Foto: Redes sociais/Reprodução

O G1RN destaca:

Choveu granizo entre o fim da tarde e início da noite desta sexta-feira (4) em Governador Dix-Sept Rosado, cidade da região Oeste potiguar. Moradores disseram que nunca tinham visto gelo cair do céu.

A chuva por lá começou forte no fim da tarde. Foi quando algumas pessoas, surpresas com o granizo, começaram a fazer fotos e vídeos do fenômeno.

Segundo Gilmar Bristot, meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, a ocorrência de granizo é algo realmente bem raro para a região.

Ele explicou que, quando chove granizo, significa que houve a formação de uma nuvem cumulus nimbus. Essas nuvens ficam muito distantes da superfície – a cerca de 12 mil metros de altura – acima do nível de congelamento.

“É tão raro de acontecer que não há histórico em Governador Dix-Sept Rosado”, afirmou Bristot.

Também houve registro de chuvas fortes e relâmpagos em Apodi, na mesma região. As descargas elétricas também são resultado da presença de cumulus nimbus.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse ontem (4) que o governo não vai aumentar impostos. “É um princípio deste governo não haver aumento de carga tributária”, afirmou Onyx, ao explicar a sanção do projeto de incentivos fiscais para as superintendências de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Nordeste (Sudene).

Segundo Onyx, o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) era uma das possibilidades para assegurar o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em virtude da aprovação dos incentivos fiscais para a Amazônia e o Nordeste, mas essa possibilidade foi afastada.

“O presidente [Jair Bolsonaro] ontem [3] assinou a sanção. Este poderia ter sido o caminho de hoje, assinado o decreto. A solução [de não aumentar o IOF] foi encontrada porque a equipe da Receita e da Casa Civil buscou a solução. E nós optamos, validamos com o presidente, por essa solução”, afirmou o ministro.

De acordo com Onyx, o presidente Jair Bolsonaro “se equivocou” ao dizer que havia assinado o aumento do IOF. “Ele se equivocou. Ele assinou a continuidade do projeto da Sudam e da Sudene”, disse Onyx, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

Orçamento

O ministro Onyx Lorenzoni disse que os incentivos aprovados para Sudam e Sudene não terão influência em 2019 e, por isso, não atingem a LRF. Conforme Onyx, existe um prazo de 12 a 14 meses entre a empresa apresentar proposta para se beneficiar desses incentivos fiscais e de fato começar a usufruir desses benefícios.

“Portanto, colocamos lá que, para o exercício de 2020 e 2021, como a peça orçamentária será constituída em 2019, o governo fará a devida previsão orçamentária”, disse o ministro. “Sancionou porque é meritório, as regiões Norte e Nordeste precisam. Tinha que ter sido resolvido pelos governo que estava no poder.”

A Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), no entanto, ficou de fora. Segundo Onyx, a situação desta era diferente da da Sudam e da Sudene e comprometeria a LRF e o orçamento público. “Trata de uma prorrogação de cinco anos, podendo ser prorrogado por mais cinco. No caso da Sudeco, era a criação de um novo programa, e isso não é suportado pela peça orçamentária, nem pela Lei de Responsabilidade Fiscal. E por isso foi vetado.”

Agência Brasil

Ceará sofre uma onda de ataques criminosos que estariam sendo coordenados por facções do crime organizado em vários pontos de Fortaleza, e no interior do estado, na madrugada da sexta-feira (4) para sábado (5).

Os ataques desta madrugada ocorreram após a chegada das tropas da Força Nacional, enviadas ao estado por autorização do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Um Shopping que fica na Avenida Bezerra de Menezes, em Fortaleza foi atacada e pelo menos um carro que estava no local foi incendiado pelos criminosos, na sexta-feira. De acordo com o G1, as chamas foram controladas por funcionários do Shopping.

Já no Bairro Mucuripe, também em Fortaleza, dois veículos que estavam no pátio de uma concessionária foram incendiados. Segundo a polícia, os criminosos chegaram em uma rua lateral que dá acesso a concessionária e tentaram incendiar os veículos, o Corpo de Bombeiros foi chamado e conseguiu controlar o incêndio.

Nenhum suspeito foi preso até o momento, a polícia faz buscas na região para tentar identificar os responsáveis pelos ataques.

Ainda durante a sexta, um prédio localizado na Avenida Francisco Sá, na Barra do Ceará, foi incendiado. No local funcionava a antiga sede do Sine. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar as chamas e isolar o local. Os moradores vizinhos ao prédio chegaram a retirar os móveis e outros pertences de casa com medo do incêndio. Ler mais…

Foto: PF-RN/Divulgação

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta sexta-feira (4), em uma agência da Caixa Econômica Federal na Zona Sul de Natal, um jovem de 21 anos suspeito de estelionato.

Segundo a PM, o rapaz procurou a agência para fazer saque e transferência de dinheiro. Porém, ao conferir a documentação apresentada pelo suspeito, os funcionários perceberam que o montante depositado era proveniente de uma fraude referente ao recebimento de precatório no valor total de R$ 81,5 mil.

A vítima, ainda de acordo com a PM, havia sido o verdadeiro titular, que reside na cidade de Candeias, na Bahia, Acionados, policiais federais foram até a agência e deram voz de prisão ao jovem.

O suspeito foi levado para autuação na superintendência da PF, no bairro de Lagoa Nova, onde ele preferiu ficar em silêncio. Ler mais…

Um soldado da polícia militar foi atingido por três tiros na tarde desta sexta-feira (4) após reagir a um assalto na Avenida Alexandrino de Alencar, no bairro Alecrim, Zona Leste de Natal. O PM Fernando Antônio Azevedo Rodrigues foi socorrido ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e o quadro de saúde dele é estável, sem riscos de morte.

De acordo com a polícia, Fernando Antônio estava parado no carro dele próximo ao Centro Clínico da Polícia Militar, quando foi abordado pro dois assaltantes. Os homens anunciaram o assalto e o PM reagiu.

Saiba mais AQUI

O prazo para o pagamento da parcela única do IPTU 2019 termina na próxima segunda-feira (7). Os contribuintes com cadastro regularizado, ou seja, que pagaram o Imposto em dia nos últimos anos, têm desconto de 30% na cota única. O IPTU também pode ser pago em sete parcelas, mas sem descontos.

Os recursos arrecadados por meio do Imposto auxiliam na realização de obras como a pavimentação de ruas, construção de escolas e unidades de saúde. Quem não recebeu o carnê para pagamento pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Tributação (SMT) pelo número de telefone 3271-6528, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h ou acessar o Portal do Contribuinte e retirar a segunda via do documento. O acesso pode ser feito por meio deste link: https://bit.ly/2KN2DVz

Assecom-PMM

No início da noite desta quinta-feira (03), uma equipe de policiais rodoviários federais realizavam fiscalização no km 167 da BR 406, em frente à Unidade Operacional da PRF, em São Gonçalo do Amarante/RN, quando recebeu uma denúncia de que um veículo estava com atitudes perigosas na via pública.

De pronto, os policiais deram ordem de parada ao condutor de um Gol branco, que empreendeu fuga, dirigindo em alta velocidade e em zigue-zague, seguindo do acostamento à faixa mais à esquerda da rodovia, de forma repetida, enquanto a viatura o acompanhava.

Após dois quilômetros de acompanhamento, a equipe conseguiu abordar o veículo, conduzido por um homem de 35 anos, natural de Taipu, que estava visivelmente com falta de equilíbrio e forte odor etílico.

Após realizar o teste de etilômetro, foi constatado o valor de 1.41 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões); quase cinco vezes do valor que é considerado crime.

O homem, que é motorista profissional de caminhão, foi preso em flagrante pelos crimes de embriaguez ao volante, desobediência e por dirigir veículo colocando em perigo a segurança alheia.

Na Delegacia de Polícia Civil, a fiança arbitrada para ele foi de dez mil reais.

PRF

Na manhã desta sexta-feira (04) dois carros foram roubados na zona rural de Macaíba. Um foi roubado no distrito de Traíras e o segundo na comunidade de Lagoa Nova. Logo em seguida os bandidos abandonaram os veículos em comunidades vizinhas, onde um Gol vermelho foi abandonado no distrito de Jundiaí e o Pálio prata no distrito de Riacho do Sangue.

Ninguém foi preso.

Do Macaíba no Ar

Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (Foto/Reprodução).

Sindsaúde enviará ofício ao Governo, relatando a situação dos servidores

Na manhã desta sexta-feira, 4, ocorreu a assembleia geral de servidores no auditório do Sinpol/RN, para discutir a situação de atraso nos salários e atividades de mobilização, além de informes gerais.

Ao longo da reunião, os trabalhadores e trabalhadoras relataram os problemas que estão enfrentando sem o pagamento dos salários. Alguns, por exemplo, não têm se quer o dinheiro do transporte para ir ao trabalho.

Entre os encaminhamentos definidos na assembleia, os servidores aprovaram uma paralisação de advertência para o próximo dia 10 de janeiro, com apagão de 24 horas no Hospital Walfredo Gurgel, e, no mesmo dia, também será realizado uma assembleia com indicativo de greve para o dia 15 de janeiro.

Na ocasião, foi aprovado o envio de um ofício para o secretário de saúde do Estado e para o Ministério Publico, para comunicar sobre a situação dos servidores.

Foi aprovada também moção de repúdio contra o caso de agressão ao casal Vanessa Macambira e Glícia Brandão, motivado por LGBTfobia no dia 27 de dezembro. As mulheres foram agredidas por um jovem de dezessete anos, após defender o filho de nove anos que também estava sendo perturbado pelo rapaz, o caso foi relato por uma das vítimas durante a assembleia.

Autor: Comunicação Sindsaúde

Governo anunciará data de pagamento na próxima segunda-feira (7)

O Governo do Estado promoveu nesta sexta-feira, 04, a primeira reunião do Comitê de Gestão de Eficiência do Poder Executivo, criado pela atual gestão, que é composto pelos secretários de Estado do Gabinete Civil (GAC), do Planejamento e Finanças (SEPLAN), da Administração e Recursos Humanos (SEARH), da Tributação (SET), pelo Controlador Geral do Estado (CONTROL) e pelo Procurador Geral do Estado (PGE), observando as orientação da chefe do Poder Executivo, governadora Fátima Bezerra.

A reunião do Comitê, que também contou com a participação do vice-governador Antenor Roberto, tratou da grave situação financeira e fiscal do estado, da implantação do Plano de Recuperação Fiscal e da questão salarial dos servidores.

A atual gestão, que assumiu no dia 1º de janeiro, herdou débitos da ordem de R$ 2,6 bilhões referentes a atraso na folha de pagamento dos servidores, atraso no pagamento a fornecedores, consignados e precatórios. Estão em atraso as folhas salariais dos meses de novembro (para servidores que ganham acima de R$ 5 mil), dezembro, 13º salário referente a 2018 (para todos os servidores) e o 13º salário referente a 2017 para os servidores que ganham acima de R$ 5 mil.

Uma nova reunião foi marcada para este final de semana. “A nossa preocupação é encontrar meios para cumprir os compromissos do Estado com servidores e fornecedores, garantir cidadania e serviços eficientes e de qualidade”, afirmou Fátima.

Foto: Andrei Torres / ABC FC / Divulgação

Após vencer o Nery Sport por 4 a 1 em duelo amigável realizado no fim de semana passado, no CT Alberi Ferreira da Matos, o ABC fará neste sábado, 5, seu último teste antes do início do Campeonato Potiguar de 2019. O adversário será o Cruzeiro de Macaíba.

De acordo com as informações repassadas pelo clube, o duelo, que terá caráter de jogo-treino (sem limitação de substituições e outras regras impostas por um amistoso oficial), será disputado a partir das 15h, novamente no campo do CT.

A estreia oficial do ABC no Campeonato Estadual deste ano está agendada para a quarta-feira da semana que vem, dia 9, diante do Globo, no Estádio Frasqueirão. Atual tricampeão da competição, o Alvinegro vai em busca do inédito tetracampeonato dentro de sua casa, inaugurada em 2005.

Do Agora RN

Equipes da Polícia Civil prenderam dois condenados pela Justiça, mediante cumprimento de mandados de prisão, nesta sexta-feira (04), em Natal e Parnamirim. Policiais civis da 7a. e 14a Delegacia de Polícia Civil de Natal prenderam Kleyson Eduardo da Silva Barbosa, 26 anos, no bairro de Felipe Camarão. Kleyson é condenado por um homicídio.

A equipe da 1a. Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim prendeu Laertt da Silva Penha, 38 anos, que era foragido da Justiça, pelo cometimento de crime na região de Caicó.

A senhora Jozielhe Bento da Silva está à procura de seus familiares que residem em Macaíba. Ela mora na cidade Teresópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro e os familiares que moram em Macaíba são: Belmiro Bento da Silva (pai), Jozelha Bento da Silva (irmã), Luciana Bento da Silva (irmã), Erivan Bento da Silva (irmão), Paulo Cezar Bento da Silva (filho).

De acordo com Jozielhe, eles moravam na Rua Antônio Lucas de Lima. Quem tiver mais informações sobre os familiares pode entrar em contato com ela pelo número de telefone (021) 99247-2744.

Foto: Arquivo pessoal de Jozielhe Bento

Prefeitura de Macaíba (Via Facebook)

Estudantes poderão faltar aulas e provas por motivos religiosos. É que estabelece lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União de hoje (4). A lei entrará em vigor em 60 dias, em março. A partir desse mês, as escolas terão ainda dois anos para tomar as providências e fazer as adaptações necessárias para colocar a medida em prática.

A nova lei estabelece que estudantes de escolas e universidades públicas e privadas poderão se ausentar de provas ou aulas, em dias que, “segundo os preceitos de sua religião, seja vedado o exercício de tais atividades”. Para isso, os estudantes terão que apresentar um requerimento com a devida antecedência.

Para repor as atividades, as instituições de ensino poderão aplicar prova ou aula de reposição, conforme o caso. Poderão ainda solicitar dos alunos um trabalho escrito ou outra modalidade de atividade de pesquisa. Os estudantes que fizerem essas atividades terão garantida a presença.

A lei não se aplica, no entanto, às escolas militares. Isso porque o ensino militar é regulado em lei específica, admitida a equivalência de estudos, de acordo com as normas fixadas pelos sistemas de ensino. Ler mais…