Arquivos da tag: Isso


Minha amiga e meu amigo macaibense,

A gente só vai conseguir mudar a nossa cidade com ousadia e com coragem, mas sem nunca perder a nossa dignidade. Vocês sabem do meu compromisso com os que mais precisam, e para realizar um sonho que nasce do povo, nós precisamos de muito diálogo. É conversar, sentir o coração das pessoas. A gente quer transformar Macaíba. Fazer política não é fazer a própria vontade, é olhar pra cada cidadão, é tomar pra si o sonho do meu próximo – tudo por um bem maior. Estamos num momento muito perigoso, temos que colocar os pés no chão e entender que, para continuar controlando, manipulando, os poderosos são capazes de tudo. São as mesmas famílias, Cunha e Dias, há mais de vinte anos. Para se manter no poder deixam a cidade presa no tempo, sem verdade, sem investimento. O outro lado sempre foi um só, são aqueles forasteiros que sugam da nossa cidade. É preciso ser inteligente, agir com a razão, ser corajoso e humilde pra ouvir o povo. E juntos vamos dar um basta nisso. Precisamos sim de uma independência! Vamos entregar Macaíba aos macaibenses.

Pelo bem do povo da minha cidade, pra termos a transformação que a gente precisa: aceitei o convite pra compor a chapa do nosso amigo Emídio Júnior. Peço de coração aberto que confie em mim. Vocês sabem do meu trabalho diferenciado, da minha dedicação como vereador e sabem que eu não tomaria uma decisão que não fosse o caminho certo. Estou preparado e seguro dessa união. É uma decisão muito importante para o bem do povo e, como disse, a minha intenção é uma só: entregar Macaíba aos macaibenses. Peço que continuem a depositar a confiança de sempre seguindo conosco nessa união. Que independente da posição que eu esteja, irei continuar o meu trabalho da forma que sempre fiz. E vou ser direto: não me acomodarei jamais sendo um vice-prefeito distante ou de enfeite, muito pelo contrário, nossa proposta vai ser de uma gestão coletiva e participativa. Eu e Emídio somos vereadores, dois jovens cheios de ideias e de boa vontade, pessoas de família, advogados preparados, somos filhos da cidade e isso muito me emociona. É como já estão falando nas ruas: chegou a vez dos meninos de Macaíba. E juntos não vamos permitir que a prefeitura venha a ser mandada novamente por essa família que tanto já nos enganou e mostrou que não sabe administrar. Precisamos de libertação!

Chegou a hora da terra de Auta de Souza e de tantos outros guerreiros reconhecerem os valores da sua própria cidade, e isso inclui cada trabalhadora e cada trabalhador da zona rural a zona urbana. Estou bastante emocionado, chegou agora a hora da nossa independência. Hoje a gente comemora o início de um caminho pra libertar o nosso povo! A hora é agora, pegue na nossa mão pra essa caminhada, conto com seu apoio e com a sua coragem para transformar Macaíba!

Forte abraço,

Netinho França