Técnico de xadrez macaibense é rechaçado pela SEEL na convocação para os JEBs

Durante o último fim de semana, a macaibense Luíza Karollyne se tornou Campeã dos JUVERNS 2021 na categoria Xadrez, até ai tudo bem, foi divulgado amplamente na cidade, o excelente resultado de nossa atleta, a qual se classificou para os JEBs, que será realizado no Rio de Janeiro.

Finalizado todos os Esportes da fase Estadual, aguardávamos a convocação dos técnicos, que conforme regulamento geral, seria indicado pela SEEL, mas não havia no regulamento o critério a ser usado. Nos anos anteriores, não constava esta informação no regulamento e o critério usado, era o número de medalhas de Ouro, seguido do número de pratas, de bronzes e por último existia a questão da AFINIDADE (O técnico do Feminino), e assim a vida seguiu feliz até os jogos de 2019, 2020 foi pandemia.

Na tarde desta quinta-feira, saiu a convocação com os nomes dos Professores do Neves e Overdose como convocados, ora, seguindo a MERITOCRACIA eram pra serem convocados o técnico do Campeão Masculino e o técnico da Campeã Feminino, Rafael Anderson pelo Overdose e Jussier Cabral ou Diogo Roger pelo Feminino.

Ao ligar para SEEL, um dos coordenadores, após algumas argumentações bem fundamentadas nossa e respostas que não me convenceram dele, o mesno me falou que o critério havia sido das equipes campeãs, mas mesmo contrariado e sabendo que houve arranjos de bastidores, ao consultar a classificação por Equipes, o Neves ganhou nos 2 naipes e os segundos lugares foram HC Macaíba no Feminino e Overdose no Masculino, ainda prevalecendo a questão da afinidade para Macaíba.

Existe um ditado que diz o seguinte: “Para um bom entendedor, meia palavra basta.

Encerro meu depoimento e reitero minha indignação dizendo que, NÓS NÃO VAMOS DESISTIR DO XADREZ EM MACAIBA, ainda iremos fazer dezenas de Campeões e estes vocês não vão poder BARRAR SUA CONVOCAÇÃO.

Por NEM

Spread the love