Depósito clandestino de lixo em comunidade rural causa mal-estar e população denuncia

Insuportável. Essa é palavra utilizada por moradores da comunidade quilombola de Capoeiras para conceituar os transtornos que um depósito clandestino de lixo vem causando à região. Nesta última semana, com mais um despejo, o problema se intensificou. No local é possível encontrar restos de comida, produtos perecíveis estragados como carnes, frangos e mortadelas; plástico, produtos de higiene que contem composição química, dentre outros.

Segundo populares que não quiseram se identificar, o responsável pela degradação do meio ambiente e pelos prejuízos à saúde das pessoas que residem próximo ao terreno é um morador da própria localidade e trabalhou num frigorífico localizado na cidade de Macaíba. De acordo com informações, o homem também está descartando o lixo na referida área sem o conhecimento dos proprietários.

Em Macaíba, as pessoas que executam o despejo de resíduos em locais inapropriados, dependendo do impacto ambiental causado, além de pena sobre crime ambiental, pode responder civil e administrativamente. Todos podem ajudar no combate a essas práticas denunciando aqueles que executam esses depósitos irregulares. De acordo com informações, os órgãos competentes já têm conhecimento do problema e estão trabalhando para tomar a medidas cabíveis.

Com informações e fotos cedidas por moradores da comunidade

Compartilhar