Dívida! Ex-gestão de Fernando Cunha deixa contas de energia em atraso e operação do MP em andamento


As contas vão chegando. A atual gestão de Macaíba realizou o pagamento de vários débitos de energia atrasadas da ex-gestão do prefeito Fernando Cunha. Contas de luz de R$ 8, 13, 60, 200, 350 e assim por diante foram quitadas, inclusive com multas. O blog teve acesso a alguns desses débitos deixados pela antiga administração, como mostra a imagem acima.

Segundo informações, outras ações de cobranças deixadas pela gestão passada do médico estão chegando ao Palácio Auta de Souza. A situação tem chamado atenção, como nos revelou uma fonte. “Surpreende as cobranças que estão chegam na prefeitura, pois era um governo que se dizia organizado, mas hoje percebemos que foi uma administração desastrosa em vários quesitos”.

A relação da ex-gestão do médico com o serviço de energia no município foi bastante questionado ao ponto do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrar a operação Alta Voltagem, que investiga um contrato de iluminação pública celebrado pela então administração do doutor e a empresa Enertec Construções e Serviços Ltda no valor de R$ 4.100.432,14.

A investigação evidenciou a existência de um ajuste empresarial vocacionado a monopolizar os contratos do Município de Macaíba na área de iluminação pública, em conluio com os agentes públicos encarregados das contratações. Na época, o MP identificou indícios de superfaturamento e pagamento de propina a agentes públicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura e da Secretaria de Administração e Finanças. A operação tramita nos bancos investigativos do MP/RN.

Spread the love