terça-feira, fevereiro 20, 2024
Brasil

Segundo grupo de brasileiros e parentes palestinos deixa a Faixa de Gaza

Foto: Itamaraty

O governo do Brasil conseguiu retirar da Faixa de Gaza neste sábado (9) a segundo leva de brasileiros e parentes palestinos que estavam no território. O grupo, formado em maioria por palestinos (leia mais abaixo), foi autorizado a cruzar a fronteira da cidade de Rafah, entre o sul de Gaza e o Egito.

Segundo o Itamaraty, este segundo grupo é composto 47 pessoas. A lista oficial tinha mais de cem nomes, mas 24 nomes não foram autorizados por Israel e o Egito – os dois países revistam e autorizam a saída de todos os nomes propostos pelas embaixadas de países com cidadãos na Faixa de Gaza.

Até a última atualização desta reportagem, o governo brasileiro não havia informado os motivos para a denegação da saída dos 24 nomes. Entre eles, sete têm cidadania brasileira. Os demais desistiram de se unir ao grupo.

No fim da tarde deste sábado, os 47 resgatados estavam sendo levados ao Cairo, de onde voarão ao Brasil em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), que decolou esta manhã da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro.

O embaixador do Brasil na Palestina, Alessandro Candeas, disse que eles deixaram o território nesta manhã, após mais de dois meses de conflitos entre Israel e o Hamas. Em novembro, dias antes de os primeiros brasileiros serem autorizados a sair de Gaza, Candeas revelou ao g1 que a Embaixada já trabalhava com uma segunda lista.

Como adiantado por Candeas, o grupo tem mais palestinos que brasileiros, já que muitos são parentes de pessoas que deixaram o território na primeira leva. Na lista, estão:

Onze cidadãos com dupla nacionalidade (brasileira e palestina);

Trinta e seis palestinos.

Desse total, 27 são crianças e adolescentes. Há também 16 mulheres, entre elas duas idosas, e quatro homens. Atualmente, após centenas de estrangeiros já terem conseguido deixar a Faixa de Gaza, o governo de Israel tem priorizado a saída de mulheres e crianças.

O voo do avião da FAB será direto, com previsão de duração de 15 horas e pouso estimado para as 03h de domingo (10).

Em novembro, após mais de um mês de espera, 32 pessoas deixou a Faixa de Gaza com destino ao Brasil. No grupo estavam 22 brasileiros e dez palestinos.

g1

Spread the love