Categoria: Polícia

Sede do Itep – Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi

Criminosos invadiram um bar, renderam as pessoas que estavam no local e mataram dois clientes a tiros, na noite deste sábado (7). O caso aconteceu em Macaíba, na região metropolitana de Natal.

As informações são de familiares das vítimas, que foram até o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) na manhã deste domingo (8) para identificar e liberar os corpos. A mesma versão foi contada pelas duas famílias.

Os homens foram identificadas como José Ricardo Gouveia, de 38 anos, que era vigilante, e Julian Cezar Santos de Paiva, de 28 anos, que estava desempregado.

Segundo os familiares, os dois estavam em um bar na rua Antônio Lacerda Leite, no Loteamento Esperança, quando homens chegaram ao local e renderam as pessoas no estabelecimento, mandando todos ficarem de mãos para cima. Em seguida, atiraram nas vítimas, que eram amigos, e fugiram sem levar nada.

Ainda segundo os familiares, os dois homens não relatavam inimizades, ou sofriam ameaças, nem tinham passagem pela polícia.

O G1 procurou o 11º Batalhão da Polícia Militar na manhã deste domingo (8), para ter a versão oficial sobre o crime, mas o chefe de operações informou que não estava em posse do relatório da noite. A reportagem também procurou a assessoria da corporação, mas não teve retorno.

G1 RN

Do G1 RN – Dois homens armados roubaram um carro nas margens da BR-304, em Macaíba, na Grande Natal, na noite desta sexta-feira (6). A ação foi filmada por uma câmera de segurança. De acordo com Cidórgeton Pinheiro, delegado da cidade, o crime aconteceu por volta das 19h, em frente ao condomínio Imperial

A filmagem mostra os dois homens se aproximando a pé. Eles chegam na porta do lado do motorista e ordenam que as vítimas saiam do veículo. Um homem e uma mulher que estavam dentro do automóvel saem em seguida. Depois disso, os criminosos vão embora levando o carro. A dupla de assaltantes ainda está sendo procurada pela Polícia Civil.

Confira o vídeo AQUI.

A Polícia Federal no Estado do Rio Grande do Norte prendeu 5 pessoas e apreendeu 1,2 tonelada de cocaína na madrugada de hoje na grande Natal. A droga estava dividida em quatro locais: um contêiner que era transportado por caminhão ao porto de Natal e atrás de paredes falsas em três galpões em Parnamirim. Na abordagem e prisão dos suspeitos, a PF contou com apoio de policiais do Batalhão de Operações Especiais da PMRN.

Com base em levantamentos realizados, a PF começou a acompanhar a movimentação no entorno dos galpões que se revelou atípica, tendo sido descoberto que um deles foi alugado com documentos falsos. A utilização de galpões na Grande Natal para contaminação de contêineres com cargas refrigeradas de frutas com destino na Europa já havia sido objeto de investigações anteriores da PF que resultaram em apreensões de grande quantidade de cocaína. Na manhã de ontem, foi realizada a ligação de energia em um dos galpões e na madrugada de hoje, foi possível detectar um contêiner adentrando outro galpão. Diante de tais fatos, os policiais resolveram abordar o caminhão e o carro que o acompanhava.

No contêiner que era transportado por caminhão para o porto de Natal e tinha como destino final a Dinamarca, foram encontrados diversos tabletes de cocaína misturados a uma carga de melão. Outros tabletes foram encontrados em cômodos escondidos por paredes falsas dentro dos três galpões.

Durante a ação policial, cinco pessoas foram presas. As penas cominadas ao crime de tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico, somadas, vão de 10 a 35 anos de reclusão.

No ano de 2019 a Policia Federal no Rio Grande do Norte já apreendeu cerca de 5,8 toneladas de cocaína. O combate ao tráfico internacional de drogas é um dos objetivos estratégicos da Polícia Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte

Foto: Divulgação/Polícia Civil

G1 RN – Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam Ailton Berto da Silva, 50 anos, na tarde desta sexta-feira (06), na cidade de Goianinha, na região metropolitana de Natal. O homem é suspeito de ter matado o próprio amigo Fantone Henry Filgueira Maia, no último sábado (30), durante uma confraternização de um clube de trilhas de veículos 4×4. O crime aconteceu na praia de Santa Rita, localizada no município de Extremoz.

A Justiça havia expedido um mandado de prisão temporária contra ele. De acordo com as investigações, o crime ocorreu durante um desentendimento que houve entre os participantes da festa.

Ailton Berto teria sacado uma pistola e efetuoado diversos disparos, atingindo Fantone Henry e mais duas pessoas que estavam no local. Ele fugiu após o crime e estava foragido. Na última terça-feira (3), durante tentativa do cumprimento de mandado, os policiais apreenderam o carro usado por ele, em uma granja de Extremoz.

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

G1 RN – Um homem foi preso com uma moto roubada na suíte de um motel, na noite desta quinta-feira (5) em Ceará-Mirim, na Grande Natal. O veículo tinha sido tomado na tarde de quinta por ele e outro criminoso que não foi encontrado pela Polícia Militar.

De acordo com um militar, a corporação recebeu informações de que o suspeito, conhecido por praticar crimes na região, estaria na suíte de um motel com a motocicleta. “Nos dirigimos para local e encontramos o bandido. Fizemos a prisão dele dentro do motel. A gente chegou muito rápido, ele ficou surpreso e não teve tempo de reagir”, detalhou.

A moto foi roubada de um vendedor de 40 anos, na tarde desta quinta-feira, em Ceará-Mirim. A vítima disse que estava parada, quando os criminosos que chegaram em uma moto a abordaram. “Eles disseram ‘perdeu, perdeu, perdeu’ e levaram o veículo. Perdi a moto, bolsa, documentos e até um chapéu velho que eu tinha no bolso”, contou.

O criminoso foi levado para a Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal e reconhecido pela vítima. A moto usada no roubo também localizada e levada para a Delegacia.

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na tarde desta t3erça-feira (3), no Km 40 da BR 427, em Acari/RN, 20 kg de maconha.

A droga estava sendo transportada por um homem de 27 anos, condutor de um Classic.

Durante a abordagem, o rapaz falou que reside na Zona Norte de Natal e que estava levando a droga para Caicó.

Disse ainda que era formado em Recursos Humanos e estava desempregado. Pelo serviço, receberia a quantia de mil reais.

Diante do flagrante, o homem foi preso e encaminhado, com o entorpecente, à Delegacia de Polícia Civil da cidade de Acari.

Agência PRF/RN

PC/ASSECOM – Policiais Civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Mossoró incineraram, na tarde desta quarta-feira (04), mais de 80 quilos de drogas que foram apreendidas na cidade de Mossoró e região. Na ocasião, também estiveram presentes representantes do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Ministério Público e da Vigilância Sanitária.

A ação de hoje resultou na destruição de entorpecentes apreendidos em 166 processos de inquéritos e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), instaurados em quatro delegacias (Denarc, Delegacia Regional e da Divisão de Polícia do Oeste – Divipoe, Delegacia Especializada em Atendimento a Adolescente Infrator – DEA e Delegacia Municipal de Assú).

Com a incineração de hoje, chega-se a 565 kg de drogas incineradas em 2019, até o momento. Todo o material entorpecente foi incinerado em uma fábrica de beneficiamento de castanha, localizada às margens da BR 304.

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

G1 RN – Um homem de 23 anos que tentou assaltar um motociclista foi preso na noite desta terça-feira (3) em Dix-Sept Rosado, Zona Oeste de Natal, após a vítima reagir e entrar em luta corporal com o suspeito. Depois de ser imobilizado, o criminoso quase foi linchado pela população.

Josenilson Alves de Souza, comerciante que reagiu ao assalto, disse que parou em um semáforo e foi abordado pelo criminoso que queria tomar o veículo. Ao tirar o capacete, foi agredido e percebeu que a arma não era de verdade. “Percebi pelo peso, quando ele me agrediu. Aí eu pensei que ele não iria levar minha moto com uma arma de brinquedo”, contou.

O comerciante disse que recebeu ajuda de outros motociclistas que ajudaram a imobilizar o suspeito até a chegada da PM. Cláudia Ferreira, Sargento da Polícia Militar, confirmou que a arma era de brinquedo. “A gente não recomenda que as pessoas reajam e nem que a população agrida em casos como esse”, falou. O criminoso foi levado para a Central de Flagrantes da Zona Sul de Natal.

Policiais Rodoviários Federais flagraram, na tarde de sábado (30), na BR 304, no município de Lajes/RN, o motorista de uma carreta fazendo uma ultrapassagem proibida. Com o condutor, um homem de 33 anos, residente em Mossoró, foram encontrados ainda oito comprimidos da anfetamina Nobésio Forte.

O caminhão forçou uma ultrapassagem no km 189, fazendo com que o veículo que trafegava em sentido contrário, fosse para o acostamento para evitar uma colisão frontal. A equipe da PRF, que vinha logo atrás, fez a abordagem. Ao realizar revista no veículo, foram encontradas duas cartelas da droga.

O Nobésio Forte é um medicamento de uso controlado e contém como princípio ativo a substância clobenzorex, que não possui registro válido na Anvisa, sendo proibida a sua comercialização. É muito utilizada por motoristas para inibir o sono, porém causa dependência química e só pode ser usado mediante receita médica. O condutor admitiu fazer uso da substância.

Diante dos fatos e da conduta perigosa na rodovia, o homem foi detido e submetido a Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO.

Agência PRF/RN

Foto: Redes Sociais/Facebook

A vendedora Renata Ranyelle Almeida, de 23 anos, morreu nesta sexta-feira (29), após ficar seis dias internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, Oeste potiguar. Renata foi baleada no rosto no sábado da semana passada, dia 23, na loja em que trabalhava, no município de São Miguel. O principal suspeito do crime é o ex-namorado dela, que está foragido.

Para a Polícia Civil, Paulo Roberto da Silva, de 36 anos, teria simulado um assalto com a intenção de matar a mulher. O homicídio foi filmado por uma câmera de segurança do estabelecimento. De acordo com o delegado Cristiano Gouveia, responsável pelo caso, a investigação foi afunilando e novos indícios surgiram apontando o ex-namorado como principal suspeito.

Nas imagens, um homem de capacete atira na vendedora enquanto ela estava no caixa da loja, mesmo sem a moça esboçar qualquer reação. Segundo o delegado, algumas pessoas não queriam depor à polícia com medo do suspeito. Por essa razão, a Polícia Civil solicitou na quarta-feira (27) a prisão preventiva temporária, pra prosseguir as investigações. Ler mais…

Foto: Google

G1 RN – Dois homens armados roubaram o dinheiro do caixa da Central do Cidadão da cidade de Pau dos Ferros, no Oeste potiguar, no início da tarde desta quinta-feira (28). Os criminosos fugiram em uma motocicleta preta e não foram mais vistos.

De acordo com a Polícia Militar, dois funcionários da Central saíam com um malote com o dinheiro, de quantia não revelada, quando foram abordados pelos assaltantes. Os funcionários iam depositar o montante apurado em uma agência do Banco do Brasil.

Os bandidos chegaram na moto e anunciaram o assalto, levando o malote em seguida. Ainda segundo a PM, o roubo aconteceu a cerca de 30 metros do prédio da Central do Cidadão. Ninguém foi preso.

PC/ASSECOM – A Polícia Civil solicita que a população envie denúncias anônimas que ajudem na localização de Paulo Roberto da Silva, 36 anos, suspeito de ter tentado matar a jovem Renata Ranyelle Almeida, 23 anos, no último sábado (23), na cidade de São Miguel.

Contra Paulo Roberto da Silva já existe um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. De acordo com as investigações realizadas pela equipe da Delegacia Municipal de Polícia Civil de São Miguel, o suspeito é ex-namorado de Renata Ranyelle e não aceitava o fim do relacionamento.

Imagens das câmeras de segurança da loja, onde a vítima trabalhava, registraram o momento em que ela é baleada no rosto, durante um suposto roubo que foi forjado por Paulo Roberto.

Informações que possam colaborar com a prisão de Paulo Roberto devem ser enviadas para o Disque-Denúncia 181, com garantia de sigilo.

G1 RN – Um homem morreu na manhã desta quinta-feira (28) após ter sido baleado quando saía do trabalho no final da tarde da quarta-feira (27), no Alecrim, Zona Leste de Natal. Edgard Tavares, de 49 anos, é dono de uma loja de veículos e conversava com um homem em frente ao comércio, que fica no cruzamento das Avenidas 1 e 6.

O empresário foi atingido no tórax e o outro homem nas nádegas. Um carro que estava parado em frente ao local do crime ficou com marcas de tiros e manchas de sangue. Testemunhas afirmam que o atirador correu direção à Avenida 6. As duas vítimas foram levadas conscientes para o Hospital Walfredo Gurgel, no Tirol, Zona Sul de Natal.

Uma mulher que não quis se identificar disse que ouviu o barulho dos tiros. “Foram cinco disparos. Ele estava pedindo socorro no chão e sentindo dor”, relatou.

De acordo com um homem que estava no local, uma senhora que passou pelo local prestou socorro. “A gente ligou para o Samu e não tinha nenhuma viatura próxima. Aí pedimos ajuda e essa mulher socorreu os dois”, contou.

Foto: Sérgio Henrique Santos

G1 RN – Um homem de 30 anos foi morto na comunidade Olhos D’água do Carrilho, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, na noite desta terça-feira (26). A família acredita que ele pode ter sido confundido pelos criminosos e morto por engano.

De acordo com a Polícia Militar, três homens armados deixaram um veículo longe do local do crime para procurar duas pessoas. Ainda de acordo com a PM, eles passaram por Ronilson Barbosa de Lima, confundiram a vítima com um dos homens procurados e atiraram. Ele morreu na hora.

A esposa de Ronilson confirmou a versão da PM e relatou que ele não sofria ameaças. “Ele não era envolvido com nada. Não sofria ameaças. Era do trabalho para casa. Morreu sendo inocente”, desabafou.

A vítima trabalhava em uma empresa de jardinagem no bairro Ponta Negra, Zona Sul de Natal. O emprego era a única fonte de renda da família. Ele deixa a mulher e dois filhos.