ISD encerra ciclo de debates sobre bexiga e intestino neurogênicos

Foto: Ascom ISD

O Instituto Santos Dumont (ISD) encerrou nesta quinta-feira, 12, um ciclo de debates em torno da bexiga e intestino neurogênicos. As discussões reuniram preceptores, residentes, mestrandos, estagiários, cuidadores e pacientes com a condição. A maioria deles, associados à Neurinho Associação, entidade parceira do ISD. As disfunções denominadas como bexiga e intestino neurogênicos consistem na incapacidade de controlar o ato de urinar e defecar, respectivamente, em pacientes acometidos por doenças do sistema nervoso central ou nervos periféricos.

“O objetivo do workshop era avaliar e fazer momentos de educação em saúde voltados para crianças com bexiga e intestino neurogênicos associados a Neurinho. Essas crianças não tinham acompanhamento especializado para esse tema e isso acarreta muitos problemas. Não havia o tratamento adequado com equipe multiprofissional, com urologista”, relata a preceptora fisioterapeuta infantojuvenil do ISD, Valéria Azevedo.

Ao longo de três encontros, os residentes do Programa de Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência (RESPCD/ISD), graduandos de Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM/UFRN), estagiários do curso de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e mestrandos em Neuroengenharia no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), uma das unidades do ISD em Macaíba, desenvolveram atividades com o grupo de pais e crianças assistidas na Neurinho Associação e no Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita).

As ações foram acompanhadas pelo preceptor urologista Rafael Pauletti Gonçalves, e pelas preceptoras fisioterapeutas Valéria Azevedo e Luana Farache. No primeiro dia, foram desenvolvidas atividades de informação sobre o que é a bexiga e o intestino neurogênicos e introdução aos diários miccionais e evacuatórios, para eles entenderem os instrumentos de avaliação da condição. Houve também formação com o Serviço Social relativas às demandas de assistência governamental voltadas ao público

No segundo dia, ocorreu uma rodada de conversas com o urologista e com as fisioterapeutas com encaminhamento para exames laboratoriais, urodinâmica e ultrassonografia. Nesta quinta-feira, 12, no terceiro e último dia, foi feita uma devolutiva dos diários e orientações com técnica de terapia comportamental para evacuação e micção.

Instituto Santos Dumont (ISD) – Assessoria de Comunicação

Spread the love