitar que exista pressão, ameaça e represália por parte de outros poderes sobre o Poder Legislativo. É como ocorre em qualquer parlamento, como em qualquer corpo coletivo, qualquer tribunal, como ocorre até no Big Brother, como na urna, quando você vota como eleitor “, explicou Prates.

Uma das grandes polêmicas vistas no último sábado, 2, no Senado Federal, foi a divisão entre senadores que queriam uma votação aberta e fechada. Originalmente, os parlamentares realizaram uma votação na sexta-feira, 1º, que definiu, por 50 votos a 2, o pleito aberto.

Porém, os partidos MDB e Solidariedade discordaram do resultado e pleitearam junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a votação fosse secreta. O ministro e presidente da Corte, Dias Toffoli, acatou.

“Isso é necessário para preservar a autonomia desse Poder com relação ao Executivo e demais pressões, inclusive internamente, pessoas que queiram votar diferentemente do candidato de seu partido. Essa é a liberdade total que nós, como membros do Senado, temos que ter para escolher nosso presidente”, justificou o senador petista.

Além de Prates, a senadora Zenaide Maia (PROS) também decidiu não revelar seu voto para presidente. Apenas Styvenson Valentim quis mostrar – publicando, inclusive, nas redes sociais -, que seu voto foi direcionado ao senador José Reguffe (sem partido – DF), que acabou derrotado por Davi Alcolumbre (DEM-AP), novo presidente do Senado Federal.

Do Agora RN

O sexto Aulão Preparatório foi realizado na manhã de hoje, domingo (3), na quadra do Colégio JELM.

Macaibenses que se reúnem aos domingos em busca de um objetivo, conseguir ser aprovado no Concurso Público e Macaíba.

Na aula de hoje os participantes receberam o conteúdo das disciplina de Português (Gemerson Lima) e Matemática (Franklin Alves).

Assessoria
Vereador Igor Targino

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi eleito presidente do Senado, mas os demais integrantes da Mesa Diretora serão escolhidos na próxima quarta-feira (6). A reunião preparatória de ontem (2) durou mais de oito horas, e os senadores adiaram a eleição dos cargos de primeiro e segundo vice-presidente, secretários e suplentes

O presidente do Senado marcou a eleição dos dez cargos da Mesa para as 15h. Conforme previsto na Constituição, o mandato dos integrantes da direção do Senado é de dois anos. As atribuições também são constitucionais.

A discussão do voto secreto marcou a eleição do presidente do Senado, que começou no fim da tarde de sexta-feira e foi decidida no começo da noite de ontem. Os senadores decidiram que a votação seria aberta, mas o MDB e o Solidariedade recorreram ao Supremo Tribunal Federal. O presidente do Supremo, Dias Toffoli, determinou que a votação fosse secreta.

Vários senadores declararam voto no microfone ou mostraram a cédula. A primeira votação foi anulada, porque havia um voto a mais e dois foram depositados na urna sem envelope. Na segunda votação, o principal adversário de Alcolumbre, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), retirou a sua candidatura e deixou o plenário, acompanhado dos senadores Jader Barbalho (MDB-PA) e Eduardo Braga (MDB-AM).

No primeiro discurso após a vitória, Alcolumbre disse pretender acabar com a votação secreta para eleição da Mesa Diretora. “No que depender da minha condução, esta será a derradeira sessão do segredismo, do conforto enganoso do voto secreto”, afirmou.

Agência Brasil

Um jovem conhecido pelo apelido de “Tapu”, foi encontrado morto na noite deste sábado (2), no distrito de Traíras, zona rural de Macaíba. Segundo informações de populares, a vítima foi encontrada caída (e sem vida) em uma cerca de arame farpado, próximo a um bar da região. Ainda segundo informações de populares, havia ferimentos na cabeça, o que leva a crer que foi disparos de arma de fogo.

O caso será investigado pela DP de Macaíba.

Vítima encontrada morta na noite deste sábado (2) em Traíras, zona rural de Macaíba.

Após muito tumulto e impasses, Davi Alcolumbre (DEM-AP) é eleito presidente do Senado com 42 votos. Eram necessários 41 votos para que não houvesse um segundo turno. Confira apuração:

Davi Alcolumbre (DEM-AP): 42 votos

Esperidião Amin (PP-SC): 13 votos

Angelo Coronel (PSD-BA): 8 votos

Reguffe (sem partido-DF): 6 votos

Renan Calheiros (MDB-AL): 5 votos (antes de retirar a candidatura)

Fernando Collor (Pros-AL): 3 votos

Foto: redes sociais/Reprodução

Uma moto foi encontrada dentro do “Poço do Eco” em Macaíba, neste sábado (2). De acordo com informações de pessoas que estiveram no local, homens realizavam um treinamento de mergulho no poço e encontraram o veículo.

A Polícia Militar foi acionada ao local  e constatou que a moto tinha queixa de roubo. Ela [moto]  foi levada para uma Delegacia de Plantão em Natal.

A Escola Estadual Alfredo Mesquita Filho em tempo integral teve uma grande aprovação de seus alunos no Sistema de Seleção Unificada. O Sisu é a porta principal através das notas do Enem para entrada no ensino superior. Foram aprovados oito jovens em cursos de várias áreas na primeira chamada. A Escola fica localizada no bairro Alfredo Mesquita em Macaíba e está com as matrículas abertas até o dia 10 de fevereiro.

Lista de aprovados

Andrielle Peixoto – Turismo (UFRN)

Ângela Amanda – História (UERN)

Edson Carlos – Engenharia Florestal (UFRN/EAJ)

Eugênio Gomes – Ciência e Tecnologia (UFRN)

Joice Medeiros – Ciência da Religião (UERN)

Débora Alves – Filosofia (UERN)

Marlon Gabriel – Comunicação Social (UFRN)

Maria Luíza – Estatística (UFRN)

Do Macaíba no Ar

Renan Calheiros acaba de retirar sua candidatura à presidência do Senado. Em discurso, Calheiros renunciou à candidatura e disse que estamos “vivendo um constrangimento”. “Ontem, a maioria teve de judicializar a decisão do Senado. É a primeira vez que isso acontece numa casa legislativa. Agora, estamos repetindo uma votação que foi anulada, porque um senador colocou uma cédula dentro de outra cédula”, disse.

Renan foi vaiado durante discurso.

Com informações do G1

O presidente da câmara municipal Gerson Lima, parabeniza a vereadora Ismarleide Fernandes Duarte, pela passagem de seu aniversário.

Atenciosamente

Gerson Lima da Costa Neto
Presidente do poder legislativo