Homem é preso em flagrante por maus-tratos a cavalo em Natal

Foto: GMN/Divulgação

Um homem foi preso, nesta quinta-feira (7), pelo crime de maus-tratos contra um cavalo em Natal. Segundo o Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal, o suspeito foi detido em flagrante quando açoitava o animal, que estava “debilitado”.

O caso aconteceu na Avenida dos Pinheirais, no bairro Neópolis, zona Sul da capital. De acordo com os guardas municipais, a equipe foi ao local após denúncia de um morador da região, que acionou o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) pelo número 190.

O denunciante afirmou que o homem estava batendo no animal ferido, que não suportava o peso do material carregado na carroça à qual estava preso.

“Quando a guarnição chegou ao local encontrou o cavalo muito debilitado, magro, com fome, sede e sem condições de suportar o peso da carroça. O denunciante chegou a relatar que o animal chegou até mesmo a cair no solo devido a insistência do suspeito em conduzir a carroça”, contou o coordenador do grupamento ambiental, Isaac Cruz.

Os guardas municipais providenciaram água e alimento para o animal e acionaram a equipe da Secretaria de Serviços Urbanos (Semsur) para fazer o resgate do animal, que foi levado ao curral municipal.

O suspeito foi preso e conduzido à Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema) onde foi registrada a prisão em flagrante. O detido vai responder por maus-tratos de animal e por ameaça contra o denunciante.

O crime de maus tratos contra animais pode ser punido com prisão de três meses a um ano e multa. Segundo o município, a pena pode ser aumentada de um sexto a um terço, devido à morte do animal. Se o crime for cometido contra cães ou gatos a pena sobe para 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda.

G1 RN

Spread the love