Com apoio do MPRN, campanha de arrecadação de Lixo Eletrônico é expandida

Atingindo 12 cidades, ação será realizada de 3 a 13 de junho no interior, e de 3 a 7 do mesmo mês, em Natal

A 8ª campanha de Arrecadação de Lixo Eletrônico será expandida para 13 cidades potiguares. Além de Natal, a população de Ceará-Mirim, João Câmara, Macau, Assu, Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó, Currais Novos, Apodi, Nova Cruz, Acari e Santa Cruz poderá descartar equipamentos eletrônicos nas sedes das Promotorias de Justiça. Com o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a arrecadação será feita de 3 a 13 de junho no interior. Em Natal, a ação será articulada de 3 a 7 de junho. A campanha é uma iniciativa da empresa Natal Reciclagem.

A expansão da ação educativa para os Municípios, que antes ocorria apenas em Natal, foi um pedido do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Caop-MA), que desenvolve o Lixo Negociado.

A iniciativa acontece em alusão à Semana do Meio Ambiente. O objetivo é conscientizar a população sobre o problema do lixo eletrônico, oferecendo uma oportunidade acessível e prática para o descarte de diversos equipamentos eletrônicos em desuso, destinando-os de forma ambientalmente adequada.

Serão recebidos celulares, carregadores, notebooks, nobreaks, estabilizadores, tablets, CPUs, monitores, TVs, impressoras, modens, CD-ROMs, telefones, DVDs, videocassetes, rádios, caixas de som, relógios, microondas, liquidificadores, secadores, exaustores, ventiladores, pendrives, centrais telefônicas, fios, cabos elétricos, fones de ouvido, teclados, mouses, controles remotos, câmeras fotográficas, decodificadores, geradores, placas de circuitos, dentre outros.

Uma das ressalvas fica para as lâmpadas, que não serão recebidas devido ao alto risco de acidente com os demais resíduos. Nesse caso, orienta-se que estas sejam devolvidas aos lojistas ou revendedores de seus fabricantes que, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, são obrigados a realizarem sua própria logística reversa.

Após o término da campanha, os resíduos serão transportados para a sede da Natal Reciclagem, onde serão pesados, quantificados, descaracterizados e desmontados, a fim de que sejam enviados para as devidas indústrias de reciclagem e processamento final de cada item. Ao final do processo, o que antes era lixo será transformado em matéria-prima para a fabricação de um novo produto.

Endereços para descarte do lixo eletrônico:

Natal
Procuradoria-Geral de Justiça (Rua Promotor Manoel Alves Pessôa Neto, 97 – Candelária. CEP: 59.065-555)

Sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Natal
Rua Nelson Geraldo Freire, 255 – Lagoa Nova – CEP: 59.064-160

Ceará-Mirim
Rua Benildes Dantas, 50 – Bela Vista. CEP: 59570-000

João Câmara
Rodovia RN120, S/N, Alto Ferreira – Alto Ferreira. CEP: 59550-000

Macau
Rua Padre João Clemente, 244 – Centro. CEP: 59500-000

Assu
Rua Cel. José Soares Filgueira, 251 – Novo Horizonte. CEP: 59650-000

Mossoró
Alameda das Imburanas, 850 – Pres. Costa Silva

Pau dos Ferros
Av. Senador Dinarte Mariz, 397 – São Benedito. CEP: 59900-000

Caicó
Rua Advogado Dr. Manoel Dias, nº 99 – Cidade Judiciária – Bairro Maynard. CEP: 59.300-000.

Currais Novos
Rua Zuza Othon, 1150 – Wlafredo Galvão. CEP: 59380-000

Apodi
Rua Rodovia BR405, KM76, 90 – Portal da Chapada. CEP: 59700-000

Nova Cruz
Rua Djalma Marinho, 221 – São Sebastião. CEP: 59215-000

Acari
Rua Antônio Bezerra Fernandes, 115 – Ari de Pinho. CEP: 59370-000

Santa Cruz
Rua Lourenço da Rocha, 128 – Centro. CEP: 59200-000

Compartilhar