Fátima manda trocar petição em que fala sobre ‘desvio mental’ de Bolsonaro

Foto: Reprodução

Em suas redes sociais nesta quarta-feira (9), a governadora Fátima Bezerra afirmou que pediu para a Procuradoria-Geral do Estado que substitua “imediatamente” uma petição protocolada no Supremo Tribunal Federal (STF) que atribui ao presidente Jair Bolsonaro um “desvio mental e de caráter”.

“Determinei à PGE/RN, autora da peça, que ingresse imediatamente no STF com o pedido de substituição da petição impetrada ontem no STF (ADI 6.855), para que sejam retirados os temos (sic) que considero inadequados no tratamento com quaisquer autoridades públicas”, escreveu a governadora, sem deixar claro se os termos utilizados tiveram ou não sua aprovação.

Em manifestação enviada ao STF, a governadora criticou a ação judicial do presidente Jair Bolsonaro (sem presidente) contra medidas restritivas adotadas para frear a pandemia do novo coronavírus. Ela diz que posições apresentadas pelo presidente são “fruto do desvio mental e de caráter” de Bolsonaro.

Bezerra faz referência ao trecho da petição apresentada pelo presidente em que ele diz que os decretos estaduais de restrição “determinam a paralisação de tudo que é considerado não essencial, como se a sobrevivência exclusivamente biológica fosse a única demanda passível de ser protegida pelo direito”.

“Desconsideram o caráter complexo e multifacetário de expressões da dignidade e da personalidade humana, como a dignidade do trabalho, a dignidade de manter um empreendimento econômico e a dignidade de poder buscar o sustento seu e de seus dependentes”, escreveu o presidente no documento de 27 de maio, assinado em conjunto com o advogado-geral da União, André Mendonça.

Fonte: Portal Grande Ponto

Spread the love