Depois de pressão familiar, Celú anuncia que não é mais candidato e apoia Flaviano Lisboa em Passa e Fica


Há oito dias da eleição uma reviravolta acontece em Passa e Fica, no Agreste Potiguar. O prefeito Celú Lisboa (PSB), indeferido tanto pelo juiz da 12ª Zona Eleitoral, como pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) desistiu de vez. Por pressão familiar, restou a alternativa de apoiar o filho do ex-prefeito Pepeu Lisboa, Flaviano Lisboa (PDT), que aguarda o deferimento do seu vice Ronildo Souza, também do PDT.

O juiz da 12ª Zona Eleitoral publicou edital onde caberá a qualquer candidato(a), partido político, coligação ou ao Ministério Público Eleitoral, no prazo de 5 (cinco) dias, contados da publicação, impugnar, em petição fundamentada, o pedido de registro de candidatura do vice Ronildo Souza, que o PDT protocolou fora do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Os próximos capítulos em Passa e Fica serão decisivos para a oligarquia Lisboa.

Compartilhar