Com pandemia, Disque Justiça realiza mais de 2 mil atendimentos entre abril e maio

A Central de Atendimento ao Jurisdicionado, mais conhecida como ‘Disque Justiça’, serviço telefônico de informações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, registrou mais de dois mil atendimentos, somente nos meses de abril e maio, período em que são mantidas, pelo Poder Judiciário, as medidas de isolamento social, em combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Segundo as estatísticas, mais de 90% das demandas recebidas são relativas a informações sobre o andamento de processos, um total de 888, seguidas de informações simples, sobre telefones das unidades judiciárias e sobre a realização dos plantões.

Os dados de março mostram ainda que, entre os dias 20 a 31 – início do período em que a Justiça Estadual potiguar passou a funcionar por meio do trabalho remoto, como forma de prevenção ao contágio e propagação do novo coronavírus – foram registrados 603 atendimentos em oito dias úteis. Média de 75 atendimentos por dia.

Proporcionalmente, a demanda cresceu, já que neste período o Disque Justiça está funcionando em horário reduzido, e com menor número de atendentes. Assim, a média diária por atendente foi de 38 atendimentos no período nos primeiros dias da quarentena, contra 23 considerando todo o mês de março.

“Essa demanda oscila entre 38 a 44 atendimentos por dia, por atendente”, informa o servidor Marco Holder, gerente da Central de Atendimento ao Jurisdicionado.

Serviço

Durante o período de quarentena, o Disque Justiça está funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, pelo número 0800-280-0159. A ligação é gratuita. O serviço presta informações sobre processos da primeira instância e dos Juizados Especiais de todas as comarcas do Estado, e também pode ser acionado pelo e-mail ( disquejustica@tjrn.jus.br).

TJRN

Compartilhar