Categoria: Polícia

Foto: Geraldo Jerônimo

G1 RN – Um adolescente de 17 anos foi apreendido por policiais na noite desta quinta-feira (2) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o adolescente e outro homem, que conseguiu fugir, carregavam duas motos em uma carroça. Um dos veículos estava com a numeração do chassi raspado.

Os policiais faziam um patrulhamento pela região quando suspeitaram de dois homens que carregavam duas motos em uma carroça. A PM suspeita que as motocicletas tenham sido roubadas.

Segundo os militares, um dos suspeitos conseguiu fugir ao perceber a aproximação dos policiais. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal. As motocicletas também foram levadas para o local.

Foto: Sérgio Henrique Santos

Agentes da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil prenderam um homem em Natal e apreenderam outro em Extremoz, na região metropolitana da capital potiguar, nesta quinta-feira (2). Os dois são suspeitos de traficar drogas. Com um deles, a polícia encontrou munições, tablets e documentos falsos.

Em um dos casos, um homem de 37 anos foi apreendido na praia de Graçandu em Extremoz, no litoral norte do RN. Na casa dele foram encontradas 61 munições de pistola calibre 380, sete tablets, sete telefones celulares e documentos falsos.

Segundo Julio Lima, delegado da Denarc, o homem foi abordado e apresentou um documento falso. “Na casa dele encontramos documentos falsos. Ele disse que ele mesmo falsificou os documentos, já que havia mandado de prisão contra ele por homicídio na Bahia”, disse.

De acordo com a Polícia Civil, ele é suspeito de comercializar entorpecentes na região litorânea da cidade. Segundo a corporação, não foram encontradas drogas com o suspeito. A Polícia disse que ele vai responder por dois crimes por portar documentos falsos e pelas munições encontradas. Ler mais…

Foto/Reprodução

PC/ASSECOM – Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba realizaram, na tarde desta segunda-feira (30), diligências que resultaram na apreensão de 148 munições (calibres .38 e .44) e uma espingarda, no bairro Morada da Fé, no município de Macaíba.

O responsável pelo imóvel não foi encontrado. O material foi apreendido e encaminhado à delegacia, onde será instaurado procedimento policial para investigar o fato.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PM/ASSECOM – É com pesar que a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte comunica o falecimento do bravo oficial da Polícia Militar do RN, Coronel da Reserva Remunerada Francildo de Souza Nunes.

O Coronel Nunes, da Reserva Remunerada, ingressou na Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte no ano de 1977 e durante a sua permanência nas fileiras ativas da instituição militar potiguar contribuiu imensamente para o desenvolvimento da Corporação.

Durante seus mais de 30 anos de dedicação à corporação militar e à sociedade norte-riograndense, o Coronel Nunes atuou como Comandante do Policiamento do Interior e da Companhia de Choque, além de ter atuado como Corregedor da Corporação.

Natural de Natal/RN, o Coronel Nunes era Bacharel em Direito, em Segurança Pública e em Administração, sendo um exemplo para os integrantes da Polícia Militar do RN.

O Coronel RR Nunes, aos 63 anos de idade, deixa um imenso legado à Polícia Militar do Rio Grande do Norte e, consequentemente, à sociedade norte-riograndense, em virtude de seus enormes serviços prestados durante todos os anos dedicados fielmente à Corporação e em defesa da sociedade potiguar.

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Um caso curioso aconteceu na noite desta quinta-feira (26) em Natal. Um bandido roubou um carro e horas depois bateu com ele em um muro na marginal da BR-101, na altura do bairro Neópolis, na zona Sul. Um motorista que passava pelo local parou para ajudá-lo após o acidente, considerando a gravidade da batida. Neste momento, o bandido desceu do carro, anunciou um novo assalto e levou o carro do homem que prestava socorro.

O acidente aconteceu por volta das 23h. O criminoso havia tomado o primeiro carro de assalto, um Ford Ka de cor branca, no bairro Pitimbu, na zona Sul da cidade. A Polícia Civil acredita que ele tenha utilizado o carro para praticar assaltos.

Horas depois, quando passava pela BR-101, na altura do bairro Neópolis, ele perdeu o controle ao entrar na marginal da pista, subiu na calçada e bateu o veículo. Partes do carro ficaram no chão da pista e da calçada, assim como manchas de óleo.

Foi neste momento que um motorista que passava pelo local mostrou solidariedade, parou o carro e foi ajudar o homem dentro do veículo batido. O criminoso, então, aproveitou a nova oportunidade e realizou um novo assalto, levando o segundo veículo e abandonando o outro no local da batida.

Poucas horas depois do crime, o bandido abandonou o novo veículo roubado no conjunto Potilândia, no bairro Lagoa Nova. O carro foi levado para a Central de Flagrantes, da Polícia Civil, e o dono o recuperou na manhã desta sexta-feira (27). O veículo estava intacto.

G1 RN

Foto: PRF/Divulgação

Foram contabilizados quatro acidentes graves e uma morte durante o feriadão de Natal em rodovias federais do Rio Grande do Norte, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). 59 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante entre os dias 21 e 25 de dezembro segundo levantamento da PRF.

Uma mulher de 48 anos morreu após ser atropelada, na noite de terça-feira (24), véspera de Natal, na BR-101, em Parnamirim, região metropolitana de Natal. O motorista que atropelou a vítima permaneceu no local do acidente, aguardando a chegada de socorro e da polícia.

Ao total, a PRF registrou 1.537 multas durante o período; 105 motoristas foram autuados por ultrapassagem em local proibido. Ainda de acordo com o levantamento da corporação, foram 7.528 motoristas fiscalizados; 2.019 foram submetidos ao teste do bafômetro.

A PRF disse que prendeu 31 pessoas no período por crimes como dirigir embriagado, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Segundo a corporação, 2 kg de maconha foram apreendidos.

G1 RN

PC/ASSECOM – Policiais civis da Delegacia Regional de Macau prenderam, nesta sexta-feira (20), Eney Moura Pereira, vereador da Câmara Municipal de Serra do Mel. A prisão se deu na cidade de Macau, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Apesar das diligências realizadas pela polícia, ele não tinha sido localizado, tendo se apresentado na delegacia.

Segundo as investigações, Eney Moura e Bergson Moura são suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio praticada contra Caius Gracus Veríssimo de Oliveira. O crime ocorreu no dia 26 de outubro deste ano, no povoado Alcanorte, no município de Macau.

No dia do crime, foi encontrado nas proximidades do local da tentativa de homicídio um veículo abandonado que seria pertencente a Bergson Moura. A partir dessa informação, chegou-se ao segundo suspeito, Eney Moura, que é primo de Bergson Moura e vereador no município de Serra do Mel.

A motivação do crime estaria a uma possível vingança contra Caius Gracus, diante da suspeita de envolvimento dele no homicídio praticado contra Élio Pereira de Moura, que é irmão de Eney Moura Pereira. Élio Pereira foi morto no dia 16 de junho deste ano, na cidade de Pendências.

Na última quarta-feira (18), Bergson Moura já havia se apresentado na delegacia, tendo sido dado cumprimento ao mandado de prisão temporária em seu desfavor. Ambos foram encaminhados ao sistema prisional e ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população, através do Disque Denúncia 181, continue enviando informações de forma anônima.

Foto: Reprodução

PC/ASSECOM – Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, nesta segunda-feira (23), Weslein Barbosa da Silva, conhecido como “Jacaré ou “Lelo”, 20 anos. A prisão aconteceu bairro Morada da Fé, na cidade de Macaíba, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.

Com Weslein Barbosa, foram apreendidos porções de maconha para comercialização, dinheiro fracionado e um sistema improvisado de monitoramento por câmeras. Com a aproximação dos policiais, o suspeito tentou fugir, mas foi capturado e a droga localizada em um imóvel usado como ponto de vendas de drogas. Por esse motivo, ele também foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Em 17 de outubro deste ano, Weslein Barbosa havia sido preso em flagrante, juntamente com sua companheira,Thalia Damião da Silva. Na ocasião, foram encontrados com eles drogas e insumos para o tráfico, ambos foram presos e autuados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico.

Na audiência de custódia, realizada em outubro, Weslein Barbosa foi solto, em razão de sua companheira, que possuía em seu desfavor um mandado de prisão preventiva, ter assumido a droga. Posteriormente, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva de Weslein Barbosa, a qual foi decretada pela Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Foto: Sérgio Henrique Santos

Do G1RN – O corpo de um homem decapitado foi encontrado em um amontoado de lixo e resto de entulhos na tarde deste domingo (22) em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. Segundo a polícia, ele foi assassinado em uma casa que funciona como uma boca de fumo e, em seguida, o corpo foi levado enrolado em um lençol para o local onde foi achado.

Testemunhas afirmaram à polícia que o homem, conhecido apenas pelo primeiro nome, “Michel”, vivia comentendo crimes na região. A casa onde a polícia acredita que o crime tenha acontecido fica na rua Pedro Bezerra, no bairro Santos Reis. A cabeça da vítima não foi encontrada.

Segundo o sargento Jairo Santos, do 3º Batalhão da PM, a vítima era conhecida da polícia, pois tinha envolvimento com vários crimes. De acordo com ele, a pessoa que cometeu o crime jogou o corpo em meio aos entulhos, porque o homem teria sido morto em uma “boca de fumo”.

Dentro do imóvel suspeito, foram encontradas manchas de sangue, inclusive nas paredes, e móveis revirados. Ainda de acordo com a polícia, esse não foi o primeiro crime que ocorreu na casa, que seria um ponto conhecido de consumo de drogas. Uma mulher já foi assassinada no mesmo local.

Foto: Reprodução

O homem suspeito de matar a ex-namorada, Renata Ranyelle Almeida, de 23 anos, em São Miguel, no interior do RN, foi transferido para Natal na noite desta quinta-feira (19). Ele foi preso no dia 11 de dezembro, em Guarulhos, no estado de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi levado para a Central de Flagrantes em Cidade da Esperança, Zona Oeste da capital potiguar. Nesta sexta-feira (20) ele irá ao Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) para fazer exames e será encaminhado ao sistema penitenciário.

Renata foi baleada no rosto dentro da loja em que trabalhava como vendedora durante um assalto forjado pelo homem no dia 23 de novembro. Ela foi internada e morreu no dia 29.

De acordo com a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, os investigadores potiguares repassaram informações sobre o suspeito, que acabou detido pelo grupo Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), da Polícia Civil de São Paulo. Ele estava escondido em um depósito que pertence a um amigo.

A Polícia Civil ainda afirmou que o homem deixou São Miguel de carro, viajando pelo interior do país. De acordo com os investigadores, é ele quem aparece de capacete nas imagens gravadas pela câmera de segurança da loja onde Renata trabalhava e onde o crime aconteceu. Ele teria tentado simular um assalto.

G1 RN

Delegacia de Macaíba é responsável pelas investigações do caso (arquivo) — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

G1 RN – Uma mulher de 46 anos foi presa em Natal, na manhã desta quinta-feira (19), suspeita de mandar matar o seu companheiro em 2009 no município de Macaíba, região metropolitana da capital potiguar. Segundo a Polícia Civil, ela estava foragida há 10 anos e foi detida ao chegar ao seu local de trabalho, no bairro Candelária, Zona Sul da cidade.

Contra a mulher, havia um mandado de prisão preventiva pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, praticados contra seu companheiro, Gilson Belo Pereira. As investigações e a prisão foram comandadas pela Delegacia de Macaíba.

De acordo com a polícia, a mulher tentou matar o companheiro usando veneno para rato. Como a vítima sobreviveu, ela teria contratado Júlio César Santos de Paiva, conhecido como Julinho, para matá-lo. Com a ajuda de sua sobrinha, Katiene Pereira da Silva, a suspeita teria desovado o corpo em um poço, na pedreira localizada próximo à residência do casal, no Loteamento Esperança. Mas o corpo emergiu e foi descoberto.

O executor do crime e a sobrinha já foram julgados e condenados pela Justiça. Agora, a suspeita de ser mandante foi conduzida à delegacia e encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Tenente da PM Plínio Sales foi morto em troca de tiros com bandidos durante assalto. Foto: Redes Sociais

Policiais civis da Delegacia de Macaíba, na região Metropolitana da capital potiguar, prenderam na manhã desta quinta-feira, 19, um homem suspeito de participar do assalto e da morte do tenente da PM da reserva Plínio Sales, crime ocorrido em julho deste ano. A prisão aconteceu em São José de Mipibu, também na Grande Natal.

O assalto aconteceu no dia 3 de julho, próximo ao condomínio Village de Prata, no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal. Após ser baleado, o militar ainda foi socorro ao hospital, mas não resistiu.

O PM seguia com três familiares em seu carro pela Rua Fabrício Pedroza, uma estrada de terra, quando foi interceptado pelos criminosos, que estavam em outro veículo.

O homem detido nesta quinta-feira é o segundo suspeito preso apontado como participante na morte do tenente da reserva. A primeira prisão aconteceu em São Gonçalo do Amarante, um dia depois do latrocínio.

Agora RN

Foto: Foto: Sérgio Henrique Santos

Uma família foi feita de refém durante um arrastão no Distrito Guanduba em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, na noite desta quarta-feira (18). Quatro criminosos renderam um comerciante, de 50 anos, enquanto ele aguava um terreno na frente de casa, anunciaram o assalto, entraram no local e levaram pertences da família.

De acordo com a vítima, ele foi rendido pelos criminosos que anunciaram o assalto, entraram no imóvel e mantiveram ele, a mulher e a filha do casal, de seis anos, sob a mira de uma arma. O comerciante contou que os criminosos revistaram a casa em busca de objetos de valor.

A vítima disse que os criminosos levaram uma televisão, três celulares, joias e outros objetos de valor. Ainda de acordo com o relato do homem, os criminosos trancaram a família em um dos quartos e ele só saiu do local quando percebeu que estava em segurança. “Fico chateado. A gente trabalha tanto e chegam uns caras desses e levam tudo”, desabafou.

Do G1RN

Perícia feita no Itep constatou que a criança morreu envenenada. FOTO: José Aldenir

O homem suspeito de ter matado o próprio enteado envenenado – crime ocorrido na zona Sul de Natal no final de semana – foi solto após audiência de custódia realizada nesta segunda, 16. João Victor Soares de Brito tinha 5 anos.

O padrasto havia sido preso no sábado, 14, dia em que o caso foi registrado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

Segundo o delegado Ernani Leite, que conduziu o caso, o homem foi preso sob a acusação de homicídio qualificado. O crime aconteceu em Candelária, bairro da zona sul de Natal. Para o juiz responsável pela audiência de custódia, não houve elementos de flagrante que sustentassem a prisão do suspeito.

No entanto, o padrasto da criança será processado judicialmente e terá que cumprir uma série de medidas cautelares. Entre elas, a proibição de permanecer na casa da vítima e se ausentar de Natal por mais de 8 dias sem autorização da Justiça potiguar. Além disso, ele deverá manter distância mínima da mãe da criança.

O caso

De acordo com as investigações, a criança passou mal quando estava em casa acompanhada apenas do padrasto. Ela foi levada ao hospital, acompanhada da mãe, onde a equipe médica levantou a suspeita de envenenamento e sugeriu que a polícia fosse acionada.

“Nós fomos até a casa, encontramos alguns objetos suspeitos e fizemos a prisão”, contou o delegado Ernani Leite.

Na residência onde moravam o padrasto, a mãe e a vítima, os agentes encontraram um copo com uma substância espumante.

Mais tarde, o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) constatou a morte da criança por envenenamento, que ingeriu um raticida. O menino foi sepultado na manhã de segunda-feira, 17, em Jardim de Piranhas, região Seridó do estado.

Do Agora RN